História Everything has changed (Larry) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ed Sheeran, Justin Bieber, One Direction
Personagens Ed Sheeran, Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Ed Sheeran, Harry, Harry Styles, Josh Devine, Justin, Justin Bieber, Larry, Larry Stylinson, Louis, Louis Tomlinson, Lustin, Ned, Nedsh, Nosh, Zouis
Exibições 51
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vale micro att pra deixar vocês curiosos???

Capítulo 17 - Tudo escureceu


Encarei-o por alguns segundos, através do espelho. Ficamos em silêncio. Me virei para ele, que se aproximou.

- Você ouviu a música? – Justin perguntou. Apenas concordei com a cabeça. – E aí?

- E aí, o que Justin? – falei ríspido – Você acha que se escrever uma música pra mim, eu vou pular nos seus braços?

Ele me encarou, chateado.

- Eu só não posso perder você na minha vida, amor.

- Não me chama, assim, J. – falei, triste – Eu não sou seu amor, não posso ser.

- Você é meu amor, quem não pode ser sou eu. Mas isso é escolha sua. – ele respondeu se aproximando mais.

- Justin, para com isso. – falei – Eu e o Harry estamos juntos.

- Juntos, juntos? – ele perguntou e fiz cara de “que?” – Ele te assumiu?

- Isso não vem ao caso. – respondi. Justin deu mais um passo, colando nossos corpos. Agora eu podia sentir sua respiração no meu rosto. – J....

- Se você aceitar ficar comigo, saio daqui agora e falo para todos aqueles fotógrafos que estamos juntos. – ele propôs. Tentei empurra-lo, mas foi em vão.

- Justin, eu não te amo.

- Mas vai aprender. – ele falou nervoso e me segurou com força, juntando nossos lábios. Tentei me soltar, mas ele é bem mais forte que eu.

Até aí, eu não tinha feito merda, mas eis que eu acabei me entregando para o beijo e fechei meus olhos, deixando que ele invadisse minha boca. Relaxei ao seu toque e ele me abraçou. Não pude evitar e passei meus braços em volta do seu pescoço. Infelizmente eu não consigo resistir ao seus toque. DROGA!

Ouvimos um barulho, a porta se abriu e um flash encheu o local. Um paparazzi nos fotografou. DROGA! DROGA! DROGA! Nos separamos

Sai correndo atrás do fotógrafo, mas Justin segurou meu braço. Os seguranças já estava com Ed e nos arrastaram para a porta dos fundos.

 

/Harry POV on/

 

Depois de uma longa reunião com Simon, para esclarecer que a gente não vai mais se meter em confusão. Foi decidido que até ele decidir o que fazer das nossas vidas, vamos ficar com os nossos relacionamentos escondidos. Ele ainda afirmou que se algo vazasse, ele acabava com a banda e tudo o que lutamos para construir. Sim, ele tem o poder de fazer isso.

Estávamos no estúdio, gravando algumas das músicas que escrevemos nesse tempo a toa. Niall não acertava nada, e todos já estavam um pouco irritados com isso.

- Gente, vamos gravar a bateria? – Fred, nosso produtor de som falou. – Josh, você pode entrar na cabine?

Josh concordou e caminhou até lá. Não, sem antes, abraçar Niall, que estava visivelmente chateado. Enquanto Josh gravava, tivemos tempo para tomar um chá e conversar.

- Ni, fica tranquilo, ele volta logo. – Liam falou, enquanto se servia da água fervente que estava na chaleira.

- Eu sei que ele volta, mas é chato vê-lo partir. – Niall respondeu. Sentei-me ao seu lado.

Zayn ligou a TV e estava no canal de fofoca. Não estávamos prestando atenção, até escutar as palavras, Ed Sheeran, Justin Bieber e assistente. Aparentemente, todos já sabiam quem era Louis. Olhei para a TV e vi a foto deles se beijando. Em seguida, algumas imagens deles saindo da cafeteria pelos fundos.

Comecei a ficar vermelho, a raiva parecia me consumir.  Peguei a chave do carro, sai as pressas do estúdio.

- Harry! – Zayn gritou e segurou o meu braço.

- Me solta! – falei quase gritando. – Me solta agora!

- Harry, você não sabe o que aconteceu.

- Se você me soltar, eu vou descobrir.

Zayn me soltou e eu sai. Peguei o carro e arranquei. Liguei para o Louis, que atendeu sem demora.

 

<ligação on>

- Oi, amor. – ele falou do outro lado da linha. 

- Amor? – falei irônico, enquanto dirigia. Eu estava cego de ódio. – Amor? Louis, porque você tava beijando aquele babaca?

- Harry, não foi isso. – ele falou assustado

- Onde você está?

- Os seguranças do Justin acharam melhor...

- ONDE? – gritei

- Na casa dele.

<ligação off>

 

Virei o carro com pressa, não me importando em ser cauteloso. Quem ele pensa que é para beijar o meu Louis? E quem o Louis pensa que é para dar trela? Depois de tudo o que eu estou disposto a passar por ele! Posso perder a minha banda, por conta dele. Por amor!

Escutei uma buzina alta e de repente comecei a prestar atenção no que estava a minha volta. Eu tinha acabado de furar um sinal vermelho e um caminhão estava vindo em minha direção. Ouvi o barulho da freada. Tudo escureceu.

 

/Harry POV off/

 


Notas Finais


OMG! Louis, o que você fez?????

Confesso que escrever o próximo capítulo está sendo a coisa mais difícil da vida!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...