História Everything you want - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Eyw
Exibições 43
Palavras 1.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Festa
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


➳ Plágio é crime.
➳ Siena tem 23 anos e Justin 27.
➳ Os nomes vão ser originais, menos o do Justin.
➳ Bieber e Palvin, não são meus, mas suas personalidades sim.
➳ Comentem, favoritem, me façam feliz!
➳ Venham com calma, eu voltei agora pro site.
➳ O trailer, vai sair assim que eu achar alguém pra fazer pra mim, pois meu computador é uma merda e meu notebook quebrou.
➳ LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 4 - That is the question


Fanfic / Fanfiction Everything you want - Capítulo 4 - That is the question

Siena Evie Leigh-Ann — San Francisco, CA, Estados Unidos.

24 de Fevereiro de 2017, 07h15 AM.

Mais um dia. Eu acordei totalmente indisposta, estava enjoada e cheia de dor de cabeça, então resolvi não ir trabalhar, mandei mensagem para Ana e Cassie avisando que não daria pra ir e o motivo, assim que enviei, tive respostas das duas dizendo que passariam aqui no horário de almoço. Aproveitei que iria ficar em casa e mandei mensagem para Ethan, lembrando que ele trabalharia até as duas hoje, apenas uni o útil ao agradável.

Oi Ethan, é a Siena. Sim, sua chefe. Gostaria de saber se aceita sair comigo as 21h, preciso conversar com alguém e por mais que não tenhamos nunca parado para conversar um com o outro, preciso de ajuda. Isso pode parecer estranho, mas eu realmente preciso, você entenderá quando conversarmos, claro, se você aceitar, enfim.. É isso.

Ok, aquilo foi bem ruim, mas eu não sei fazer essas coisas, eu nunca chamei nenhum cara pra sair, nem amigos, eles que sempre me chamavam e não era sempre que eu aceitava, gostava mais da minha casa, meu quarto, minha linda e maravilhosa cama. Larguei o celular em cima da cabeceira e comecei a arrumar a minha cama, eu sempre fazia isso quando não estava atrasada, de tanto minha mãe perturbar o meu juízo todos os dias durante a minha adolescência toda, eu peguei esse vício. Assim que terminei, fui até o banheiro e fiz minha higienes, hoje eu teria que ficar maravilhosa, pela segunda vez na vida, eu queria ficar bonita pra sair com alguém, a primeira foi pro idiota e agora, pro Ethan que nunca deu nem sinal de que queria algo comigo, adoro meu dedo para homens. Peguei meu hobby e o vesti, o fechando, vai que o Bieber está circulando pela casa não é mesmo, desci as escadas na maior calma possível, prendi meus cabelos em um coque desarrumado, ouvi vozes vindo da sala de jogos e revirei meus olhos, com certeza ele está em casa, o que fiz pra merecer isso?

Fui até a cozinha e encontrei Suzie cantarolando, sorri com isso, era incrível a animação dela logo pela manhã, me sentei no balcão, com ajuda do banquinho e fiquei a observando, ela era linda e eu tinha um amor tão grande por ela, nossa relação sempre foi incrível, sempre, nunca tivemos uma briga sequer e eu amava isso, era tudo resolvido na base da conversa, já com a minha mãe.. Era tudo um pouco mais difícil, ela queria gritar pra todos os planetas o que eu tinha feito de errado e não vou mentir, ela dizia muitas coisas, coisas que ficavam guardadas na minha mente e que sei, que nunca sairia. Eu nunca diria tudo o que ela me falou um dia para meu filho ou meus filhos, nunca. Ela era uma boa mãe, mas não sabia a hora de engolir as palavras e ficar quieta, eu a perdoei, juro que perdoei, qual é, ela é a minha mãe, eu nunca pararia de falar com ela por ela jogar coisas na minha cara.

— Querida, a quanto tempo está ai?  - Zie me encarou, com um sorriso divertido nos lábios, enxugando suas mãos na toalha de pratos.

— Pouco. – Faço uma careta, abrindo um sorriso fraco. Minha dor de cabeça não passava e os enjoos pareciam piores.

— Ande, diga, o que está sentindo? – Se aproximou e colocou a mão sobre minha testa, depois pescoço, com os polegares puxou um pouco a carne debaixo dos meus olhos. – Você tem que comer melhor, estou te achando magra demais, você não era assim quando o conheceu.

— Calma, Zie. – Ri de suas mãos nervosas e continuei. – Enjoos, dor de cabeça e fome, é apenas isso e sim, eu era gostosa quando o conheci, ele só serviu pra acabar comigo e ainda sim, estou aqui, qual será o meu problema, Suzie?

— Amor por ele, que é demais e seu amor próprio, que é de menos, sabe disso, não sei porque ainda continua tentando Evie, você sabe que essa situação não vai melhorar, eu não queria ter que dizer isso, mas você precisa da verdade, precisa cair na real e sair disso, ele não a ama. – Encarou-me como se doesse dizer aquilo, mas aí é que está, eu sabia disso.

— Eu sei, mamãe. – A olhei e respirei fundo. – Eu sei.

— Enfim, você sabe o que eu acho sobre voc.. – Sua fala foi interrompida por Justin, que entrou na cozinha com Aiden. Eram 7h da manhã, por Deus.

— Ainda tentando fazer ela desistir de mim, Su? – Se aproximou dela e beijou sua testa. Ele gostava dela e ela também gostava dele, mas a questão era, ela sabia que eu sofria com as coisas que ele fazia.

— Sim, querido. – Respondeu com sinceridade e beijou sua bochecha, cumprimentando Aiden com um sorriso falso. Tá ai, uma pessoa que ela não gosta, Aiden.

— Oi Suzie e.. Siena. – Abriu um sorriso debochado para mim, logo o transformando em malicioso ao me olhar de cima a baixo. Nojento.

— Suzie, vou comer no meu quarto, ok? – A avisei e peguei uma banana, virei para ela quando estava na porta da cozinha. – As meninas vão vir aqui, por favor, mande elas subirem.

— Tudo bem, Evie, já eu levo o seu café da manhã e um remédio.

Assenti com a cabeça antes de ir e ouvi Bieber perguntando o que eu tinha. Não era preocupação, era curiosidade, ele sempre faz isso. Subi as escadas, tirei o hobby e deitei, liguei o ar condicionado e a TV, coloquei na Netflix e comecei a assistir minhas series, tinha que as pôr em dia, com tanto trabalho, quase nunca dava pra assistir já que eu saia cedo e chegava cansada, louca pra dormir. Assisti até cochilar, quando acordei foi por que Suzie entrou com uma bandeja cheia de coisas gostosas, eu amava a Su, Deus. Sorri para ela e peguei, coloquei na cama com cuidado, me ajeitei sobre ela e ela se pronunciou.

— Tome o remédio, coma e me chame. – Disse mandona, me fazendo sorrir.

— Sim senhora, coisa linda. – Ela riu antes de sair, tomei o remédio e comecei a devorar tudo aquilo, assim que terminei, me levantei para descer com a bandeja, não iria chamar ela só pra isso. Desci e levei a bandeja pra cozinha, sem trombar com ninguém, coloquei tudo na pia e lavei, coloquei na secadora e guardei tudo depois.

Subi as escadas e me tranquei no quarto, terminei de assistir Grey’s Anatomy e acabei dormindo, eu estava com um sono infeliz que não sei de onde vinha, mas segundo ao médico era assim mesmo, então estava tudo bem, não é? Eu tinha vontade de dormir o dia inteiro, mas tinha coisas a fazer, as meninas vinham me ver e eu pediria ajuda delas para me arrumar para a noite. Percebi o que estava fazendo, me arrumando para um cara, qual eu não sabia se iria aceitar sair comigo e no fundo, bem lá no fundo, eu sabia o que eu queria com ele, além da conversa. Mas eu não sabia o que realmente fazer, dar em cima dele como uma cadela louca pra dar depois de uma conversa ou agir como Siena Evie, conversar com ele e o que vier é lucro? Eis a questão. A verdade é que estou atraída por Ethan McLaren, pela primeira vez, algum homem me atraiu depois de Bieber.


Notas Finais


Olá lindineas. Me perdoem pelo que aconteceu com o terceiro capitulo, minha internet estava horrível e eu não queria deixar vocês sem capitulo, eu já tinha colocado tudo, menos o capitulo que eu ainda iria fazer, só que tenho tique e acabei apertando pra postar, sem querer e não consegui apagar. Quando eu consegui, coloquei lá, então espero que gostem babies. E gente, demorei de postar pois estava numa incansável luta para fazer um trailer e só consegui agora, toda vez que tentava salvar, o computador travava e eu perdia tudo. MAS eu consegui, cá está o trailer, não muito bom, mas é o trailer.
LINK: https://youtu.be/TBy-5zkEvEk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...