História Evil - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Anjos, Bts, Demonios, Got7 2jae, Jikook, Vhope
Exibições 88
Palavras 2.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Luta, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


bemmmmmmmmmmmmmmmm vindos corujinhas!!!!!!!!!!! espero que gostem dessa loucura que veio a minha cabeça depois desse Mv lindo e a base de muito crake do BTS (Vamos combinar que o diretor desse MV usou umas drogas pesadas pq to boiando até agora) por mais esquisito que pareça a ideia também veio depois que eu vi uma parodia que vou deixar nas novas finais pra quem quiser ver.

obs1: não ta revisada
obs2: se alguém quiser fazer uma capa descente pra essa fic, tamos ai!
obs3: o Jeon Wonwoon e o Kim Mingyu que aparecem ai são do seventeen e o kim yugyeom é do got7<3

Capítulo 1 - E o demônio encontra o anjo


Fanfic / Fanfiction Evil - Capítulo 1 - E o demônio encontra o anjo

Seoul – Coreia do Sul 00:30 – 10/10/2016

 

Jimin! Ouvia a voz de Taehyung me chamando cada vez mais distante, mas no momento tudo o que eu queria era esfriar a cabeça de algum modo além da bebida já quente na minha mão. Adentrei um pouco mais a floresta me distanciando do acampamento onde eu e os Adentrei um pouco mais a floresta me distanciando do acampamento onde eu e os outros estávamos. Em certo momento que não lembro ao certo qual, já que minhas lembranças hoje são vagas sobre tal dia, me vi perdido em meio a mata fechada. Acho que qualquer pessoa ficaria apavorado com isso mais pelo efeito da bebida, tudo o que eu conseguia pensar era em andar mais e achar o caminho de volta. Após o que para mim pareceu alguns minutos, me vi em meio a uma clareira rodeada por majestosas árvores, no meio da clareira havia uma mesa de pedra que me fez rir ao compara-la com a do filme Nárnia onde o leão é morto pela rainha de gelo, sentei-me na mesma e passei a observar o céu estrelado e a bela lua cheia que no momento parecia estar bem sobre minha cabeça. Não sei muito bem quanto tempo passei naquele lugar, só sei que em dado momento eu entrei em estado de torpor e quando quase ia me deixando levar pelo sono, uma luz tão clara como o primeiro dia de verão iluminou o céu e momentos depois quando a mesma luz já não era tão vibrante, pude ver algo caindo do céu, porém quando este algo estava a poucos metros do chão, pude ver que esse algo na verdade era um alguém.

 

Sala da primeira ordem dos anjos guerreiros.

-Namjoon tem certeza que não pode ser outra pessoa para esta missão? Afinal é apenas um humano, se fosse um anjo da guarda que com experiência ai ser melhor. - Jeon Wonwoo tentava argumentar com seu superior de qualquer forma, afinal não pretendia de forma alguma mandar seu irmão mais novo pra terra sozinho e sem sua supervisão.

Em contra partida Kim Namjoon olhava para o mesmo com cara de quem já estava cansado de escutar a mesma coisa desde que tudo aquilo começou. – Olha WonWoo eu sei que está preocupado com ele mas as ordens são do grande mestre, você sabe que não podemos ir contra as vontades dele. – E lá estava o Kim tentando mais uma vez fazer com que o Jeon mais velho finalmente entendesse.

-Eu sei, mais é que – Foi interrompido por batidas na porta e logo depois pela pessoa ao qual aquela conversa se tratava.

-Tentando fazer com que NamJoon arrume um jeito de me deixar aqui com você por mais milhares de anos irmão? – Olhava para o irmão mais velho com um ar cínico no rosto.

-Olha como fala comigo pirralho, sou mais velho que você. – Deu um tapa de leve na cabeça do mais novo que riu divertido. -  Se você tem mesmo que ir e eu infelizmente não posso fazer nada para impedir, então que eu vá com você.

-Não mesmo! Com você na minha cola eu não ia nem poder ir na esquina sem ter que pedir a sua permissão.

-Ele está certo WonWoon, você o protege de mais, até parece que ele não sabe se defender sozinho, já se esqueceu de quantas guerras entre o céu e o inferno já lutamos lado a lado? Seu irmão é um grande guerreiro.

-Viu só? Então chefe qual exatamente é minha missão na terra? – O menor olhava com brilho nos olhos para o mais velho ali presente, estava empolgado de mais para finalmente andar pela terra e poder explorara do jeito que sempre quis sem ter o irmão mais velho do lado o impedindo de fazer as coisas.

-Sua missão é proteger um humano chamado Park Jimin, descobrimos de fontes seguras que as forças de Lúcifer querem por as mãos nesse humano. – O olhar do Kim agora era sério, quando se falava de Lúcifer todo cuidado era pouco.

-Por que o coisa ruim quer esse humano?

 -Bom isso é o que você vai ter que descobrir.

- Certo, mas onde exatamente vive esse humano? Idade? Não quero ter cuidar de uma criança ou adolescente chato. – O mais novo agora andava pela sala pensando em milhões de maneiras para se aproximar da pessoa em questão e torcendo internamente para que no final das contas não tivesse desejo por estrangular o pescoço do seu futuro protegido.

-Aqui está uma ficha detalhada do Park – Entregou-lhe a ficha com todas as informações reunidas pelos anjos responsáveis anteriormente pelo mesmo. – Bom em resumo o Park nunca fez nada de muito grave em vida, é um bom aluno, peca aqui e ali, mas nada fora do normal.

Jeon pegou a lista e passou a ler a mesma em voz alta.

Nome: Park Jimin

Idade: 20 (idade ocidental) 21 (idade Oriental)

Data de Nascimento: 13/10/1995

Altura: 1.75

Estado Civil: Solteiro

História: A mãe morreu quando ele era pequeno e o pai é desconhecido até mesmo pelo céu. Foi criado pelo tio materno que sempre cuidou muito bem do mesmo, nunca sofreu nenhum tipo de abuso. Teve uma infância normal, porém passou por alguns problemas quando se descobriu gay, o tio sempre o aceitou, mas as pessoas ao seu redor se afastaram após o mesmo se assumir. Atualmente tem dois melhores amigos Kim Taehyung e Jung Hoseok os dois últimos citados tem uma relação.

-Bom ele é bem normal pra um ser humano, a vida dele não tem nada de interessante, bom tirando o caso do pai desconhecido. Com é possível que nem nós saibamos quem é o pai do garoto? – Perguntou inquisitivo para o mais velho.

- Mais uma coisa pra você descobrir. – Disse enquanto ia para trás da mesa pegando algo na gaveta. – Isso aqui é pra você. – Deu-lhe uma pequena caixa de madeira com detalhes delicados. Observou o mais novo a abrir e tirar da mesma um colar com o pingente de asas pendurado. – É para esconder suas asas enquanto estiver na terra, quando o colocar suas asas vão ficar invisíveis para os humanos e até para outros anjos também, se alguém tocar suas costas, também não vai sentir nada.

-Obrigado – Sorriu com sinceridade para o mesmo e virou o rosto para o lado se dando conta que o irmão mais velho ainda estava presente observando os dois em completo silencio. – Você está com aquele olhar de quem está tramando algo. – O mais velho suspendeu o olhar de volta para o mais novo e lhe sorriu.

-Só estou pensando o quão calmo vai ser o céu de agora em diante sem você por aqui.

-Puf até parece que vai sentir tanto a minha falta, lembre-se que você ainda tem o Mingyu pra brincar com você. – O mais novo deu-lhe uma piscadela e saiu correndo para trás do Kim se escondendo do olhar nada calmo do irmão.

-Ora você seu fedelho cheirando a leite! Mingyu e eu somo amigos apenas isso!

-Claro que são, o céu inteiro acredita nisso irmão – O mais novo ria enquanto desviava com sucesso dos tapas do irmão – Aliais com é namorar alguém que tem a mesma idade do seu irmão mais novo? Você também chama ele de fedelho cheirando a leite quando estão trocando beijos? – Os tapas pararam assim que terminou a frase, o olhar surpreso na cara do mais velho era hilário em sua concepção, mas tudo melhorou para si quando até mesmo o Kim que até agora estava risonho, mostrou-se espantado. Voltou a olhar para o irmão que agora se encontrava corado pelo olhar que recebia do mais velho na sala.

-Jeon WonWoon e eu pensando que você era todo sério. - O mais velho não pode mais segurar a risada que foi acompanhada pelo mais novo.

-Namjoon até você! – sim estava morrendo de vergonha por ser exposto assim, mais fazer o que se tinha se apaixonado por um dos amigos do irmão mais novo.

-Certo meninos, agora vamos voltar ao assunto que realmente importa – Voltou com a aparência seria mostrando que a hora da brincadeira havia acabado. – Você vai partir hoje mesmo, já temos tudo preparado para você. – Falou sentando-se de frente para o mais novo. – Preparamos um apartamento no mesmo prédio do Park, atualmente ele mora sozinho então colocamos você ao lado dele. Tem dinheiro e algumas armas pra você no cofre atrás do guarda roupa do seu novo apartamento, também irá cursa a mesma faculdade, porém em cursos diferentes, Achamos melhor assim ou iria parecer muita coincidência.

-Certo, qual o curso que vou fazer?

-Musica, mais especificadamente canto, já que o Park faz dança, é interessante seguir em caminhos parecidos.

-Gostei.

-Sabia que iria gostar, fui eu quem sugeriu. – O Jeon mais velho voltou a se pronunciar.

-Me conhece tão bem.

- Essa daqui é a sua ficha. – O Kim deu-lhe um arquivo idêntico a do Park. Observou o mais novo ler com atenção toda ficha esperando ele acabar.

-Como assim 19 ano?!

-Você está mesmo preocupado com a idade?

-Claro que sim! Estamos falando da coreia! Onde tem todo aquele papo de ter respeito com os mais velhos e blá, blá, blá. Não quero ficar chamando um fedelho que fede a leite de hyung, quando eu sou séculos mais velho que ele.

-Achamos melhor você ser mais novo, assim vai ser mais fácil se aproximar dele. Na Coreia eles costumam cuidar dos mais novos, isso facilita uma aproximação sua.

-Isso é injusto – Respondeu emburrado

-Com você fazendo esse bico infantil ai, me faz ter mais certeza que tomei a decisão certa criança. – respondeu com um risonho. - Está chegando a hora de você ir, vá se trocar e nos encontre no salão de encaminhamento, WonWoon vá com ele e aproveite os momentos restante com seu irmão.

-Certo - O Kim observou os dois saírem pela porta e logo depois abriu outra  gaveta da mesa do seu escritório pegando de lá um outro documento. Leu mais uma vez aquilo que parecia ser um absurdo dos grandes e levantou a cabeça levando seu olhar até onde o mais novo dos Jeons estava momentos antes. – Espero que o grande mestre saiba que estava fazendo, não quero que meu pequeno irmão acabe se machucando no final dessa história.

 

Relatório de investigação sobre o pai de Park Jimin

Após investigarmos toda a história, relatos, papeis e algumas fontes demoníacas, nossas suspeitas são de que o pai de Park Jimin é o primeiro anjo caído.

Acreditamos que Park Jimin é o primogênito de Lúcifer.

 

Alguns anjos estavam reunidos na sala de encaminhamento. Os irmãos Jeon estavam lado a lado esperando que o Kim viesse para enfim o mais novo partir. Depois de mais alguns minutos de espera Kim Namjoon surgia na porta da sala caminhado a passos lentos para o meio dos anjos.

-Estamos aqui hoje para nos despedirmos provisoriamente de nosso querido irmão, ele hoje irá partir em uma importante missão. –Uma pequena pausa foi feita para que enfim continua-se. – Espero do fundo do meu coração que tudo dê certo para ele e que o mesmo volte em segurança para o nosso lar. Venha para o centro – Esperou o mais novo caminhar para o centro da sala ficando em sua frente. - Você é como um irmão de verdade pra mim criança, nunca se esqueça de onde você veio e de seu princípios. – Deu-lhe um abraço apertado terminado o discurso.

-Eu irei sentir saudades de cada um de vocês aqui presentes, WonWoon, Namjoon, Mingyu e claro Yugyeom. –O último citado correu e deu um último abraço no melhor amigo.

-Cara eu vou sentir muito a sua falta, quem vai me ajudar a fazer pegadinhas com os mais velhos agora? Não vai ser a mesma coisa aqui sem você irmão.

-Eu sei disso parceiro, mas tenho certeza que agora é você quem vai cuidar de mim aqui de cima. - Desfizeram o abraço e com um último toque de mão o Jeon mais novo disse adeus.

 

Seoul – Coreia do Sul 01:00 – 10/10/2016

 

M- Mas que porra é essa? - Observava o corpo inerte em meio a grama, o que deveria fazer? Aquilo era mesmo real ou tinha passado da conta nas cervejas? Por deus estava mais perdido que cego em tiroteio. Aproximou-se do corpo se abaixando para ficar mais próximo e com cuidado cutucar o mesmo. –E-ei cara, você tá vivo? Por favor diz que está por que eu realmente não quero ter que dar depoimento sobre um homicídio. - Chegou mais próximo do corpo agora observando com cuidado o rosto do mesmo. Era lindo. Pegou o mesmo no colo e levou para a mesa de pedra onde antes estava sentado, pois o corpo sobre a mesma e deu leves batidas na face alheia tentando fazer sem sucesso que o mesmo acorda-se. Quando basicamente já havia desistido, observou o mesmo garoto abrir os olhos, e que olhos. Azuis como o mais puro anjo deveria ter. – Qual o seu nome? – Perguntou ainda hipnotizado pela face alheia.

-Jeon. Jeon Jeongguk. E você?

-Park Jimin.

 

 

 

 

 


Notas Finais


então???????? continuo, deleto, too vergonha na cara? quero opiniões ^^
não sei exatamente como vai ficar as atualizações, mas provavelmente amanha ou quinta vai ter cap. As att vão ser dia de terça, quinta e sábado ou domingo.
bom é isso bjssss
aki o link da parodia:
https://www.youtube.com/watch?v=SyR_wFwrJHc


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...