História Evil Crown - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~Sra_Petruccelli

Postado
Categorias Once Upon a Time, The Blacklist
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), Daniel, David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Archie Hopper (Jiminy Cricket), Emma Swan, Fa Mulan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sidney Glass, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Once Upon A Time, Romance, Swan Queen, The Blacklist
Visualizações 222
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Mistério
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Agora a porra ficou séria!
Capitulo com muito amor SQ, boa leitura!
Beijos de luz! ❤️️

Capítulo 24 - 22-" Estranho seria se eu não me apaixonasse por você."


Fanfic / Fanfiction Evil Crown - Capítulo 24 - 22-" Estranho seria se eu não me apaixonasse por você."


A chuva se prolongou por toda a noite  causando um clima ameno na ilha que fazia muito calor na maioria dos dias. Emma e Regina dormiam profundamente quando enfim os raios solares adentraram em meio a cortina da sacada, o dia se iniciava aos poucos juntamente com o nascer do sol. A princesa que sempre teve o hábito de levantar-se primeiro que a loira acordou sem muito entender onde estava, e involuntariamente sorriu ao lembrar da noite perfeita que passara ao lado de sua protetora, quando enfim virou de lado e percebeu que a mesma dormia feito um anjo. Seus cachos loiros estavam caídos naturalmente sobre o rosto, sua respiração estava leve e seu semblante exalava tranquilidade. Regina ficou observando aquela visão e uma lágrima escorreu de seus olhos, era óbvio que ela amava aquela mulher e faria de tudo para ultrapassar todos os obstáculos para viver aquele amor, Regina nunca se sentiu tão viva ao lado de alguém, além de livre para ser quem realmente queria. Numa atitude cautelosa mas tomada de amor e carinho Regina passou a ponta dos dedos por toda a extensão do rosto de Emma que suspirou profundamente ainda dormindo. A morena ficou ali parada e lembrou-se do seu celular que tinha colocado no carregador portátil na noite anterior após o início da tempestade, ela então se virou para o criado mundo onde o aparelho estava e o pegou, posteriormente se enroscou ainda mais em Emma e tirou uma selfie, Emma estava dormido sobre o peito de Regina, a morena estava de olhos fechados depositando um beijo caloroso em sua testa. A foto ficara realmente bonita, ela a colocou de proteção de tela e se levantou com cuidado da cama e se dirigiu a sacada vestindo somente seu blusão  e sua calcinha. O sol estava terminando de se por e o mar quase não mais o cobria, a escuridão da tempestade deu lugar à luz de um dia lindo! Um bando de gaivotas passou em forma de "V" sobre o mar, o vento passava com calma sobre as copas das árvores e sobre as flores da ilha. Regina inspirou novamente aquele ar puro e sentiu uma paz que a muito tempo não sentia, o sorriso se fazia em seus lábios sem que a mesma fizesse qualquer esforço . 

Emma se levantou num sobressalto, olhou em volta por alguns segundos e se lembrou da noite passada, passou as mãos sobre os cabelos e respirou fundo. Tinha acontecido. Expirou todo ar que guardava nos pulmões e organizou seus pensamentos: tudo se resumia a Regina. Ela a amava, não podia negar, e lembrou- se das falas de sua amiga Ruby "você não pode fugir do amor Emma" ; ela não fugiria, jamais abandonaria Regina, foi uma promessa, lutaria pelo seu amor até a última gota, encararia o que fosse necessário para poder ver aquele sorriso que tanto a iluminava. Ela enfim reuniu forças para seguir até a sacada onde tinha visto a silhueta de Regina quando acordara, e que silhueta! 

Emma se levantou e foi a passos rápidos até Regina a abraçando por trás com um pouco de força, como se a loira não a visse a séculos. 

- Alguém acordou animada essa manhã não é mesmo Swan? – Regina fala se virando e dando um beijo em Emma que suspira em desejo. 

- Estava com saudades ...- a loira responde enchendo o rosto de Regina com beijinhos a fazendo sorrir. 

- Ora, ora, não sabia que a Srt seria tão romântica! – A morena fala sorrindo para Emma que possuía os olhos ainda mais verdes sobre a luz do sol. 

- Você ainda descobrirá muito sobre mim Srt Mills...- A loira fala pegando Regina no colo e a girando com sutileza, a mesma arqueia a cabeça para trás como uma criança livre. 

- Emma...nós...- Regina fala quando é colocada de volta no chão com uma expressão um pouco séria. 

- Sim...teremos tempo para esclarecer tudo entre nós, vamos sentir e aproveitar ao máximo esses momentos! – Emma responde segurando na mão de Regina a levando para o interior do quarto. – Vamos tomar café? – Ela continua sua fala procurando sua calça quando para bruscamente. Ela e Regina se entreolham com um olhar de espanto. 

- A faculdade!!! – Ambas gritam uma para a outra. Emma começa a procurar suas roupas com mais rapidez e as veste da mesma forma, Regina olha as horas em seu celular: 6:32 da manhã. A viagem da ilha até a cidade era um pouco mais de uma hora, e a primeira aula de Regina seria às 8:00. Se elas corressem chegariam a tempo . 

- Você termina de vestir que eu vou lá em baixo acertar as coisas com Lou. – Emma fala correndo e não esperando resposta já decendo as escadas proferindo para si mesma: "merda, merda, merda!". 

Regina pegou o restante de suas coisas e desceu para a recepção, Emma estava conversando com Lou. As três se despediram e correram para o fusca, antes de entrarem Emma girou Regina para sua frente antes que a mesma entrasse no carro e lhe depositou um beijo caloroso. Regina ainda zonza entro sendo seguida por Emma após, ela  ligou o som e deixou a música em som ambiente, depois de alguns minutos de viagem Regina quebrou o silêncio. 

- Quando você me deixará dirigir esse possante??? 

- Assim que estivermos sem pressa, numa rua sem movimento e que não tenha curvas.- a loira responde em tom irônico dando um riso de canto desafiador a Regina.

- Está duvidando das minhas capacidades no volante Srt Swan? – Regina a olha com uma sobrancelha arqueada forçando uma expressão séria. 

- Jamais vossa alteza! – Emma responde levantando uma das mãos em sinal de rendição. 

- Acho bom mesmo, afinal fui vencedora da corrida de carros real! – A morena fala levantando o queixo e se colocando em um pódio mentalmente. 

- Mais um de seus concursos inventados? – Emma pergunta rindo da postura de Regina. 

- Acabei de inventar, e como sou da realeza eles passam a existir! – A morena responde virando Emma que estava parada num sinal e dando um beijo em sua boca. 

O restante da viagem seguiu descontraída, cantaram algumas musicas e pararam rapidamente numa lanchonete para comprarem um café, o tomando no próprio carro. Regina poucos minutos antes de chegarem na faculdade retocou sua maquiagem que por sorte carregava na bolsa. Elas então adentraram o campus às 8:30, estavam atrasadas exatos trinta minutos. Não era muito em vista da cultura brasileira. Elas subiram rapidamente as escadas quando encontraram a diretora em frente à sua sala com uma expressão séria. 
- Senhoritas, me sigam por favor. - Belle profere, fazendo com que Emma e Regina se olhem assustadas.


Notas Finais


Comentem que treta vocês acham que a Belle vai arranjar para nossa dupla!
Evil Kisses! ;-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...