História Evil Girls - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, JB, Jimin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Jimin, Mark, Mistério, Rap Monster
Exibições 35
Palavras 1.893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Capitulo 10


Fanfic / Fanfiction Evil Girls - Capítulo 10 - Capitulo 10


POV Elizabeth
   

   Depois da festa, eu estava morta. Destruida,um caos,um verdadeiro bagaço para falar a verdade. Minhas pernas nem querem andar mais,só estão se arrastando ate meu quarto.
     

 Se o Jimin não tivesse me ajudado a subir as escadas eu juro que tinha rolado todo aquela escadaria. Eu acho que bebi demais.
 

  Quem sou eu mesmo?
   

  Ele me levou até o meu quarto -comigo tentando dizer onde era né-,abriu a porta e entrou comigo,por sorte meu quarto não estava tão bagunçado. Me sentei na cama e Jimin me ajudou a tirar meus saltos, ele fez uma leve massagem em meus pés que estavam inchados -culpa do salto eu acho- e depois me ajudou a se levantar.
 

  -Eu acho que você precisa de um banho -disse ele,e sem dar espaço para que eu responder, ele me puxou ate meu banheiro.
 

 Enquanto Jimin ligava o chuveiro eu tentava de todas as maneiras possiveis tirar minha fantasia,esse treco grudou no meu corpo e agora não quer sair por nada nesse mundo. Ele percebeu que eu estava meio que "lutando" pra tirar essa coisa do meu corpo e veio me ajudar.
   

Em questão de minutos eu estava apenas de calcinha e sutiã, na frente dele,sozinha em um banheiro. Gostei...
 

 Mesmo eu bebada, no fim do tunél, vendo ET'S dançando macarena em cada canto daquele banheiro, eu conseguia sentir seu olhar em meu corpo e rapidamente eu corei.
   

-Para de olhar -disse cobrindo a parte de cima dos meus seios expostos pelo sutiã.
 

   Ele riu e colocou a mão em minhas costas me guiando até o box onde o chuveiro ja estava ligado, entrei e ele ficou na porta do box me olhando com um sorriso bobo. Ta qual é a do sorriso bobo hein? Coloquei minha mão na aguá e vi que aquilo tinha ligação com o Alaska de tão gelada.
   

-Ta muito gelada- reclamei,Jimin bufou e colocou a mão na minha cabeça me obrigando a entrar na agua gelada contra a minha vontade. Eu tentei de todas as maneiras possiveis sair dali de baixo,mas ele infelizmente era mais forte que eu. -Seu filho da puta desgraçado,me deixa sair- resmunguei me debatendo.
   

-Para Liza, que essa agua nem ta tão gelada assim-disse ele.
 

  -A é, não ta gelado?- sorri- Vem experimentar ela então- peguei sua mão que estava na minha cabeça e puxei ele pra dentro do box comigo molhando ele todinho.
   

-FILHA DA PUTA- gritou ele,tentando me afogar em baixo do chuveiro enquanto eu esperniava. 
   

  Quando aquele retardado parou de tentar me afogar e se afastou um pouco eu me virei e me arrependi por ter feito isso. Ele estava só de cueca, sorrindo enquanto me olhava semi nua. Senti minha bochecha pegar fogo.
   

-O que você acha que está fazendo?-perguntei temendo a resposta.
   

-Vou tomar banho?-falou o obvio erguendo uma sombrancelha sem tirar aquele maldito sorriso do rosto. Ele ameaçou a tirar a cueca e eu virei de costas para não olhar.
   

Poxa eu to bebada não tarada...
 

    Escutei ele rir baixinho antes de sentir seu membro roçando na minha bunda,seu peito se chocou com as minhas costas e seu braço ficou ao redor da minha cintura,minha pele toda se arrepiou quando ele deu um beijo em meu pescoço.
   

-Sabe Liza,acho que tomar banho comigo não vai ser tão ruim assim ne?- mesmo não olhando em seu rosto eu tinha certeza de que ele estava sorrindo.
   

 Sem aviso nenhum ele me virou de frente pra ele e me beijou. Seus labios eram macios e sua lingua dançava em perfeita sincronia com a minha,nossos corpos molhados estavam colados e eu sentia sua ereção se esfregar em minha intimidade.
   

Minhas costas bateram na parede e eu gemi entre o beijo quando sua mão apertou minha cintura, ele mordeu meu labio inferior e desceu uma trilha de beijos ate a parte exposta do meu sutiã e deu um chupão que iria deixar marcar.
     

Ele ergueu uma de minhas pernas e colocou ao redor de sua cintura,fazendo com que seu membro se chocasse com a minha intimidade coberta pela calcinha. Seus labios vieram a procura do meu e um selinho demorado foi depositado em meu queixo,logo seus labios estavam junto aos meus.
 

  Acho que estamos com roupa de mais não é não?
 

  Como se ele lesse meus pensamentos, sua mão foi ate a parte de tras do meu sutiã e o abriu,jogando o mesmo no chão. Suas mãos massageam meus seios e eu gemia entre o beijo, ele parou de me beijar e começou a trabalhar em meus seios.
 

  Sua lingua brincava com o meu mamilo e suas mãos agora tiravam minha calcinha,e assim eu fiquei totalmente nua na sua frente. 
Injusto isso...
 

  Com meu dedo eu ergui seu queixo e lhe roubei um beijo,aproveitei que sua atenção estava em minha boca e tirei rapidamente sua cueca. Ele sorriu entre o beijo e deu impulso para eu subir em seu colo, ouvi quando ele fechou o chuveiro e saiu do banheiro comigo no colo.
 

  Ele me jogou na cama e ficou por cima de mim logo voltando a me beijar,sua mãos apertava minha bunda e as minhas arranhavam suas costas sem dó.
 

  -Na primeira gaveta- disse e logo ele entendeu que eu estava falando da camisinha,esperei de olhos fechados ele colocar a camisinha e subir em cima de minha novamente mas isso parecia demorar uma eternidade,então abri os olhos vendo ele paraod igual estatua.- O que foi? -perguntei.
 

   Ele nada disse e apenas apontou para a minha prateleira de bonecas onde cada uma delas sorria e olhava para o Jimin. Não aguentei e comecei a rir.
 

  -Por que você ta olhando pra ela assim? É só uma boneca!-disse,ja sentindo uma dor na barriga de tanto rir.
 

 -Estou olhando pra ela, por que ela está olhando para mim- disse ele ainda sem se mexer me fazendo dar mais risada. 
   

Olhei na direção exata que ele olhava e vi que a minha boneca preferida Scarlet,sorria de um jeito malicioso pra ele com aqueles labios rosados que só ela tinha, ela virou a cabeça em minha direção e piscou um olho pra mim logo voltando a olhar para Jimin que agora estava em cima da cama to encolhidinho. Comecei a rir mais ainda do ja havia conseguido rir antes.
   

 -Scarlet querida, venha aqui dar um beijo na mamãe!-chamei ela e Jimin só faltou gritar.
   

-Você fala com ela como se ela fosse sair daquela estante e vir correndo até você-resmungou ele cobrindo a cabeça com o lençol.
   

 -Estou indo mamãe! -ouvi a minha doce Scarlet falando enquanto descia da estante. Dessa vez ele gritou, e bem alto.
   

-Xó capeta- repreendeu ele e eu ri fraco. Querido o unico capeta aqui sou eu...
   

Scarlet era uma boneca bebezão com um cabelinho preto igual aos meus,sua roupinha era branquinha e ela tinha uma faixinha rosa na cabeça. Quando ela ficou na minha frente com os braços erguidos me pedindo colo,eu não pensei duas vezes antes de pegar ela no colo.
   

 -Olha Jimin- chamei ele.
 

   -Eu não- disse ele todo medroso fazendo eu e Scarlet rir -Olha até a risada dela e igual a do capiroto- podia jurar que ele estava tremendo.
   

 -Poxa não fala assim dela. De todas as bonecas que eu ganhei Scarlet é a minha preferida,ela não é uma boneca é minha amiga!-digo e Scarlet me abraçou forte.
   

-Ele vai ser meu novo papai mamãe?-perguntou Scarlet olhando pro Jimin coberto.

     -Pergunte a ele só ele saberá te responder querida- ela balançou a cabeça concordando e me deu um beijo na minha bochecha voltando pra prateleira.

    Assim que vi que Scarlet voltou ao seu devido lugar na prateleira, eu puxei o lençol do Jimin vendo que ele estava quase dormindo. Bufei.

   Se eu soubesse que ele tinha tanto medo dessas coisas sobrenaturais, eu nem tinha deixado ele entra no meu quarto!

    -Jimin?-chamei.

     -Liza fala pra mim que aquela coisa tem pilha?-disse ele bem baixinho.

    -Opa, coisa não- gritou Scarlet brava.

     -Liza?-disse Jimin quase chorando.

     -Sim Jimin,ela tem pilha.-digo revirando os olhos.

     -Eu não tenho pilha não-gritou Scarlet novamente.

      -Sabe Liza,que tal terminarmos o que começamos?- disse Jimin sorrindo sapeca e vindo engatinhando igual gatinho na minha direção.

     -Agora eu quero dormir- peguei o lençol que estava na cama, deitei e me enrolei nele ficando de costas pro Jimin.

    -Correção você quer dormir, mas eu não- disse e puxou o lençol.

     Olhei para Jimin e notei que ele ja havia colocado a camisinha, seu membro estava inchado de tão duro. Com uma certa brutalidade ele abriu minhas pernas, seu dedo ficou brincando com meu clitóris enquanto sua boca tomava a minha com desejo.

   Arranhei suas costas ao sentir nossas intimidades se encostando, ele estava me torturando sem ao menos me penetrar. Senti a cabecinha de seu membro em minha entrada e gemi entre o beijo antecipando a sensação que iria vir.

     Aos poucos fui sentindo seu membro em minha intimidade,gemi alto e mordi seu ombro. Ele começou com leves estocadas e logo aumentou,quando eu gemi alto novamente ele simplesmente parou tirando seu membro de dentro de mim.

    -PORRA JIMIN POR QUE PAROU?- gritei.

     -Não foi você quem disse que queria dormir?-perguntou erguendo uma de suas lindas e bem esculpidas sombrancelhas.- Você quer dormir Liza?- seu membro me penetrou novamente e dessa vez senti sua cabeça encostar no meu utero,ele tirou novamente e repetiu o processo.

   -N...ão-gemi e ele me penetrou com força e,mais uma vez tirou.

    -O que você disse Liza? Não escutei- disse e deu um chupão forte no meu seio direito arrancando um gemido baixo de mim.

   -Não- arfei.
   

-Não o que?-perguntou ele beijando minha barriga.
   

-Eu não quero...-antes que eu pudesse terminar a frase a luz se apagou.
   

 -No escurinho é melhor- disse Jimin,eu podia sentir sua respiração fria ir de encontro com a minha intimidade quente.
   

 Escuro? Oh não.
     

Meu estomago roncou.
   

Naquele quarto escuro só se ouvia o som de nossas respirações e o bater de nossos...corações. A chuva cai la fora e eu nem vi quando ela começou,não sei quando ela vai parar mas sei que eu preciso comer algo rapido, pois não quero que Jimin seja outra de minhas vitimas.
   

Antes que Jimin pudesse fazer qualquer coisa eu dei um pulo da cama e tampei meus olhos, pois eu sei que mesmo sem olhar no espelho meus olhos estão vermelhos. Poxa eu me conheço muito bem.
 

 Corri pro closet,coloquei minha camisola preta e minha pantufa preta de caverinha, saiu correndo ate a porta mas antes de sair eu me virei pro Jimin que me olhava sem entender nada e disse:
 

 -Desculpa Jimin,mas isso é uma emergencia-mandei um beijo pra ele e me virei em direção a Scarlet -Querida cuide muito bem do seu papai que a mamãe ja volta- sai e fechei a porta escutando o grito do Jimin.
 

 Eu sinto muito Jimin, só que eu não posso tornar aquele que me fascina mas uma vitima minha.
   

  Desci as escadas e encontrei com minhas irmãs juntas na sala com seus medonhos olhos vermelhos, Meghan ainda não havia descido,provavelmente ela deve estar tentando se acalmar depois dessa tempestade. Kristin tambem estava lá e com...olhos vermelhos?
 

  -Ela tambem é...-antes de terminar a frase Bella assentiu sorrindo.
 

  Não questionei.
 

  Assim que Meghan chegou ela tambem ficou confusa mas preferiu não perguntar nada.
   

     Naquela noite escura no meio da madrugada, foram 6 vitimas. 

6 Vitimas, para as 6 filhas de Lucifer...
  
   
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...