História EVOLution - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~LittleLoloo

Visualizações 5
Palavras 1.911
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente mil perdões, sei que devo ter demorado muito tempo mas é que nas férias pra mim era resumidamente ficar indo na empresa ou eu trabalho. Não tinha muito tempo pra nada e quando tinha eu acabava escrevendo um outra história porém eu nunca posso esquecer da EVOL pk ela é muito importante pra mim - tipo nesse cap chorei pakas.

Boa leitura e mais uma vez mil desculpas, ah e eu tô muito feliz por quem acompanhou até aqui e a todos os favoritos beautiful❤

Capítulo 17 - O Cintilar das Memórias


Fanfic / Fanfiction EVOLution - Capítulo 17 - O Cintilar das Memórias


- mas não te conheço...


Ao dizer isso o olhar do loiro a minha frente mudou de felicidade para confusão e pura tristeza, mesmo não lembrando exatamente dele, pude sentir um aperto no meu coração por ver ele nessa situação principalmente por saber que eu era a causa daquele desespero que agora estava implantado no olhos daquele cara.


Neith : M-me desculpa... Alex e-eu não...


Alex : Tá tudo bem! - disse, colocando a mão na minha cabeça e começando a fazer um leve afago.


Minha visão começou a ficar borrada por causa das lágrimas que inundavam meus olhos porém eu não me importei com isso, pois instintivamente meu corpo foi ao encontro do maior que me segurou com toda a delicadeza do mundo como se estivesse com medo que eu quebra-se mas sem deixar de se manter firme ao abraço.


Neith : E-eu queria lembrar... e-eu... - sou interrompido pela risada do mais velho que fazia carinho nas minhas costas.


Alex : Eu sei Nei, eu te conheço melhor do qualquer um... 


Verdade... eu podia sentir a sinceridade em suas palavras e me sentia bem sabendo disso, porém ainda queria saber quem era ele e como ele pode ser tão importante na minha vida.


Alex : Qualquer dúvida que tiver pude perguntar para mim, okay? - se afastou para olhar nos meus olhos.


Neith : E-eu preciso ir dormir - digo me levanto e praticamente correndo para dentro da casa.


Pode parecer frescura mas eu me senti muito mal quando eu olhei de raspão e vi os olhares tristes de todos, eles esperavam que eu me lembra-se do Alex, eles queriam que tudo voltasse ao normal... eu também queria mas isso não é uma coisa que está ao meu alcance para quando eu bem entende-se fizesse minha memória voltar, as coisas não funcionam assim, a vida não nós da apenas o que queremos e se ela dá pode ter certeza que algo veio na bagagem. Ao me aproximar da escada vejo algo correndo do lado através da porta de vidro da cozinha, sabe aquelas cenas de filmes de terror sem sentido algum? Quando o personagem vê algo estranho e por curiosidade ele vai lá ver o que, com isso acaba morrendo? Eu estava passando por isso nesse momento em quanto me aproximava da porta que permitia a luz da lua iluminar toda a cozinha já que a mesma a encontrava no pleno breu, tinha plena certeza de que só em filme acontecia essas coisas mas parece que existe mesmo essa esquisita curiosidade que pode nos levar a morte só por ir investigar, agora eu podia dizer do toda a certeza que estava " tremendo na base " apenas por ver novamente aquele corpo se movimentar novamente lá fora - estava praticamente implorando a alguma força divina ou cósmica que eu não morre-se em algum lugar escuro como aquela floresta que havia atrás da casa, ironicamente foi para lá que o " num sei o que " escolheu ir.


Provavelmente vocês devem estar pensando : É claro que esse nanico não vai inventar de querer ver o que era aquilo! Até que eu queria ir para o meu quarto ou novamente para aquele loiro, porém meu corpo já sentia algumas folhas úmidas que caíam da árvore batendo contra os meus braços em quanto eu caminhava entre aquele lugar que chegava até ser mágico com aquela luz prateada da lua dando um toque divino ao ambiente junto as folhas que variavam de cor no decorrer da sua lenta queda dos galhos das enormes árvores, sem falar nas flores de diferentes tipos que formavam um caminho entre as árvores, era como se fosse uma trilha que foi detalhadamente feita por alguém. Sinto muito desapontar vocês mas pensem pelo lado positivo, se eu morrer vocês vão poder falar que eu fui um estúpido por seguir um animal até um... lago! Meu Deus que lugar é esse...? Era como se eu não estivesse mais na fazenda do Bobby mas a sensação de familiaridade me trazia de volta a realidade impedindo que eu imagina-se que estava sem lá... na Terra do Nunca.

Caminhei por cima do píer até chegar perto de uma escada de metal, escuto um estalar entre as árvores fazendo eu me virar com rapidez consequentemente apoiando na corrimão de metal, esperei um pouco vendo que nada acontecei para enfim relaxar e descer minha mão pelo corrimão na intenção de solta-ló porém meus dedos passam por cima de uma parte marcada no metal, desvio meu olhar para poder ver o que estava escrito ali o que não era difícil já que parecia que as estrelas nesse lugar eram mais intensas do que mil faroes.


N.M & A.M Forever.


Quem são esses? Penso, ao ler aquelas iniciados mas não tive muito tempo para pensar nisso já que minha atenção foi concentrada toda nas gostosas risadas de crianças que eu estava ouvindo.


" Neithan espera! Você pode se machucar! "


Aquela voz era da... Mary.


" Ela tem razão Nei, vai devagar! "


Maya?


" Tá tudo bem, o Alex sempre vai me proteger! "


Olho para trás vendo um menino de olhos azuis e outro loiro correndo na minha direção... Era eu e o Alex. Mais ao fundo na grama, a Mary estava sentada em cima de uma toalha chadrez com a Maya ao seu lado comendo um sanduíche.


" Sim Nei, eu sempre vou te proteger mas você devia ouvi-las "


Sempre...


" Desculpa... "


O loiro não disse nada, apenas me pegou nos braços e começou a me girar.


" Mininos! "


A Mary gritou fazendo o Alex me soltar em quanto riamos, aos poucos ele foi se aproximando e eu dava passos para trás só que cada vez eu estava mais perto da beirada e isso não era bom, eu ia cair!


Neithan : Ei!!!


...


Eu não cai... claro que eu não ia cair, ele sempre vai me proteger, mesmo que com isso ele caia, ele enfrentaria qualquer coisa para me proteger... negligenciaria qualquer relacionamento apenas por ser fiel ao seu sentimento por mim e nunca querer ficar preso alguém sendo que ele... ele já estava comigo.


" Alex... me desculpa "


Ouço o murmuro atrás de mim, viro-me apenas para encontrar o pequeno Neithan colocando um cobertor entorno do corpo do jovem Alex que continha um sorriso bobo no rosto, eu não sabia por que... ainda.


" Nunca mais faça isso seu louco! O que estava pensando? "


Grito com ele, porém seu sorriso e até mesmo a feição continuava a mesma de bobo... Apaixonado?


" Em te proteger pequeno e eu faria de novo apenas para te ver seguro, sabe por que? "


Nego junto ao (eu)pequeno, vendo o loiro soltar uma leve risada.


" É por que eu te amo, sempre amei e sempre vou amar "


Foi como se meu corpo todo congela-se mas o meu coração se aquece-se de uma forma tão intensa que nada mais importa-se apenas a minha vontade de estar nos braços do meu loiro... do meu Alex. Ele sempre esteve lá para mim e sempre vai estar, por que ele me ama, ama ao ponto de negar os seus verdadeiros sentimentos só por achar que eu mereço melhor, ele cometeu o maior ato de altruísmo e burrice que eu já vi por que me ama... ele estava disposto a ficar sem mim só para que eu pudesse achar alguém que seja bom o suficiente mas a questão não era essa e nunca foi! Ele pode tentar o quanto quiser mas ele não pode me afastar dele nesse sentido por que eu também o amo... eu sou apaixonado por ele desde que eu o conheço, meu coração pertence a ele e o dele a mim e essa entrega tão doce e pura não aconteceu explicitamente em nenhum momento das nossas vidas, ela foi acontecendo aos poucos em quanto cresciamos juntos lado a lado... mesmo quando eu me separei dele... mesmo quando eu esqueci completamente da sua existência e só voltei a encontrar ele depois começando tudo do zero, mesmo assim nada mudou e nunca vai mudar por que nossa amizade será para...


Alex : Sempre, que bom quê se lembrou...


Olho para trás encontrando o verdadeiro Alex, ele estava com uma roupa toda branca e com um sorriso doce nos lábios, lágrimas começaram a se acumular nos meus olhos aos poucos em quanto ele se aproximava até que ficou a centímetros de mim, me neguei a olhar para ele depois de finalmente lembrar de tudo, depois de finalmente saber que eu conhecia ele a minha vida toda.


Alex : Ei... - murmurou, segurando o meu queixo para me fazer olhar em seus olhos que estavam mais claros.


Neithan : Por que nunca me contou?


Alex : Você perdeu a memória faz só um dia...


Neithan : Eu não estou falando disso! - exclamei, sentindo as lágrimas descerem pelo meu rosto - Por que não me disse que você toda a verdade?


Alex : Eu tinha fé em você meu pequeno... - sussurrou, beijando minha bochechas para retirar as lágrimas dali - Sabia que você iria encontrar as respostas algum dia, a Maya também vai ficar feliz em saber que você se lembrou de tudo.


Neithan : Ela sabia também?


Alex : Não de tudo, ela era muito pequena para se lembrar mas tem algumas coisas que ela com certeza se lembra - sorrio ao ouvir isso e me aproximo mais sentindo seus braços me acolherem.


Neithan : Tem razão... tem coisa que não esquecemos... - celei meus lábios aos seus, sentindo ele sorrir entre o beijo - Obrigado por vir me buscar... - apoio minha cabeça no seu peito, fechando os olhos na intenção de sentir melhor aquele carinho gostoso mas minhas costas.


Alex : De nada meu amor... - beijou o topo da minha cabeça - Só que antes de irmos preciso de um favor, eu preciso que você vá até o Alexander verdadeiro e diga que se lembra de tudo e mais importante se permitam ser feliz com esse amor louco de vocês! - abro os olhos com esse pedido estranho - Eu venho acompanhando a história de vocês dois a um longo tempo e só a uma coisa a dizer, a alma de vocês são Gêmeas Genuínas, não importa quanto tempo passe ou quantas vidas o tempo leve, vocês sempre vão se reencontrar por que um depende do outro.


Neithan : Alex o que...


Alex : Adeus meu anjo.


Foi muito rápido o que aconteceu, o maior depositou um beijo na minha testa e por conta desse afastamento eu pude ver seu corpo começar a emitir um brilho intenso, aos poucos esferas de luz foram saindo dele até que seu corpo simplesmente desapareceu, me viro para acompanhar as pequenas esferas de luz que se dirigiram ao seus se juntando as outras estrelas que cintilavam no céu noturno sendo refletido naquele enorme lago.


Eu tô maluco! Tento sair daquele píer doido mas no momento em que me viro acabo encontrando um enorme cão negro, seus olhos de cor escarlate praticamente mandavam meu corpo não se mexer o que foi prontamente obedecido. O medo que se instalou do meu corpo era enorme por conta dele não parar de rosnar, afinal de onde ele saiu? É bem provável que vocês estejam falando que eu vou mercer o que vai acontecer afinal eu que segui ele até aqui... espera ele que eu segui então! Sou tirado dos meus pensamentos quando o rosnar cessa dando lugar para o som dos cascos do cavalo branco que caminhava na minha direção, o mesmo parou a alguns centímetros do meu rosto e bufou forte que até baguncou meus cabelos.


Onde raios eu estava com a cabeça de seguir aquele cachorro!?


Notas Finais


Desculpa qualquer erro e a demora gigante...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...