História Exchange - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Justin Bieber, Sonia Ben Ammar
Visualizações 119
Palavras 903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie gente. O capítulo tá bem curtinho, mas no próximo será maior.
Espero que gostem!

Capítulo 2 - Bye Brazil!


Fanfic / Fanfiction Exchange - Capítulo 2 - Bye Brazil!

Minhas malas já estavam prontas. Minha mãe as colocara mais cedo, para não ficar ocupando espaço dentro de casa. O clima estava de despedida e um pouco nostálgica graças a ela, que chorava igual a uma louca.

— Mãe, um ano passa rápido— Reviro os olhos. Acho que talvez eu tenha sido fria demais, mas é necessário. Já está sendo difícil o suficiente, então, acho que se eu fingisse que estou de boa, ficaria mais fácil.

— Quando você tiver filhos, vai entender.— Ela ajeita meu cabelo atrás da orelha, e beija meu rosto.

— Que vai ser no dia de São Nunca, à tarde.

— Você não prevê o futuro.— Dona Christina fala com um "Q" de raiva. Não entendo essa minha mãe. Ela fala que não quer ter netos, mas fica zangada quando digo que não quero ter filhos.

Estava fazendo nada vezes nada com a minha mãe, esperando a hora de sair de casa. Meu irmão Diego, o mais velho, chega em casa. Sua expressão séria não anulava o fato dele ser lindo. A genética da minha família é bem favorecida, devo dizer.

— Bru, que horas vocês querem ir ao aeroporto? Tenho que ir ao médico com a Alessandra.— Diego diz, referindo-se a sua noiva.

Alessandra é uma mulher elegante, por vezes até arrogante. Não vou com a cara dela, mas a trato bem. Minha mãe diz que é implicância minha, mas sei que há algo de errado com aquela megera.

— Daqui trinta minutos. Vamos chegar bem em cima da hora. Não quero esperar.

— Você que manda.— Ele pega uma maçã da cesta de frutas, e a morde saboreando o suco da mesma.— Cadê o merdinha do Felipe?

         ●Point Of View Justin Bieber●

— A senhora não tinha que inventar outra coisa não?— Pergunto puto pelo o fato de uma estranha vir morar aqui. Minha mãe tinha cada merda na cabeça, que não sei como fico surpreso.

— Qual é o problema? A Bruna é uma boa menina.— Pattie responde com a voz tranquilizadora de sempre, no qual me dava nos nervos.

— A senhora conhece ela por acaso? Não né? Deve ser mais uma vagabunda brasileira que vem para ir à festas e encher a cara — Pego meu celular e a chave do carro para ir até a casa do Ryan, no qual teria um pequena festinha.

— Vai sair de novo? — Ela me encara, perdendo a paciência— Justin, você deveria passar mais tempo comigo e com seus irmãos. Depois que seu pai saiu de casa…

— Vai começar o melodrama— Falo entediado— Não vou chegar tarde.— Saio de casa, antes que ela dissesse outra coisa e me impedisse de sair. Não entendo essas frescuras dela.

Entro no carro e arranco o mesmo. Manuseio o volante, com o automóvel um pouco além do limite de velocidade, do jeito que sou acostumado a dirigir.

— Fala, dude— Ryan me cumprimenta com um toque de mãos logo após que entro na sua casa.

A mesma estava uma zona, com muita bebida e copos espalhados e, claro, muitas mulheres. Exatamente do jeito que eu gosto.

Pego um copo de tequila e bebo como se fosse água. Umas putas, quer dizer, mulheres passam por mim rebolando, e mordendo o lábio inferior.

— Hey Jay.— Margot se aproxima, e se apoia em mim, antes de me beijar. Teoricamente, ela é a minha namorada, mas aquela ali coleciona tanto chifre, que não faz diferença.

— Oi— Sigo reto, deixando Margot boquiaberta devido ao tratamento, fixando o olhar em uma morena, cheia de silicone nos seios. Já tenho um plano pra essa garota. O que envolve ela me pagando um belo boquete.

             ●Point Of View Bruna Goulart●

— filha, você está levando tudo?

— Mãe, é a décima vez que a senhora pergunta isso pra Bruna. Meu Deus.— Felipe me poupa de respondê-la, e me ajuda com as malas.

Cutuco o esmalte da unha, e balanço meu pé, com o nervosismo e o frio na barriga dominando meu corpo. Vejo uma galera, no qual eu reconheço, chegando apressados. Meus olhos se enchem de lágrimas, quando me toco que não irei vê-los durante meses.

— A cadela achou que eu não iria me despedir?— Ísis me abraça, quase sufocando-me.

Quando me desvencilho dela, vejo o garoto ao lado da minha amiga, me encarando. O bile sobe pela minha garganta. Meu ex-namorado, aparecera para se despedir. O cara que eu tanto lutei para esquecer, e para parar de sofrer. O cara que eu já amei.

— Oi, Bru.— Ele olha para mim, um pouco sem graça. E com razão.

— O que você está fazendo aqui?— Vou logo ao ponto. A imagem dele fodendo a minha prima, volta a dominar meus pensamentos. Eca.— Olha, eu não vou desperdiçar o pouco tempo que eu tenho para te dar atenção.

— Não tem problema.— Henrique fita o chão, antes de me encarar novamente. Os olhos que eu costumava admirar tinham um desespero evidente. Foda-se. — Eu só quero te ver.

Viro, e me despeço das pessoas que são importantes para mim. Ou seja, o deixo de fora dessa lista.

7 minutos

Minha mãe e minha melhor amiga não paravam de chorar. Meus irmãos implicavam comigo direto. É a forma deles de carinho.

4 minutos

Irei morar com pessoas completamente diferentes. Um ambiente diferente. Um idioma diferente.

1 minuto

Meu vôo é anunciado. Meu coração dispara, e minhas mãos suam. É a hora de eu dar adeus a minha familia, adeus aos meus amigos, adeus ao meu país. É a hora de uma nova fase da minha vida começar.


Notas Finais


O que acharam? Comentem, please. É um incentivo enorme para mim.😉☺️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...