História Existe razão nas coisas feitas pelo coração? - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, K-pop, Namjin, Rap Monster, Romance, Suga, Vhope
Exibições 101
Palavras 1.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bunny estava ansiosa para postar esse Cap.
Espero que gostem, por ela xD
(E sim eu sei que é um ship estranho, mas é mais pela zuera mesmo)
Bjs e boa leitura

~Funny 💋

Capítulo 19 - Senpai


Fanfic / Fanfiction Existe razão nas coisas feitas pelo coração? - Capítulo 19 - Senpai

•P.O.V Suga

As Mini férias estavam acabando, e significa que amanhã tem aula. Eu quero morrer.

Os meninos queriam me levar para casa. Mas eu queria ir no shopping para comprar um novo produto do Kumamom.

Quando cheguei na loja encontrei um cara com óculos de sol, um chapéu preto e com um bigode, que com certeza era falso. 

"Fazer o que, cada um com suas manias." -pensei. 

Peguei o produto novo do Kumamom, era uma miniatura dele vestido um uniforme de um time de basquete ( orlando magic), era tão fofo, paguei o boneco e fui pra casa.

Tenho uma má impressão sobre amanhã, mas deve ser paranoia.

Fui me deitar mas alguma coisa aconteceu e eu não consegui dormir, pela primeira vez na minha vida. Quando finalmente consegui dormir eu acabei acordando, cedo de mais, pela primeira vez na minha vida novamente. O que tá acontecendo comigo?

Tentei voltar a dormir mas não conseguia, decidi levantar da minha cama e fui tomar um banho (eu continuo com aquela sensação ruim, um certo frio na barriga, ou talvez até ansiedade) sai do banho e me troquei, estilo gótico como smepre.

Desci e sai de casa, estava sem fome, já que tô acordado vou pra escola.

Cheguei e não havia ninguém. Nunca havia chegado tão cedo. Vai chover dinheiro hoje, aguardem. 

Min Yoongi chegou cedo na escola, acordou cedo e está sem fome, é o fim do mundo.

Fui até a minha sala e sentei em meu lugar, tentei dormir, de repente ouvi a porta abrir, olhei e vi a mesma pessoa de ontem, ele ainda está com aquele bigode estranho.


-Ufa, não tem ninguém ainda -o garoto disse.


Ele tirou o chapéu, o óculos e o bigode. E meu deus, era o senpai mozão master August D, eu tô infartando. Só pode ser um sonho, se for por favor não me acorda, aí meu coração.


-Ah, eu não tinha te visto. -ele disse olhando pra mim.

-Meu deus, senpai é você. - eu disse babando pela cara dele.

-Hã? Senpai? - ele ria.

-Q-Quero dizer, o que faz aqui?

-Ah, eu vou estudar aqui.

"O que? O senpai vai estudar comigo." -pensei.

-Posso me sentar aqui? - ele apontou para a cadeira ao meu lado.

-Claro.

"E ele vai sentar do meu lado."


Me help *morre* mentira preciso viver pelos meus shipps e pra ver o senpai.Ele se sentou na cadeira ao lado e disse.


-Você ainda não me disse seu nome, o meu você já sabe. -ele sorriu.


Ele sorriu pra mim, AHHHHHH *infarto*


-É Min Yoongi, mas pode me chamar de suga.

-Vou te chamar de miojinho ou de suga das neves.

-Ah?

-Nada.


Conversamos por um tempo e o sinal bateu, estava sem sono e não dormi na aula, eu prestei atenção na aula {mentira, ele estava olhando pro August} e logo bateu o sinal do intervalo, senpai sumiu, então fui me encontrar com meus amigos.


-Suga-hyung, você tá bem? - Jungkook me olhou preocupado.

-Eu vi.... meu senpai.

-Seu senpai? - Tae perguntou confuso.

-Suga gosta de um rapper chamando August D e ele veio estudar aqui. - Hobi explicou.

-Parece que você finalmente descobriu. - Jimin disse rindo e olhando para o Hobi.

-Porque vocês não me contaram? - eu queria bater neles.

-Contar o que? Encontrei você miojinho.


Eu sabia de quem era aquela voz, me virei e vi o senpai.


-August-hyung você sabia que existe um grande fã seu entre nós? - Jimin disse rindo.

-Sério? Quem é? - ele perguntou animado.

-Jimin, vem cá, vamos conversar. - tapei a sua boca com a minha mão e o puxei para um canto.

-Por favor Jimin, cala a boca. - eu falei desesperado.

-Calma hyung, eu estou brincando. - ele riu.

-Bom mesmo.


Voltamos e ouvi Hobi falar para o Agust.


-Suga gosta de comer e de pessoa que o deixem dormir.

-Ele gosta de comer de graça. - Tae ria.

-O que vocês estão falando? - Jimin perguntou.

-Estamos falando do suga-hyung para o August-hyung. - disse Jungkook rindo.

-O que? - eu disse corando.

-Meu deus, suga-hyung sabe corar. - Tae disse rindo.

-Você fica mais fofo quando cora. - senpai disse para mim.


O sinal bateu e cada um foi para sua sala. O senpai sumiu novamente. Ele voltou antes do professor entrar na sala. As aulas foram chatas e o sinal da saída bateu. Encontrei Hobi e Tae na saída.


-Cadê o Jimin? - perguntei a eles.

-Ele recebeu uma mensagem do kookie, falando que precisava falar com ele. - Tae disse.

-Tendi.

-Ei suga, eu e Tae vamos na sorveteria, quer vir conosco? - Hobi disse.

-Eu também quero, posso? - senpai brotou do chão e perguntou isso.

-Claro, então suga vamos? - Hobi perguntou.

-Bom, eu... - fui interrompido.

-Eu pago pra você. - senpai sorriu pra mim.

-Tá, eu acho que vou. - e corei.

-Boa ideia hyung, conquistar o suga pagando comida pra ele. - Tae ria.

-Foi como você disse. - senpai ria junto.

-Olha suga tá vermelho. - Hobi apontou pra mim rindo.

-N-Não tô não. - abaixei meu rosto, na tentativa de esconder-lo.


Senti as mãos de alguém segurar meu rosto e levantar.


-Ele tá sim, que fofo. - senpai sorriu.


Ele tá muito perto, ai meu *morre* *ressuscita* e se afasta.


-Vamos.


Tae e Hobi foram na frente.


-Eu ainda não sei se vou. - sussurrei.

-Perdeu sua chance de escolher, agora você vem. - senpai pegou minha mão e me levou.


Ele pegou na minha mão *morre e ressuscita*

( Meu deus já deu desse morre e ressuscita, chega garoto parece eu. ~Bunny)

Chegamos na sorveteria, Hobi e Tae começaram a acenar pra nós.


-Casalzinho aqui! - Tae agitava seus braços.


Nos sentamos, pedimos nossos sorvetes, comemos e conversamos. Já havia escurecido, nem tinha visto o tempo passar.


-Tchau gente, vou levar o Tae para casa. - Hobi disse se despedindo de nós.

-Tchau, até amanhã, foi muito divertido. - Tae também se despediu.


Vimos eles se afastando.


-Bom eu vou indo. - eu disse me afastando dele.


Ele não disse nada e me seguiu até minha casa.


-Não vai ir pra casa? - perguntei a ele.

-Mas eu estou na frente da minha casa.

-Ah?

-Moro no mesmo prédio que você.

-Ah.

Senpai mora no mesmo prédio que eu *morre* *é ressucita pela Bunny* ( criança para de morrer, precisa ficar vivo até o final)

Entramos no elevador, nos despedimos e cada um foi para sua casa.

"Hoje foi divertido, eu quero me divertir mais com ele."


Notas Finais


Desculpe qualquer erro ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...