História Experimento científico: 357 (interativa) - Capítulo 9


Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Interativa, Zumbis
Exibições 23
Palavras 1.482
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Omelete...



- Aranha... - A loira fala em fio de voz, segurando o choro e apontando para dentro do box.

- Ally...Achei que fosse algo mais sério... - Damien empurra a aranha pra fora. - Você poderia ter me dado um infarto...

- Eu tenho muito muito muito medo... eu entro em pânico. É...fobia! - A loira abraça Jennifer com força

- Ei! Eu que deveria ganhar um abraço! - Damien abraça Alasca. - Fui eu que coloquei ela pra fora.

- Ei! Eu também quero abraço! - Edgar abraça todos por trás

- o que ta acontecendo aqui? - Thomas aparece confuso

- A Alasca viu uma aranha e agora a gente ta se abraçando. - Edgar fala com uma voz calma. - Quer se juntar a nós?

- Agora não...obrigado. - Ele da risada

- Tá, agora chega. - Edgar solta todos. - Agora vai virar competição de quem fica mais tempo abraçado nela?

- Pode ser... - Damien fala encarando Jennifer com ciúmes.

- Eu vou ganhar!! - Jennifer aperta mais a loira é vira a mesma de costas para Damien

- Não!! Minha Alasca! - Damien repousa sua cabeça nas costas da garota. - Eu não desisto fácil!

- vocês estão me esmagando. - Alasca fala toda amassada

- Vamo lá Jenn, pega leve com a garota... Porque eu não vou soltar... - Damien fica com uma voz competitiva. - Qual seria o prêmio?

- Dormir com ela essa noite. - Edgar grita do quarto.

- OQUÊ?! - Damien solta um grito, logo disfarçando. - Mas eu dormi na mesma cama que ela noite passada...

- Então é minha vez! - Jennifer puxa a pequena

- Não eu quero dormir mais uma noite com ela! - Damien puxa a menor para seu lado. - Ela é macia e quentinha...

- O que você fez com ela? -Jennifer parecia brava

- Eu não fiz nada... - Ele se sentiu ofendido. - Ainda não...

- Como assim ainda não?  O que quer fazer com ela?

- S-Só alguns amassos... Eu juro! - Ele mente.

- Damien, preciso falar com você! - Edgar da um berro. - Você dorme com a loira amanhã!

- E QUAL SERIA O MOTIVO RAZÃO OU CIRCUNSTÂNCIA?! Eu não posso deixar minha doce Ally com essa garota...

- Tem uns zumbis se aproximando... - ele fala a primeira coisa que vem na sua cabeça

- Vocês podem dar conta sozinhos! - Damien realmente queria dormir com Ally. - Não precisa falar comigo pra mata-los!

- Damien, São muitos! Amanhã você dorme com a loirinha...

- N-Não posso! - Ele apertava a loirinha. - Eles são lentos, pode esperar até Jennifer desistir... Eu, não quero que outra pessoa durma com a Ally...

- Damien...você dorme com ela amanhã poxa...não vou fazer nada com ela! Somos amigas... - Jennifer implora para Damien

- T-TA! - O garoto solta Alasca rapidamente e corre para descer as escadas. - Oquê ta acontecendo aqui!?

- Tem uns 20 zumbis.. - Edgar aponta para uma estradinha de terra que dava na casa. - Precisamos fechar as janelas!

- Finalmente posso respirar! - Alasca da um sorriso.

-... VOCÊ ME CHAMOU AQUI POR CAUSA DE VINTE ZUMBIS?! - Damien grita. - Eu dou conta deles sozinho! Só me dá um tempo.

Damien sai pela porta, logo voltando todo ensanguentado.

- Feliz? - Ele faz uma cara cínica. - Perdi meu dia e minha noite...

- nossa...foi mal. - Edgar sai de perto dele.

O dia passou rápido, a casa estava limpa e todos estavam cansados.

- Voltei... - Damien fala com o cabelo molhado. - Então, quem vai fazer o jantar?

- Eu faço! - Ally se levanta.

- Eu te ajudo! - Jennifer acompanha a menina

- Humf! - Damien pega um livro qualquer e começa a folhear. - Thomas... Eu pareço um filinho de papai?

- Só quando se trata da Alasca...  - Ele responde nervoso.

- O que vamos fazer Jenn?

- Que tal... Omelete!? - Jennifer fala animada.

- Pode ser! - Ela sorri e abre a geladeira procurando os ovos

- Hey Ally... Me desculpa por ser um filhinho de papai... - Ele senta em uma cadeira e se apoia na bancada. - Não vou ser mais assim...

- Do que você ta falando? - Alasca pega alguns ovos e olha para Damien

- Eu sou mimado, né? Não quero que você pense isso de mim... Mesmo meu pai tendo umas 7 casas por ai... - Dami faz biquinho.

- SETE CASAS!? - Jenn quase se engasga com a água que estava tomando.

Ally coloca os ovos na pia e bate delicadamente nas costas de Jennifer

- Eu nunca pensei isso Dami...

- É que quando eu estou com você minha cabeça se embaralha... E eu começo a agir assim... - Ele faz alguns gestos como se fosse uma criança. - Eu fico nervoso só em pensar em te perder...

- Ai...tudo bem. Nós vamos ser amigos para sempre Dami! - Ela abraça o maior.

- N-Não acho que seja isso que eu quero ser de você... - Ele retribui o abraço.

- Pervertido! - Edgar gritava do outro lado da sala

- Cala boca Edgar! - Damien grita. - Eu... Eu não sou um pervertido... tá?

- Tudo bem.. - Ela da uma risadinha e começa a bater os ovos. - Vc achou alguma coisa para colocar na omelete? - Alasca pergunta para Jennifer

- Temos orégano! E temos Queijo! - Ela fala brincando. - Espero que ninguém aqui seja intolerante a lactose...

- Eu também. - Ela continua batendo os ovos e colocando um pouco de sal.

- Eu não to com fome! - Damien grita da sala.

- Você vai comer! - Jennifer grita em resposta.

- Não vou! Mesmo sabendo que a comida foi feita pela Alasca... A essa altura do campeonato não poderia mais comer nada... - Ele fala cabisbaixo. - Depois de ficar coberto com o sangue dos mordedores, eu perdi o apetite...

Damien vai até a porta e a abre.

- Eu vou sair um pouco... Quem sabe encontrar algumas pessoas! - O maior dá um sorriso. - Vocês vão comer então eu vou sozinho, ok?

- Você não pode ir amanhã? - Ally pergunta preocupada. - Já escureceu...

- Até lá já vão ter saqueado tudo... Tem muita coisa no porão! -Ele abre a porta. - Juro que volto antes de vocês acordarem!

- Damien, não! -  A loira corre até o menino. - Por favor..

- Você sabe que eu volto bem! - Ele dá um sorriso pra garota. - E porque eu não iria? Não tenho nada a perder...

- Que tal a vida? - Jennifer fala pegando algumas coisas da geladeira.

- "Não tenho nada a perder. " - Damien responde de forma irônica.

- Isso também quer dizer que eu não me importo muito se eu morrer...

- Mas eu me importo se você vai perder a vida! - A menor fica parada na frente da porta.

- Damien, melhor você ir amanhã de dia... - Edgar fala enquanto devora a omelte

- EU PREFIRO MORRER DO QUE PERDER A VIDA!! - Damien brinca. - Além que é muito mais furtivo a noite... Sabe oque tem no porão daquela casa? Mantimentos pra vida inteira! E se eles pegarem eu to ferrado ...

- Então não vai sozinho! - Alasca praticamente implora.

- Nós vamos com você. - Edgar e Thomas se levantam e começam a pegar suas coisas.

- Vocês se preocupam comigo? - Damien fala estranhando a situação. - Achei que só estavam duvidando de mim... Eles faziam isso quando eu era pequeno...

- É claro que nos importamos com você Dami... - Ally fala com serenidade na voz.

- Você é meu melhor amigo garoto..claro que me importo. - Edgar da um soco amigável no garoto.

Damien abraça tanto Edgar quanto Alasca.

- Eu amo muito vocês... Mas não posso colocar vocês em perigo de forma trivial... Apenas confiem em mim, eu já fiz isso várias vezes, né Edgar?

- Você não vai sozinho. Se você for...eu e Thomas vamos junto! - A fala do menino mostrava determinação, Damien sabia que ele não iria mudar de ideia.

- Uh... - Ele dá um suspiro. - As garotas vão ficar bem?

- Eu não preciso de vocês! - Jennifer fala brincando. - Brincadeira! Voltem antes de acordarmos...

- Vamos voltar. - Thomas e Edgar abrem a porta e esperam Damien.

- Cuidado, vocês três...voltem vivos! -  A loira abraça cada um dos meninos e depois para ao lado de Jennifer.

Eles andam por alguns minutos até encontrar as cinzas da casa.
Damien a encara a estrutura queimada por alguns segundos, logo fingindo ignorar isso e levantando uma tampa com um pouco de dificuldade.

- EI! - Algumas pessoas chegaram ao fundo.

Seriam boas ou más?

...


Notas Finais


EU VOLTEEIIIIII


E AGORA PRA FICAR

PORQUE AQUIIIII

AQUI É O MEU LUGAAAAARRRR

-w- Cap novo pexoas... -Pandinha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...