História Exponha-me (Camren) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Harry Styles, Lauren Jauregui, One Direction
Exibições 589
Palavras 1.501
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Sensations


P.O.V Lauren

 

 Acordei com o barulho do despertador e o desliguei, ainda sonolenta eu me arrastei pra fora da cama, esperei Dinah sair do banheiro para entrar e me arrumar, assim que sai comi as panquecas que ela havia preparado, depois disso fomos para o colégio. Chegamos lá e vimos Harry e Normani, conversamos por alguns minutos enquanto eu fumava, mas não durou muito até que o sinal tocasse.

 Depois das aulas nós passamos no Mc para comermos lanches, e por coincidência a Camila estava lá com as suas amigas, ela passou direto por nós e eu estranhei isso, afinal ela tinha se aproximado da gente.

 

- Estão brigados? -Perguntei ao Harry.

- Não, ela só tá com as "amigas" dela. -Ele disse fazendo aspas com os dedos.

- Isso é ridículo, ela devia se juntar a pessoas que realmente gostam dela, e não que são interessadas. -Falei enquanto a observava.

- O colégio que ela estuda é assim, Laur. -Normani disse.

- Por que não vai lá com ela? -Dinah me perguntou, com a maior ignorância do mundo.

 

 Eu ia responder, mas não é uma boa ideia, vai acabar dando briga por conta do ciúme dela. Comemos os lanches e eu fui direto pra casa do Harry já que a minha câmera ficou lá, dessa vez o Harry não poderia ficar na casa por causa do seu encontro com o Zayn, então ficamos apenas eu e a Camila sentadas na sala, ela calada esperando eu arrumar a câmera, mas algo estava diferente, ela parecia triste.

 

- Quer gravar hoje? -Perguntei.

- Quero, claro que quero. -Ela me olhou tentando disfarçar.

- Camz, você tá diferente. -Sentei ao lado dela, encostando nossas pernas.

- Me sinto deslocada naquele colégio, quer dizer, depois do documentário eu finalmente me tornei quem eu lutei tanto pra ser, uma garota que não é esnobe, uma garota normal. Mas quando eu agi assim naquele lugar as pessoas riram da minha cara. -Ela disse e colocou as mãos no rosto.

- Isso acontece porque as pessoas daquele lugar são vazias, e elas estão com medo de pararem de entrar em clubes e participar de festas de gala se você mudar, porque você é a garota que elas subiram em cima. -Falei.

- Se eu não for essa garota eu não sou ninguém ali, Lauren. -Camila falou um pouco mais alto e tirou as mãos do rosto, sua maquiagem estava borrada e os seus olhos vermelhos.

- Não, Camila. -Falei e me ajoelhei em sua frente. - Você pode se mudar para o colégio onde eu estudo, e você vai ser alguém até melhor do que a garota esnobe que eu sei que você NÃO é, você vai ser a Camila que eu e os nossos amigos gostamos. -Segurei suas mãos.

- Dinah não gosta de mim, e isso fica bem claro todas as vezes que eu fico perto de vocês. -Ela disse enquanto apertava minhas mãos.

- Dinah é um caso bem diferente, não tem nada a ver com isso. Camz, você é melhor do que a Barbie gliterizada, confia em mim. -Falei.

 

 Camila se acalmou e decidiu que estava na hora de mudar de colégio, iria pro nosso, pelo menos lá ela teria o meu apoio e o dos outros, e mesmo que não vamos estar mais lá ano que vem, ela vai ser conhecida como uma garota legal, e não uma garota esnobe.

 

- Não vamos gravar hoje, podemos fazer o que você quiser. -Falei me levantando.

- Você passaria o dia comigo? -Ela perguntou com um sorriso no rosto.

- É claro, não precisamos do Harry. -Falei e ri.

- Tá com fome? -Camila me perguntou.

- Mais ou menos, e você? -Perguntei de volta.

- Vamos cozinhar. -Camila disse e me puxou pra cozinha. Me lembrei de quando o Harry disse que ele e a irmã viviam cozinhando com o pai, então vou fazer de tudo para a Camila se sentir bem ali.

 

- O que acha de fazermos brigadeiro? -Ela disse, procurando os ingredientes pelos armários.

- Uma ótima ideia. -Sorri ao ver ela ficando na ponta dos pés para pegar o granulado, mas sem sucesso.

- Camz. -falei pedindo licença pra ela.

- Não, eu consigo. -Camila disse, em seguida eu segurei suas pernas para levantá-la, e assim ela conseguiu pegar o brigadeiro.

 

 Camila colocou os ingredientes no fogo, enquanto isso eu fiquei esperando sentada na bancada, conversamos um pouco mais sobre a escola até ela dizer que queria luvas para não se sujar de chocolate.

 

- Então você não quer se sujar? Vou pegar uma luva pra você. -Falei enquanto enchia minha mão de farinha.

- Obrigado, Lau... -Antes de ela terminar de falar eu soprei faria em seu rosto e seu cabelo.

- LAUREN. -Ela gritou furiosa, depois começou a rir ao ver seu reflexo numa panela. - Eu to pálida.

- Desculpa, eu não queria te sujar. -Falei rindo ainda mais.

 

 Camila tirou a panela com o brigadeiro do fogo e disse que estava tudo bem, me aproximei dela para ver o que ela estava fazendo quando uma nuvem branca de farinha atingiu o meu rosto, Camila vai pagar por isso, eu enchi minha mão de farinha novamente e a olhei, foi quando ela saiu correndo dando voltas pela bancada.

 

- Camila, volta aqui. -Falei enquanto corria atrás dela em círculos.

- Foi vingança, não vale vir atrás de mim. -Ela falou sem parar de rir.

 

 Consegui segurar a sua cintura e passei o resto da farinha que tinha em minha mão em seu rosto, mal percebi que minhas mãos continuavam em sua cintura e seu rosto estava a centímetros do meu. Deslizei meus dedos a soltando aos poucos, e depois de uns segundos de silêncio ela ofereceu o brigadeiro que já estava morno. Comemos o brigadeiro juntas, rindo da sujeira que fizemos, e depois tivemos que limpar aquilo tudo.

 Assim que Harry chegou eu disse que iria embora, dei tchau para os dois e fui embora lotada de farinha.

 

 P.O.V Camila

 

 Lauren me deu os melhores conselhos hoje, conversamos muito e eu decidi que mudar de colégio é a melhor opção, aquelas pessoas vazias não devem ficar perto de mim. Ela ainda foi mais legal e disse que poderíamos ficar sem gravar hoje, e que poderíamos fazer outra coisa, então eu pedi para fazermos brigadeiro e ela topou, mas se for ver eu que fiz tudo e ela ficou olhando, bom, eu sempre ficava olhando o meu pai fazer comida também, então foi diferente ter ela ali comigo, um diferente bom. Claro que quando eu pedi luvas para não me sujar ela jogou farinha em mim, e eu revidei, mas tive que sair correndo em volta da bancada pra não ser pega. E quando eu menos esperei, ela me segurou, suas mãos grudaram na minha cintura e eu me vi a centímetros de seu rosto, sua respiração cansada bateu em meu rosto e aquilo me arrepiou, me contive para não morder o lábio, ela tirou suas mãos de mim devagar, como não quisesse tirar, e pra falar a verdade eu não queria que ela tivesse tirado.

 Chegou a hora dela ir embora, me despedi com um beijo em sua bochecha e fui tomar um banho pra tirar toda a farinha do meu corpo. Tirei a minha roupa e liguei o chuveiro, a água caiu sobre a minha cabeça e eu fechei os olhos, passando o sabonete pelos meios seios e descendo até a cintura onde a Lauren me segurou mais cedo, arrepiei ao me lembrar de seu toque e senti minhas pernas tremerem, desci mais com o sabonete para lavar as pernas, ainda de olhos fechados, levei o sabonete até o meio das minhas coxas e soltei um suspiro, abri os olhos e minha respiração estava um pouco alterada. Terminei de me lavar e vesti o roupão para ir até o quarto, assim que cheguei lá eu tranquei a porta e tirei o tecido, me deitei na cama de barriga pra cima e fechei os olhos. Os minutos foram passando e passando e eu me virava de um lado para o outro pensando sobre hoje, virei novamente de barriga pra cima e fechei os olhos, me deixei levar nos pensamentos da Lauren me segurando pela cintura, meus seios ficaram rígidos e eu pude sentir novamente aquela sensação que percorria meu corpo inteiro, deslizei meus dedos pela minha barriga até a virilha, colocando mais uma vez minha mão sobre o meio de minhas pernas, mordi o lábio, Lauren com seus lábios tocando minha nuca era tudo o que havia na minha cabeça naquele momento; coloquei a minha outra mão na boca evitando fazer algum barulho, quanto mais eu movia meu dedo mais aquela sensação foi crescendo e explodiu em um gemido contido pela minha mão, e eu continuei de olhos fechados, imaginando ela deitada comigo, me virei de canto e coloquei minha mão sobre minha cintura como se fosse a mão dela, minutos depois eu finalmente consegui dormir.


Notas Finais


Como estamos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...