História Eye candy! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Daddy, Help Me, Killer
Exibições 33
Palavras 774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Início do verão 2


Fanfic / Fanfiction Eye candy! - Capítulo 2 - Início do verão 2

Ela veio em minha direção para que eu a pegasse no colo. Sky apesar de idade é uma menina muito pura, sem malícia alguma, temos a mesma relação desde que ela nasceu, ela dorme no meu colo, toma banho cmg, ainda grita pra mim ir lavar o cabelo dela, ainda sirvo o seu preto em todas as refeições, Sky tem muito medo do escuro Oque fazer com que ele goste de dormir comigo. 

-papaizinho, corre comigo por favor.

Me levantei e começamos a correr pelo quintal, Sky apesar de ser muito pequena, adoro correr e brincar pelo quintal.

Sky nasceu muito pequena, por cause que lutou muito para sobreviver acabou sendo muito pequena, os médicos diziam que nem fazia sentido ela estar viva porque ela era o menor feto, coisa que foi bem difícil na hora de cuidar dela mas nada que fosse impossível.

-olha papai o tiu.

Me virei para a grade do quinta e pude ver o jhosh entar em meu quintal com aquela cara de que não estava nada bem.

Ele se aproximou.

-Temos que conversar.

-Vamos até meu escritório. -sky! Vamos para dentro, vá parazão o chuveiro.

Pude ver sky correndo para dentro então segui com jhosh até meu escritório.

-Temos trabalho! -Disse ele sem um tom de brincadeira.

-Não posso por ela em risco por causa de erros meus.

-Talvez você esteja apensas há escondendo e não a protegendo!

-A mais de duas semanas vejo alguns carros nos rondar, mas não posso virar aquele psicopata de novo, se isso acontecer eu vou virar um mostro de novo e posso acabrunhado machucando ela.

-Você já sente algo por ela não é!? 

-As vezes fico confuso e acabo sentido vontade de joga-lá em uma mesa e fode-la, porém eu não iria me perdoar se eu a tocasse. 

-Então volte a trabalhar e assim terá outras putas para tocar e se quiser até matar. Você sabe que eu não iria a por em uma situação de perigo, sabe que eu não faria mau a Sky.

Me aproximei de jhosh e aprtei sua mão.

-Vamos trabalhar. -disse jhosh segurando um notbook 

Já havia 3 pedidos de serviços nosso.

Vamos até aquela boate, temos que pegar o Clark reis ele está devendo a um grande chef de tráfico e precisamos da grana.

Levantei e fui até o andar de cima para encontrar sky.

-papai.

-princesa eu tenho que sair, tenho que ir trabalhar, vou demorar um pouco mas pode deixar que vou trancar tudo, você sabe como trancar o seu quarto e entar no quarto do pânico, okay?! 

-Sim papai. -Disse ela cabisbaixo.

Levantei e fui até a sala para encontrar jhosh.

Entrei em meu escritório e já fui abrindo meu arsenal de armas exclusivas.

-escolha.

-Já vimos pronto, é melhor você se prepara.

Comecei a escolher algumas armar desde adagas até armas, havia cada lugar do meu corpo em estrategico do qual eu colocava armas.

-Vamos. - disse fechando meu arsenal

Entramos no carro e fomos até a cidade no clube mais popular da cidade.

O dono do clube era

•Clark reis 

•ex soldado da guerra

•rico porém sacana com os sócios.

●E mais importante, devedor de um cliente nosso e nosso trabalho era ir lá matar e pegar o que pertencia a meu cliente.

Chegamos e já havia sido dito que nos estavamos na área Oque só ajudou mais a chegar em Clark.

Chegamos em sua sala sem nenhum obstáculo.

-Clark, cadê o dinheiro que você deve ao Yongi? -Disse já levantando o tom da voz e com o jhosh já levantando o pent de sua arma.

-Não vou pagar!  -Disse ele fazendo sinal para que seus capangas nos pegasse.

Começamos a atirar em todos não deixando nenhum capanga cretino daquele filho da puta.

-Agora me diz aonde está o dinheiro? -Disse berrando com Clark.

Ele se negou a entregar então tínhamos que leva-lo até yongi. 

Pegamos pelo cabelo e levamos até o carro como uma puta suja.

-Vamos fazer esse filho da puta pagar.

Chegando no galpão de Yongi os jogamos no chão ao pés dele.

-Que ter a honra de tortura-lo ou não?!

-Mate-O

Levantei o pent da arma e atirei sem dó em sua cabeça.

-Agora vou enviar o pagamento de vocês para o banco.

Virei aa costas, tinha que ir para casa, não aguentava mais aquela pressão de deixa-lá sozinha.

Cheguei sem fazer muitos barulhos pois não queria acordar Sky, subi as escadas e fui andando pelo corredor e então pude ouvir gemidos baixos, mais parecidos com miados ecoavam pelo seu quarto fechado.

El...ela,  esta se masturbando?!

Queria entar para ver se não havia ninguém lá ah ferindo, mas pelo timbre dos gemidos ela estava só, e eu não queria a atrapalhar.

Quando cheguei no meu quarto fui tirando milha calça e pude ver que meu membro estava rígido, rígido como um pedaço de ferro.

Não conseguia me conter em ouvir sky brincando, tive que bater uma.








Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...