História Eye candy! - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Daddy, Help Me, Killer
Exibições 26
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu tô chorando juntos com vcs ;-; serio

Capítulo 4 - Filho?


-Como assim você é meu filho? Os médicos haviam dito que os dois meninos estavam mortos!

Ele abaixou a cabeça e em seguida a levantou me encarando.

-Uma enfermeira descobriu que eu estava vivo pouco tempo depois que você havia ido embora com a minha irmã, não conseguiram te avisar e então ela me criou.

Fiz sinal para que ele entrasse em minha casa.

-Eu quero lhe pedir desculpas mas não posso acreditar em nada até que eu faça um exame de sangue.

-Eu não tiro esse seu direito, eu só estou aqui porque eu precisava achar a minha família.

Eu fui em sua direção e o abracei.

-Me desculpe por não saber de sua existência...

Ouvimos um barulho na madeira e olhamos para a escada e lá se encontrava Sky, ela analisava a cena e dava comentários mentalmente.

...

Ouvi um barulho na porta e decidi descer para ver quem era.

Então ouvi.

-Eu sou seu filho que você deixou no hospital.

Pude sentir minha coluna congelar ao me deparar com o jovem que estava na porta.

Ele era alto, pálido e com cabelos negros, era idêntico a mim porém alto.

Sua voz era rouca e grossa porém suave, um voz que ecoava dentro de mim...

-sky, ele é seu irmão.

Levantei e fui até ele, meu pai se afastou Oque fez com que ele se espantace.

Olhei-O de baixo para cima, olhava cada detalhe, cada curva, e via claramente os traços da minha mãe,  ou melhor da nossa mãe. 

Papai deixavá uma foto da mamãe em meu quarto e uma em cima do piano para que nos nunca esquecermos dela.

-Você tem os traços de Lílian. -Disse olhando de baixo para cima em seu olhos.

Ele é tão altô, chega a ser poucampeão coisa menor que papai.

Ele sorriu. 

-Você gosta disso? -Disse ele com um sorriso de canto.

-Acho que sim.

-Okay, esta tarde, vou arruma um quarto para você, pode ser do lado do de sky?

Ele fez sim com a cabeça e todos subimos as escadas em direção ao segundo andar.

-sky, vai buscar travesseiros para ele!

-Sim.

Acho que estamos competindo para ver quem é mais seco com quem.

Papai começou a mostrar o quarto para ele enquanto eu buscava os travesseiros.

Cheguei no quarto dele e então. 

-Qual o seu nome? 

-Meu nome é Castiel, pode me chamar de Cas se quiser.

Entreguei os travesseiros e então fui para o meuso quarto.

Esperei até ver papai sair do quarto de cas para que eu pudesse ir atrás de papai.

Barulho de porta...

Corri até o quarto dele e vi ele entrar em seu banheiro. 

-Papai?

-sky vou tomar banho ele vou ir trabalhar, não tenho tempo.

Ouvi ele abrir o chuveiro e então tirei milha babydoll.

Entrei no banheiro e olhei para papai.

-Eu estou tentando me controlar mas você não mede esforços para não me provocar né!

-Em momento algum eu disse que tá pra você se controlar papai. Eu sei que você não amava a minha mãe e sei que ela era apenas mais uma de suas vítimas.

Pude ver a expressão dele mudar

-Sei a muitos anos, e eu nunca vou te julgar ou te odiár,  porque quando a responsabilidade bateu e um sua porta você encarou ela.

-sky....

-Eu sei que você já me amava antes, sei que você só foi atrás de tudo por causa de mim, sei que você já me amava..-Disse indo emuito direção a hidromassagem que havia em seu banheiro da qual ele estava deitado.

-Sim eu te amo. Mas tenho medo se te machucar.

-Você só vai me machucar se não me amar mais. -Disse me enclinando para frente para beija-lo.

Ele correspondeu ao meu Beijo,  me colocou em seu colo e ficamos ali, namorando na hidromassagem com água morna, nos beijávamos e ele me fazia carinho, vez ou outra beijava minha testa.

-Tenho que ir trabalhar sky. -Disse ele se levantando e me levando no colo até seu quarto.

Ele pegou uma toalha e começou a me secar, em seguida se secou e começou a se vestir.

-Você virou mercenário não é?!

-Você sabe de mais princesa.

-senti falta de você me chamar de princesa. 

Levantei da cama e fui em direção ao meu quarto afim de dormir, então vejo a porta do quarto de Castiel se abrir.

-Sky.

-Cas.

-Fica aqui comigo? Me desculpa por ser inconveniente é que gostei de você. 

Não hesitei e fui em direção ao seu quarto. 

Entrei e fomos até a cama, ficamos deitados olhando o tetô,  rindo e conversando.

Ele é tão maravilhoso, sinto um grande amor por ele crecer dentro de mim.

Decidimos ver um filme então fomos até meu quarto, notei que papai já havia saído então ficamos na minha cama vendo juntos.

Acabamos pegando no sono e dormimos juntos.

Acordei de manhã com o braço de cas envolvendo a minha cintura. levantei levemente para não o acordar e fui tomar um banho.

Vi papai na cozinha preparando café então decidi tomar um banho e depois ancorar cas.

Entrei no banho e relaxei aí máximo,  decidi que queria brincar.

Escorei na banheira fechei os olhos e comecei a me tocar, em seguida comecei a pensar em papai, mas não demorou muito para os meus pensamentos serem interrompidos pelo grito de papai na cozinha nos chamando para comer.

Me sequei e me troquei, fui até o quarto chamar cas, mas ele já saia de seu quarto limpo vestido e tomado banho.

Ele pegou-me no colo e descemos as escadas juntos.

-Bom dia pai. 

-Bom dia papaizinho.

Papai se próximou e beijou nossas testas. 

-Hoje vou ter um dia cheio então quero que cuide dela castiel.

-Pode deixar pai.

Ele tomou um gole de seu café e foi trabalhar.


...

Sky é simplesmente linda, seus olhos sua boca, seu corpo... Tudo. 

Tenho um pouco de medo de sentir vontades em cima dela. Ela é completamente diferente te dá Anna a sobrinha da minha mãe adotiva.

Transei com Anna por muito tempo, mas com ela eu de fato transei por transar, ela só tinha aparência, não era fofa e indefesa como sky. entao meus pensmaentos foram interrompidos pela minha consciência "QUERO E NÃO POSSO MACHUCAR SKY "

Sky estava sentada no sofa com asaudade perninhas abertas, podia-se claramente ver sua inocência ah e sua calcinha tambem. Era rosa com coelhos.

-Cas.

Eu me virei para ela e então vi que ela estava com uma expressão de insegurança.

-Oque foi princesa.

-Você não vai embora né?

Me levantei e fui em direção a Sky,  ela levantou e pulou em meu colo.

-Não vou! Vou lutar por você, você é meu maior motivo de estar aqui.

-Quero passar o dia com voce.

-Eu vou jogar então vou te enscinar a jogar.

Fomos ate meu quarto e passo o dia jogando, quando deu 5:15 sky estava deitada em meu colo de frente dormindo, aquilo era tão confortável. saber que estou cuidando do meu maior bem.





Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...