História Eyeless Jack , Liz e as Creepypastas - Capítulo 8


Escrita por: ~

Exibições 132
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Alerta de brigas e tretas por toda fic
realmente ta loco

Boa leitura...

Capítulo 8 - Zalgo


Fanfic / Fanfiction Eyeless Jack , Liz e as Creepypastas - Capítulo 8 - Zalgo

Tentei abrir os olhos,mas quando abria via tudo vermelho quando piscava meu olho lacrimejava,eram gotas quentes,o que diabos estava acontecendo..

-Quietinha, isso doí mais quando se força a olhar... Só pra te consolar, seus olhos continuam ai tá.

Liz:-Quem esta ai!?

-Acho que essa pergunta foi um pouco sem sentido,afinal vocês vieram sabendo que aqui era meu território.. Eu que devia perguntar, o que você venho fazer aqui?

Liz:- .....Zalgo!....-Quando caí na real meu tom de voz abaixou,comecei a soar frio...

Zalgo:-Pois é, descobriu quem eu sou... Mas vamos concordar...Ele agarra em meu pescoço e me joga contar a parede me fazendo bater a cabeça com força a ponto de fazer sangrar-Desse jeito não vamos a lugar algum...Esta me sufocando, coloco as mãos no braço dele,para tentar tirar mas elas ficam mais apertadas...-Mas te matar não vai me ajudar, você parece inútil,mas ele vai vim atrás de você e desse jeito, consigo mais uma creepypasta para mim...ele me solta, e consigo voltar a respirar...-Aquela creepypasta é mesmo muito burra, esse lugar é pior pra ele do que qualquer outra creepy.

Liz:-D...Do.....Do esta falando?

Zalgo:-Meus poderes não acertam ele totalmente, mas seus arrependimentos e lembranças do passado devem estar dando uma surra nele agora... Em fim quanto a você vamos nos diverti um pouco pode ser... Abra seus olhos querida,quero eles pra mim!!-Sua voz fica cada passo mais perto de mim eu me recuso a abrir os olhos, e tento correr para longe dele,mas então chego numa parede.parece sem saída esse sala.

Liz:-Saía de perto de mim!!-Peguei a faca que tinha em meu pouso e me virei sem abrir os olhos-Eu....Não vou deixa que machuque ninguém! Estava tremula, dos pés a cabeça.

Zalgo:-Háháhá, estou interessado pra saber o que você fará pra mudar isso? Você é apenas uma humana fraca...

Liz:-Ninguém cansa de dizer isso pra mim-Respirei fundo ainda de olhos fechados tomei mais confiança-Você é uma creepypasta antiga,não é...Você é uma das primeiras que surgiu.

Zalgo:-Eu não sou do tipo que gosta de conversar -Logo após isso sinto garras atravessando minha perna esquerda,logo em seguida são retiradas e fincadas na minha perna direita, isso me faz sentir uma dor imensa, e me derruba de joelhos no chão

Liz:-Talvez você não queira ser salvo, desse poder enorme que reside em você...Mas eu vim aqui...Fui interrompida pela mão de zalgo que agarrou meus cabelos...

Zalgo:-Você morreria se eu fizesse isso!!!-Ele pega impulso e me joga com força no chão me fazendo bater as costa e talvez ter quebrado algo naquele mesmo instante, ele ficou me encarando ele sabe que ainda estou viva.

Liz:-Vim salvar as creepypastas...Então eu....Eu não vou morrer!! Eu grito isso deitada então abro meus olhos, nesse instante quis me levantar e foi o que fiz...

Eu pego a faca que tinha em meus bolsos e me levanto como se nada estivesse acontecendo, eu fico em posição de ataque,começo a ter uma pequena tosse de sangue, mas logo se passou,meus ossos todos se estralaram, sentir uma imensa dor em cada parte mas me mantive em pé

Zalgo:-Parece que você continua sendo humana, os efeitos que eu te causei ainda estão ai...háháhá fascinante!

A luta ficou séria, ele estava vindo em uma velocidade absurda, desviava por causa do som dele, toda fez que ele se aproxima, meu corpo também formigava aonde ele planejava me acertar, com esses sentidos consegui me esquivar de seus ataques,mas isso não significa que eu consiga acertar-lo em um pequeno deslise meu ele me acerta na barriga uma das suas garras estava fincando ali, estava saindo sangue se ele tirasse, em algum momento eu morreria

Zalgo:-Algum desejo antes de morrer por completo!?-Comecei a pensar em apenas uma pessoa nesse momento, e fiz o que deu na minha cabeça...

Liz:- Jack!!! Você disse...Você disse que não ia deixar eu morrer,  você disse!! -Gritei isso com minhas forças

Zalgo:-Como sempre ele esta atrasado, essa fama dele nunca acaba!!-Ele conseguiu, comecei a perder sangue rapidamente, tudo aquilo acabaria ali, zalgo estava rindo,não duraria muito mais, quando do nada esculto um estrondo ao lado, parece que alguém arrombou a porta dessa sala vejo uma luz enorme vindo de lá, logo depois disso adormeci,mas já sabia...aquele era Jack...

(Jack On...)

Jack:-Maldição!! eu disse eu vou comprir !!!-Fui até ela, ela estava pálida e cheia de sangue em suas roupas,merda-Ei velho ela ainda esta viva ajude ela, vou ter um problema aqui...Foi apenas falar nele que ele venho pra cima, ele fincou as malditas garras em minha perna e no meu braço com meu outro braço dei um soco na cara dele,depois que ele tirou as garras com o braço ferido peguei o bisturi e rapidamente acertei um corte em seu ombro, o máximo que consegui naquele pequeno espaço de tempo.

Velho de capuz sinistro:-Entenda isso na sua cabeça, nem você é páreo pra ele, soldado burro!!

Jack:-Pra querer esmurrar ele não precisa ser páreo, só precisa estar com raiva!! Coisa que tem de sobra agora!

Zalgo:-Esta se achando muito...Antes que ele pudesse falar alguma coisa, já comecei a atacar ele, apareci atrás dele e dei um corte de novo isso foi a unica coisa que consegui nesse curto espaço de tempo

Jack:-Você não ta entendendo, agora não é hora de chorar ou falar !! Apareci na frente dele dessa fez-É hora de você pagar Maldito!!-Finquei o bisturi no seu estomago e rapidamente forcei para cima, abrindo um buraco enorme ali, o sangue negro sai de seu corpo, desapareci de sua frente e reapareci em suas costas onde abro outro buraco, ele consegue saí de perto de mim, parece irritado, mas seu sangue que estava no chão criou espinhos que perfuraram minha perna a segurando naquele lugar, não consegui me soltar a tempo e ele me acerta com as garras em meu peito só que o velho nos tira de lá antes que aquelas garras perfurassem meu coração...

Em outro lugar...

Velho de capuz:-Por acaso você quer morrer!?

Jack:-Vê se não enche velho chato!

Velho do capuz:-Olha lá como fala,acabei de salvar suia vida, só esta vivo até hoje por que seu coração ainda bate, se não fosse por mim, estaria morto de fez.

Jack:-Tanto faz, só queria puder ter acabado com ele...

Velho de capuz:-Acabar com ele,não adiantaria nada, Liz continuaria correndo risco. Ou você é mongo de mais pra percebe?

Jack:-Ta entendo que eu fiz errado agindo daquela forma,mas eu não pude controlar, se eu não descontasse minha raiva nele acabaria matando outra pessoa no lugar...

Velho de capuz:-Sua raiva passou um pouco na hora que conseguiu cortar ele por isso não estava mais aprestando atenção no sangue e essas coisa, as fezes você é idêntico a o Jeff, não é atoa que são amigos...

Jack:-Tanto faz! Ela vai ficar bem?...

Velho de capuz:-Sim as duas ficaram bem, em breve a maldição do zalgo vai sumir delas,mas eu estou preocupado com Liz, ela parece ter ficado tempo de mais a olhar pra ele, talvez os olhos dela sangrem quando fazer muito esforço,mas caso as coisas ficarem piores venha de novo até mim...

Jack:-Liz ainda tem algumas perguntas para o senhor, então pode esperar?

Velho de capuz:-Claro, não tem problema, também quero conversar pessoalmente com ela quando ela melhorar....

 

 

Continua....


Notas Finais


O que acharam? Comentem ai em baixo...

até a próxima galera


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...