História Eyes On Fire - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~mwrshmellow

Postado
Categorias Originais
Visualizações 7
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um!! Desculpa a demora

Capítulo 6 - Grávida?!


Pov Chloe

(2 meses depois)

Acordei com muita dor de cabeça, e meio enjoada. Levantei e tomei um remedio. Deve ser ressaca. Mas ontem eu nem bebi tanto assim... ah n sei

-Boom diaaa- disse alegre para as meninas, mas parece q elas ñ gostam de papo qnd acordam

Peguei meu ceral preferido coloquei numa tigela com leite e canela como sempre faço. Pq sera q ninguem gosta de cereal com canela?? É a melhor combinaçao do mundo!

Quando dei a primeira colherada senti meu estomago embrulhar. Meu Deus, parece q ele esta virando do avesso!! N vou aguentar... eu tenho que... corri para o banheiro e vomitei tudo, pera ai, akilo é um pedaço de feijao? Aaah que nojooo

-Vc esta bem?- A sophie disse batendo na porta- precisa de algo?

Eu lavei minha boca e sai do banheiro meia sem jeito

-esta td bem... só acordei um pouco enjoada.

-Tem ctz?

-Sim, vamos para a escola!- Nao, eu n tinha certeza. Só ñ queria preocupar a Sophie

-Anda logo Ana!!!- gritou a Sophie q por algum motivo estava ansiosa para ir à escola, tenho certeza q é pelo Dylan. Aiai, melhor eu ñ falar nada

 Na escola eu n consegui me concentrar. Minha cabeça esta doendo muito. Aaaa. Estou com aquela sensaçao de que estava esquecendo de algo, n consigo me lembrar!

-Srta Chole voce pode nos dar a resposta da equaçao?- pergunta a prof.

-oque?.... é....- oq eu faço?? Vou ser sincera- me desculpe, me perdi na explicação!

-Saia da sala imediatamente! - a voz dela estava me dando medo, ela deve estar naqueles dias..

Sai da sala como foi pedido. Argh tudo q eu queria agora era um pote de jujubas verdes. Pera ai oq?

-Oi bebê!- o Mike apareceu no corredor- O que faz aki?

Argh, eu só fiquei com ele algumas vezes e ele se apaixonou. Sera q ele ñ se toca? Se ele pelo menoa beijasse bem

-fui expulsa da aula

-kk vc sempre bancando a levada né- mds, quem em pleno seculo 21 diz "levada" kkkkkkkk ñ sei se é de rir ou chorar

-e vc sempre cuidando da vida dos outros né

Ele se aproximou, me pegou pela cintura e me deu um beijo.

É... talvez ele beije bem sim. E talvez seja bom brincar um pouco com ele.

As coisas ficaram mais densas, ele me forçou mais pra perto dele segurando minha cintura e começou a beijar meu pescoço, olhei para os lados para me certificar se o lugar estava vazio.

Ah meu Deus... De nv ñ... Meu estômago... corri para o banheiro deixando o Mike desorientado. Acho melhor eu ir para a casa. N estava bem.

Cheguei em casa e fui dormir um pouco.

Acordei com a Anna gritando.

-Cheguei. Chloe kd vc??

-aquii- disse com a voz sonolenta

A Anna entrou no quarto junto com a Sophie

-Como foi sua consulta no ginecologista?- a Sophie perguntou

Era isso q eu estava esquecendo. Minha menstruaçao estava 2 meses atrasada e minha consulta era hoje! Agora ñ tem mais jeito. A agenda da minha medica é muita cheia.

-eu acabei esquecendo

-Chloe... é... vc ja fez um.. haan.. teste de gravidez?- a Anna pergunta meio sem graça- sabe.. só para se prevenir de uma possivel surpresa

-oque?? Ñ tem nada disso.- estava indignada- só preciso descansar.

Tudo bem- disseram em coro e sairam do quarto

Sera q a Anna estava certa? Isso explicaria td esse enjoo e a menstruação atrasada. Mas quem seria o pai? Tenho q analisar. Se esta atrasada 2 meses... ah não... Breno?? Vou passar na farmacia escondifo e fazer o teste.

No dia seguinte acordei mais cedo e fui direto para a farmacia. Tive um pouck de dificuldade para fzr o xixi naquele troço mas no fim deu certo. As instruções diziam para esperar dez minutos. Deixei em cima da cama e fui buscar jujuba. Desde ontem estava com vontade.

Quando voltei as meninas estavam na minha cama. A Sophie estava com os olhos lacrimejantes e a Anna segurava meu teste com uma cara de assustada

-Deu positivo- a Anna disse

Meu mundo desabou no mesmo instante, eu estava grávida?? Começei a chorar e as meninas me acolheram em seus braços

-Não... isso ñ pode estar acontecendo... - disse no meio das lagrimas

- vai ficar tudo bem!- a sophie tentava me acalmar mas no fundo ela sabia q ñ estava nada bem.

Como eu consegui estragar com minha vida assim? Preciso contar ao Breno. Como sera q ele vai reagir? E se ele n assumir o filho? 

Quando me acalmei as minhas amigas começaram a perguntar.

-mas vc usou preservativo?- a Anna perguntou primeiro

- Quem é o pai da criança? - a sophie retrucou

-Vc vai abortar??- Anna de nv

-parem! Por favor... eu preciso pensar um pouco.. 

Elas sairam do quarto. Isso me fez perceber q gostava de ficar sozinha. Mas ai eu lembrei q n estou sozinha, tem alguem dentro de mim. Eu peguei em minha barriga e começei a acariciá-la. Eu vou ser mae.

Sai do quarto dizendo tchau para as meninas. Que ficaram preocupadas perguntando onde eu ia mas respeitaram minha decisão em guardar isso pra mim.

Estava em frente a casa do breno.

- esta preparada para conhecer seu pai?- perguntei á mim mesma pegando na minha barriga na esperança de q a criança entenda oq eu digo.

Toco a campainha. O pai do Breno atende. Ele se vestia de terno e gravata, parecia ser uma pessoa muito importante. Uma pessoa totalmente oposta ao Breno. Aah. Eu n posso falar assim do pai do meu bebê. Tenho q achar algo para elogiar.

-eu vim para falar com o seu filho- engulo seco

Ele fecha a porta na minha cara e alguns segundos dps ela é reaberta mas dessa vez pelo Breno

-qual é gatinha, n aguentou por esperar um segundo round?- ele disse confiante

-oque? Precisamos conversar- me posicionei seria- Breno vc se lembra daquela noite? 

-Foi inesquecível

-sim. Mas vc usou camisinha??- fiquri meio sem graça

-O que? Do que vc esta falando?- ele começa a gaguejar- é.. é claro q eu usei. Mas por que a pergunta?

-Estou grávida! E ñ tem outra possibilidade de q vc ñ seja o pai...

-Vc esta louca? Fez o teste direito?

-Sim, fiz duas vezes e ambas deram positivo.- menti a quantidade mas eu tinha certeza q estava grávida

-droga!!- ele ficou nervoso- olha eu tenho q confessar. A camisinha estorou mas n quis dizer nada na hora para n quebrar o clima- o nervosismo começa a se tranformar em desespero- eu... eu.. sinto muito

Meu olhos encheram de lagrima. Agora eu tinha absoluta certeza

-Breno como vc... - fui interrompida

-para quem vc contou?

- para a Sophie e a Anna

-é.. Sophie? Ela te falou alguma coisa?- por que ele ficou sem graça?

-Não, por que? 

- Nao é nada... olha vamos resolver isso juntos okay? N conte a ninguém por favor'

-ta bom- eu assenti. Talvez seja melhor n contar para ninguém por enquanto mesmo

Fui embora tranquila em saber q o Breno vai me ajudar. Afinal, eu n fiz esse bebê sozinha e a maior parte foi por culpa dele. Ñ deve ser tao ruim criar alguem. Tomara

Passei a noite em claro com o pensamento de que eu vou ser Mamãe. Cantei cantigas de ninar a noite inteira para o bebê. Tomara q ele goste da minha voz, será o unico. As meninas sempre reclamam quando eu canto. Tomara q seja uma menina.







Notas Finais


#favoritem
Desculpa qualquer erro de ortografia
Comentem aqui sugestões do que vcs querem q aconteça com a história


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...