História Fade - BTS entre barreiras - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeodan, Big Hit, Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, K-pop, Namjoon, Rap Monster, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Visualizações 21
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá aos leitores, e "sejam bem-vindos à minha nova fanfic do BTS", Fade.
Nesse primeiro capítulo, eu gostaria de ressaltar que N A D A disso aqui é real ou foi ou vai ser, só pra quem não entende. Isso é uma ficcção criada por MIM, não por Deus ou por qualquer outra coisa que você crê.
Eu espero que gostem da minha fanfic, desse capítulo e de tudo que eu vou oferecer nela.
Mil perdões pelas dores que irão sentir logo no primeiro capítulo, por que eu sei que quem é viciado em fanfics, envolve seus sentimentos nela, as vezes dependendo da fanfic, e as vezes com qualquer oneshot e coisas do tipo.
Beijo e boa leitura! <3

Capítulo 1 - Prólogo - Antes de Tudo.


Fanfic / Fanfiction Fade - BTS entre barreiras - Capítulo 1 - Prólogo - Antes de Tudo.

                                                                                           FADE

                                                                                       PRÓLOGO

 

 

 

 

 

 

                                                                    ANTES DE TUDO ACONTECER

 

Já era tarde, mais precisamente 00:47, quando Taehyung estava deixando sua namorada em casa.

 

- A noite foi maravilhosa.

- Boa noite, amor.

 

Sua voz era doce como caramelo, e seu beijo de despedida, levemente apimentado como wild wings. Ele estava apaixonado, embora nunca tivera um relacionamento sério para basear-se na hora de tomar devidas decisões.

Os outros meninos confiavam plenamente nela; contudo, Taehyung tinha suas desconfianças. Às vezes ela parecia esconder coisas, essas, que aparentavam ser perigosas, mas como os meninos confiavam nela, por que não confiar também? Afinal, já haviam se passado 2 anos de namoro.

Após, ele se dirigiu à sua casa, já cansado, pois antes havia tido uma festa para comemorar o aniversário de Hoseok, com bebidas alcólicas, drogas, entre outras coisas. Porém, nenhum dos 7 consumiam tais drogas.

Taehyung havia tomado um copo de vinho, quando chegou em casa, para relaxar mais, pois havia brigado com Namjoon. Ele achou que o mesmo estava além dos seus limites, e correndo perigo, provavelmente, o perigo de ser descoberto por tais atos.

Após o vinho ele caiu no sono, no sofá, pois de tão cansado não conseguiu ir para sua cama confortável. Namjoon, por outro lado, continuava na festa, com uma garota que ele conheceu na mesma, seu nome era Rayssa.

 

- Você é muito linda, tem certeza de que não tem namorado?

- Sim, estou aqui à seu dispor.

 

Namjoon deixou o momento lhe levar, e deu um beijo na garota, mesmo com o hálito de cerveja. Ela não ligou, pois também estava com o hálito de matar 5 elefantes.

 

- Você beija muito mal...Rap Monster...

- Você também...

 

Os dois estavam à um triz de caírem bêbados.

 

- O que acha de conhecer o quarto do Hoseok? Não deve estar muito bagunçado.

- Se for com você eu adoraria.

 

Os dois se dirigiram ao quarto de J-hope, e, certamente, Namjoon trancou a porta.

 

- O que vais fazer comigo, oppa?

- É virgem?

- Sim, oppa.

- Isto está prestes a mudar. E, me chame de daddy agora.

- Sim, daddy.

 

Taehyung acordou de um pesadelo, um pesadelo bem real no caso, acordou às 4:00 da manhã, e resolveu ligar para Namjoon, pois além da briga, ele era seu conselheiro.

 

- Fala.

- Eu tive um pesadelo.

- Idai?

- Foi com você, Namjoon.

- Iai? Eu estava lindo como sempre?

- Estava morto, num acidente de carro e pegando fogo.

- Isso é outra versão do nosso MV?

- Não tem nada a ver com Fire, eu apenas fiquei com medo de que algo acontecesse com você.

- Vai terminar de dormir Taehyung, eu preciso descansar.

- Quanto você bebeu ontem?

- Lembra aquela menina que você fez o maior barraco dizendo que era namorada de um tal de Baek?

- Namjoon...

- Tirei a virgindade da garota, e pense numa garota boa...

- NAMJOON EU TE AVISEI QUE ELA É NAMORADA DO BAEKHYUN E TU NÃO ME OUVIU!?

- Ela disse que não tinha namorado, por isso eu tracei a gata, cara.

- Vagabunda....

 

Taehyung não sabia se contava à Baekhyun sobre a traição, ou se não contava, já que a garota estava bêbada e podia não ter noção do que estava fazendo.

Resolveu ligar para o mesmo.

Ele não atendia.

Resolveu ligar para Rayssa.

 

- O que você quer Taehyung?

- Você traiu o Baek, né?

- Isso não é da sua conta, e se pensa em contar para ele, um dos amiguinhos dele daquele “EXO” já contou pra ele.

- Por que ele não atende o celular?

- Ele está ocupado procurando dar uma surra no Rap Monster.

- Ah não...

- Sayoonara, 4D.

 

Taehyung não sabia o que fazer.

Estava completamente dividido e furioso, pois já havia avisado à Namjoon das consequências drásticas.

 

- De novo Tae?

- Vem aqui em casa, agora.

- Por que?

- AGORA NAMJOON!

- Tá, tá, vou só tomar ba-

- Não, toma aqui, só vem o mais rápido possível.

 

Já haviam se passado mais de 20 minutos da ligação anterior, e Namjoon ainda não havia chego. Taehyung começou a ficar preocupado, pois eles moravam apenas à uma quadra de distância, o que não duravam 20 minutos.

Ele ligou novamente, mas só caía na caixa postal, não estava chamando.

Já 10 pras 6 da manhã, e nada de Rap Monster.

Taehyung resolveu ir à casa do mesmo, e encontrou uma surpresa inesperada no meio do caminho.

Um acidente de carro.


Notas Finais


Mais uma vez, mil perdões.
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...