História Fade - BTS entre barreiras - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeodan, Big Hit, Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, K-pop, Namjoon, Rap Monster, Suga, Tae, Taehyung, Yoongi
Exibições 11
Palavras 1.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu chorei escrevendo esse capítulo, imaginando tudo acontecendo, mas, me dei conta de que é apenas ficcção, então, faça o mesmo, heuheuehe.
OLÁ E BOA LEITURA <3 ODWNHIQWON

Capítulo 2 - Kim Namjoon para sempre


                                                                                                  FADE

                                                                      CAPÍTULO 2 - Kim Namjoon para sempre

 

 

 

                                                                                  1 hora depois de tudo

 

“Eu estava com raiva, pois ele tinha transado com a minha namorada, eu terminei com ela logo após Jong-in ter me contado, pois ele também estava na festa passada e viu tudo. Fui até a casa de Rap Monster, ou esperava ir, e como eu estava dirigindo rápido e com sede de vingança, eu não avistei o carro em minha frente, e batemos.”

 

- E você sabia o que a vítima fazia dirigindo às 6:00 da manhã?

- Não.

- Você pretendia encontrá-lo sozinho em sua casa? E fazer o que?

- Bater nele até fazer ele sangrar, não matá-lo.

- Bom, você o fez.

 

- Taehyung, eu sinto muito...

- Não adianta...

- Ele transou com a minha namorada!

- Isso não é motivo para brigas...ele era meu melhor amigo, assim como sua namorada ele estava bêbado, e outra, ela não tinha dito para ele que tinha namorado.

- Tanto faz.

- Discutir sobre isso não é bom no momento.

- E os outros meninos do Bangtan?

- Querem estraçalhar você, estão chorando na sala de espera, perderam o líder.

- Eu...

- Vai embora.

 

Byun Baekhyun você está preso, em condicional, por 2 anos e meio.

 

A mente de Taehyung estava explodindo, um dos seus melhores amigos estava morto, e o outro estava preso pelo mesmo homicídio culposo. Ele se dirigiu à sala de espera, onde estavam os outros meninos do bangtan.

 

- O que diremos às armys? – disse J-hope chorando.

- Iremos acabar o BTS...é a melhor coisa à se fazer. – respondeu Taehyung.

- Não podemos acabar com o Bangtan. – disse Jungkook.

- Mas também não podemos contar que o nosso líder faleceu. – disse J-hope.

- A verdade é a melhor coisa...e, uma hora ou outra isso iria acontecer com qualquer um de nós...- disse Taehyung.

- Mas algumas fãs não estão preparadas... – disse Suga.

- Conversaremos com a Big Hit, eles saberão o que fazer. – disse Jimin.

- Jin? – perguntou Suga.

- Deixe ele...vamos para casa. – disse Taehyung.

 

                                                           01 de Dezembro de 2019, funeral de Kim Namjoon

 

“Queremos orar em nome de Kim Namjoon, para que o senhor guarde sua alma com misericórdia. Líder, rapper e dançarino, o mesmo deixou muita coisa para trás, irmãos, família, amigos, colegas de trabalho...e fãs; um homem muito amado pelo mundo inteiro.

Agora, os discursos."

 

[...]

 

Taehyung (5º discurso):

“Kim Namjoon era o meu melhor amigo, meu conselheiro e irmão. Claro, ele tinha seus erros, mas ele era uma família para mim. Me dava sermão quando eu fazia algo errado, e aguentava meus sermões quando ele fazia algo errado, o que, na maioria das vezes, me irritava. Brigávamos muito, ficávamos sem falar um com o outro...e eu me arrependo, me arrependo do meu maldito orgulho, de ficar sem falar com o mesmo. Se eu pudesse, eu faria tudo diferente, falaria com ele mesmo se ele não quisesse me ver pintado nem de bronze, por que assim ele era, companheiro. Kim Namjoon deixou muitos exemplos, o da responsabilidade, o do respeito e do progresso. Muitas das nossas partes, nós do bangtan, foram formadas por ele, há um pouco dele em cada um de nós, o que simboliza nossa honra e gratidão por ter tido ele em nossas vidas, por mais curto que fora o tempo. Obrigado, Rap Monster.”

 

SeokJin (6º discurso):

“Quando eu ainda não havia entrado na Big Hit, minha vida era como um vácuo vazio.

Sem motivos para viver.

Sem amigos para compartilhar segredos.

Sem fãs para agradar.

Sem trabalho.

Sem nada.

Quando me chamaram para treinar, ser um k-idol, com futuro garantido, ter pessoas que me amassem, eu não hesitei em aceitar o convite. Até hoje, o BTS é o meu maior orgulho.

Eu fui o último a entrar, todos já eram amigos, e eu era o novato. O primeiro a falar comigo, foi Namjoon, meu primeiro amigo, um irmão, assim como Taehyung também o considerava assim, Kim Namjoon era a pessoa em quem eu mais confiava. Ele sabia tudo sobre mim.

Minhas antigas paixões.

Minhas decepções.

Minhas alegrias.

Tudo.

Kim Namjoon se tornou um exemplo para mim e para muitos outros, ele é minha inspiração e sempre foi...Kim Namjoon fará falta.”

 

Yoongi (7º discurso):

“Namjoon foi um ótimo líder, um ótimo amigo, um ótimo orientador, e um ótimo conselheiro. Ele me ajudava em quaisquer ocasiões, assim como auxiliava aos outros também, nos momentos mais difíceis, e nos bestas.

Ele sempre estava disposto.

Sempre querendo ajudar.

Sempre querendo provar o nosso potencial.

Sempre querendo o nosso melhor.

Sempre nos preparando para esperar o pior.

Sempre que eu cometia algum erro, ele sentava comigo e dizia:

“Se aconteceu, é por que foi para acontecer, vai ficar tudo bem.”

E eu repeti isto para mim desde que soube do seu falecimento, mas ainda não me convenci, de que perdi mais um membro da minha família. Assim como os outros membros do Bangtan, Namjoon era como um irmão mais velho. Obrigado.”

 

Jungkook (8º discurso):

“O Namjoon hyung, significou muito para mim, desde que nos conhecemos. Nos conhecemos no treinamento para k-idols, eu, Namjoon e Jung Hoseok. J-hope estava nos ensinando os passos da nossa primeira música, nosso debut, No More Dream. Namjoon queria fazer tudo direitinho, ficava bravo quando errava algum passo nos ensaios, mas eu sempre o encorajava para tentar novamente até conseguir, e nunca desistir. Ele sempre assentia para mim, de que iria conseguir ser um orgulho para a Big Hit, para o Bangtan e para seus pais, sua família.

Logo que debutamos, ele me disse:

“Jungkook, não quero mais ser um orgulho pelos motivos antigos.”

Eu o estranhei.

Ele continuou a falar.

“Agora, quero adicionar mais algo para lutar, nossas fãs.”

Aquela foi a maior frase de incentivo que eu já tinha escutado em toda a minha vida. Kim Namjoon foi um exemplo para mim mesmo antes do início de nossa carreira.

Obrigado, hyung, por me fazer ser quem eu sou agora, um homem que se orgulha e luta por tudo o que deseja e tem direito.”

 

Hoseok (9º discurso):

“Como Jungkook disse, Kim Namjoon tinha suas dificuldades em aprender os passos, de todas as nossas coreografias, e eu tinha que dar uma atenção especial para ele, para motivá-lo a continuar com o treino, e orgulhar quem ele queria. Namjoon dizia que eu era o melhor professor de dança que ele já teve, mas que ele era o pior aluno que alguém podia ter. Eu dizia:

“Não.”

“Não, você é um dos melhores alunos, só precisa de uma forcinha para conseguir o que você enxerga como inalcançável.”

Ele sorria, e se esforçava ao máximo para me orgulhar, pois como seu professor, eu era o exemplo que ele dizia seguir.

Muitas pessoas diziam que Namjoon nunca dançou bem, e que nunca iria conseguir a vaga para um k-idol digno de fãs. Mas eu o fiz provar o contrário, eu lutei ao lado de Namjoon assim como os outros meninos, e nós tornamos Namjoon, um dos meus melhores alunos. Um dos melhores k-idols.

Ele invejou muita gente que o menosprezou no começo.

E sabe o que ele fez? Quando aqueles que o menosprezaram perderam?

Ele não riu, nem caçoou, apenas me agradeceu, por mostrar quem ele realmente era. Muito mais do que diziam. Obrigado, Namjoon.”

 

Jimin (10º e último discurso):

“Eu...queria agradecer à Kim Namjoon, por ser o melhor líder, amigo e colega de trabalho.

Vou demorar para superar esta perda, mas, quero dizer aos meus amigos e aos familiares do Kim, que ele sempre estará conosco, nos motivando das melhores formas possíveis, nos ajudando e nos aconselhando através de sinais. Pois eu acredito, que Kim Namjoon não nos deixou, ele apenas foi para um lugar melhor, onde pode nos observar de longe, e ficar feliz com a nossa felicidade. Então, não choremos. Ele morreu como um bom homem, um bom ídolo, um ótimo exemplo a se seguir. Kim Namjoon para sempre.”

 

Kim Namjoon para sempre.” – disseram todos que estavam presentes.


Notas Finais


Kim Namjoon para sempre


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...