História Fail - Capítulo 12


Escrita por: ~, ~CakeDoBTS e ~CupCakeBTS

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Jikook, Jimseok, Jinkook, Namjin, Taekook, Vkook
Exibições 709
Palavras 2.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá serumaninhos, somos a Cup e a Cake, demoramos? Sim, mas foi mal, estavamos ocupadas.
Esperamos que gostem desse capitulo, estamos inseguras em relação a ele.

Beijinhos da Cup e da Cake.

Capítulo 12 - Doze


Fanfic / Fanfiction Fail - Capítulo 12 - Doze

Depois de exatamente quatro dias após a ida ao cinema, Park viu Jung na cafeteria, o mesmo tinha um pequeno sorriso nos lábios enquanto se concentrava em beber seu café com canela para espantar o frio daquela manhã gélida, ele parecia decidir se iria ou não comer um dos biscoitos que havia pedido junto com o café. Jimin estranhara a aparição repentina do mais velho, mas resolveu ficar calado e observar os poucos clientes, quando apoiou sua mão no balcão escutou aquela voz – que antes considerava a coisa mais irritante da face da terra – animada demais chamando-o.

– O que você quer Hoseok? – Perguntou o Park enquanto caminhava preguiçosamente até a mesa onde Jung se encontrava.

– Que você se sente aqui comigo. – Disse simplista enquanto dava um pequeno sorriso sem mostrar os dentes. – Afinal hoje a cafeteria não está muito movimentada.

– Eu sei, ma-

– Jimin, eu vou sair e já volto, fique atento aos clientes e não batendo papo com qualquer um, acho que o Jeon não iria gostar nem um pouco.

 Ambos olharam para a terceira pessoa que se encontrava em frente a mesa “deles” e fizeram uma pequena careta de desgosto ao verem que era, Seokjin está olhando para os dois dando um sorriso cínico enquanto tirava o avental. Hoseok bebeu um pouco de sua bebida que já esfriava enquanto olhava Seokjin com um olhar indagador, não gostava dele, afinal, era perceptível que o Kim só estava engando seu amigo, sabia que logo o loiro daria um pé na bunda de Namjoon.

– Primeiramente. – Começou Jung deixando seu café de lado. – Eu não sou qualquer, eu sou o melhor amigo do cara que você ilude e segundamente, pelo pouco que sei acredito que você não possa sair na hora do expediente.

– Acredito que você não é ninguém para dizer o que eu devo ou não fazer.

Hoseok estava se preparando para revidar, parecia ter as palavras na ponta da língua, mas Jimin o impediu dizendo para o Kim ir e voltar logo.

x-x

Hoseok ficou com Jimin até o fim do expediente do menor, ambos saíram da cafeteria conversando animados sobre alguns filmes que ambos haviam assistido, pararam na esquina da cafeteria e ficaram conversando animadamente. Jimin não admitiria, mas tinha adorado a companhia do mais velho, era melhor do que ter um Seokjin olhando como se fosse algo desprezível e sem falar que ele era engraçado, Jimin rira muito com ele e as coisas aleatórias que o moreno dissera.

– Não, sério a melhor parte do filme foi quando a garota....

Jung que sorria ficou com uma expressão séria e o cenho franzindo enquanto olhava a cena que acontecia a poucos metros dele e de Jimin. Seokjin estava beijando ninguém menos do que Jeon, o namorado “fiel” do garoto que se encontrava a sua frente, o pior era o simples fato dos dois não serem nem um pouco discretos, parecia que iriam se engolir ali mesmo, Hoseok fez uma careta ao imaginar a cena.

– Que foi Hoseok? – Jimin perguntou enquanto olhava o moreno a sua frente com um olhar confuso.

Hoseok se assustou e olhou para o menor a sua frente que se preparava para olhar para trás.

– Nada! Não é nada! Vamos andar, talvez para sua casa, longe daqui! – Jung disse rapidamente passando o braço pelo ombro do Jimin e o puxando para perto de si e saiu andando para longe dali. O mais novo achava graça tentando entender qual o problema do seu hyung.

– Okay né...

x-x

Chegaram à casa que o Park dividia com Taehyung em poucos minutos. Jung hesitou enquanto olhava para a porta aberta – nem percebeu que Jimin já havia a aberto – ele nem pensou na possibilidade de encontrar Tae ali, se sentia um tolo. Se preocupou tanto em tirar Jimin de lá que nem imaginou que poderia ver Taehyung.

– Ele não está. – Jimin, ao perceber que Jung estava meio incomodado deu um sorriso acompanhado de um olhar de compreensão. – Eu convenci ele a passar o dia fora, não era legal chegar e ver meu melhor amigo jogado no sofá parecendo que estava entrando em estado de vegetação.

Jung apenas concordou com a cabeça e entrou ainda meio hesitante, Jimin fechou a porta e puxou o moreno para seu quarto, iria convencer o mesmo a conversar com Taehyung, estava claro que aquela separação não estava fazendo bem a nenhum dos dois.

– Você tem que falar com o Tae – Jimin falou assim que entraram no quarto.

– Já conversamos sobre isso. Eu não quero um namorado que tem vergonha de mim, que mente só ‘pra não dizer o que eu faço, ele não acha meu trabalho digno.

– Olha, ele está errado, mas não é justo vocês dois ficarem sofrendo só porque ele tinha medo do que os pais deles iriam achar de você.

– Ele poderia não ter me convidado – Jung disse fazendo um bico que Jimin achou adorável, mas resolveu ficar calado – Poxa, ele sempre disse que me amava, se me amasse ele iria me aceitar do jeito que sou, eu já tinha mudado por ele, até vi um filme que ele queria apesar de acha-lo entediante.

– Hob...Hoseok, isso é passado, esquece isso, vocês podem recomeçar, você pode até falar com os pais dele novamente.

– Eu não quero, quem mente uma vez pega gosto pela coisa e sem falar que toda mentira tem um pouco de verdade.

– Aish, porque você é tão teimoso? Vocês podem somente conversar, não precisam voltar.

– Não sei...acho melhor não.

Jimin respirou fundo, estava começando a perder a paciência, era só uma conversa, porque o Jung tinha que ser tão teimoso?

– Para com isso, eu vou ligar para ele e avisar que semana que vem faremos um jantar e você vai estar junto. – O Park diz pegando o celular com um pequeno sorriso nos lábios. – Assim vocês conversam, não precisam se entender, precisam somente conversar civilizadamente.

Hoseok entrou em desespero ao ver Park desbloquear o celular, então ele fez a única coisa que pareceu sensata, pegou o celular do menor e colocou dentro de sua cueca. Jimin o olhou confuso e logo fez uma careta ao perceber o que aconteceu, enquanto o Hoseok se sentou na cama como se nada tivesse acontecido.

– Você tem problema?! Me dá meu celular agora.

O moreno deu um sorriso, apoiou os cotovelos na cama olhando o ruivo a sua frente que tinha os cenhos franzidos. – Vem pegar, Park!

O ruivo arqueou as sobrancelhas e caminhou até o Jung com um olhar decidido. Jung achou que o Park iria estapeá-lo, mas ele se surpreendeu quando o ruivo colocou a mão dentro da calça dele, tateando levemente o cós da cueca boxer. Jimin respirou fundo e colocou sua pequena mão dentro da cueca, se assustando levemente ao sentir o membro do mais velho semiereto.

– O que você ‘tá fazen...awn – Jung deu um pequeno gemido rouco e arrastado ao sentir a pequena mão de Park apertar seu membro.

Ambos ficaram se encarando, nenhum dos dois parecia querer quebrar o contato visual, Jimin estava confuso e isso era evidente, mas isso não o impediu de apertar mais uma vez o membro de Jung que gemeu um pouco mais alto. Jung acreditava estar em um sonho, um sonho do qual não queria acordar.

x-x

Jungkook havia acabado de entrar no apartamento do Jimin com Taehyung, haviam se encontrado no meio do caminho. O Jeon se dirigiu até o quarto do Park e quando ia abrir a porta escutou a voz de outra pessoa, que logo presumiu ser o Jung. Revirou os olhos, afinal, não conseguia ir com a cara do mais velho, voltando sua mão para a maçaneta, sentiu seu coração falhar uma batida ao escutar um gemido vindo de dentro do quarto.

Sem ao menos tentar racionar abriu a porta com calma, sua respiração entrecortada. Não acreditou na cena que viu, se pudesse esquecer alguma coisa seria aquela cena, Jimin estava com uma das mãos servindo de apoio na cama e com a outra dentro calça de Jung olhando nos olhos dele e o moreno estava com os lábios entre abertos retribuindo o olhar intenso de Jimin.

– QUE PORRA É ESSA? – Jeon gritou olhando para os dois com uma expressão de nojo nítida em sua face.

Os dois que antes se olhavam viraram a cabeça para a porta com expressões confusas e perdidas.

– Calma! Não é nada do que você está pensado. – Jimin disse rapidamente, estava confuso com tudo o que estava acontecendo naquele momento. – Eu só estava tentando pegar a rola, mas peguei o celular... – Viu Jeon arregalar os olhos e então percebeu o que tinha falado – NÃO! Pera, é ao contrário.

Jimin percebeu que continuava com a mão dentro da cueca de Jung tirou a mão rapidamente

Jeon respirou fundo e saiu do quarto, Hoseok percebendo o clima tirou o celular do Park do lugar que antes se encontrava. Jimin correu atrás de Jeon se sentindo um tolo por ter feito aquilo, porque não socou o Hoseok até ele devolver o celular?

Hoseok saiu do quarto e deu de cara com um Taehyung confuso, ambos se olharam por uma pequena fração de segundos até o mais velho sair andando de novo até a saída.

x-x

A tarde foi agitada entre Jimin e o Jungkook, a discussão que Jeon começou acabou com ambos na cama, corações acelerados juntamente com as respirações deles e um Jimin mais confuso do que no começo da discussão.

– Você não vai ver o Jung Hoseok dançando. – Jeon disse rapidamente para Jimin que o olhou confuso. – Não quero você com ele, acha que eu não percebi como ele te olhou?

– Do que você ‘tá falando Kookie? Ficou louco? – Jimin tinha sim percebido o olhar de Jung, mas ele havia retribuído o olhar, então, porque culpar um se poderia não culpar nenhum?

E a lógica onde está? Lugar nenhum, mas para Park fazia muito sentido.

– Não sou cego Jimin, ele te olhava de um jeito diferente, não quero você com ele.

Jimin suspirou, havia dito que iria, se desmarcasse Hoseok na certa acharia que tudo o que havia dito tinha sido da boca para fora.

– Você pode ir comigo. – Jimin deu um sorriso olhando para seu namorado que cogitava aceitar a “proposta”.

    – Eu vou, não confio nele.

Park revirou os olhos e suspirou, estava cansado e não discutiria com Jeon novamente, o mais novo não gostava de ser contrariado.

x-x

Se passaram três após o ocorrido, já era sábado à noite e Jimin se arrumava para ir ver Jung dançar, não demonstrava, mas estava ansioso, afinal o mais velho dançava realmente bem.

Ele vestia um suéter cinza com listras pretas, uma calça de couro preta e um converse high preto.

Saiu do quanto e deu de cara com Jeon na sala conversando com o Tae sobre filmes, não pode evitar dar um sorriso, afinal, ele estava tentando animar seu melhor amigo e isso era no mínimo fofo aos olhos do Park.

– Kookie? – Jimin disse fazendo o mesmo olhar para ele e sorrir – Vamos?

Jungkook apenas assentiu e se levantou, Jimin não pode deixar de reparar em como o garoto estava bonito, vestia uma camisa com estampa, uma calça de couro que marcava bem suas coxas e por cima da camisa uma blusa de frio fina aberta. Saíram de dentro da casa e caminharam até o carro do Park que logo ligou e saiu com o mesmo.

Hoseok havia enviado o endereço para o Park há algumas horas, o mesmo estava tão ansioso quanto o ruivo, afinal, ele queria que Jimin visse – de novo – o quão bom ele era, queria impressionar ele.

O caminho foi silencioso, os dois estavam quietos e pensativos, Jeon pensava até quando iria ceder para Seokjin enquanto Jimin tentava entender do porque estava ansioso demais para o Jung dançando.

Ao chegarem no local avistaram Jung os esperando, ele utilizava uma camiseta branca com suspensório, usava uma calça que continha rasgos na região do joelho e em seu pescoço continha uma gargantilha preta, seus lábios brilhavam levemente como se o mesmo tivesse passado algum gloss labial, seus cabelos se encontravam levemente bagunçados, diferente dos outros dias, que geralmente era um topete. Os olhos do Jimin brilharam quando avistou o mais velho, ele estava diferente, não parecia o Jung que encontrou na boate dias atrás, ele estava bonito...estava atraente.

Caminharam na direção dele, até mesmo Jeon estava surpreso com a mudança no visual do mais velho, só que não admitiria.

– Vamos entrar. – Hoseok disse, estava visivelmente animado, um belo sorriso estava seus lábios. – Já vai começar.

Hoseok os deixou próximo ao palco e saiu andando, minutos depois Jimin e Jungkook observavam os dançarinos maravilhados, dessa vez havia muito mais gente do que dá primeira vez e os dançarinos eram realmente bons, Jimin arriscaria dizer estavam melhores do que dá última vez.

Quando o Park escutou “J-Hope” um sorriso bobo apareceu em seus lábios enquanto respirava fundo cheio de expectativa. Logo Hoseok apareceu e começou a dançar uma coreografia diferente da outra, está utilizava mais o quadril, Jimin olhava para ele fixamente, só não se esquecia de onde estava pelos gritos das pessoas a sua volta. Hoseok fazia passos ora rápidos, ora lentos e completamente sensuais e provocativos aos olhos de Jimin que só faltava salivar, em alguns momentos – quando fazia movimentos lentos – Jung olhava para Jimin que institivamente corava, mas não desviava o olhar.

Quando a dança acabou Jimin só voltou a realidade quando escutou o nome do mais velho ser gritado por todos que assistiam o mesmo, até mesmo ele gritou e bateu palmas juntamente com Jeon que estava surpreso demais para reagir de outra forma.

Assim como da primeira vez Jung venceu o garoto que batalhara com ele e deu um sorriso grande, afinal, Jimin não havia tirado os olhos dele, poderia ajudar os pais em casa com o dinheiro que havia ganho e não sentia mais falta de Kim Taehyung, e pela primeira vez em muito tempo era possível se dizer que o Jung se sentia completo.


Notas Finais


Link da roupa do Jimin --> https://scontent.cdninstagram.com/hphotos-xat1/t51.2885-15/s640x640/sh0.08/e35/10483593_563917863762210_2016610454_n.jpg

Link da roupa do Kookie --> http://images6.fanpop.com/image/photos/39400000/Jungkook-Thigh-Appreciation-zeppie-39480050-600-901.jpg

O Hobie esta como na foto da capa >.<

Esperamos que gostem, nos desculpe se houver qualquer erro.
Disgurpa *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...