História Faire des choix - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Fantasma da Ópera
Tags Erik, Fantasma Da Ópera
Exibições 7
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Só pra avisar que essa é a minha primeira fic então, por favor, peguem leve comigo. Tem um tempinho que eu comecei a escrever essa história porém nunca tive coragem de postar. Queria avisar também que eu vou misturar um pouco da história do livro com a da adaptação de 2004.

Capítulo 1 - Prologue


A família Lemaire era conhecida por sua linhagem de grandes violinistas, sempre ganhando a vida através da música. Quando o jovem Jean se apaixonou perdidamente pela cantora Marie, sua família ficou  tão estupefata com a beleza e a voz cristalina da menina, que nem dera atenção ao fato da jovem não ser uma violinista. Após dois anos de união, o casal deu à luz a seus primeiros herdeiros. Os gêmeos Oliver e Amelie Lemaire.
    Os irmão eram donos de uma beleza estonteante. Madeixas loiras e olhos azuis acompanhados de maçãs do rosto e lábios corados, não havia beleza igual. Oliver e Amelie foram crescendo junto com as expectativas sobre eles, afinal, eram os herdeiros de uma família conhecida por seus talentos musicais. O menino seguiu os passos de seu pai, tocava o violino como ninguém. Porém a menina, ultrapassou qualquer expectativa imposta sobre os irmãos, era uma bela violinista, tinha uma voz de tirar o fôlego e ainda fora agraciada com o dom do ballet.
    Quando Oliver e Amelie completaram oito anos de idade, Jean teve a melhor fase de sua carreira como violinista. Era convidado para tocar em diversos eventos, e fora em um desses festivais que conhecera Gustave Daaé e sua filha, Christine. Na época Christine ainda tinha seus cinco anos porém, era uma criança avançada e logo fez amizade com os irmãos Lemaire. Os anos se passaram e a amizade das crianças foi se fortalecendo, com a morte de Gustave, Christine residiu na casa dos Lemaire por uma temporada. Com o aumento do gosto da menina pelo ballet, ela mudou-se definitivamente para a Ópera, dando uma folga na economia da família. Oliver e Amelie iam sempre visitá-la, o que fez com que Amelie tivesse suas primeiras classes da dança.
    Com a juventude, Amelie se tornou uma moça atraente. Seu corpo ganhou curvas e seus traços belos ficaram ainda mais admiráveis. Por onde ia, a menina atraia uma série de admiradores. Ela, no entanto, achava que eram todos tolos, pois dizia que o mais notável deveria ser a beleza interior e, como nenhum dos rapazes trocara mais de duas palavras com ela, só estavam a procura de um rostinho belo. Um deles no entanto, arriscou-se a mais, ficara tão encantado com a menina que tinha decidido conquistá-la. E depois de alguns meses, definitivamente conquistou. Amelia iria descobrir futuramente que esse rapaz era Herold Jensen, um aristocrata norueguês.
    Amelie e Herold estavam completamente apaixonados quando ele a propôs em casamento. A moça não precisou pensar duas vezes para aceitar. O casal se mudou imediatamente para a Noruega. Um ano e meio depois, tiveram uma filha, Marin Jensen. Amelie nunca deixou de se comunicar com sua família e com Christine, ajudando-os ao máximo. Ora através de conselhos, ora financeiramente. Porém, o que a moça não sabia era que ela seria quem precisaria dos melhores conselhos no futuro. Quando Marin completou um ano, um surto de tuberculose atingiu a Noruega, a doença se espalhou tão rápido que não deu tempo de tomarem providências. A tuberculose levou Herold e Marin, deixando uma Amelie arrasada e sem forças para continuar a vida.
     Após perder seu marido e filha, Amelie ficou desolada. Até que finalmente, seguindo os conselhos de sua família decidiu retornar à Paris.


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse comecinho. Se tiver qualquer erro de português me perdoem e não excitem em me avisar. Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...