História Fairy Girls XX - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Chendy, Fairy Tail, Gale, Gruvia, Jerza, Nalu, Romendy
Visualizações 51
Palavras 1.291
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLÁ DEMONS!
DUAS COISAS!
Primeiro,a música dita no capítulo é:
How to be a Heartbreaker-Mariana And the Diamonds.
Sugiro que a escutem durante a leitura.

Segundo!
Eu estou a procura de alguém que faça a capa da fanfic para mim!
Se você conhece um capista de confiança ou se voluntaria.Pfv,fale comigo via mensagem privada!
Apenas isso!

BOM APROVEITO!!

Xx.

Capítulo 9 - How to be a Heartbreaker


[Leiam as notas do autor]

Jellal estava inquieto na frente da porta.O que aquela garota veio fazer ali?Por curiosidade,o rapaz saiu do quarto e fechou a porta atrás de si.

Parou de frente para a cantora e um silêncio se instalou no local.Ele olhava para o chão e ela o encarava.Após algum tempo ele quebrou o silêncio:

-Sobre o que veio conversar?-perguntou

A ruiva abriu um sorrisinho e colocou a mão na cintura, completamente confortável com a situação.

-Vim falar sobre seu amiguinho rosado!

Jellal ergueu as sobrancelhas em surpresa.

-Desculpa a atitude dele!-Começou em tom constrangido-Ele é um cara legal!Só não tem muita paciência com provocações...

A garota assentiu e disse que entendia,que estava tudo bem.

-Não foi por isso que vim aqui...tenho uma pergunta séria para fazer,não se ofenda por favor!-Pediu educadamente.

O azulado coçou a cabeça e concordou.

-Existe a remota chance dele...gostar da Lucy?De um jeito mais... digamos, romântico?

Uma grande interrogação se formou no rosto de Jellal.Que pergunta era aquela?De onde ela tirou isso?Natsu e a cantorinha?Ela veio aqui só para falar sobre isso?

-Não!-Jellal falou a primeira coisa que veio em mente-Claro que não!

Erza pareceu mais aliviada depois disso.Como se uma preocupação a menos saia de suas costas.

-Por que a pergunta?-Jellal disparou olhando a com uma sombrancelha erguida.

A garota olhou surpresa para ele.Não esperava que a conversa se estendesse.

-Isso seria um probleminha... problemão para falar a verdade.

-Porque ela tem namorado?

Ela abafou uma risada ironica.

-Por isso também...

As dúvidas de Jellal só cresceram mais.Como assim?Do que a Ruiva estava falando?

-Err...o que tem por trás disso?

Então ela foi derrotada, não podia esconder aquilo.Mentir não era algo dela.Se sentou no chão do corredor e fez um gesto para que ele a acompanhasse,assim o fez.

O clima ficou mais calmo e informal depois desse simples gesto.

-Todos os caras que já gostaram da Lucy se ferraram bonito.

-Por quê?-A história estava ficando interessante.

-Lucy sempre foi uma típica heartbreaker.Temos uma música que eu escrevi meio que inspirada nela...How to be a heartbreaker! É uma das minhas preferidas.A minha loira preferida sempre foi fria...desde que perdeu a mãe e foi abandonada pelo cara que tanto amava ela ficou bastante fria e distânte.Ela interagia comigo e com a Wendy e nos tornamos amigas rapidamente,mas,ela já usou vários caras e descartou como um lixo,botou na cabeça que nenhum cara presta.Deu tantos foras que já perdi a conta,um mais pesado que o outro a ponto de alguns caras já terem chorado!-Erza riu das lembranças,parecia cômico agora que passou-Se você quisesse saber como magoar um coração era só falar com ela.Foi assim por um longo tempo...

-Até que o namorado chegou-Advinhou o rapaz que ouvia tudo com calma e interesse.

Ela confirmou.

-Não sei o que ele fez ou deixou de fazer,Mas ele era diferente.Quando eu vi ele achei que seria apenas mais um que iria querer pegar ela e só...mas mesmo depois de ter apanhado tanto, literalmente,ele não desistiu dela... até que um ponto que ele derreteu aquele gelo todo.

-Ela mudou por ele...-refletiu.

-E ele por ela...- murmurou​.

-O que disse?

-Nada!

Um silêncio se instalou.Não era constrangedor,era calmo e reconfortante...

-Como você os conheceu?-Ela perguntou-Os meninos,quero dizer...

Jellal suspirou e se preparou para falar.

-Me mudei para o colégio interno no oitavo ano junto com a Meredy,minha irmã mais nova.Ela era adiantada por já ter frequentado aulas particulares então ela também ficou no oitavo ano mas em uma sala diferente da minha.

Erza prestava muita atenção.Queria saber mais sobre relacionamentos de pessoas normais que iam a escola e estudavam.Ela queria saber mais sobre ele e sua irmãzinha.

-Nesse tempo eu andava com uma galera aleatória, uns caras da minha sala, e a Meredy fez amizade com a Juvia,que era da sala dela.-Tomou fôlego para continuar-Então,um mês depois de chegarmos a Meredy me implorou para eu virar amigo do Grau,pois a Juvia gostava dele e a minha irmã achava que se eu me tornasse amigo dele eu poderia encher a bola da Juvia pra ele.

-E então...?

-Não rolou nada entre ele e a Juvia.-riu um pouco-Mas,ganhei um grande amigo.Gray era um cara legal e tínhamos coisas em comum,ele andava com o Gajeel e acabamos virando amigos também.No Nono ano o Natsu chegou e fez amizade com o Gray,os dois pareciam que foram feitos um pro outro!

-Eles se deram bem?

-Não! Eles discutem o tempo todo!Mas isso que faz a amizade deles ser tão verdadeira.Então acabamos nos tornando um quarteto!

Erza sorriu.Eles pareciam grandes amigos.

-Bem,é uma bela história!-se levantou-tenho que ir indo.

-Okay-ele continuou sentado-Se isso te faz bem...posso ficar de olho no Natsu.

-Isso seria muito bom!Te devo uma!

Ele ergueu uma sobrancelha.

-Deve o que?

A ruiva pensou por um tempo, precisava de algo simples.

-Uma pergunta!-Respondeu então-Pergunte qualquer coisa e eu te respondo.

Foi a vez dele de ficar pensativo... não havia nada que queria saber sobre ela,na verdade tinha,mas seria invasivo perguntar tudo que queria.

-O que significa o XX?

A confusão se fez na cara da cantora.

-Hã?

-Do nome. Fairy Girls XX. O que significa?

A cantora riu.Ele tinha pronunciado errado.Muita gente fazia como ele e falava Fairy Girls "Xix xix".Depois de suas risadas cessarem ela respondeu:

-É 20 em algarismo romano!Nos três nos conhecemos no dia 20, então é meio que uma homenagem!

-Então o nome da banda seria Fairy Girls 20?

-Sim,mas muita gente pronúncia o duplo X em inglês,assim como o nome, então o pronuncia "certa" é essa!-Deu ombros.

-Interresante!

A garota girou os calcanhares e deu as costas para ele.

-Sugiro que não durma.Uma equipe virá te buscar de madrugada para levar vocês ao aeroporto.Vamos para a florida amanhã.

-Serio?!




-É claro!Até mais Jelly!

Depois de falar aquele apelido horrível,a ruiva caminhou até o elevador para voltar ao seu quarto e ir dar um show, literalmente.

Jellal riu.Aparentemente,ele agora tinha um membro preferido de uma Girlband...e na opinião dele,isso não soa nada hetero.

***

-Florida?!-Gajeel gritou.

-É isso aí!Vamos pra Flórida!-Jellal gritou completamente empolgado.

-Céus,nem acredito que eu vou viajar o país e eu nem paguei o ingresso daquele bendito show!-Natsu passou a mão pelos cabelos.

-Tudo por que a Lisanna queria babar seu ovo!-Gray apontou o dedo e começou a rir,Natsu bufou e os outros acompanharam a risada.

-Qualé Natsu,acho que a mini Strauss não te vê como um amiguinho...-Falou Jellal como se estivesse insinuando algo.

-Eu sei!-Disse Natsu impaciente se jogando na cama.

Os outros ficaram atordoados.

-Você sabe?-perguntou Gajeel-Como assim?

-Sabendo cara!Está bem óbvio!

-E você não vai fazer nada sobre isso?-Gray indagou,queria respostas daquela história.

-Eu sei lá!-Tampou os olhos com o braço.Aquela conversa não o agradava.

-Eu sei lá?Que resposta é essa?Isso que você tem a dizer?-Gajeel gesticulava com as mãos.

Em resposta o Rosado confirmou com a cabeça.

-Natsu-O Azulado chamou a atenção do mesmo-Ela gosta de você!Não está só afim ou querendo dar uns beijos e só,ela SENTE algo!Isso já é alguma coisa pra se pensar a respeito e não falar um "Eu sei lá" e meter o foda-se.

-E você quer que eu faça o que?

-Dê uma resposta a ela!

Natsu o olhou indignado.

-Ta maluco?!Eu não sou obrigado!

-Natsu!Ela gosta de você e merece uma resposta!Não iluda ela deixando que ela fique alimentando um sentimento que, talvez, não possa ser recíproco!

Jellal tinha razão!Ele sempre tinha razão!As vezes os três queriam arrancar a cabeça do mesmo por conta disso,como Natsu queria fazer isso agora.

-Ela é sua amiga,Natsu!

-E vai continuar sendo!Fim de papo!

O silêncio se ocupou no cômodo.Depois de um tempo,Gray e Gajeel foram pegar algo para comer e Jellal se jogou numa poltrona.Talvez Natsu tenha tido umas aulas com Lucy sobre como partir um coração.

Na realidade,o rosado estava confuso.Não entendia seus sentimentos pela albina.As vezes parecia que gostava dela, outras que ela era só uma amiga.O que estava acontecendo com ele?

Amiga

Acima de tudo ela era sua amiga.Natsu tinha medo de dar a resposta a ela em um momento em que seus sentimentos estivessem confusos e perdesse a amizade da menina de cabelos brancos e rosto de anjo.Ele odiava magoar um amigo,não queria iludi-la e muito menos magoa-la


Ela era mais preciosa para ele do a maioria imaginava.

Por isso ele daria,um dia,a resposta para ela.Mas a mesma teria que esperar.

Ele estava confuso...


Notas Finais


Até maaaaaiiiis
O que acharam?
Kisses!
Xx.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...