História Fairy Hope - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Doranbolt, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Grandeeney, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Wendy Marvell, Zeref
Tags Muitosshipps, Shippsdiferenciados, Shippsnormais
Exibições 87
Palavras 1.209
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ae e antes de iniciar a fic eu queria perguntar se vcs querem que ue continue com o ritmo de postagens com 1000 palavras ou que eu aumentasse para 2000 palavras mas demorar mais ?Boa leitura meus lindo/a <3

Capítulo 33 - Conflito!


8:00 Casa dos FullBuster

-Ur: Gray não vai deixar ele entrar ?

-Gray: Err não é que eu estava viajando, entra ''Natsu''

-Void Natsu: Obrigado por me receber Gray 

 Eu levei ele ate meu quarto ele dava olhares disfarçados para minha mãe eu já estava ficando preocupado com aquilo então nos entramos no meu quarto e eu encarei ele.

-Gray: Qual seu objetivo ?

-Void Natsu: Fazer o trabalho, as atividades humanas são bem legais mas 75% do que seu professor de Historia fala e mentira.

-Gray: Porque está fazendo isso ?

-Void Natsu: Por diversão acredite eu sou um ser que já conviveu por muito tempo seguindo as regras humanas, mas iai vai fazer o trabalho ?

-Gray: Acha que eu vou me sentar e fazer um trabalho com você como se nada tivesse acontecendo ?

-Void Natsu: Tá então eu faço sozinho os antigos adolescentes eram mais obedientes, vocês são muito revoltados 

Eu fiquei olhando ele enquanto o mesmo fazia o trabalho sem se importar com nada nem com a minha presença ali, tinha passado-se 30 minutos até que minha mãe bateu na porta.

-Ur: Gray como as empregadas estão de folga e eu estava ocupada não deu para fazer a comida e só para uma pessoa também vai demorar então vamos pedir algo ?

-Void Natsu: Não seja por isso senhorita Ur eu posso te ajudar a fazer a comida, se não se importar.

-Ur: Não quero atrapalhar o trabalho de vocês.

-Void Natsu: Bom o Gray e bem melhor que eu nessa parte então ele consegue fazer sozinho não é Gray ?

-Gray: Errr' ''Droga minha mãe sabe que sou bom nisso que droga se eu negar ela vai achar estranho eu posso fazer isso rápido e ficar olhando ele''Sim, não ... tem problema, mas Natsu preciso te dizer algo, a sós.

Então minha mãe saiu e fechou a porta .

-Gray: Se /

-Void Natsu: Já sei já sei '' se você fizer algo a ela eu vou te matar!'' e bem clichê isso ai em ?

-Gray: Só tente ... e eu te mato mesmo no inferno.

-Void Natsu: Tá bom ta bom *abre a porta* mas você nem me bate aqui imagine no inferno.

-Gray: Ora seu!

Ele fechou a porta e eu fechei os olhos para conter um pouco da raiva então me sentei e continuei o trabalho 

[Void Natsu]

Eu e a Ur estávamos na cozinha cortando umas cenouras e outros legumes e verduras até que eu fui para o lado dela cortar um pedaço de carne.

-Ur: Obrigada por estar me ajudando Natsu mas é meio estranho você nunca foi disso, sem ofender.

-Void Natsu: Não, calma e só que eu mudei um pouco, eu amadureci digamos assim.

-Ur: Entendo, Queria que o Gray também amadurecesse logo.

-Void Natsu: Ele só precisa de mais tempo

-Ur: Espero que seja só isso.

-Void Natsu: Senhorita Ur/

-Ur: Pode voltar a me chamar de Ur mesmo e estranho você falar comigo assim

-Void Natsu: Está bem, eu pensei esses dias e sua vida deve estar sendo bem difícil não é ?

-Ur: Do que está falando ?*nervosa*

-Void Natsu: Eu soube que o seu marido o senhor Silver está mais ocupado ultimamente, se está passando por algo difícil pode desabafar, não contarei nada e também não sou nenhum monstro

-Ur: Sim e verdade ele está muito mais ocupado e não tem tempo para nos nem para mim, estou tendo apenas um pouco de ajuda de algumas empregadas, e tenho que lidar com Gray ele anda pensativo, inquieto e nos mal conversamos tenho medo de que tudo acabe, mal estou dormindo esses dias meu marido chega muito tarde e cansado e não temos nenhum momento a sós está tudo indo por água baixo e não sei oque fazer, nossa me desculpe você e um adolescente não deveria estar fazendo você ouvir isso

-Void Natsu: Não não tudo bem isso é bom 

-Ur: Bom vamos voltar a fazer a comida*tremedeira*

Então eu fui para trás dela e segurei sua mão enquanto cortava alguns legumes

-Ur: Oque está fazendo?*corada*

-Void Natsu: Calma você está cortando muito grande mantenha calma *encosta mais*

Nesse momento eu já estava grudado nela e ria mentalmente (R/A: tipo aquela voz que tem na nossa mente como alguns tão lendo agora) da situação ela estava nervosa achando que eu iria fazer algo para agrada-la ali humanos são verdadeiros ingênuos, bom vamos brincar um pouco mais

-Ur: O-Obrigado ...''I-I-Isto atras de mim é ... o pênis do Natsu? ele está se excitando comigo ? espera oque e isso eu também to excitada ?''

-Void Natsu: Pronto!

Eu larguei ela, a mesma estava muito corada, 

-Void Natsu: Ur acho que sei a solução dos seus problemas 

-Ur: E o'que seria ?

Eu fui no ouvido dela e sussurrei uma palavra ela arregalou os olhos e eu virei de costas andando

-Void Natsu: Gray já deve estar acabando, só falta botar tudo na panela então tchau e, pense bem no que eu falei tá bom ?     

Eu abri a porta e ele já estava saindo.

-Void Natsu: Calma eu não a matei ''ainda'' tá bom ?

-Gray: Eu já acabei pode ir embora

-Void Natsu: Que cruel nem vai me chamar para comer ? bom que seja mas eu olhei para sua mãe, algumas humanas são realmente lindas

-Gray: CAI FORA!

-Void Natsu: Tá tá.

Ele me levou até a porta quase querendo me matar quando sai ele havia deixado a porta aberta

-Void Natsu: Sabe eu deveria ter me aproveitado mais da sua mãe!

Ele ficou estático e logo depois fechou a porta com força eu apenas sai de la sorrindo

[Gray]

Depois de fechar a porta fui ate a cozinha com vários pensamentos repetidos ''Não pode ser oque estou pensando não não é! minha mãe nunca faria isso ! ela não trairia o meu pai! eu cheguei e ela estava pondo os pratos na mesa

-Gray: Mãe ... preciso saber de uma coisa .

-Ur: Oque é ?

-Gray: Você fez algo que não devia ou que vai ou está se arrependendo ?

-Ur: Gray ... Sim Gray fiz algo errado mas não sei se estou me arrependo 

-Gray: Mãe ?oque a senhora fez ?

-Ur: Você não precisa saber disso

-Gray: Foi com o Natsu ?

-Ur: Sim ...

-Gray: Mãe ... A SENHORA TRANSOU COM ELE ?

-Ur: Transar ? Gray ...

-Gray: A senhora fez isso com o pai ?a senhora teve coragem disso ?

-Ur: Gray olha aqui seu pai nem cuida mas de nos, e a vida e minha a minha VIDA eu transo com quem eu quiser você e o meu filho apenas aceite ! e se quer saber eu queria muito ter transado com ele !

-Gray: Ei ei isso é serio ?

-Ur: Muito!

Eu sai correndo de lá e fui em direção ao meu quarto entrei e tranquei a porta, fui ao banheiro liguei o chuveiro eu só queia ficar lá não sabia nem que horas iria sair

[Void Natsu]

Parece que o conflito começou, por isso adoro humanos são as melhores peças de jogos agora e só efetuar o próximo passo, oque vocês estão fazendo minhas queridas peças ?

Continua ...


Notas Finais


Mais um cap fresquinho não esqueçam de dizer se mudo o cotidiano ou n e espero que tenham gostado (comentem gosto de responder comentarios ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...