História Fairy Tail, e Se... - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~NyMell

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Ultear Milkovich
Tags Gale, Grultear, Lyvia, Mirerza, Nalu
Visualizações 15
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Bishounen, Ecchi, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então foi isso espero que tenham gostado! Nós gostaríamos de pedir imensas desculpas por não ter postado antes.

Capítulo 6 - Um adeus breve


Fanfic / Fanfiction Fairy Tail, e Se... - Capítulo 6 - Um adeus breve


Anteriormente: 
- “Tem certeza que quer dormir sozinha? Se quiser eu posso dormir com você... – Mira cora.”


Mira: Ah... pode vir se quiser, não costumo receber gente aqui em casa e minha cama é de casal cabe nós duas perfeitamente.
Erza: Já vou, irei no quarto de hóspedes pegar minhas coisas.
Mira: Tá bom. – Erza vai ao quarto toda sorridente e até com alguns pensamentos maliciosos, enquanto isso Mira arruma a cama pra elas deitarem.
Erza: Cheguei, precisa de alguma coisa da cozinha? Vou beber água.
Mira: Eu aceito um pouco de água também. 
Erza: Aqui Mir... – Erza tropeça nos próprios pés e derruba água na Mira.
Erza: Ah! Que bagunça pode deixar que eu limpo, tira essa blusa molhada pra não pegar um resfriado. – Erza com muita delicadeza tira a blusa de mira e empresta a toalha a ela, Mira cora.
Mira: O-obrigada... Tem pano lá na área de serviço... – Erza vai buscar, na volta seca o chão e guarda o pano onde achou.
Erza: Então, vou trocar de roupa espero que não se incomode. – Ela tira a blusa e a calça e coloca um pijama rosa claro com morangos estampados.
Mira: Que fofo seu pijama, vou trocar também... Você pode se virar por favor? Tenho vergonha. – Erza ri sarcasticamente, como se fosse ceder ao pedido de Mira, e ela vai chegando cada vez mais perto dela.
Erza: Mira não precisa ter vergonha de mim, olhe pra cá – Ela coloca a mão no queixo da Mira e o vira fazendo com que ela a encare. - Fique calma. - Ela tira a toalha que havia dado a Mira para se enxugar, Mira cora, Erza coloca uma mão nas costas dela e a outra na cintura e a puxa pra mais perto, diminuindo a distância entre elas. – Está tudo bem. – Mira está extremamente envergonhada e não tem reação nenhuma, não hesita mas também não se entrega de vez.
Mira: E-e-eu nunca fiquei com uma mulher... Na verdade nunca fiquei com ninguém... Não sei o que fazer nem como fazer, então eu ach... – Erza corta ela.
Erza: Não precisa ter medo. – Ela encurta ainda mais a distância dando um beijo intenso, devagar e com muito carinho, Mira cede de vez, e devolve o beijo, Erza coloca a mão na sua nuca e puxa de leve seu cabelo enquanto a beija, com a outra mão ela desce para o sutiã e o desabotoa, Mira cora, Erza acaricia o rosto dela e desce para os seios, e começa a chupa-los, Mira gemi baixo, as duas vão para a cama e ela continua lá, Mira levanta e tira a blusa de Erza que vai tirando também sua parte debaixo do pijama de morangos. Mira demonstra uma pequena hesitação como se estivesse preocupada com algo.
Mira: E-Eu não tenho certeza se dev.. – Erza que estava chupando os seus peitos vai para barriga e quando chega na vagina Mira da um forte gemido. 
Erza: Não precisa se preocupar, eu cuido de você... - Ela continua então o que estava fazendo, e Mira aproveita sentindo um imenso prazer mas com um sentimento “estranho” que ela nunca havia sentido antes, será que ela realmente estava se apaixonando? 
E elas passam a noite juntas, na manhã seguinte quando Mira acorda ela não encontra Erza na cama.
Mira: Erza...? “Será que ela foi embora... Eu devo ter sido só mais uma pra ela se divertir... E eu já estava pensando que era sério... Sou uma idiota!” *Barulhos na cozinha. – Mira vai até lá.
Erza: Bom dia!! Eeer... Desculpa pela bagunça deixei a tigela cair e tinha um pouco de trigo dentro, mas eu irei limpar, aliás, vai lá se trocar pra eu servir o café da manhã. – Mira cora e sem reação apenas sai sem dizer nada e vai se trocar.
Quando Mira volta Erza começa a colocar a comida na mesa, havia panquecas doce com calda, suco e frutas.
Mira: Nossa... Você fez tudo sozinha? Podia ter me acordado eu ajudava, aliás está muito bom! Quando acordei e não te vi pensei que tinha ido embora...
Erza: Que isso panquecas são fáceis de fazer, o que?!  Eu ir embora sem dar no mínimo um tchau? Você pensou o que “Eu fui só mais uma não mão dela” ? Hahaha se foi isso saiba que não... Você é muito mais do que qualquer uma que conheci, você é diferente... Isso me intriga, porque não te conheci antes? Eu gostaria de conhecer você melhor.
Mira: Confesso, pensei exatamente isso hahaha, isso está sendo muito diferente pra mim, é difícil até processar tudo, mas eu também gostaria de te conhecer melhor.
Erza: Eu tenho que ir agora, pois o trabalho me espera. – Erza vai até Mira a encara e lhe da um beijo, e ela retribui com muito carinho.
Mira: Eu também tenho que ir, saiba que eu gostei muito de tudo... Quando vamos nos ver de novo? – Erza da um sorriso.
Erza: Eu estava torcendo pra ouvir isso, deixa eu pensar hmm, hoje a noite está bom pra você? 
Mira:  Está ótimo! – Elas se abraçam e cada uma vai pro seu caminho, com a promessa de um lindo romance.


Notas Finais


Mirezaaaa, um shippe beeem diferente (meu OTP ) ahahaha, mas curti escrever sobre ele, espero que gostem! xAkameChan


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...