História Fairy tail-Interativa - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Exibições 28
Palavras 452
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom admito que demorei pq m sabia oque fazer nesse capitulo entao so pra explicar ese capitulo todo se passa quando o yamato estava desmaiado depois da luta com a Erza entao Boa leitura ^^

Capítulo 8 - Capitulo 6


NO CAPITULO ANTERIOR

Yamato: Ainda não-fala preparando o seu ultimo ataque correndo pra cima da erza-bright flames of fire dragon(Chamas brilhantes do dragão de fogo)

O golpe pegou Erza desprevinida que levou em cheio a fazendo desmaiar ali mesmo e depois de ver que havia vencido Yamato desmaia de cansaso.

NO CAPITULO ATUAL

YAMATO POVS
Onde eu estou? Eu não sei dizer mais... pera ai aquele sou eu quando criança? Ok isso é estranho não sei oque está acontecendo mais por algum motivo estou vendo eu mesmo quando criança.

AUTOR POVS

O que Yamato estava vendo era ele mesmo treinando combate corpo a corpo com seu pai sem usar magia, ele tentava de tudo para acerta-lo mais não conseguia uma brecha, ate que ele se distraiu e acabou levando um soco no rosto desmaiando ali mesmo deixando o Yamato mais velho com uma gota na cabeça.

Yamato: Fala serio não acredito que eu era tão fraco ao ponto de desmaiar com um soco... mais é aceitavel ja que eu tinha 4 anos e estava quase do nivel do papai, oque me irritava era que ele se segurava nas lutas oque me irritava então até hoje não sei qual é o poder verdadeiro dele.-pensa rindo um pouco-

A visão muda novamente mostrando ele um pouco mais velho brincando com as suas irmãs de esconde-esconde e como sempre ele não as encontravam e quando menos esperava elas davam um susto nele e saiam correndo fugindo dele.

Yamato: Bom esconde-esconde numca foi o meu forte mais mesmo elas fazendo isso sempre... eu me divertia ja que eu estava junto das minhas irmãs que não sao só mimhas irmãs mais tambem são minhas melhores amigas então não queria que elas sofressem quando eu sumi para treinar mais pelo que deu pra ver quando reencontrei a Anne elas sofreram muito-pensa tristememte- darei um jeito de compensa-las.

Depois de pensar isso um garoto de cabelo preto aparece do seu lado.

???: Você sente falta dessa época não é?

Yamato: Adimito que se eu pudesse faria tudo de outro jeito

???: E quem disse que você não pode?

Yamato: É impossivel

???: Não... ja que você herdou o poder de seu pai... nao o de Dragon Slayer

Yamato: Do que você ta falando e quem é você?

???: Meu nome é ***** e estou falando do verdadeiro poder de seu pai... você vai descobrir mais cedo ou mais tarde... até a proxima-fala e tudo fica branco e depois disso Yamato acorda assustado na enfermaria da guilda.

Yamato: Mais que merda foi essa?

Ele estava totalmemte perdido até que alguem entra na enfermaria e ele fica surpreso mais depois da um sorriso

Yamato: A quanto tempo ***** como você está?


Notas Finais


Bom eu fiz esse capitulo mais para vcs entenderem mais um pouco dos sentimentos do Yamato(e so n fiz outra luta pq a merda do pc desligou e perdi tudo entao mamdei esse mesmo) entao espero que tenham gostado e pros leitores que pararam de comentar eu peço que vcs comentem pq só assim eu vou saber se vcs estão gostando da fanfic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...