História Fairy Word - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Alzack, Angel, Aquarius, Aries, Bickslow, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Chelia Blendy, Droy, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Kinana, Laki Olietta, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Metalicana, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Silver Fullbuster, Skiadrum, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Exibições 253
Palavras 1.189
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Cheguei! Espero que estejam gostando da história, obrigada a todos que comentaram os capítulos e que favoritaram. Boa Leitura.

Capítulo 5 - Capítulo 04 - A Ninfa da Sabedoria e o Dragão de Ferro


Fanfic / Fanfiction Fairy Word - Capítulo 5 - Capítulo 04 - A Ninfa da Sabedoria e o Dragão de Ferro

Em um dos corredores da instituição, uma garota baixinha de cabelos azuis andava segurando as alças da sua mochila a Princesa olhava pelo corredor a procura da biblioteca onde ela queria ver os livros do local, ela era uma garota muito esperta e seu intelecto era enorme por ler diversos livros, mas nunca era demais para ela era o que a azulada pensava. Levy parou abruptamente assim que viu um azulado muito familiar um sorriso surgiu em seus lábios e ela correu em direção do mesmo.
-Príncipe Jelall!- A Levy o chamou.
O Jelall se virou para a voz doce que havia o chamado e sorriu em ver a Levy, assim que chegou perto dela a azulada o abraçou e foi retribuída.
-O que está fazendo aqui? -A Levy perguntou assim que soltou o Jelall.
-Estou encarregado do Comitê de Eventos.- O Jelall falou.
-Mas eu achei que você não estudava mais aqui e tinha que fazer suas obrigações como o Futuro Rei.
-É verdade. Mas não é fácil deixar um lugar tão importante pra você. - O Jelall disse corando um pouco.
-Entendi. Mas é só por isso mesmo?
-Por que não seria?
-Não sei, talvez por um furacão vermelho.
-O que...
O Jelall parou de falar assim que a Erza se aproximou deles com os braços cruzados, a Levy sorriu assim que viu a ruiva se aproximar.
-Oi Erza.-O Jelall falou.
-Oi. Sua amiga?- A Erza perguntou olhando pra Levy.
O olhar da ruiva parecia penetrar seu interior, deixando a Levy meio desconcertada.
-É sim. Essa é a Levy, Princesa das Ninfas.- O Jelall falou. 
-Muito prazer.- A Levy falou sorrindo.
-O prazer é meu Princesa, sou a Erza futura cavalheira do Reino dos Dragões.
-Que legal. Há e não me chame de Princesa, apenas de Levy. Aliás vocês sabem onde fica a biblioteca?
-É no próximo corredor.
-Obrigada.
A Levy passou pelo Jelall e piscou para o amigo antes de continuar andando, o que deixou o azulado sem graça já que o mesmo sabia o que a menor queria dizer com aquele gesto. A Princesa chegou na biblioteca e abriu as gigantes portas de madeiras e ficou maravilhada ao ver a quantidade de livros que aquele lugar tinha, nem em seu Reino tinha tantos livros assim.
                                *****
Na sala de aula do terceiro ano, o Gajeel, Natsu e Gray estavam tentando aula de História Geral o Gajeel deveria estar na aula de música com a Professora Lira, mas pelo fato de ter matado a aula da Professora Aries a mesma pediu permissão para a Lira para que o Gajeel reposse a aula e claro que ela concordou.
-Eu sinceramente não suporto aula de História Geral.- O Gajeel resmungou.
-Não estaria aqui, se não matasse aula para ficar com a Angel.- O Gray falou.
-Então alguém poderia me falar qual foi o motivo da guerra entre os Elfos e os Duendes antes deles se juntarem em um único Reino?- A Professora Aries perguntou.-Gajeel poderia me responder?
-Não sei.-O Gajeel falou dando de ombros.-Talvez pelo fato dos Duendes poderem usar magia enquanto os Elfos apenas encantamentos?
-Isso mesmo. Mas me digam isso era motivo suficiente para começar uma guerra?
-De acordo com os interesses de cada espécie sim.- O Gray falou.- Como os Duendes podem usar magia, eles poderiam aniquilar os Elfos facilmente então os Elfos aprenderam os encantamentos que existe nos livros das Bruxas.
-Achei que Bruxas não existissem.- Uma garota do fundo falou.
-Uma questão interessante.- A Professora Aries disse.- Quem acredita que Bruxas existem?
Vários alunos levantaram a mão, entre eles a maioria eram Elfos que acreditavam totalmente em sua cultura.
-Bem, a cultura Elfíca fala que as Bruxas eram criaturas horrendas e asquerosas e que seus feitiços só se dedicavam as coisas que fossem beneficia-las. Mas os feitiços que os Elfos chamam de encantamentos nem sempre beneficiam as Bruxas.
-Mas Aries-sensei.-O Natsu falou.- Então se os feitiços não beneficiavam as Bruxas por que eles existiam?
-Existiam para acabar com algumas espécies que hoje são extintas. Alguém pode me dizer alguma?
-Anjos.-Um garoto falou.
-Demônios também estão extintos a três séculos.-Uma garota disse.
-Extintos. Quero que façam uma pesquisa, sobre a cultura das Bruxas e tragam para a próxima aula.-A Professora Aries falou.
O sinal tocou e todos os alunos saíram da sala, o Natsu, Gray e Gajeel se dirigiram até a biblioteca.
-Aries só sabe passar pesquisas.- O Gajeel reclamou.- Quem precisa saber sobre o que aconteceu a séculos atrás?
-A gente precisa.- O Natsu falou.
Assim que entraram na biblioteca, viram que o lugar estava praticamente vazio se não fosse por uma Ninfa sentada em uma das mesas, os garotos foram até a bibliotecária e perguntaram onde se encontrava os livros sobre a cultura das Bruxas.
-Está no segundo corredor.- A bibliotecária falou.
-Obrigado.- O Gray disse.
-Enquanto vocês procuram os livros, eu vou pegar uma mesa.- O Gajeel falou.
O Gajeel se sentou na mesa ao lado da Ninfa que estava totalmente concentrada em um livro, depois de alguns minutos os garotos se sentaram junto do Gajeel e colocaram os livros em cima da mesa e começaram a fazer as pesquisas.
-Metaleiro você deve ajudar na pesquisa também. - O Natsu falou.
-Estou sem vontade.
-Não fique pensando que nós vamos ter passar as respostas. - O Gray disse.
-Não preciso de suas respostas e nem de aula de História Geral, é tudo uma perca de tempo. Não precisamos saber sobre o passado e sim para o futuro.
A Levy ao ouvir aquelas palavras fechou seu livro e olhou na direção do Dragão de Ferro com um olhar irritado, quem ele pensava que era para falar que o passado não é importante.
-Se não fosse pelo passado não existiria o futuro.- A Levy falou ainda olhando para o Dragão de Ferro.
Gajeel olhou para a Ninfa que a olhava e sorriu debochado para a mesma.
-Mas o passado é algo chato e idiota que os nossos ancestrais erraram, isso quer dizer que somos melhores que eles.- O Gajeel falou.
-Errado. Você e nem ninguém é melhor que nossos ancestrais, porque se não fossem por eles o mundo que conhecemos hoje não existiria.
-Claro como se saber sobre Bruxas que são espécies que nunca existiram mudou tanto o nosso mundo.
-Sinceramente eu acho que você é burro de mais.
-O que você quer dizer com isso, baixinha?
-Não me chame assim seu brutamontes! E caso você seja surdo eu disse que você é burro!
-Como se você fosse muito esperta. Deve estar o que no primeiro ano ainda.
-Estou sim. Mas sou mais esperta que você, só pelo simples fato de saber mais sobre a cultura Wicca.
A Levy se levantou e pegou os livros e foi até a bibliotecária para alugar, o Gajeel estava irritado e ao mesmo tempo achava engraçado o fato daquela Ninfa falar de um jeito tão ousado com ele.
-Essa Ninfa é interessante.- O Gajeel falou.
-Achei que ela ia voar no seu pescoço.- O Gray falou rindo.- Se bem que seria divertido.
-Até a garota do primeiro ano sabe mais que você.-O Natsu zombou do amigo.


Notas Finais


Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...