História Faith Malfoy - - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Dino Thomas, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lucius Malfoy, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Olívio Wood, Percy Weasley, Personagens Originais, Quirinus Quirrell, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Simas Finnigan, Vincent Crabbe
Exibições 29
Palavras 1.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Estupro, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo para hoje pessoas . espero completar logo essa parte. Muita coisa pela frente....

Capítulo 5 - Brigas com a família e primeiras aulas


 

Acordei feliz , porque provei pra mim mesma que não estava mais no mesmo lugar que Lúcio por um momento pensei que eu não deveria estar passando por isso , o que foi que eu fiz pra ele ? Nasci ? tirei logo esses pensamentos da minha cabeça e me arrumei e desci com Hermione para tomarmos café da manhã e irmos para nossa primeira aula que era de Transformação com a professora Minerva , quando entramos vi meu irmão e ele já havia chegado junto com seus dois novos colegas e a Sam. Quando ele me viu apenas me olhou com desprezo  ao ver quem estava ao meu lado : Uma sangue - ruim.

" Ótimo , agora meu irmão vai me desprezar  " - penso enquanto ia me sentar com Hermione , ela era muito legal e eu gostei de sua amizade.

Fiquei preocupada com Harry e Rony , eles não  haviam chegado e a aula já havia começado á uns 20 minutos ou mais e a professora Minerva havia passado lição , e nada deles chegarem. Tempos depois a porta se abre e um Harry e Rony entram apressados  e alguns olham para eles, faço o mesmo e balanço a cabeça negativamente.

" Se perderam óbvio " - penso e volto a minha atenção para meu dever.  

Rony pensou que Minerva não estava aqui , ele não sabia mas a professora estava transformada em um gato. Ela estava sentada em cima da mesa , ela se transformou de volta á  sua verdadeira forma diante dos olhos deles.

- Incrível - escutei Rony dizer.

- Que bom que gostou senhor Weasley - diz professor Minerva , ela diz mais alguma coisa mas não dou atenção mas vi quando os dois se sentaram.

******

A próxima era de Poções , ok não gostei muito do professor Snape , caçoou de Harry  e vi de longe que meu irmão adorou isso. O fuzilei com o olhar , o Harry em menos de 24 horas havia se tornado meu xodó e ninguém iria mexer com ele , nem Draco. Mas continuando , ele fez várias perguntas para o garoto e eu tenho certeza que ele sabia que o garoto não sabia de nada sobre Poções e achei injusto isso , todas as perguntas  que ele fazia , Hermione levantava a mão , mas ele não lhe dava oportunidade de responder. E o Harry não ajudou também , ele não estava prestando atenção na aula. 

Depois dessa aula muito chata fomos todos para o salão principal  e a maioria estava ali para estudar , um colega nosso Simas estava fazendo um tipo de magia só que ele não teve tanto sucesso assim ... depois de um tempo o correio começou a chegar e eu comecei a ficar mais nervosa ainda quando vi que uma coruja havia pousado na minha frente segurando uma carta.

- Não vai abrir Faith ? - Mione me pergunta e eu olho para ela.

- S - sim - respondo digo tentando não gaguejar.

Assim que abro vejo que é a caligrafia de Lúcio. Congelo na hora.

Sua Traidora de sangue , como ousa nos trair ? Seu sangue ? E sua familia ? Garota Desprezivel , quem me dera se fosse Sam a minha filha , ela sim me traria muito orgulho aos Malfoy s e quanto a você. Só serviu para nos dar desgosto. Você não é boa em nada. Pode procurar outro lugar para morar quando chegar  as férias , nessa casa você não entra  mais . E não há nada que sua mãe possa fazer , ela já sabe de TUDO. 

Meus olhos se enchem de lágrimas e me virei saindo , pegando minha bolsa  e sai sem dizer nada. Todos me olhavam sem entender nada.

Desgraçado , ele contou tudo para a mamãe  e eu nem tive chance de me defender , o que será que ele contou para ela ? Sai atrás do meu irmão e o encontrei junto com seus dois amiguinhos novos , andei até ele e parei na sua frente.

- Posso falar com você ? -  Ele me olha com desprezo mas veio me seguindo.

- Meu pai me deu ordens para não falar mais com você. Você não é mais minha irmã , sua traidora - ele diz e me olha com desprezo tento não chorar. Calma Faith , vai ficar tudo bem.

- Ok - respondo de olhos fechados - Diga á eles que eu não faço mais parte dessa família. Não quero ficar perto de gente que me odeia , mas pensei que meu irmão , que pelo menos meu irmão fosse ficar do meu lado. Mas já vi que não vai mais ser assim... - Saio correndo e fico em algum lugar escondida.

Ele acabou com a minha vida , E agora o que eu faço ? Continuo andando pelo castelo até eu me acalmei e fui para minha aua de vôo. 

Chego aonde todos estavam reunidos esperando a professora , Draco estava lá com seus amigos e Sam. O Harry , Rony e Mione me viram e vieram falar comigo.

- Faith , o que aconteceu ? - Mione  me pergunta preocupada.

- Você sumiu , ficamos preocupados - Rony fala e vi que ele estava tenso. Apenas sorri para eles.

- Estou bem gente , apenas não sou mais uma Malfoy então me chamem apenas de Faith e esqueçam o sobrenome Malfoy - Lhe respondo e eles me olham confusos.

-  Como assim ? - Rony pergunta confuso.

- Minha família me abandonou Rony -  respondo e sinto meus olhos arderem. 

- Calma Faith , vai ficar tudo bem - Mione diz e me abraça , assim como Rony e Harry. Os três juntos me abraçam e me sinto feliz por ter eles ao meu lado.

Vejo a professora se aproximando e nosso abraço de desfez.

- Vamos - Rony nos chama e o seguimos.

Harry me para por um momento e segura minha mão.

- Sei como é se sentir sozinho , me senti assim enquanto estava na casa dos meus tios - Ele diz e eu suspiro

- Eu sei , isso me dói muito Harry... Meus pais me proibiram de voltar para casa. - digo segurando as lágrimas. - Não tenho mais casa , nem nada.

- Calma , tudo vai ficar bem - ele diz e me abraça , é tão bom sentir o abraço dele. Opa , o que eu estou pensando ?

E seguimos aonde o grupo de alunos estavam , a nossa aula estava sendo muito boa. Rony conseguiu acertar a própria cara com a vassoura , gargalhei demais com isso.

- Calem a boca - ele diz a mim e á Harry.

Agora ela nos mandou montar nelas , de repente o Neville começou a subir com a vassoura dele e ficou sem controle algum e eu fiquei muito preocupada quando ele ficou penturado pela sua capa e depois caiu. Apenas o pulso dele quebrou e a professora levou ele a enfermaria mas nos mandou não montarmos na vassoura. O objeto que Neville ganhou mais cedo acabou caindo  no chão e Draco pegou e começou a caçoar dele.

- Me dá isso Malfoy - Harry diz á Draco. Ele apenas se vira encarando Harry.

- Não !  Vou deixar em algum lugar para o Longbotton pegar - E monta na sua vassoura e dá uma volta em torno de Harry - Que tal no telhado e sobe.

Hermione tenta impedir Harry de fazer o mesmo só que ele é teimoso e mesmo assim foi.

- Ah mais que idiota ! - Hermione diz.

- Talvez ele consiga Mione - Digo. Ou não.

 

 


Notas Finais


Relaxa Faith , você tem os melhores amigos do mundo . Na hora certa sua mãe e seu irmão vão saber de tudo o que aconteceu com você de verdade. E Lúcio vai pagar por tudo e você irá encontrar uma familia que te ame de verdade. Mas no tempo certo... E ai gostaram ? Será que Lúcio jogou toda a culpa nela ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...