História Faithfully - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 310
Palavras 1.367
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - Senhora Uchiha


 Cinco meses e muita coisa aconteceu durante esse tempo, Konan infelizmente não respondia mais aos medicamentos e mesmo com tratamento intensivo acabou não resistindo. Duas semanas após Ino e Sai retornarem de sua viagem tivemos o velório. Konan era muito querida e amada, Sasuke arcou com todas as despesas de transferência, documentação e velório, ele demonstrou-se solícito com a família e amigos de Konan, a empresa ficou off vinte e quatro horas de luto.

Poucos dias depois do ocorrido recebi uma mensagem de Gaara, ele queria conversar comigo e pedir perdão. Aceitei o convite e contei ao Sasuke, não tinhamos nada oficial, mas a imprensa já tinha publicado todo tipo de especulações e várias fotos nossa chegando e saindo do apartamento dele, em eventos e encontros. Ainda não nos rotulávamos, só estávamos vivenciando nossos sentimentos.

Gaara agia de forma estranha, estava agitado e assustado. Nos encontramos em um restaurante no centro da cidade, por escolha dele. Depois de um diálogo de cinco minutos ele sacou uma arma e apontou em minha cabeça, todos no restaurante se assustaram e começaram a correr em direção a saída. Eu fiquei apavorada e não conseguia me mexer, me lembro pouco do que ele gritava naquela noite, mas sabia que era algo como “eu te amava e você se aproveitou de mim...sua vagabunda...eu vou te matar...olha Sah, eu ainda te amo...volta pra mim...eu preciso de dinheiro, muito dinheiro...você tem que me ajudar”

Foram os oito minutos mais longos de toda a minha vida, eu via um vulto ruivo sacudindo uma arma rente a minha cabeça, eu sentia meu estômago reclamar, estava prestes a vomitar em meus próprios pés. Escutei sirenes e logo o local estava cheio de policiais. Tudo naquela noite são flashs, acontece que Gaara levou um tiro no braço e foi preso. Eu jurei que iria morrer e vivi aquela noite algum tempo depois. Visitei um psicólogo durante dois meses. Hoje acho engraçado como não tenho sorte com rapazes ruivos.

 

 

 

Agora estamos em Lerici novamente, parece que a cidade também é especial para o casal NaruHina. Hinata descobriu que está grávida de quatro semanas e decidiu que a cerimônia aconteceria no restaurante que se beijaram a primeira vez depois que ela se declarou. Muita gente da empresa foi convidada a passar o final de semana na Itália para a comemoração, a família Hyuuga também estava presente. Naruto perdeu os pais muito cedo e se afastou da maior parte de sua família. Mikoto nos acompanhou e Ino e eu completávamos o time das madrinhas.

A cerimônia foi linda, mesmo luxuosa carregava um ar minimalista. O vestido de Hinata no estilo princesa me fez lembrar de quando passei dias experimentando vestidos para agradar a família Sabako. Passeamos pelo tapete dourado entendido até o altar improvisado, eu com um vestido sereia na cor nude – escolhida para as madrinhas – e Sasuke de terno preto. A festa durou toda noite de sábado.

No domingo acordei no começo da tarde sozinha na cama, Sasuke não estava mais no quarto. Fiz minha higiene e assim que abri a porta do quarto um senhor me esperada do lado de fora com uma caixa em suas mãos.

-Senhorita Haruno?

-Sim...

-Sua encomenda, - me entregou a caixa – foi deixada na recepção.

Agradeci e deixei a caixa encima da cama e puxei a fita de cetim que prendia a tampa. Um par de enfeites para os pés, em tom champagne e e bordado em formato de flores. Logo uma tiara de flores brancas e azuis. No fundo da caixa um longo vestido branco, de alça fina e todo rendado com uma fenda na perna direita. Um vestido de noiva praiano. Meu coração estava a mil e tinha certeza que estava endereçada a pessoa errada.

Uma batida na porta, era engano e vieram buscar a caixa. Coloquei tudo de volta e abri a porta, duas moças esperavam do lado de fora com um sorriso no rosto.

-Ah, a caixa é de vocês, acho que entregaram no quarto errado.

-Não, foi entregue no quarto certo. Me chamo Reina e essa é a Mei, viemos para prepará-la senhorita Haruno.

-Me preparar? - elas assentiram e entraram no quarto, que estava uma bagunça e morri de vergonha. - Olha não reparem a bagunça, é que acabei de acordar e...

-Tudo bem, não se preocupe.

Me entregaram uma toalha e pediram para que eu tomasse um banho relaxante, foi o que fiz. Dentro da banheira um sorriso se instalou em meu rosto e meu maxilar chegava a doer. Sasuke estava fazendo aquilo tudo por mim, um vestido longo branco só poderia ser de noiva. Eu estava noiva e ia me casar?

Acabei agindo no automático e quando percebi já estava vestida, com os cabelos levemente ondulados, a coroa de flores contrastando com meu cabelo, os enfeites nos pés e uma maquiagem leve, o relógio batia dezessete horas. Reina e Mei, que arrumaram todo o quarto do hotel, inclusive minhas malas e me produziram, me acompanharam até o carro.

Eu conhecia aquele caminho, duas vezes na mesma cidade conseguimos gravar nomes de ruas e rotas, o carro parou de frente para a praia. Ino e Hinata me aguardavam na areia, as duas com vestidos simples como o meu, que iam até os joelhos e de cor azul clarinho. Elas tinham um enorme sorriso. Me entregaram um buquê azul royal e me acompanharam até próximo ao mar, uma tenda simples foi improvisada, recuada quase onde as ondas do mar terminavam, um pequeno caminho foi traçado com flores na areia, Naruto e Sai estavam um de cada lado e Hinata e Ino se juntaram aos dois. Mikoto estava logo depois, me deu um beijo e limpei uma lágrima que escorreu em seu rosto.

E lá estava ele, com uma bermuda e blusa branca, seu cabelo negro bagunçado. Ele mantinha um sorriso e um brilho nos olhos, estava emocionado e não consegui segurar a emoção, algumas lágrimas escaparam dos meus olhos assim que cheguei ao seu lado. Ele as secou e deu um beijo eu minha testa. “Está pronta?” Foi o que me perguntou e assenti.

O juiz de paz começou a cerimônia, dessa vez a minha cerimônia de casamento. Apenas com as pessoas que eu mais amava naquele momento, a minha família. Tão simples, tão perfeito que nem se eu mesma planejasse poderia ser tão magnifico.

-Sasuke, por favor...seus votos. -A frase daquele senhor me apavorou, eu não tinha preparado nenhum voto, eu nem sabia que ia casar.

-Já houve uma época que isso era apenas um mito, isso apenas não era real e não existia até o dia em que você apareceu em minha vida e me forçou a pensar duas vezes. E é por isso que desde esse dia eu sou seu homem. Dizem que no trabalho não é um bom lugar para se começar uma família, mas você apareceu para mudar tudo. Me virou do avesso e me arrancou da minha zona de conforto. Eu me apaixonei desde a primeira vez que te vi. Tentei lutar contra esse sentimento que até então para mim era desconhecido, não aceitei e quando percebi já era tarde demais. Chego a pensar que o destino é escrito por linhas tortas, se você não tivesse me deixado aquele dia eu não seria o homem que sou hoje. Eu agradeço todos os dias por acordar ao seu lado, poder te fazer feliz, por ser o motivo do seu lindo sorriso e vou fazer o impossível para continuar sendo. Eu te amo. Sempre serei seu, fielmente.

-Sasuke, eu me apaixonei, me entreguei e sempre soube que nunca seria a mesma sem você do meu lado. Você é o homem da minha vida, o dono do meu sorriso e do meu coração. Eu mal posso esperar para passar o resto da minha vida ao seu lado. Poderia ter sido em qualquer lugar, a qualquer hora e situação, mas nossos destinos já perteciam um ao outro. Você foi feito para mim e eu para você. Você em completa, e será sempre assim...Eu te amo tanto. Para sempre sua, fielmente.

Ele selou seus lábios aos meus e o juiz prosseguiu com a cerimônia. Até o “Eu os declaro marido e mulher, Senhor e Senhora Uchiha”.


Notas Finais


Próximo será o epílogo!

;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...