História Faking It - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 135
Palavras 527
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - Havaí


Lauren
Estávamos viajando para o Havaí, por um mês. Camila parecia nervosa, não a culpo, deixar sua filha de 3 meses sozinha durante um mês. Eu também estava nervosa. Eu sei que Dinah, Ally e Normani vão cuidar bem de Alasca, mas ela é minha filha também.
- Ei. - chamei Camz. - Tudo bem?
- Sim, eu só... - Ela parecia nervosa e agitada. Foi aí que lembrei, Camz tem medo de altura.
- Altura né? - Eu dei um sorriso tentando acalma- lá. Ela tentou sorrir, mas sua tentativa foi falha. - Vai ficar tudo bem, ok?
- Ok. - Ela segurou minha mão a viagem inteira e toda mini turbulência que tinha no avião já a desesperava. É errado, mas eu amei aquilo.
Em algumas horas chegamos no Havaí. As meninas tinham pensado em tudo. Hotel, lugares para ir, reserva de jantar, entre outras coisas.
- Jesus, eu estou viva. - Camila soltou um sorriso de alívio.
- É, graças a deus. O que seria de mim sem você?
- Nada, eu sou demais.
- Vai se foder Camila.
- Eu também te amo Jauregay.
Eu ri. Camila adorava usar piadas com meu nome.
Ela pegou minha mão e fomos caminhando até o hotel 5 estrelas - segundo as meninas - que as meninas tinham alugado para nós.
- Espero não encontrar nenhum Norman Bates. - Camila era viciada em séries e sempre relacionava a vida com elas. Camz era um nenê. - Se bem que, seria legal... Sabe, se ele não me matasse.
- Bates motel é só uma serie Camila. - Falei entrando no hotel. Fomos direto para nosso quarto. Era lindo.
- Shiu. Para de estragar meus sonhos.
- Da pra acreditar que estamos no Havaí. - Falei indo para a varanda.
- Não. - Camila pegou uma câmera da bolsa dela. Não entendi o que ela iria fazer com aquilo. - Alasca, filha, eu sua Mãe estamos no Havaí. Uhuuuuul.
- O que é isso Camz? - Perguntei rindo
- Olha como a risada da sua mamãe é linda filha. - Fiquei vermelha de vergonha. Como eu a amava. - Enfim, Jauregay, estou gravando nossa viajem para futuramente alasquinha ver. Você acha mesmo que eu iria deixar ela fora disso?
- Não, claro que não. - Falei me defendendo, mas ainda rindo.
Camila desligou a câmera e deixou em cima do criado mudo.
- Eu to com uma sensação estranha sabe? - Camila falou. - De que coisas boas e ruins vão acontecer.
- Não acha que já aconteceram coisas ruins até demais? - Falei finalmente parando de rir.
- Acho, mas sei lá, aquelas mensagens...
- Elas pararam Camila, esquece isso. Era só piada.
- Ok, desculpa.
- Ei, não fica assim. - Coloquei uma mecha de cabelo atrás da orelha dela e encarei aqueles lindos olhos. - Nós estamos juntas em um lugar incrível, isso que importa.
Ela me beijou. Passou a mão por trás da minha cabeça e me puxou para um beijo. Beija-la era sempre incrível. Ela tinha um gosto de morando na boca. Seus labios macios contra o meu me causavam arrepios. Eu a amava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...