História Fallen angel - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 5
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Fugitivo do sanatório


Fanfic / Fanfiction Fallen angel - Capítulo 1 - Fugitivo do sanatório

Meu nome é Min Yoongi,tenho 23 anos e moro sozinho em Seoul,minha cidade natal é Daegu,mas resolvi me mudar para Seoul pir causa de alguns amigos.

Nos finais de ano,passo com o meus pais em Daegu.

Mas enfim,voltando para mim...a minha aparência:Tenho cabelos pretos,olhos castanhos escuro,pele pálida e meio alto.

Tenho depressão e tento não me mutilar,mas às vezes não consigo,por isso tenho algumas cicatrizes nos pulsos e braços.

Meu melhor amigo,Jung Hoseok sempre me apoiou e tentou me convencer para parar de me cortar.

Mas enfim,foi isso,espero que gostem!

(A:Eu vou mudar essa capa,que está horrível,só esperem um pouco)

PARK JIMIN~

Um anjo,de cabelos acinzentados,pele clara,olhos negros e lábios carnudos estava no sanatório,sendo tratado como se fosse um louco.

Suas mãos estavam com algemas,com correntes longas,que ligavam nas paredes.

Assim como seus pés,que faziam barulho,a cada passo que o garoto dava.

Estava fraco,pois se recusava a comer ou beber.

-Jimin,você precisa comer,senão vai acabar morrendo.-A enfermeira disse,com um pedaço de maçã entre os dedos.

-Eu não quero.-Disse baixo.

-Coma só um pedaço.

Ele vira a cabeça,impedindo que o pedaço de maçã entrasse em sua boca.

-Eu já disse que não quero...

-Tudo bem...daqui a algumas horas venho trazer seus remédios.-Suspira e pega a bandeija,indo embora.

O garoto queria voltar para sua casa,com seu pai,porém não podia,pois foi expulso,por quebrar uma das regras...não ir para o mundo dos mortais.

Ele não escutou seu pai e foi para esse mundo e imediatamente foi expulso.Morou na rua por algum tempo,até que um homem o encontrou e o levou para o sanatório. 

"Quero voltar para casa...vou tentar escapar de novo hoje a noite... e eu vou conseguir"

Abraço os joelhos e coloco a cabeça entre os mesmos.

Meus pulsos e tornozelos estavam machucados por causa dessas algemas e já estava ficando fraco.

DE NOITE~

As algemas faziam barulho quando mexia as mão,então me mexo lentamente e tento quebrar as correntes com todas as minhas forças.

Falho,mas respiro fundo e tento novamente,consigo quebrar as correntes,porém as algemas ficaram.

Fiz as mesma coisa com os pés e sorrio vitorioso.

Vou correndo para a porta e tento abrir a mesma.

Abro a porta e saio em disparada para o elevador,não acreditando no que estava fazendo.

Aperto botão e espero animado para poder sair desse lugar.

As portas se abrem e olho em volta,vendo se tinha alguém por perto.

Como estava liberado,pego as chaves da porta,que estavam em cima do balcão e abro a porta.

Jogo a chave para o lugar da secretária e saio correndo.

E wow,que vista...(Foto mídia)

Várias pessoas andavam pelas ruas iluminadas pelos outdoors e postes.

Olho para meu corpo e vejo somente o pijama do sanatório, que é uma blusa de manga longa branca,uma calça branca e estava descalço.

Estava surpreso com cada outdoor,casa e principalmente os prédios,que eram fascinantes.

Começo a andar pelas ruas,até que acho uma casa com a placa "Aluga-se".

"Bom,já que está com essa placa,deve estar vazia né?Eu estou começando a ficar com fri-"

Um arrepio percorreu o meu corpo e escuto uma voz.

*Park Jimin, a pessoa que você protege está precisando de você,ele está nesta casa...entre.*

"E...entrar?"

*Sim*

Ando lentamente em direção a porta e analiso a casa.

Uma luz estava acesa,então bato na porta.

Ninguém.

Bato de novo e nada.

"Será que uso o teletransporte?Acho que sim..."

(A:Sim,anjo tem tudo de bom!)

Me teletransporto para dentro da casa e analiso cada canto,cômodo e etc.

Passo por uma porta branca e escuto alguns gemidos de dor,mas logo pararam.

Atravesso a porta e vejo um garoto na banheira com uma lâmina em uma mão e vários cortes em seus braços.

Ele era pálido,então o sangue não passava despercebido,pois manchava sua pele.

Meu coração aperta e me ajoelho ao lado da banheira.

-Min Yoongi...-Seu nome veio rapidamente,como uma flecha em minha mente.

Seguro seu braço levemente e analiso os cortes.

Passo minha mão no corte recente e curo o machucado.

MIN YOONGI P.O.V~

-Quem é você?-Pergunto.

-Sou seu anjo da guarda.-O garoto de cabelos acinzentados responde com um sorriso estampado no rosto.

-Qual é o seu nome?

-Park Jimin.

-V..você é real?

-Bom,eu acho que sim.-Sorri.

Eu encarava seus olhos negros,me mantendo cada vez mais longe de meus pensamentos.

-Por que você se corta?Eu sei que tem depressão...mas às vezes é muito ruim,pois você fica cheio de cicatrizes.-Pergunta com cara de preocupado.

-É um jeito de "aliviar" a minha dor.Me sinto um pouco melhor,me cortando.

-Mas...isso é ruim!-Reponde.

-O que é isso nas suas mãos?

-Ah,não são nada,não se preocupe.Acho melhor você sair dessa banheira,ou vai ficar com os dedos enrugados.-Ri.

-Tá...

Ele saí e me enrolo em uma toalha.

Coloco a roupa que havia trazido,que era uma blusa de manga curta preta e uma calça de moletom cinza.

Vou para meu quarto,onde o garoto estava.

-Posso te chamar de Jimin?

-Claro!

-Jimin...você vai ficar aqui?

-Eu acho que sim...porque como sou seu anjo da guarda,preciso estar sempre ao seu lado e te protegendo,então sim...

-Ah...você quer trocar de roupa?Parece que o seu tamanho é igual o meu...deixa eu ver se tem alguma coisa...

Vou em direção ao armário e começo a procurar alguma roupa que caiba nele.

Acho uma regata branca com preto e uma calça de moletom preta.

-Aqui.-Jogo em sua direção e ele agarra rapidamente.

-Obrigado,vou me trocar no banheiro.

-Uhum...eu vou arrumando aqui...um colchão para mim dormir.

-Você vai dormir no colchão?

-Vou...eu não me importo.

-Não!Eu durmo no colchão,você tem que ficar no conforto.Eu durmo em qualquer lugar.

-Tem certeza?

-Sim,pode confiar em mim.

Suspiro,mas cedo,o fazendo sorrir.

Começo a arruamar o colchão, e quando acabo me jogo na cama com o celular.

Jimin volta do banheiro e se ajeita no colchão. 

-Cadê as suas asas?

-Eu estou na forma humana,então elas não aparecem.

-Entendi...

-Bom,boa noite.

-Boa noite.

Me deito de costas para ele e durmo.

NO OUTRO DIA~

Acordo e Jimin estava me encarando.

-Bom dia!- Sorri.

-O que que tem de bom?

-Nossa,que mau humor.

-Sim,porque hoje tenho que entregar uma coisa para um amigo meu.

-E o que que tem de ruim nosso?-Pergunta confuso.

-Tenho que ver uma garota que ele está saindo.

-E...?

-E que a cara dela me irrita,fica com aquela cara de cú.

-Olha a boca!

-Aish,tanto faz,eu vou trocar de roupa e já venho.

Me levanto,tomo banho e me visto com uma blusa branca de manga curta,uma jaqueta jeans,uma calça jeans rasgada e um tênis air jordan 11.

-Já venho.

Jimin assente e saio.

Sigo o caminho para a casa de Hoseok,e quando chego,vejo ele e aquela put-digo garota quase se engolindo.

Reviro os olhos e já chego abrindo o portão,de cara emburrada.

-Yoongi!-Para de engolir a cabeça da garota e me encara.

-Toma o que você pediu.-Jogo e ele pega rapidamente. -Tchau.-Me viro,mas ele agarra meu pulso.

-Espera,você não quer conversar?

-Não!Me larga que está me machucando.

Ele nega e arregaça as mangas,mostrando meus pulsos com os cortes.

-Eu já não falei para você parar?-Pergunta sério.

Fico quieto e puxo meu pulso de sua mão.

-Você....está com ciúmes?-Pergunta com os olhos arregalados.

-Pff,ciúmes?Eu não tenho ciúmes...

-Yoongi,eu não te esqueci...eu só estou saindo com ela...mais nada...

Assim que a put-Garota sai,ele me dá um abraço e um selinho.

-Obrigado por trazer isso para mim.-Sorri.

-D...de nada.

Quando ia sair,ele me puxa e deposita um selar nos lábios.Ah...que saudade de seus lábios colados nos meus...

-Tchau Suga...-Cora.

-T..tchau hobi.

Volto para casa e Jimin estava deitado no sofá da sala assistindo TV.

-V..voltei.

-Demorou!

-S...sim,desculpe.

-Por que está se desculpando?

-Ah...nada,esquece.

-Está com febre?Está vermelho. 

-Não,eu estou bem.Deve ser o sol.

-Ata.

-Você quer dar uma volta na cidade,já que não tem nada para fazer?

Ele assente e pego outra roupa para ele.

-Mas...e essas algemas?

-Ah eu vou assim mesmo...

-Então vamos para um lugar com poucas pessoas.

-Tipo?

(...)

-Tipo aqui...


Notas Finais


Desculpem qualquer erro e espero que gostem!😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...