História Fallen Angels - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Megan Fox
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Lauren G!p
Visualizações 145
Palavras 2.504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HOLAAAAAAAAAAAA
OLHA QUEM VOLTOU? EUUUUUUU
eu estou muito feliz com vcs comentando e sendo presente, bom para quem não sabe ontem foi meu aniversário (ninguém liga, mas idai)
Chegamos na situação decisiva na fanfic, eu fico feliz com o público que Fallen Angles conseguiu e vai conseguir futuramente.
Se quiserem me perguntar algo sobre a fanfic podem deixar nos comentários ou podem me perguntar no tt que é redtubestrabao
Boa leitura!

Capítulo 18 - Drugs


Megan Jauregui Point Of View :

Estava sentada no sofá da casa da Amanda vendo ela e a mãe dela fazerem comida, respirei fundo enquanto pegava meu celular e vasculhava minhas redes sociais, olhei pela janela vendo Lauren saindo revoltada do carro dela batendo a porta forte. Saí da casa da Amanda rapidamente indo em direção a minha prima que quando me aproximei vi que a boca dela estava com sangue seco no canto, ela ia passar direto, mas eu puxei o braço dela, eu podia ser mais magra que ela, mas a gente tinha a mesma força física.

- Lauren que porra é essa - falei colocando a mão na boca da morena que gemeu quando toquei no machucado dela - O que aconteceu?

- Aquele babaca do seu amiguinho - ela disse com raiva e eu a olhei atentamente.

- Lauren o que você fez para ele? - eu disse brava.

- Nada - ela disse nervosa - E-Eu - antes dela terminar eu exige - Me fala o que aconteceu!

- Se a Camila não te contou eu não tenho que te contar nada - Ela falou nervosa e entrando em casa.

Olhei ela entrar em casa e logo vi que Amanda me observava atentamente, ela sorriu para mim e pegou na minha mão e me olhou.

- Não adianta falar com ela - ela disse serena - A Lauren nunca vai tomar jeito, por mais que você dê milhares chances para ela nunca vai tomar um rumo.

- Eu sei - eu falei conformada - E-Eu - suspirei fundo - Eu só queria saber o que se passa na cabeça dela, eu nunca fui amiga dela por causa desse jeito babaca dela - falei irritada - E agora que eu estou tentando ser amiga dela ela fica desse jeito, eu não entendo ela.

- Me olha e escuta bem - ela disse segurando em meu rosto - Não vale a pena quebrar a cabeça com ela - ela disse e eu assenti - Vamos almoçar, vem!

Ela me puxou pela mão enquanto sorria, depois de almoçar e conversar um pouco com a Amanda e a mãe dela eu descobri várias coisas sobre a família dela, a mãe dela trabalhava em uma empresa e por isso ela quase nunca estava em casa, mas nas folgas dela ela fazia questão de ficar com a filha dela. A mãe de Amanda lembra muita a minha, ela podia não ser uma ótima mãe, mas ela sempre foi atenciosa comigo e eu lembro que chorei muito quando ela morreu, diferente do meu pai que eu quase dei graças a Deus quando morreu. Depois de almoçar a gente ajudou a mãe dela lavar louça e Amanda subiu pro seu quarto para pegar alguma coisa, Lana, a mãe de Amanda me olhava atentamente.

- Obrigada por sempre cuidar da minha filha - ela disse sorrindo enquanto lavava louça e eu sorri para ela enquanto secava os pratos.

- Amanda é uma menina muito especial para mim - falei enquanto ela me olhava atentamente - Parabéns, você tem uma filha ótima.

- Eu dei meu máximo para criar a Amanda - ela disse com um certo orgulho - Mas então - ela mudou sua cara para uma expressão maliciosa - Qual a relação de vocês?

- E-E - eu comecei a gaguejar.

- Mãe pare de encher ela de perguntas - ela disse abraçando a mãe dela.

- T-tudo bem, sua mãe é super legal.

- Não fala isso se não ela fica se achando - Amanda disse e sua mãe deu um tapa dela fazendo a gente rir.

- Eu preciso ir para casa, amanhã meu irmão vai viajar de novo - falei indo em direção ao meu casaco.

- Eu te acompanho - Amanda disse pegando o casaco dela.

- Volte sempre que quiser Megan - Lana disse e eu sorri.

Amanda me acompanhou até a porta e ficamos se olhando por alguns segundos.

- Até amanhã na escola - ela disse sorrindo.

- Até - disse abrindo a porta da minha casa.

- Megan - quando eu me virei para ela e a mesma colou nossos lábios me dando um selinho demorada.

A mesma saiu correndo até sua casa me deixando ali com cara de boba, coloquei meus dedos na minha boca e dei um sorriso enquanto entrava dentro de casa. Me deparei com Ian e Taylor na sala assistindo um desenho animado super empolgados, eu sorri ao ver a cena e logo sentei do lado do meu irmão fiquei olhando para ele alguns minutos, o mesmo me olhou com cara de confuso.

- O que foi? - ele disse me olhando.

- Vou sentir sua falta - minha voz quase saiu como um sussurro e ele sorriu.

- Sinto lhe informar que vou ficar aqui até quarta - ele disse sorrindo e eu pulei em seu colo enquanto abraçava ele forte.

- Sério? - falei surpresa e ele assentiu.

- Alguns funcionários tiveram que viajar e se eu voltasse hoje eu não iria ter nada para fazer, então eles me deixaram ficar aqui até quarta, mas quinta de manhã tenho que pegar meu voo - Ian disse desbloqueando a tela do seu celular e me mostrando a conversa com seu chefe.

- Calem a boca! - Taylor disse irritada - Eu estou tentando assistir desenho.

Eu e meu irmão nos olhamos e logo fomos para cima de Taylor que começou a gritar, ficamos pulando em cima dela enquanto ela gritava e ria ao mesmo tempo, saímos de cima dela quando Lauren e Clara abriram a porta. Lauren estava com um curativo na boca e Clara como sempre acolhendo a sua filha.

- O que aconteceu Lauren? - Ian falou olhando para a minha prima que foi em direção a geladeira pegar um suco.

- Um babaca me socou - ela disse enquanto tomava suco e gemeu de dor quando o canudinho pegou em seu machucado.

- Isso deu para notar, mas o porque da briga? - o mais velho disse a olhando.

- Deixe ela menino - Clara disse colocando sua mão sobre o ombro da Lauren a acolhendo - Ela não está com cabeça para isso.

(...)

Saí do banheiro com o cabelo molhado e fui em direção ao meu celular que havia uma mensagem de boa noite da Amanada, sorri ao ler e logo olhei para a janela onde a mesma estava com sua atenção em um livro, minha atenção mudou para Lauren que estava deitada na cama com os fones de ouvido. Iria perguntar sobre o que houve de novo, mas achei melhor ir me deitar logo antes que ela dê uma de louca como ela sempre faz.

(...)

Camila Cabello Point Of View :

Me olhei no espelho enquanto terminava de passar meu batom vermelho, suspirei fundo e logo me olhei de novo no espelho me vendo com uma calça jeans rasgada, um top cropped preto com alguns detalhes brancos e uma blusa xadrez amarrada na cintura. Peguei minha mochila e logo saí da minha casa dando de cara com o carro da Alana estacionado na frente da minha casa, logo consegui ver Louis atravessando a rua com alguma sacola em mãos.

- Bom dia Mila - Louis disse sorrindo.

- Olá - disse estranhando eles vindo me buscar - Eu não pedi carona.

- Não seja grosseira - Alana disse dentro do carro - Entre logo e vamos para aula.

- Vocês dois estão muito estranhos - eu falei entrando no carro.

- Só porque estamos sendo gentis? - o maior disse me olhando e eu assenti.

Um silêncio tomou conta do carro, olhei para Alana que estava do meu lado concentrada na estrada com um olhar sério, olhei Louis pelo retrovisor que estava tomando seu café enquanto olhava atentamente para seu celular. Olhei para janela do carro vendo as pessoas na rua enquanto tudo que aconteceu nesses últimos dias passava em minha mente, eu sou a pessoa mais idiota do mundo, senti meu celular vibrar no meu bolso quando vi era uma mensagem de Amanda falando que queria falar comigo no nosso lugar na última aula. Respondi rapidamente porque a coisa que eu menos queria nesse momento é brigar com alguém por causa da Lauren Jauregui, Alana estacionou o carro e quando eu ia sair a maior me segurou logo Louis saiu do carro, fiquei olhando para ela que logo quando Louis fechou a porta do carro ela me soltou.

- Louis me contou sobre a Lauren e que você perdeu a virgindade com ela - Alana disse me olhando e eu fiquei quieta - Não precisa falar nada, você só precisa me ouvir - ela tirou o sinto de segurança e me olhou - Eu não quero te ver triste por causa de babaca nenhuma, eu sei sobre sua história com a Lauren, mas você precisa entender que ela nunca vai se tornar uma pessoa melhor - ela suspirou de raiva - Lauren Jauregui é uma pessoa nojenta e sem coração, você não foi a primeira e nem vai ser a última a sofrer na mão dela, se você não esquecer ela de uma vez ela vai acabar com o que resta dentro de você.

- E-eu achei que ela poderia ter mudado - falei com a voz arrastada.

- Ela nunca vai mudar - ela disse me olhando - Ela é a Lauren Jauregui.

- Você tem razão - falei com a cabeça baixa.

- Me promete que vai ficar melhor e que vai desistir da Lauren? - ela falou me olhando e eu assenti, logo ele deu um beijo em minha testa e desceu do carro.

Louis me abraçou e Alana pegou em minha mão seguimos para sala de aula, eles foram direto para sala e eu parei em meu armário logo dei de cara com Lauren que estava com um curativo, a mesma me olhou com uma certa vergonha e senti que ela queria me falar alguma coisa, mas quando viu Megan e Amanda chegando ela foi direto pro banheiro. Amanda foi para sala e Megan parou na minha frente sorrindo.

- Você tá bem? - ela falou e eu assenti - Não mente para mim, eu sei que a Lauren brigou por sua causa.

- E-Eu prefiro não falar isso agora - falei coçando minha cabeça e ela assentiu, senti a mesma pegando na minha mão e olhei para ela que sorriu para mim.

- Vamos para sala? - ela falou e eu assenti.

A Megan me passava uma segurança enorme, eu não podia negar que eu tinha um sentimento por ela ainda e ela era muito importante para mim. A mesma deitou minha cabeça sobre seu ombro e eu sorri, ela tinha um cheiro tão bom e seu abraço super protetor, quando chegamos em casa logo Louis sorriu ao nos ver e eu sentei no meu lugar, Amanda me olhou e sorriu para mim. Respirei fundo e logo notei que a aula era vaga, então Alana se aproximou de mim, assim como Louis, Amanda e Megan.

- Estamos de bem? - falei olhando para ela e ela assentiu.

- Queria te pedir desculpas em um lugar bonitinho, mas eu não ia aguentar até a última aula - ela disse sorrindo e eu abracei ela.

Minha atenção foi para a porta que Lauren entrou rapidamente e logo se sentou no lugar dela sem ao menos me olhar.

- O que está acontecendo com ela? - ouvi sussurros atrás de mim de alguns alunos.

Lauren Jauregui Point Of View :

Entrei no banheiro dando de cara com a menina que eu costumava a comprar maconha e a mesma sorriu para mim, me aproximei dela pegando a maconha e dando dinheiro dela.

- Você tá brincando com a minha cara Jauregui? - ela disse me empurrando. - Você está devendo o dobro disso.

- Eu sei - falei baixo - Me deixa levar essa que eu juro que te pago amanhã.

- Se o dinheiro não tiver na minha mão amanhã - ela me pegou pela minha gargantilha - Meus amigos iram te visitar.

- Tudo bem - falei pegando o pacote e colocando na minha mochila, eu corri para sala atraindo olhares de todos e sentei no meu lugar.

Olhei para Harry que nem ao menos me olhou nos olhos, na verdade a única que me cumprimentou hoje foi a Vero e a Lucy, eu coloquei minha atenção no grupo da Camila que estava rindo e logo vi Megan sentada do lado da mesma e a abraçando, meu sangue ferveu eu não podia negar, mas logo olhei para Louis que me fuzilou com os olhos me fazendo a voltar a atenção para o quadro que estava vazio. 

Vocês já sentiram como se não tivesse nada dentro de vocês? Como se tivesse um grande nada dentro de vocês? É assim que eu me sinto todos os dias ao acordar, eu não sinto nada, eu já tentei de tudo para tentar voltar a sentir alguma coisa, mas eu só sinto algo quando estou com a Camila ou quando eu estou chapada. quando eu era pequena eu jurava para todos que eu seria uma pessoa maravilhosa digna de orgulho para todos, mas eu sou só mais uma adolescente babaca espalhada pelo mundo em busca de um cigarro de maconha. Deitei minha cabeça sobre a parede e fechei meus olhos, não pude evitar de deixar cair uma lágrima, tudo o que eu sempre sonhei ser, tudo que eu vivi virou uma mentira e uma grande besteira. Abri meus olhos vendo Alana na minha frente me olhando, limpei minhas lágrimas rapidamente e a encarei.

- Chorando Jauregui? - ela disse sorrindo - Está sentindo o mesmo que a Camila sentiu quando você a tratou como lixo? 

- Do que você está falando? - falei a encarando.

- Não se faça de idiota - Alana disse rindo - Eu acompanhei essa história de vocês desdo começo, e todas as vezes quem termina machucada é a Camila - ela disse me olhando atentamente - Você não vai acabar com minha amiga - ela disse séria - Você não vai deixar ela como você é! Ela não vai se tornar uma pessoa que não tem nada por dentro, ela não vai se tornar uma viciada igual você!

- Como você sabe disso? - falei surpresa.

- Banheiro feminino não é o melhor lugar para se comprar drogas Jauregui - ela disse com um sorriso no rosto, logo sua cara mudou para séria - Se aproxime da minha amiga de novo e eu espalho para Deus é o mundo das coisas que você anda comprando - ela disse socando a mesa - E eu não estou falando do seu viagra.

- Sua - eu falei indo para cima dela e ela nem se moveu.

- Você não vai querer fazer isso - ela disse sorrindo e eu me sentei na cadeira de novo - Boa garota!

- Droga! - disse socando a parede.

 


Notas Finais


OQ ACHARAM? ME DIGAM SUAS TEORIAS E ME PERGUNTEM ALGO SOBRE A FANFIC OU SOBRE MIM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...