História Fallen Angels - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Megan Fox
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Lauren G!p
Visualizações 61
Palavras 2.758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁ MEUS ANJOS DE DEUS
EU TO DE VOLTA COM UM CAP FRESQUINHO
Gente eu queria dizer para vcs que eu espero que vcs comentem bastante nesse cap pq além de me motivar mais eu tbm estou pretendendo fazer como se fosse um ask da fanfic. Só que eu iriei responder nas notas finais, não sei ainda quando vou fazer isso, mas provavelmente quando encher de perguntas, talvez nos próximos dois eu fale e eu tbm irei avisando que nos próximos caps (não sei em qual ainda) a gente já estará entrando no clímax da fanfic.
Mas enfim, boa leitura e espero que vcs gostem do cap!

Capítulo 19 - The Past Still Haunts Me


Fanfic / Fanfiction Fallen Angels - Capítulo 19 - The Past Still Haunts Me

A respiração de Camila estava pesada enquanto o suor escorria por sua testa, ela estava concentrada demais no jogo para ligar para o calor que ela sentia naquele momento, ela estava na rede e rapidamente ela olhou para namorada que estava na arquibancada observando ela, a mesma deu um sorriso e ela pode ler nos lábios da maior ela falando.

"Eu te amo C, ganha essa partida por nós." 

A latina sorriu para namorada e voltou seu foco no jogo, o time adversário fez um saque quase perfeito, a bola foi até sua parceira de jogo Dinah Jane que fez uma manchete e logo a bola passou para o outro time e quando eles iriam pro ataque Camila fez o bloqueio perfeito que fez o time ganhar com um ponto de diferença dando a vitória para sua escola. Todas as meninas do time foram correndo até ela a erguendo no alto e ela sentia uma alegria imensa dentro do seu peito, seus olhos percorreram a arquibancada atrás da sua namorada que quando ela conseguiu encontrar estava falando com o Austin, um menino um ano mais velho que elas. A Camila logo mandou suas colegas a colocarem no chão e correu em direção a sua namorada, o menino quando viu ela se aproximando saiu do local deixando Lauren ali com uma cara nada boa.

- Você tá bem? - a menor falou com sua voz serena e a maior sorriu assentindo.

- Então minha futura esposa e jogadora de vôlei ganhou o jogo? - Lauren disse colocando seus braços em volta da cintura da namorada e ela sorriu.

- O time ganhou, não fui só eu que estava jogando L - a menina disse fazendo Lauren revirar os olhos.

- Para mim só você me importa - Lauren disse puxando a latina contra seu corpo e colando seu lábios iniciando um beijo lento, sua namorada suspirou durante o beijo se derretendo nos braços da maior.

Elas separaram seus lábios e começaram a sorrir uma para outra, Lauren pegou Camila no colo colocando ela sentada na arquibancada e logo a mesma fez questão de começar a dar beijos no pescoço da menor que se arrepiou toda.

- L-Lauren preciso tomar banho - ela gaguejou enquanto Lauren parecia não se importar - T-Temos uma festa para ir hoje a noite L.

- Não me importo - Lauren disse continuando sua trilha de beijos pelo pescoço de Camila - Na verdade, acho que a gente não deveria ir.

- Temos que ir - Camila disse afastando sua namorada - Austin conta com a sua presença, na verdade, nossa presença. - Lauren sentiu um nó na garganta quando se lembrou o que aconteceria hoje a noite, ela pegou a mão da menor e começou a acariciar.

- Você acha que nosso amor pode superar tudo C? - Lauren disse ainda acariciando a mão da menor que estranhou a pergunta.

- Claro L. - Camila disse sorrindo e logo deu um selinho na namorada - Nós nos amamos muito, é não a nada que mude esse fato.

- Camila vem cá - Alana pareceu no fundo da quadra com uma garrafa de água em mãos, aliás ela era do time de vôlei também.

- Já volto L - a menor correu até sua amiga que logo se abraçaram quando chegaram uma perto da outra.

Lauren observava a cena e logo Camila desapareceu no meio da multidão, diferente de Alana que olhava Lauren com um certo ódio fazendo a mesma desviar o olhar dela. A maior sentia um aperto no coração só de descobrir que ela iria partir o coração da menor hoje a noite, ela realmente não queria ter concordado com essa aposta idiota.

Atualmente...

Narrador Point Of View :
 
Todos nós alguma vez nada vida já cometemos um grande erro, porém nós costumamos a aprender com os erros para nunca mais cometermos eles de novo, esse não era o caso da nossa protagonista, ela sempre comete os mesmo erros é acaba se machucando e machucando alguém. Lauren estava deitada na cama abraçando suas próprias pernas o mais forte possível, suas lágrimas escorriam pelo seu rosto, por mais que ela estivesse chapada ela não conseguia esquecer daquelas coisas que ela fez com a Camila. A latina parou sua vida por causa dela, quando a Lauren terminou com aquela aposta de uma vez a menina mais nova ficou arrasada, ela ficou quase um mês sem ir a escola e quando ela voltou a menina não era mais a mesma, ela estava quieta e tímida, sem contar que ela se privou de tudo e todos, ela deixou até mesmo de jogar seu esporte favorito para evitar de dar de cara com a Lauren que assistia todos os jogos por conta que sua melhor amiga jogava. Para ela parar de fazer ela inventou ter asma e o professor acreditou quando ela ficou com falta de ar no meio da quadra, mas aquilo não foi um ataque de asma e sim um ataque de pânico por ter visto a Lauren beijar a sua melhor amiga Amanda.
 
Lauren se levantou da cama com dificuldade por conta de ela ter fumado e foi em direção ao banheiro esbarrando nas coisas do quarto, ela se trancou no banheiro e logo se apoiou na pia ficando de frente para o espelho. A mesma observou sua imagem no espelho e viu sua maquiagem borrada, e notou seu rosto vermelho e um pouco inchado a menina tirou suas roupas ligando o chuveiro. Ela deixou aquela água gelada molhar seu corpo por inteiro, aquilo causou arrepios na menina que se sentou no chão e começou a chorar novamente, a maioria dos erros da vida dela foram culpa dela mesmo, ela poderia estar até hoje com a Camila se quisesse, mas ela escolheu não ser humilhada na frente de todos. Megan no outro lado da casa estava fazendo sua lição quando observou em seu caderno a letra de Camila, a mesma sorriu ao ver a letra da menor, porém ela sentiu ao mesmo tempo uma dor em seu peito de lembrar das coisas que a menina estava passando e vagamente passou a lembrança da aposta que ela fez com a sua prima. Ela fechou o caderno e pegou seu celular por um minuto ela pensou em falar para Camila que ela se aproximou dela por causa de uma aposta, por um minuto ela pensou em se libertar dessa aposta, a morena colocou seu celular sobre a mesa com força e bloqueou o mesmo.
 
Megan se levantou da mesa juntando seus cadernos e caminhando direto pro seu quarto, a mesma iria ir para o fim do corredor quando viu a porta do quarto do seu irmão aberta e não havia ninguém ali, ela notou uma sacola em cima da cama e sua curiosidade fez com que a menina entrasse ali, ela fechou a porta e caminhou direto ao seu objetivo quando ela pegou a sacola em mãos ela viu que era de uma joalheria bem famosa, abrindo a sacola tinha três caixas pequenas, uma estava escrito seu nome e na do lado o nome da Lauren e da Taylor, mas tinha uma que estava em branco. Megan pegou aquela caixa nas mãos e se sentou na cama do seu irmão e ficou olhando para mesma, ela estava louca para abrir aquela caixa.
 
- Será que eu abro? - ela perguntou para si mesma.
 
Megan ia abrir a caixa quando ouviu passos então a mesma guardou a caixa e colocou a sacola onde estava, a menina pegou suas coisas e saiu do quarto as pressas, olhando para trás ela viu seu irmão na cozinha e a mesma entrou em seu quarto fechando a porta e suspirou em alivio. A menina olhou para cama da Lauren que estava bagunçada e viu algumas coisas no chão, quando ela foi no banheiro nada da sua prima, mas o chuveiro estava ligado então a mesma fechou e olhou para o espelho que estava quebrado e manchado um pouco de sangue. 
 
Camila Cabello Point Of View :
 
Já se passava das nove da noite quando eu decidi sair para tomar um pouco de ar puro antes de ir dormir, eu precisava daquele momento sozinha, as coisas que estão acontecendo me deixam mal. Estava uma noite fria e escura, eu fechei uma jaqueta e continuei andando até o mercado, quando cheguei lá eu comprei algumas coisas que precisavam em casa, já que minha mãe está viajando eu preciso tomar conta da casa sozinha, eu fui em direção a fila que não estava tão grande, notei que havia alguns cigarros perto do caixa, peguei um maço e logo chegou minha vez. Quando estava passando minhas compras eu pensei nas coisas que a Alana disse, que a Lauren não podia me transformar no que ela era, logo peguei o maço e guardei onde estava. Saí do mercado com minhas sacolas em mãos, quando estava a alguns passos de casa noite um grupo do outro lado da rua, parecia que eles estavam batendo em alguém, logo quando eles me viram eles falaram alguma coisa para pessoa no chão e saíram correndo, olhei bem e vi a que era a...
 
Lauren! - gritei correndo em direção dela que estava no chão gemendo de dor.
 
Olhei para o rosto dela, sua boca estava coberta de sangue e logo seus olhos estavam semi abertos, tentei pegar ela no colo, mas ela era muito pesada. Sentei ela na calçada e segurei o rosto dela.
  
- Lauren presta atenção no que vou te falar - falei vendo que a mesma estava quase desacordada - Eu não te aguento, você vai ter que me ajudar a te levar para minha casa, é logo no outro lado da rua.
 
- Eu sei onde é sua casa - sua voz quase nem saiu - E-Eu estava vindo te falar uma coisa - olhei fixamente para ela e logo voltei a realidade, logo levantei ela e levei ela para minha casa.
 
Abri a porta com meu pé e logo deitei ela no sofá, quando estavamos entrando em casa quando toquei em suas costas notei que ela gemeu, eles tinham batido feio nela. Fui até a cozinha pegar alguns curativos e quando voltei ela estava praticamente desmaiada, me sentei do lado dela colocando sua cabeça deitada em minhas pernas e comecei a fazer um curativo na boca dela, coloquei gelo em seu olho roxo logo ergui sua blusa e vi que suas costas estavam muito roxas, tentei o máximo possível passar uma água quente ali e colocar um gelo. Me levantei para pegar algumas cobertas e um travesseiro para ela, quando voltei a mesma estava quase caindo no sofá, mas ela dormia serenamente, sorri ao ver aquela cena, logo cobri ela e quando eu ia ir pro quarto ouvi ela me chamando.
 
- C-Camila - me virei para ver a mesma vendo aqueles lindos olhos verdes me olhando.
 
- Oi? 
 
- Você não tinha que me ajudar - ela falou se ajeitando no sofá - Eu sempre te machuquei.
 
- Não importa, eu só não quis te deixar na rua machucada - falei cruzando os braços e encostando na parede - Você disse que ia me falar uma coisa - falei colocando uma mecha de cabelo atrás da minha orelha - O que era?
 
- Eu não deveria ter aceitado aquela maldita aposta que separou a gente - ela disse olhando nos meus olhos - Eu estava pensando hoje como eu fui uma idiota de fazer aquilo e de ter cometido esse erro de novo - a mesma estava se lamentando e eu fiquei confusa.
 
- De novo? - perguntei.
 
- Eu fiz uma aposta de novo com alguém usando seu nome - quando ela disse eu senti meu sangue ferver e ela se sentou no sofá - Mas antes te machucar eu notei que isso era errado e que eu não vou cometer esse erro novamente, Camila por favor me perdoa por tudo que eu te fiz e por toda dor que eu te causei!
 
- N-Não importa mais isso Lauren - falei coçando minha cabeça - Eu não me importo mais com todas as coisas que você fala usando meu nome, eu não guardo mágoas.
 
- Como você pode ser tão boa comigo depois te tudo? - ela me encarou e quando eu iria falar a mesma pegou em minhas mãos, ela acariciou como ela costumava fazer quando a gente namorava - Se eu mudar meu jeito, nós ainda temos chance de ficar juntas?
 
Eu ia responder quando alguém bateu na porta a morena se levantou para ir no banheiro com dificuldade enquanto eu ia abrir a porta, quando eu vi era o Ian, eu gelei quando abri a porta. O homem me cumprimentou com um sorriso e logo ele estava  com uma sacola em mãos.
 
- Desculpa te visitar essa hora - ele disse sorrindo - Eu vim para te entregar isso - o mesmo estendeu a sacola para mim.
 
- P-Para mim? - eu falei sorrindo e ele assentiu. Eu abri a sacola e logo notei que tinha uma caixa e logo eu abri a caixa e tinha uma pulseira igualzinha a minha, olhei meu pulso e não a encontrei.
 
- Quando a gente foi tomar café você esqueceu ela lá e eu acabei perdendo a sua, me desculpa - ele disse com a cabeça baixa.
 
- Tudo bem, muito obrigada Ian - eu falei sorrindo - Será que futuramente você ira tratar todas suas pacientes assim?
 
Ele riu com meu comentário.
 
- Só pacientes especiais como você - ele disse me abraçando - Obrigada por guardar esse segredo da suas amigas.
 
Quando eu ia responder eu vi a Lauren encostada na porta nos observando, eu simplesmente gelei, enquanto Ian nem havia visto ela ali.
 
- Em falar em suas amigas - ele disse se separando de mim - Você viu a Lauren?
 
Eu apontei para trás dele e quando ele se virou a reação dele foi a mesma que a minha, Lauren nos observava com um certo ódio e nojo a mesma negou com a cabeça.
 
- Nós não temos chances - ela disse olhando para mim com ódio - Porque você tá trasando com meu primo.
 
- Ela tá o que? - Megan apareceu na porta de casa.
 
Eu e Ian estavamos parados ali em choque, sem reação e sem o que dizer.
 
- Eles estão trasando - Lauren disse olhando para Megan que ficou em choque - Mandou ela guardar segredo e até deu presentinho.
 
- N-Não é isso que você tá pensando - Ian disse olhando para Megan que estava ali em choque, a mesma me olhou e seu olhar mudou para a caixa em minhas mãos.
 
- A gente não é obrigadas a ver essa palhaçada - Lauren disse indo em direção a Megan e pegando sua jaqueta, logo a mesma puxou sua prima que olhou para nós dois de uma forma triste.
 
- Eu preciso ir Camila - Ian disse me dando um beijo na bochecha e indo atrás dela.
 
Narrador Point On View :
 
Como você se sentiria se fosse traído por duas pessoas que você mais ama? Eu me sentiria machucada e com certeza aquilo dificilmente seria algo que eu ia esquecer fácil, mas existe muitas vezes que nós nos enganamos com que nós vemos. Temos o costume de julgar pela primeira coisa que nós vemos da pessoa e ao menos deixamos ela se explicar, e muitas vezes por causa disso nós somos capazes de perder elas por isso.
 
As vezes a gente se importa tanto com o momento que não nota as coisas na nossa volta é o que pode estar acontecendo nesse exato momento, se Lauren acha o que está acontecendo algo ruim, ele que aguarde o que está por vim.
 
Sons de salto ecoavam pelo corredor quase vazio, alguém no fim do corredor cumprimentava os Jauregui com um sorriso no rosto, suas roupas formais eram de se dar inveja, Louis guiou os Jauregui até a porta branca daquele lugar e os dois entraram rapidamente vendo uma menina virada de costas vestida muito bem, ela estava com uma calça social preta, um terninho preto, seus saltos altos, seu cabelo enrolado por babylist, acho que vocês já sabem de quem eu estou falando.
 
- Você queria falar da gente sobre nossa filha? - Clara disse cruzando as pernas enquanto observava a jovem.
 
- Sim, eu quero - ela se virou para eles e se sentou na cadeira - Olá eu sou Alana Pierce.

Notas Finais


{Alana voice's} : NOW YOU GOT A BAD BITCH, SHOW ME YOU CAN HANDLE THIS LAUREN
Me falem sobre suas teorias pro próximo cap e sobre o final da fanfic (adiantada eu, mas eu adoro os comentários de vcs)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...