História Fallen Anjel- Cellps-Mitw-Baixa-Thentic - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe Z. "Felps", Marco Tulio "AuthenticGames", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Cauê Bueno, Felps, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Baixathentic, Cellps, Drama, Ficção, Lemon, Mitw, Romance, Sobrenatural, Violencia
Exibições 57
Palavras 1.173
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello criaturinhas lindas (e safadas)
Cá estou com uma nova Fic, espero que gostem!
Vou explicar algumas coisas, nesta Fic sempre vai ter escolhas, seja no final ou no meio, uma vai ser a certa se errarem um personagem será eliminado ou machucado.
Algumas escolhas matam os dois personagem (ou mais) mesmo sendo de jeitos diferentes, como a A venceu, mas mesmo assim morreram e se a B tivesse vencido morreriam mesmo assim.
Outras não matam nenhum, mas trará consequências no meio de história e a maioria mata um e deixa outro vivo, é isso!
Boa Leitura!

Capítulo 1 - Only Survivor


Fanfic / Fanfiction Fallen Anjel- Cellps-Mitw-Baixa-Thentic - Capítulo 1 - Only Survivor


Pov´s Narrador On

12 de Janeiro de 2016.
Um grupo de cientistas pesquisavam alguns boatos de seres de outro planeta, até que se depararam com uma lenda.
Onde dizia que em Califórnica, a cidade onde eles moravam, contia um lugar afastado da população onde criaturas caminhavam, seres jamais vistos. Curiosos com a noticia, decidem investigar este boato.
Entraram em seus carros e dirigiram até lá, ao chagar percebem que não havia nada. Eles se separam em duplas, onde dois cientistas vagaram por um canto um tanto que assustador, não tinha árvores nem nada, apenas um silêncio medonho.
Erick era um loiro dos olhos verdes, que por acaso era perdidamente apaixonado pelo seu colega de trabalho Carlos. Os dois eram a dupla, Erick se aproximou de um tanque de gás estranho, quando ia tocar, seu deu conta do que havia a sua frente.
Paralisado, apenas chamou o nome do moreno que rapidamente se encontrava ao seu lado, assustando-se com a cena.
Era uma enorme cidade, toda feita de sucata, era suja e barulhenta. Carlos abriu um sorriso encantador e alegre, seu amigo viu o mesmo correr em direção a misteriosa cidade.
-''CARLOS NÃO!''- Gritou desesperado, foi em direção ao amigo.
Os dois param no meio da cidade, onde vários seres horríveis e estranhos se aproximaram. Eles estavam assustados, um dos monstro pularam em cima de Carlos que gritou de dor pelas mordidas.
-''DEIXEM-NO EM PAZ!''- O homem tentou acertar as criaturas com um pedaço velho de madeira, mas seu ato foi em vão. Apos os monstros saírem de cima de seu amado, o loiro correu em sua direção.
-''E-erick.....E-eu....EU TE AMO!''- Depois da simples declaração, Erick é surpreendido por um beijo, que de repente virou uma mordida.
Carlos havia virado um monstro, que acabou contaminando o loiro também.
Depois disto, os monstros começaram a invadir a cidade e contaminou todos, menos um pequeno garoto, Rafael Lange.

Pov´s Rafael Lange On
Já faz 3 anos que eu vivo nesta casa abandonada, me protegendo dos monstros. Meu ódio por estas criaturas é enorme, por causa deles meu pai acabou falecendo!
Agora vivo sozinho, sem nenhum humano por perto, estou nisso desde meus 14 anos! É difícil tentar levar uma vida normal aqui, sem comida, água e proteção.
Realmente aqui é um verdadeiro inferno! Me encosto na parede velha de madeira, estou sentado neste chão frio e sujo.
Suspiro pesadamente, tentando pensar em algo positivo. Fecho meus olhos com uma certa brutalidade e fico assim por alguns minutos, até ouvir passos se aproximando do local. Me levanto e pego meu taco.
Fica numa posição de ataque, esperando mais um dos monstro aparecer, quando a porta se abre eu já estava preparado para atacar. Eu ia espancar a criatura, mas sou parado por um de seus gritos, mas era diferente, ele falava!
-''NÃO! EU FAÇO QUALQUER COISA, SE QUISER DOU COMIDA, MAS NÃO PEÇA MEU CRUSH!''- O olho indiferente, não deixou de abrir um pequeno sorriso. Ele tinha cabelos castanhos escuros, sua pele era mais pálida do que o normal e ele utilizava uma camiseta com B como estampa.
Parecia um humano, mas com um rabo demôniaco negro.
-''Q-quem é você?''- Pergunto gaguejando um pouco, posso dizer, estou com medo. Ele abre seus olhinhos lentamente, seu olhar transmitia medo. Mas logo abriu um sorriso brincalhão, ao perceber que eu não iria o machucar.
-''Sou Cauê Bueno, mas me chame apenas de Cauê ou Baixa! Sou um demônio que, infelizmente, não consegui ter asas.''- Seu sorriso começou a ficar triste, desviei meu olhar um pouco chateado.
-''Oh, me perdoe eu não sabia. Bom, sou Rafael Lange, mas me chame de Cellbit! Sou........Ah....Um humano.''- Me apresento com medo de sua reação, sou surpreendido por seus braços entrelaçados nas minhas costas, Cauê havia-lhe me dado um abraço.
Fiquei surpreso no começo, mas logo retribui o ato. Nos separamos, ele estava com um sorriso estampado no rosto.
-''Eu sempre quis conhecer um humano!''- Disse alegre, ri de sua animação e baguncei seus cabelos logo em seguida.
Trocamos sorrisos, o chamo para conversa, ficamos nos divertindo por um tempo.
-''Então Cauê, você mora com quem?''- Indaguei me aproximando do meu novo e único amigo bastante curioso, vejo um sorriso boba escapar de seus lábios finos.
-''Ele se chama Marco, mas prefere seu apelido Authentic ou Tt. Ele é tão lindo, forte, corajoso e tem um corpo.....''- O interrompo, colocando meu indicador em seus lábios num pedido de silêncio.
-''Não quero detalhes do corpo dele!''- Digo, Cauê sorri brincalhão.
-''Desculpa Cellbit! Acho que me exaltei.....''- Se desculpou rindo baixinho, aceitei gentilmente. Voltamos a papear, Cauê é super simpático e otimista, um ótimo amigo, mesmo sendo um monstro. 
Posso confessar que ainda me sinto inseguro perto dele, mas nada comparado a antes. Ele me faz rir, isto é bom!
Realmente é um monstrinho muito legal!

Pov´s Cauê Bueno On
Rafael é legal, mas também é muito fechado e frio as vezes. Bom, isto não é problema!
Estou animadíssimo para apresentar o meu novo amigo para Authentic, será que eles vão se dar bem? Espero que sim.
Em quanto conversávamos, eu lhe fazia perguntas constrangedoras, o que deixa ele com as bochechas num tom avermelhado.
-''*Risos* É engraçado te ver vermelho!''- Eu gargalhava de sua cara, o loiro fechou a cara, parei de rir e o olhei.
Sorri triste e me aproximei.
-''Ei! Não fique com esta cara, é só uma brincadeira!''- Digo, tentando-o fazer sorrir, mas meu ato foi em vão. Suspiro decepcionado e o surpreendo com outro abraço, mas este foi mais longo, durante estes segundos ele retribuí sorrindo.
De repente algo aparece na nossa frente, nos assustando.
-''O QUE É ISSO??''- Rafael pegou seu taco e pulou para atacar a criatura.

Escolham, uma delas será a certa!
A) Deixa-lo atacar o monstro
B) Impedi-lo
{Ainda não acabou o cap suas/seus safados!}

Pov´s Mikhael Linnyker On
Sinceramente, agora que colocar minha cabeça num buraco e não sair mais de lá! Como pude ser tão babaca?
Aceitar um desafio como aquele, o Rezende me paga!

Memória On
Eu e meus amigos estávamos conversando sobre jogos e futebol, até que Pedro, ou melhor Rezende me perguntou:
-''Então, já que você é tão corajoso assim. Quero fazer uma aposta, hm?''- Seu olhar era desafiador. Eu sempre fui considerado o mais corajoso da minha faculdade.
Suspiro e fico calado por alguns segundos, mas decido responder.
-''Eu......Eu aceito!''- Falei alto e em bom som, fazendo todos que se encontravam no local olharem para nós dois.
-''Ótimo, te desafio a ir na cidade assombrada na Califórnia! Se tu não conseguir vai ter que em pagar, se conseguir eu te pago.''- Assenti dependente.

Memória Off
Aqui estou! Neste lugar tenebroso, sai de meu carro.
-''Foi mais fácil do que eu imaginava.''- Pensei alto, entrei em meu veiculo novamente. Tentei ligar o carro, mas apenas soltou um barulho estranho.
Corri até o porta malas, tentei achar um galão de gasolina, mas não encontrei nada.
-''Não pode ser!''- Digo desesperado, negando minha situação. Não tem gasolina, o que vou fazer?
-''Quem és tu?''- 
 


Notas Finais


Me desculpem pelos erros! Espero que tenham gostado :3

Tinuarei e escolham A ou B
BEIJUSS NO POPÔ!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...