História Falling - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Mitologia Grega
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Debrah, Iris, Kentin, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Mitologia
Visualizações 24
Palavras 1.625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal :3
Como prometido, capítulo novo pra vocês ♥
E obrigada pelos novos favoritos, fiquei MUUUUIITOOO feliz ♥♥
Espero que gostem ^^

Capítulo 13 - Invasão??


Fanfic / Fanfiction Falling - Capítulo 13 - Invasão??

Já era quarta-feira, Lye tinha tido sonhos estranhos à noite, mas não queria preocupar Ryan, então agia normalmente, ou pelo menos tentava…
-Você vai me falar o que ta acontecendo ou eu vou precisar te ameaçar? - ele fala enquanto leva a xícara com seu café aos lábios, olhando o líquido escuro dentro do copo despreocupadamente.

-Do que está falando? - ela se faz de desentendida, levando um pedaço de quiche à boca.

-Qual é, Lye… - ele coloca a xícara na mesa e encara ela. - Eu conheço você… sinto esse sorriso calmamente calculado pra não me preocupar mas também não muito grande pra evitar perguntas… esse olhar desfocado… você fazia a mesma coisa quando criança e ainda achava que enganava a todo mundo…

Ela cruza os braços e faz biquinho:
-Ninguém me dizia que eu estava mentindo…

-Talvez fosse pelo seu alto cargo… - ele sorri de leve e acaricia a bochecha dela com o polegar - mas de qualquer jeito, nunca conseguiu mentir pra mim… acho que pros outros sua atuação é boa, mas sabe que a gente te conhece como a palma da mão.

Ela solta um suspiro, desmanchado a pose, olhando seu prato.
-Foram apenas sonhos… não queria te preocupar com algo bobo…

-Sonhos? - ele tira a mão do rosto dela, pegando a xícara de novo. - E como eram esses sonhos? Os mesmo de sempre?

-Não… - ela balança a cabeça negativamente, como se para dar mais ênfase. - Eles vinham… eu estava na escola… - ela aperta as mãos que estavam sobre as pernas, espremendo uma grande quantidade de tecido que ela usava pra esconder seu corpo. - Eles riam, caçoavam de mim…e diziam "nós te achamos, princesinha. Agora você não tem mais escapatória." E eu corria como uma louca, mas as sombras deles estavam sempre a um passo de me pegarem… e-eu me sentia tão pequena, Ryan.

Ele se levanta e abraça ela, depositando um pequeno beijo na cabeça da mesma:
-Está tudo bem, agora eles não podem fazer nada… e se tentarem, eu vou te proteger… além do mais, você tem treinado esse tempo todo pra quê?

Ela suspira, se soltando dele e voltando a tomar seu café, como se quisesse esquecer o assunto:
-Eu sei, jamais repetirei os mesmo erros, Ryan, eu prometi isso à ele.

Eles terminaram seu café, Khistalye mantinha a expressão levemente séria e Ryan respeita seu espaço, mas não deixava de se preocupar. Ele a leva na escola como de costume, mas ao chegar nos portões da mesma, havia algo incomum: uma multidão do lado de fora, jornalistas e tinha até policiais. Os dois rapidamente descem do carro, Lye chega perto do seu grupinho de amigos que estavam reunidos.
-Gente, o que aconteceu? - Lye diz, meio confusa e afoita.

-Parece que a escola foi invadida… - Alexy cochichou. - Não sabe ainda se roubaram algo, mas disseram que a diretora encontrou tudo revirado!

A cabeça de Lye girou por uns instantes, ela procurou apoio no irmão, mas ele não estava perto. Quando finalmente o achou, percebeu que ele conversara com a Diretora, considerava se aproximar, mas a Diretora se afastou dele e foi até a frente da multidão e, com ajuda de um megafone, começou a falar:
-Caros alunos e alunas, pais, responsáveis e demais pessoas presentes. Gostaria de informar que em função do ocorrido, as aulas estão suspensas pelo restante da semana, mas esperamos que até segunda tudo tenha se normalizado. Agradecemos pelos que vieram até aqui e pelo apoio que estamos recebendo. Tenham um bom dia.

Uma enxurrada de perguntas surgem, mas ela não se pronuncia mais. Quando Lye olha de novo, Ryan estava ao lado dela.
-Lye, não posso te levar pra casa… - ele da uma quantia considerável de dinheiro na mão dela. - Saia com seus amigos, distraia a cabeça e depois peça um motorista pra buscar você. Não fique sozinha…

Ele abraça ela.
-Mas… Ryan…

-Está tudo bem, mas de qualquer forma vou averiguar com a diretora o perímetro.

Agora ele falava baixo em seu ouvido, ela morde o lábio meio nervosa, mas entende e faz que sim com a cabeça. Ele volta com as instruções:
-Evite lugares desertos, não fique sozinha, esteja atenta também.

-Você acha que… - ele a interrompe.

-Eu não sei, mas vou averiguar. Fique tranquila. Eu amo você.

Beija a testa dela e volta pro lado da diretora. Agora Lye sentia um calafrio na espinha, mas sofrer por antecipação não serve de nada. O grupo a volta dela não tinha percebido nada do que se passou ali, imaginou se Ryan teria algo haver com isso… suspirou profundo, ainda mordendo o lábio, precisava se distrair.
-Bom… a males que vem para o bem, não é mesmo? O restante da semana de férias! Aí que felicidade! - Alexy estava radiante, Rosa parecia igualmente animada. - Vamos aproveitar a oportunidade única e ir pro shopping!!!

O grupo concordou, apesar de alguns serem um pouco relutantes. Eles caminhavam em grupo, todos conversavam e se divertiam, mas Lye estava sempre de olhos abertos, vendo de alguém a vigiava, se alguém a seguia… mas não via nada e mesmo assim a sensação de calafrio não a deixava.
-Lye!!! - Alexy fazia bico. - Estou falando com você!!

-Ah! Me desculpe… eu distraí… estava pensando na prova de cálculo que era pra amanhã…

-Nerd e chata como sempre… - ele da língua e todos riem. - Mas então… fala mais pra gente!

-Sobre…? - se sentou junto de todos na lanchonete, reparou que muitos alunos tinham tido a mesma ideia que eles.

-Sobre o bofe lindo e maravilhoso que é o seu irmão!!!

-O Ryan? - ela ri, abrindo seu hambúrguer. - Ele é normal ué… tem dois olhos, uma boca, duas orelhas, dois braços, duas pernas.

Ela parecia pensativa, listando, Alexy revira os olhos, impaciente.
-Querida, isso nós sabemos! Queremos saber se tem namorada, do que gosta, do que não gosta…

-Ahhh… não, meu irmão não namora… ele já teve umas duas "namoradinhas" mas ele mesmo diz que só vai namorar com a moça que julgar ideal, pois quer um relacionamento sério. - Alexy e Rosa quase derreteram. - Ele gosta de tudo, gosta de jogos virtuais também, mas joga meus jogos de tabuleiro sem reclamar… acho que ele não gosta de mentiras e pessoas que machucam as outras… - ela suspira brevemente, voltando a comer seu hambúrguer.

-Fala mais! Fala mais! Fala mais! - Alexy e Rosalya eram quase um coro.

-Hm… - ela fica pensativa. - É atencioso quando quer, um pouco implicante… e é bem ciumento. Acho que só… se quiserem saber algo mais, perguntem pra ele.

Ela ri, bebendo um pouco do milkshake, Rosalya e Alexy emburram, o que faz com que todos na mesa caiam na gargalhada. Lye sente que a sua peruca parece meio solta, ela se levanta e da a desculpa que vai no banheiro, todos continuam a conversar normalmente e ela entra no banheiro da lanchonete e ajeita a peruca. Estava prestes a sair quando a porta do banheiro se abre.
-Ora, ora, ora… olha o que temos aqui… - um tom carregado de deboche que Lye só tinha ouvido algumas vezes, mas já o conhecia…

-Ambre, não to com muito tempo pra você… pode me dar licença?

Lye tenta ir em direção a porta, mas Charlotte e Li cercam a mesma.
-Aonde pensa que vai? Agora você não tem ninguém pra te salvar e tenho contas a resolver com você.

-Ambre, quer ser infantil? Ótimo, vai brincar de boneca com as suas amiguinhas, hoje eu realmente não tenho tempo pra você… - ela suspira, como aquela menina podia ser tão hipócrita? - E além do mais, pelo o que eu me lembre, não fui eu quem precise dos pais pra tentar me defender… porém foi inútil, os injustos jamais recebem uma boa recompensa por seus atos indignos, assim como você não conseguiu manipular a diretora…

-Ora sua!! - Ambre estava ficando vermelha de raiva.

-Sério, Ambre, já chega. Eu tenho muito mais com o que me preocupar do que você e as suas briguinhas idiotas por garotos… e achei que tinha acabado com a desavença te dando aquele bolo… mas sabe, acho que você é mais infantil do que imaginei.

Lye simplesmente sai, já que Charlotte e Li se afastaram por medo do quê ela poderia fazer, o que deixou Ambre ainda mais possessa. Lye deu de cara com a Rosa na porta do banheiro:
-Bom… você estava demorando… e eu vi a Ambre e o séquito dela entrando… ia ver se estava tudo bem… mas vejo que você se vira muito bem!!

Rosalya estava com um sorriso imenso no rosto, quando voltaram pra mesa, ela fez questão de contar pra todo mundo o que aconteceu. Alexy foi quem ficou super orgulhoso também. O restante do dia correu nem problemas, eles fizeram compras, Lye nem tantas, ela já tinha tudo o que precisava em casa, mas acho que Ryan ficaria chateado se ela voltasse de mãos vazias, então comprou uns all-star novos, uma camiseta qualquer de banda e umas bolsas, enquanto isso Alexy queria comprar o shopping inteiro. Depois das compras, Lye chamou o carro que levou cada um pra sua casa, exceto Rosa que foi pra loja do Leigh. Ainda era cedo quando Lye chegou em casa. Ela almoçou, treinou a dança, o canto e depois focou na luta até o sol cair. Então tomou seu banho e deitou em sua cama. Ficando imersa em pensamentos, até Ryan chegar e, sem muito papo, jantarem e irem dormir. E mais uma vez, aquela noite, ela sentiu um incômodo e foi se refugiar no quarto dele. E mais uma vez ele a abraçou e cuidou dela.
 


Notas Finais


Então, gostaram? HUAHUAHUHUA
Podem comentar, eu não mordo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...