História Falling Boy - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K, Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, J-hope, Kisu, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang Bts 24k
Visualizações 16
Palavras 598
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha ele aí Suguinha lindo ❤❤😍❤

Capítulo 11 - Covardes!!!


Fanfic / Fanfiction Falling Boy - Capítulo 11 - Covardes!!!

CAPÍTULO 11

E assim se passaram exatos 6 meses.

Certo dia, Mia havia ido ao mercado e ao sair de casa, foi abordada por 5 homens que não lhe eram estranhos. A forçaram a entrar numa van preta e venderam seus olhos. Ela gritava mas ninguém a ouvia. Levaram na para um galpão onde era feito desmanche de carros roubados.

Amordaçada e chorando muito, suplicou por uma explicação de quem a sequestrara. – Onde eu estou? Quem são vocês?

- Vc não reconhece a minha voz?

Mia ficou pensativa quanto a voz que lhe falava. Mas nada passava por sua mente naquele momento além de medo.

– Seu namoradinho me roubou e eu te avisei que queria de volta.

Rapidamente, um filme passou por sua cabeça, lembrando daquele homem covarde que havia assassinado Kisu e Matthew. – Eu não sei do que vc está falando! Me solta por favor!

Súplicas eram em vão. Aquele criminoso queria algo que ela não sabia. Ela nunca conhecera a verdadeira identidade de Kisu. Ele fazia parte de uma facção criminosa de tráfico de armas e roubou uma maleta contendo todas as transações financeiras da facção. Porém escondera muito bem essa maleta.

E eles a queriam de qualquer forma.

Então começara a sessão de pancadaria. Eram 5 homens fortes. Chutavam, puxavam na pelos cabelos, a empurravam. Mas um deles, conhecido como T.O.P apenas observava tudo aquilo, se questionando se era certo uma pessoa inocente pagar pelo erro do outro.

As agressões duraram 4 horas e Mia já não aguentava ficar em pé. Cuspia sangue pela boca. Quando um deles se aproximou para lhe dar um soco, T.O.P o segurou dizendo:

- Chega! Ela não aguenta nem ficar em pé mais. Quer mata- la?

- Tá com pena dela? Quer apanhar no lugar dela?

T.O.P pôs – se na frente de Mia e muito irritado falou: - Acho que você não vai gostar do resultado! Já chega!

Então, um homem cruel chamado Min Yoongi apartou a situação entre os dois. – Chega! Ela já está ciente de que se não me entregar a maleta em uma semana eu mesmo acabo com a vida dela. Agora levem essa vadia de volta. E se você contar pra alguém pode ter certeza que vou pessoalmente destroçar seu novo namoradinho.

T.O.P a pegou nos braços e disse em voz baixa: - Desculpa! Encontre a maleta rápido por favor.

Ela o olhava recordando se de quando morava com Kisu e T.O.P muitas vezes a defendeu de suas agressões.

Sorrindo com a boca cheia de sangue ela disse: - Nunca vou esquecer tudo o que fez por mim. Obrigada.

Ele a levou ao banheiro para se lavar e depois a deixou na porta de casa. Cheia de hematomas pelo corpo e chorando muito, ela entrou para o banheiro e ficou ali na banheira cheia de água por uma hora.

Um tempo depois Ji-yong ligou dizendo que sairia com Taeyang e Daesung mas que não demoraria. Ele chegara por volta de 11 da noite e minha já dormia profundamente. Com cuidado para não acorda la deitou se na cama e ao abraça la, ela reclamou de dor “Aí! “

– Desculpa amor! Te machuquei? Disse ele assustado.

– Não. Eu...Eu... Só assustei.

Virou se para o canto e com os olhos cheios de lágrimas tentou esconder para que ele não percebesse. Então, Ji-yong tentou lhe beijar e rapidamente ela se esquivou deixando ele sem entender nada. Perguntou desconfiado:

- Estou com cheiro de bebida amor?

- Não é isso. Só estou com sono.

Mesmo sem entender, ele a deixou dormir e virou para o outro lado da cama.


Notas Finais


Bjokas amores ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...