História Falling Boy - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K, Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, J-hope, Kisu, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang
Tags Bigbang Bts 24k
Visualizações 13
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Saboreiem mais um capítulo...

Capítulo 8 - Mia eu amo você...


Fanfic / Fanfiction Falling Boy - Capítulo 8 - Mia eu amo você...

CAPÍTULO 08

Ele saiu para lhe comprar algumas roupas. Mia caminhava pelo quarto que cheirava a flores do campo. Como ele era cuidadoso. Tudo fora preparado minuciosamente para sua chegada. E ela estava gostando de tudo aquilo. Sentia no seu íntimo que podia confiar em Ji-yong. Então olhando a sua volta, encontrou um álbum de fotografias de quando ele era pequeno com sua família e seus amigos. Sentou se na cama com lençóis brancos e começou a folhear página por página. Sorria a cada imagem engraçada de quando ele era bebê e assim sentiu a falta do seu bebê.

Seus olhos se entristeceram e seu coração novamente chorou. Então com cuidado por causa das marcas em seu corpo, ela se deitou entrelaçando um travesseiro no meio das pernas e adormeceu. Momentos depois Ji-yong chegou em casa e ao perceber que ela dormira pegou um lençol e a cobriu. Sentando se ao seu lado sussurrou. – Nunca vou te deixar! Lhe fez uma carícia nos cabelos e se retirou para que ela descansasse depois de mais um dia turbulento.

Algumas horas depois ela acordou de um sono profundo que a muito tempo não tinha e logo foi até a sala de estar onde Ji-yong se encontrava deitado no sofá. Ele havia preparado o jantar para ela e a convidou para ir até a cozinha.

Conversavam enquanto jantavam.

- Porque vc está fazendo isso tudo por mim? -indagou ela olhando fixamente para os olhos dele.

- Porque eu realmente gosto de vc e a ideia de saber que vc está sofrendo me machuca também. Eu quero cuidar de vc.

- Mas vc tem sua vida seus amigos seu trabalho. Minha vida é muito complicada pra vc entrar nela. Vc pode se ferir.

- Não me importo. Se for por vc eu aceito desde que vc não sofra.

- Ji-yong...

E tudo se tornou silencioso. Muitos pensamentos rodeavam sua cabeça naquele momento. Muitas perguntas começavam a ser feitas apenas com troca de olhares. Eles se olhavam com ternura e ao mesmo tempo com desejo. Ela procurava uma razão para não querer tanto aquele homem que a sua frente estava mas não encontrava uma resposta. Seus olhos cor de mel e seus lábios rosados atiçara o desejo nela jamais sentido antes. Seu coração acelerava a cada pensamento intrigante sobre ele.

Até que...

- Fique comigo? - Disse ele olhando para baixo. O medo de ser repreendido fez com que ele não a olhasse nos olhos enquanto a queria para ele. Ela se levantou e esticou a mão para que se levantasse também. Seus lábios tremiam e suas pernas já não respondiam mais ao comando do seu cérebro. Mia, que mesmo frágil e insegura, tocou o rosto frio de Ji-yong. Um carinho que não esperava. Ele fechou os olhos e novamente sussurrou “Fique comigo”.

– Olhe pra mim. – Disse ela com um sorriso no canto da boca. E uma frase que o tirou de órbita “Ji-yong, me beija”

Sem questionar mais que depressa ele a beijou.

Ao tocar aqueles lábios que ele tanto almejava Ji-yong sentiu seu corpo esquentar dos pés à cabeça mesmo naquela noite tão fria e chuvosa. As mãos percorriam cada curva do corpo frágil de Mia. Ele podia sentir as feridas ainda não cicatrizadas. Cada uma delas.

Então, a tomou nos braços e a levou para seu quarto. Estavam em silêncio. As únicas coisas que se ouviam eram sussurros e gemidos. Lentamente ele foi tirando cada peça de roupa dela e observando atentamente onde lhe provocava mais prazer.

Beijos no pescoço.

Sua pele branca estava eriçada e cada vez mais a cada toque, ele arrancava mais gemidos. Mia por sua vez, também quis descobrir onde ele sentia mais prazer. Tirando a camisa de gola polo que ele usara e tocando seu peito másculo. Notava se que ele já estava no auge da excitação. A calça jeans escura apertava e o incomodava. Até que ela desceu as mãos e carinhosamente desabotoou liberando o membro que estava preso. Tão rosado quanto seus lábios.

Ela então o tocou e isso o fez gemer mordiscando o lábio inferior. Ela retribuiu com um sorriso. Começou a massagem lo com cuidado e observando atentamente cada movimento que ele fazia com o corpo. Ji-yong estava adorando toda aquela situação.

Respiração ofegante... “Ah, que delícia “ disse ele se contorcendo de prazer. – Vc gosta? – Sussurrou em seus ouvidos. “Sim!”. Sua resposta lhe deu mais vontade de continuar a dar e sentir aquele prazer.

Porém ele ficariam apenas naquela “brincadeira“ por enquanto. Mia acabara de voltar do hospital no qual quase morrera. Seu corpo ainda doía. Havia machucados por toda parte. Eles não podiam facilitar. Mas aquela brincadeira fez com que eles se aproximassem mais. Descobriram segredos, onde e como tocar. Onde lhes dava mais prazer.

Pararam com as carícias e se olharam por alguns segundos ainda com a respiração acelerada e o coração quente. Ji-yong entrelaçou suas mãos nos cabelos de Mia e declarou “Eu amo vc” selando seus lábios com um beijo profundo.


Notas Finais


O clima esquentou e Mia finalmente se entregou a esse amor ❤❤
Bjokas amores 😗😗😗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...