História Falling in love - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Christina Aguilera, Debby Ryan, Demi Lovato, Fifth Harmony, Gregg Sulkin, Justin Bieber, One Direction, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Christina Aguilera, Debby Ryan, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Gregg Sulkin, Harry Styles, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Camren, Darry, Infidelidade, Jelena, Norminah, Sadomasoquismo, Sexo, Vingança
Exibições 15
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oeieoieoee galeryyyy

Capítulo 24 - Eu te... Parte 3


Fanfic / Fanfiction Falling in love - Capítulo 24 - Eu te... Parte 3

P.O.V.I Harry 



Meus pensamentos estavam voando por ai, eles tinham me abandonado no momento mais tenso da minha vida, eu não sabia oque fazer, ao mesmo tempo que eu queria eu não podia, tinha que ressisti a minha força, tive que ressisti para não machuca-la mais do que machuquei, eu sabia que não poderia ficar assim, eu tinha que fazer alguma coisa, não queria perde ela desse jeito


Harry: eu não vou perde ela assim - dei um pulo da cama, descendo para o carro, assim que chego entro ligo e vou a caminho da casa dela  ( eu deixava as chaves no carro as vezes ) logo chego, estaciono o carro sem fazer muito barulho e olho por onde subir, vejo que ainda estava aberta a porta da sacada e subo se fazer o minimo barulho e ouso ela chora, eu sabia que era por mim, eu sabia que...que a iludi mas eu só queria protege-la de mim, só queria ve-la sorri em vez de chora...entrei e ela não percebeu minha presença coisa que agradeci, tiro meu sapatos e me deito ao seu lado a abraçando



P.O.V.I Demi



eu estava chorando como uma criança que acaba de perte seu brinquedo, eu não queria aceitar o fato deu ter me apaixonado por um..um..um tem nem palavras para descrever oque ele era, minha raiva era tanta mas não era dele era de mim mesma, eu estava me sentindo uma trouxa por ter caido novamente nas mãos de garotos, não sei oque ele fez comigo que me deixou assim louca para ter ele, para ter seu toque em meu corpo para eu senti seu cheiro doce, eu não parava de pensa em todas as noites que tivemos, não conseguia pensa em oura coisa só nele...Ai que raiva merda, acho que vou vender meu cupido alguem se interessa em compra?!, dou um aviso sofre ele, só sabe beber, resumindo ele é um alcoólotra..passei um tempão cohorando agarrada com meu travisseiro quer dizer um tempão não ainda estou mais não como antes logo sinto alguem me abraça e me viro.




Demi:  oque você quer?!...não esta feliz comoque fez?! - pergunto segurando o choro



Harry: minha intenção com você nunca - me olhou acarenciando meu rosto



Demi: então foi pior que isso - falei com voz de choro - vai embora - me virei ficando de costa para ele



Harry: não vou - me abraçou - não vou te deixa



Demi: você ja conseguiu oque queria de mim não aguento segura as lagrimas que cada vez se juntavam em minha pálpebra  inferior deixando as escapar pelas minhas bochechas vermelhas



Harry: sim consegui oque queria você tem razão - soltou um sorriso lindo e um olhar encantador, foi aquele sorriso e aquele olhar que eu me apaixonei



Demi: oque quer mais não e o suficiente me ver sofre, ter destruído meu coração? - pergunto indignada olhando ele



Harry: não. Não foi o suficiente para mim ele acha que aquilo era uma brincadeira



Demi: pena porque você nunca mais vai ter meu corpo - me sento de pernas cruzadas na cama ainda chorando mas pouco pois não havia mais lagrimas



Harry: quem disse que quero seu corpo? - fez o mesmo pondo as mãos em meus ombros e massageando o mesmo



Demi: quer oque então pois coração não tenho mais, você quebrou oque restava dele



Harry: viro o Bob construtor para reconstruir oque querbrei - rio fraco - viu já esta funcionando - olho ele com poucas lágrimas escorrendo pela minhas bochechas - eu quero te fazer feliz - limpou minhas lagrimas com suas mãos macias



Demi: então porque não falou antes!? - ele ficou cabisbaixo



Harry: porque não quero ver você sofre com minhas maluquices só isso - ponho um dedo em seu queixo e levanto seu rosto fazendo ele olhar para mim


Demi: já disse me mostre tudo - me olhou assustado e com medo



Harry: não posso - selei ele


Demi: Harry nada te impedi - ele segurou minhas mãos..


Harry: um dia eu te mostrarei e quando chegar acabou nunca mais vai ter... Só um dia - me olhou


Demi: não para sempre... Para sempre - puis a mão dele em meu peito esquerdo - esta sentindo batendo!? Sabe porque ele esta assim!? Sabe!? Por você Harry... Ele esta assim por você


Harry: meu corpo todo quando senti seu cheiro, seu toque, ele se transforma, ele vira uma coisa que eu não sei explicar..não sei, não e apenas sexual e ....não sei explicar não tem explicação para oque eu sinto - como eu já sabia ele iria se aproveita da oportunidade que estou dando a ele e logo massageia meu peito



Demi: awn p-a-r-a por-favor - falo entre gemidos baixos



Harry: oque foi to fazendo nada - deu um sorriso maléfico... Apertava meu seio forte massageando



Demi: mi-nha mãe es-tá em ca-sa - gemia baixo enquanto ele de descia  tirando a minha blusa



Harry: ela não ta vendo e nem escutando - me pois deitada ficando por cima e chupando meio seio por cima do sutiã



Demi: Res-pei-ta a ca-sa da mi-nha mãe - gemia arrando ele de leve



Harry: para de resisti demi eu sei que você também quer - tirou meu sutiã e abocanhou meu seio enquanto no outro massageava



Demi: awn mi-nha mãe - as únicas palavras que eu disse antes dele tampa minha boca e morde de leve meu mamilo, obivio que dei um grito mas não foi muito alto graças a sua mão na minha boca




Harry: xiuu quieta chupava meu seio forte como se fosse um criança querendo leite. Mordi sua mão e ele Gemeu de dor a tirando da minha boca - cadela



Demi: sua - sorri fraco... Trouco o seio e começou fazer o mesmo com o outro só que dessa vez eu não gritei mordi os lábios para tenta não grita e deu um pouco certo o grito saiu baixo e abafado - para de enrolar -supliquei a ele



Harry: é do meu jeito - subiu suas mordidas e chupões para meu pescoço, deixando marcas roxas no mesmo



Demi: Harry vai logo - pedia excitada, na verdade eu já ficava excitada com o simples fato dele me beija, logo ele desçe o beijo fazendo uma trilha até meu umbigo



Harry: vou pega leve com você hoje tirou meu short jogando em qualquer lugar do quarto, desceu seu beijo até minha calcinha a tirando com a boca jogando em qualquer lugar, logo veio mordendo minhas coxas até chegar na intimidade onde começou a massagear meu clitóris com a lingua




Demi: awn awn - me contorci um pouco, ele deu um sorriso e começou a chupa minha intimidade - mais - supliquei puxando seu cabelo



Harry: xiuu demi - pois a mão em  minha boca fazendo eu para de falar mas como eu sei que ele não vai tentar comigo hoje, mordo de novo e ele tira - você esta muito rebelde hoje - saiu do meio das minhas pernas se levantando



Demi: vai fazer oque!? - rio desafiando ele



Harry: você verá - tirou a gravata - isso e só o começo - pois na minha boca a tampando e amarrou forte - agora quero ver você falar - riu vitorioso


Demi: humhumhum - tentava falar mais não saia nada


Harry: vamos começar - tirou seu cinto enrolou nas minhas mãos e prendeu na cabeceira  da cama logo começou a beija meu pescoço deixando marcas.. Eu estava muito excita e ao mesmo tempo assustada com oque iria acontecer, enquanto meus pensamentos voavam Harry esta bislicando meu clitóris


Demi: awn para - consegui solta uma palavra mais que não adiantou de nada.



Harry: calada vadia - me batia com a palma da mão aberta deixando vermelho minha coxa, gritei de dor ( não saiu abafado dessa vez ) - porra demetria - tirava o cinto - você sera punida por isso sua cadela - assim que solta minhas mão tiro sua gravata da minha boca ouvindo a chave na porta


Demi: harry sai daqui rápido falo baixo pegando o coberto para minha mae não me vê nua e vejo ele indo adeus ate amanhã - rio e fecho os olhos...
Assim que a porta abre minga mae entra desesperada perguntando oque houve


Demi: pesadelo mãe só isso, pesadelo - rio ao perceber que ela acreditou e saio deixando a porta aberta mas como eu já estava cansada apenas dormi


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...