História Fame lights - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Tags Fame Lights, Justin Bieber
Exibições 118
Palavras 1.655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Alguém ainda lê isso??
Oi gente, ei, ei, cuidado com as pedras, eu sei que demorei, mas vamos com calma... quem diria hein.. dês do mês 9 sem postar, e agora já é 12. Bom, eu n tenho nenhuma desculpa ou nem nada do tipo, mas é que eu senti que falhei com essa fanfic, a partir do momento q eles começaram a namorar, eu acho q foi um pouco rápido demais, eu já tava pensando nessa fic a um tempo, e hoje recebi um comentário lindo, e me deu motivação pra continuar.
Perdoem pela demora, e aproveitem o cap
(uma dica: leia o cap anterior pra vcs lembrarem)

Capítulo 30 - Melissa is back better than everything


Fanfic / Fanfiction Fame lights - Capítulo 30 - Melissa is back better than everything

P.O.V Melissa

Daqui algumas horas deixaríamos esse lugar maravilhoso, oque será uma pena, pois ira fazer falta as horas de sossego sem flash, gritaria, fãs histéricas e a mídia caindo em cima. Se eu tivesse um desejo, eu provavelmente escolheria viver ali para sempre, em um lugar pleno de paz e sossego, junto com o Justin.

Mas a nossa realidade é –bem- diferente disso, se eu tivesse 1% de tranquilidade daqui, eu estaria feliz. Mas meu mundo é L.A, cassinos, hotéis caros, gritos, histeria, pessoas se empurrando para conseguir uma foto, autografo, vídeo, tudo para postar no seu instagram e ter uma boa imagem, oque afeta a nossa vida. Posso estar no hotel mais caro, com toda a mordomia, mas nem a luxuria do hotel não vai mudar minhas noites sozinhas no enorme quarto de hotel.

 Estamos no pequeno aeroporto aqui de Bora Bora, os bancos estavam todos ocupados, então eu estava sentada em cima da minha mala, enquanto Justin, estava na frente conversando com uma mulher, ela era loira, mas tinha na cerca de 40 a 50 anos, ela havia acabado de chegar aqui, e pedia recomendações a Justin de que ligar é bom para ela e a sua família visitar aqui, e a primeira coisa que Justin fez foi abrir um sorriso e falar do ``passeio de pipa´´, que foi o mesmo que fizemos aqui, juntos.

 A gente ficou 3 dias aqui, por conta da minha turnê, mas não deixou se ser perfeito, cada momento, a agua morna  do mar batendo em minhas pernas, o sol quente, os sucos naturais, as danças hula-hula que fizeram a gente dançar no restaurante –junto com todos os clientes-, as risadas, os abraços, os beijos, tudo valeu a pena.

              (...)

Eu arrumei meu top cropped pra não ficar embromado, e fui arrastando minha mala aeroporto a fora. Eu e Justin viemos em um jatinho particular, eu fiz como se fosse escala, paramos em L.A pra ele descer, e depois o jatinho já foi em direção a Alemanha, é onde será o próximo show da turnê, a equipe toda já esta no hotel, pois o show é amanha.

Pelo menos os fãs e os paparazzis da Alemanha são mais reservados, aceno pra eles de longe, e sigo a caminho do carro que sei que é da equipe. Abri a porta, dando de cara com Maejor no banco da frente, e dirigindo estava Timberlake, meu agente.

-Oi gente, que saudades- falei dando um beijo na bochecha deles.

-Foram apenas 3 dias Mel- Maejor falou com um sorriso de lado, eu sabia que era brincadeira, e eu dei um tapa no braço dele.

-Não liga pra ele Melissa- Timberlake falou também dando um tapa no braço dele, oque me fez gargalhar. – A equipe sentiu sua falta, principalmente nos ensaios.

- Eu vi o vídeo que você me mandou, das novas modificações em algumas coreografias, é fácil de pegar. –falei tentando me livrar do ensaio.

-Melissa, eu conheço você, você quer se livrar dos ensaios- ele falou e eu revirei os olhos, ele lê mentes agora?- 4 da tarde no saguão no hotel, nos conseguimos uma área do hotel pra ensaiar.

-Ótimo- falei irônica, me jogando pra trás no banco, e olhando o relógio, faltava poucos minutos para as 11 da manhã, tinha pego o voo as 8 da manha.

Peguei meu celular para responder algumas fãs, enquanto Timberlake acelerou mais o carro, e Maejor ia me contando oque aconteceu nesse meio tempo que estive fora.

   (...)

Era 2 da tarde e eu estava almoçando no hotel, eu havia pego no sono no meu quarto depois da viagem um tanto quando cansativa. A hora do almoço já havia acabado, então eles se proporão a fazer um sanduiche pra mim, era simples, com presunto e queijo, um suco de laranja, e eles me deram um prato cheio de frutas. Estava ótimo. Claro que eu podia escolher qualquer coisa do cardápio do quarto, mas eu não estava afim de comer aquelas coisas, eu não estava com muita fome.

Eu acabei enrolando lá, acabando de comer as 2:40, eu fui pro tal saguão q eles tinham conseguido pra ensaiar, era um salão no hotel, que usavam pra grandes eventos, eu vi que lá tinha um sofá então me deitei lá, eu não estava com a mínima vontade de ir para ir no meu quarto, e daqui uma hora descer de novo.

Peguei meu celular, eu tinha mais de uma hora para enrolar, primeiramente entrei no bloco de notas e tentei pensar em alguma musica nova, apenas para passar o tempo, comecei a jogar frases aleatórias que podiam se encaixar com uma futura musica.  Também ouvi uma demo que o Timberlake me mandou, era um rapper querendo fazer parceria comigo, ele me mandou a musica cantada, chama Bad Things, eu gostei da vibe da musica, ela me deixou de uma forma positiva, então mandei mensagem para o Timberlake falando que aceitaria a parceria da musica.

E quando eu acabei de mandar a mensagem, meu celular começou a vibrar, e a foto do Justin sorrindo apareceu na tela, e eu deslizei o botão verde aceitando a chamada de vídeo.

-Oi- falei erguendo meu celular, para ele conseguir me ver.

-Oi Mels- ele falou –tentando- equilibrar o celular no armário, assim ele conseguia falar comigo e ficar com as mãos livres –Eu to desfazendo minha mala.- ele falou.

-Eu nem vou desmontar a minha, amanha já viajo de novo- falei fazendo biquinho.

-Eu sei!- Justin falou imitando meu biquinho triste – Eu não quero ficar tanto tempo longe de você.

-Oh que fofo- falei sorrindo- dês de quando virou tão fofo?

-Engraçadinha- Justin falou irônico- Eu sou sempre fofo, eu sou um amor de pessoa.- Justin falou dobrando uma blusa, e por pouco eu não ri da cena.

-Além de um amor de pessoa, é uma boa empregada- falei pelo fato dele estar dobrando a roupa.

-Scotter fez o favor de liberar a empregada justo hoje- ele falou revirando os olhos- podia estar vendo jogo agora.

-A legal, você preferia estar vendo jogo do que  conversar com sua namorada, bom saber!

Justin gargalhou.

-Você sabe que eu te amo.

-Bem que eu podia estar agora com o Dylan O´brien envez de segurar esse celular cansando meu braço- falei brincando.

-Nem se atreva Melissa Bieber. – justin falou fingindo estar bravo cruzando os braços.

- Você trocou meu nome no cartório e eu não estou sabendo?

-Sim senhorita.

-Eai Biebs, oque fez nessas... poucas horas longe?- perguntei.

-Comi, dormi, vi tv, e to bancando uma de empregada agora- ele falou rindo- e você?

-Não muito diferente, tirando a parte da empregada- falei e ele olhou pra câmera com os olhos semicerrados- A diferença é que eu acertei uma parceria com um rapper em uma musica.

-Que legal! Qual rapper?

-Machine Gum Kelly.

-Não conheço- ele falou franzindo o cenho.

-Eu também não conhecia a 1 hora atrás.

-As meninas estão ai também?- Ele perguntou se referindo a Kendall, Kylie e provavelmente Hailey também.

-Não, a Kendall tá desfilando, a Kylie tá com o Tyga e o filho dele, e a Hails tá fotografando pra uma revista, elas vão no próximo show.

- Quem sabe eu vou no próximo show? Afinal, não vou ficar todas minhas férias em casa vendo os jogadores rebaterem o disco no gelo- Ele falou se referindo ao seu –grande- vicio em Hóquei.

- Acho bom Biebs.

No mesmo momento as portas do saguão foram aberto, com a equipe toda entrando conversando.

-Tenho que ir Justin, beijos.

-Boa sorte ai- ele falou.

-Bom sorte ai também empregada.

E antes de eu desligar ele me mostrou o dedo do meio e riu em seguida enquanto eu lhe mandava um beijo seguido de risadas.

 Fui em direção dos dançarinos, dando oi um por um , e fiz exatamente o mesmo com toda a equipe que me perguntaram sobre a viagem.

-Sem enrolação, vamos lá galera- Clark –o coreografo- chegou batendo palma e os dançarinos já foram se posicionando e eu fui para a frente.

-Vamos ensaiar as que já sabemos de cor, e depois a gente ensaia as que tiveram mudanças- Clark falou ligando a caixa de som, enquanto eu amarrava meu cabelo.

 Assim que o som começou a sair alto da caixa de som, eu me concentrei em não ocorrer nenhum erro, começamos com a musica Black Widow, que era parceria com a Iggy, ela cantava mais, então eu dançava no resto da canção. Como o rap rápido, a gente dançava no ritmo sem muitos passos marcados, e no refrão que eu cantava, batíamos palmas e mexíamos as pernas ao mesmo empo, e quando eu cantava mais alto o ``Black Widow´´, nos abaixamos e dançávamos no chão ajoelhados.

Fazia mais de uma hora que estávamos ensaiando, meu corpo soava, eu já estava na segunda garrafinha de agua, e me sentia cansada, o som alto fazia minha cabeça doer, mas eu  não parei em nenhum instante.

-Deu por hoje- Clark falou, e nesse momento minha vontade era entrar no banho mais gelado que tiver, depois me jogar no sofá e comer tanto chocolate que as espinhas seriam parte fixa do meu corpo.

Mas eu apenas fui no banho e me deitei.

-toc toc- Maejor falou depois de abrir a porta, oque me fez revirar os olhos.

-Entra – falei irônica e ele riu.

-Vamos sair?- ele falou e eu olhei pra ele com minha melhor expressão de cansada- Balada?- ele falou e eu fiz que não- Festa?- eu revirei os olhos por ser a mesma coisa- Sorveteria?

E foi nesse momento que eu pilei da cama com o maior sorriso.

-Mas é uma gorda mesmo- ele falou- nem pode ouvir falar de sorvete e já quer ir.

Eu gargalhei e coloquei minhas sapatilhas, e meu dinheiro pra irmos, eu iria com a roupa que estava, shorts e um blusão azul, estava ótimo pra tomar um sorvete.

E lá vamos nos.


Notas Finais


Quem tá vivo sempre aparece...
Gente, se tiver algum erro, ignorem pq vou concertar mais tarde
Espero que tenham gostado, agora eu voltei para ficar, prometo não demorar mais para postar.
Espero que gostem, favoritem e comentem oque acharam do capitulo
(gente não me abandona <3)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...