História Família Namjin - Capítulo 21


Escrita por: ~ e ~Akumanokage

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Cosmic Girls, CrystaL Clear (CLC), Seventeen, TWICE
Personagens Dawon, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Luda, Personagens Originais, Rap Monster, Seungcheol "S.Coups", Seunghee, Seungyeon, Sorn, Suga, V
Tags 2seung, Incesto, Jeongcheol, Jeongcoups, Jikook, Jimo, Ludawon, Luwon, Mpreg, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 279
Palavras 1.375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorou, mas saiu!
Espero que gostem💖💖💖

Capítulo 21 - Eu te amo Kim Seokjin


Fanfic / Fanfiction Família Namjin - Capítulo 21 - Eu te amo Kim Seokjin

Jin P.O.V

Crendeuspai, quem é que deixou essa mulher solta com essas tinta verde água? - Referências - Mas tenho que admitir, viado, arrasou.

- LACROU, HEIN BICHA?! - Gritou SeungYeon. Até o cachorro começou a latir.

- A Omma tá quieta demais... - Comentou Hoseok.

- Yoongi, tu tá parecendo um limão! - Foi a primeira coisa que eu disse. Meus olhos estavam arregalados de surpresa.

- Opa, lemonada, amo. - Suga deu um sorriso lindo. Só podia ser meu filho, né?

- Quem andou ensinando essas coisas pra esse menino? - As crianças apontam pra Namjoon.

- Fui eu não.

- O que é lemonada? - Pergunta Jihyo.

- É quando dois homens... - Luda dá um tapa na boca de Hoseok antes dele falar a merda.

- É uma brincadeira que o Appa e a Omma gostam de fazer de noite. - Minha sogra gosta de me foder né? Preciso nem dizer que eu e Namjoon viramos dois belos pimentões - Seria uma pena se pimentão fosse verde - e as crianças começaram a rir da nossa cara.

- Omma! - Namjoon gritou corado.

- Era por isso que o Appa tava enfiando o pipi dele na Omma aquele dia? - Perguntou Jihyo.

- DÁ PRA PARAR?! Ji, lemon é uma coisa do mal, nunca leia um lemon, querida, porque é tipo droga, quanto mais tu lê mais tu vicia, principalmente um tal de Namjin em um site chamado Spirit, lá tem uma autora muito pirada chamada MeikoPark, as histórias dessa menina são horríveis. - Expliquei na maior calma. - E se vocês por acaso comentarem pra ela a respeito de qualquer coisa relacionada a lemon, yaoi ou qualquer coisa desse tipo vocês todos vão ter uma conversa com a minha cinta! Entenderam? - Todos eles abaixaram suas cabeças. - Ótimo, agora vão jantar, suas pestes.

***

Depois de comer, eu estava lavando a louça junto com a minha mãe e minha sogra, enquanto Namjoon estava ninando o nosso pequeno Jeonghan depois de trocar a fralda e dar os remedinhos dele, - O que o deixou bastante sonolento - Yoongi estava dormindo como sempre, - Parecia um limãozinho, eu deveria tirar uma foto dele - Jihyo estava com as meninas dando banho no cachorro, - Antes de vocês falarem que eu tô escravizando minhas filhas, foram elas que pediram, fui até oferecer ajuda, mas elas disseram que sabiam fazer isso sozinhas, mas por segurança disse para elas me esperarem pra secar ele - Jimin devia estar enchendo o saco do Tae ou do Jungkook e Hoseok estava assistindo algum dance practice do SISTAR - Como é que eu vou contar pra ele que Sistar deu disband?

Namjoon P.O.V

Jeonggie havia acabado de adormecer em meus braços, eu o olhava com um sorriso de pura ternura. Agora ele parece ser um anjinho fofo, mas acordado ele se irrita fácil. Se vocês achavam que o Jeonghan é um bebê tranquilo, erraram rude, quando eu digo que ele lembra o Yoongi quando era bebê não é só o fato de ambos serem bolinhas choronas. Yoongi era um bebê muito nervoso, qualquer coisa o irritava, desde o som dos passos das pessoas perto dele até mesmo barulhos que fazíamos longe dele - Não aquele tipo de barulho, me refiro quando deixávamos ele no sofá assistindo desenho e eu ficava conversando com Jin na cozinha, aí do nada Jin começava a rir. Acredita o menino escutava? Aliás, não conseguíamos fazer nada antes dos 6 meses dele porque simplesmente não conseguíamos dormir e qualquer hora de sono era lucro.

- Eu te amo filhote... - Dou um beijo no seu rostinho. - Durma bem meu pequeno. - O coloco no bercinho. - Eu te amo demais...

Eu ia sair do quarto, mas o pequeno deu sinais de que ia começar a chorar, então acabei ficando.

Primeiro: Jin ia me matar se ouvisse o pequeno chorar, mesmo que fosse por apenas alguns segundos.

Segundo: ninguém resiste a uma coisinha tão fofa quanto o Jeonghan.

Aliás, aquela noite em que o Jeonggie foi fabricado, o David tava pro crime.

- Olhando pra esse anjinho nem dá pra imaginar o quão louco foi aquele dia. - Disse Jin brotando no quarto e me abraçando por trás. - Nem temos mais idade pra ir nesse tipo de festa.

- A culpa foi sua... - Acusei-o. - Aquela calça de couro estava apertada demais, além disso, você estava de calcinha! - Levei minhas mãos até suas nádegas redondinhas e macias. - Que maldade com o seu Daddy, não concorda? - As massageei.

- Estou atrapalhando essa safadeza aí? - Eu e Jin nos desgrudamos completamente corados ao ver Jimin ali na porta. - Só vim avisar que o Tae e o Jungkook estão se matando lá embaixo, mas se quiserem continuar fazendo essas coisas na frente do Jeonggie não tem problema. - Deu uma risadinha. - Mas usem camisinhas!

- Depois conversamos sobre isso. - Disse Jin. Até meu cu trancou. Ele geralmente pega a chinela pra conversar - Mas como assim eles estão se matando?

- Depois que as vovós foram embora, o Tae começou a implicar com o Kookie, disse que o Homem de Ferro não tinha graça e que preferia o Capitão América, aí o Jungkook começou a dar uma surra no Tae, eu comecei a gritar "Briga", mas o Yoongi hyung foi lá e bateu nos dois e disse que era pra deixarem ele dormir senão ia ser pior, só que eles continuaram se batendo, aí o Hobi disse que era melhor alguém chamar a Omma.

- Eu vou acabar com essa palhaçada agora!

***

- O HOMEM DE FERRO É MUITO MELHOR! - Jungkook estava em cima de Taehyung o puxando pelos cabelos.

- NÃO É NÃO!

- É SIM!

- CALEM AS BOCAS! - Jin já chegou acertando a chinela na cabeça do Jungkook e na do Tae. - O HULK É MUITO MELHOR! CARALHO! AGORA VÃO ESCOVAR OS DENTES E DORMIR!

Jin é a melhor Omma do mundo.

***

Já era madrugada, meu Jin dormia serenamente no meu peito, eu apenas acariciava seus cabelos macios enquanto pensava em como seria minha vida sem Jin e minhas crias.

Eu era muito vazio sem eles, parece que Jin e cada um dos nossos bebês vieram pra tapar esse buraco no nosso coração.

Vou contar pra vocês a trágica história da minha vida.

Eu nunca tive irmãos pelo simples fato do meu pai ser um pai ausente tendo só um filho, imagina com outros filhos.

Kim Namjoon era aquelas crianças góticonas de filme que ninguém queria por perto, mas não pelo fato de eu ser rico e todos me acharem esnobe, ninguém se importa de ser esnobado desde que ganhe algo com isso. Eu era esnobado mais era pelas minhas roupas mesmo, eu sempre me vesti igual a um idoso, não pelas roupas serem velhas, eram roupas de marca boas e de melhor qualidade, mas eram sempre suéters ou ternos, ninguém me deixava escolher minhas próprias roupas, diziam que criança não sabe escolher roupas.

Eu não me sentia uma criança de verdade, eu nunca tive uma infância normal, eu não pude brincar, não pude fazer amigos. Lembro até hoje do meu aniversário de 15 anos, todos comentavam a respeito de festas ou viagens pro exterior. No meu aniversário a minha mãe fez um bolo e eu assoprei as velinhas e essa foi a "comemoração". Eu lembro que fiquei o dia inteiro chorando no meu quarto e desejando a minha própria morte, acho que foi a pior época da minha vida.

Aos meus 16 anos, eu perdi minha virgindade com a garota mais gostosa da escola porque ela fez uma aposta com os amigos dela e depois ela saiu falando que a minha cobra era pequena e que eu era ruim de cama, - Tá, admito, eu realmente era ruim de cama porque eu só sabia bater punheta, mas eu melhorei muito com o tempo conforme eu praticava, o Jin nunca reclamou de ter sido mal atendido, nossos 10 filhotes estão de prova.

Uma semana antes de conhecer o Jin eu havia tentado me matar, não via mais sentido em continuar vivo, ninguém gostava de mim, eu não gostava de ninguém. Parecia roteiro de filme eu ter encontrado a razão pra viver e mais tarde, ganhei mais outras 10 pequenas razões.

Eu te amo Kim Seokjin.

Mesmo que agora você esteja rebolando no meu pau só pra me provocar.


Notas Finais


Vocês estão sentindo essa dor no peito? São os tiros que o BTS tá disparando de uma em uma hora, falta 10 minutos para a próxima explosão!
Estão preparados para os mini doramas que vão atirar na gente?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...