História Família Reviere: Pequena Safira - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Grávida, Rainhas, Reis, Romance, Traição
Visualizações 147
Palavras 2.861
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OIOIII AMORES DO MEU HEART! TD BEM? ESPERO QUE SIM😍😍

"LIZA VAI TER CAPITULO DE NOVO ????!!!!!"
YESSSSSSSSS

Pq hj eu to ousada e ninguém me segura 😂😂😂 na vdd é pq eu realmente estava afim de escrever e n curto prender capítulo hauhauhau então eu to postando msm☺☺☺

Hj tem bombas💣💣💣💣💣

Boa leitura :

Capítulo 42 - Quarenta e um


E eu não posso prometer que vai ficar tudo bem, mas aqui estou , se você quiser pronto para tentar (Demi lovato-Yes)

Cat

O clima não está nem perto de insuportável. Acho que já passou do limite a muito tempo.

-Por que você tem que  ser tão infantil ?- Jordan pergunta para Beth . A voz de Jordan não está com nenhuma pitada de brincadeira, na verdade ele parece quase decepcionado com Elizabeth. 

Franzo minha testa.

Eu realmente não esperava por essa.

Acho que todos esperavam que a terceira guerra mundial acontecesse... Que talvez Jordan responde “ a altura” e isso enfurecesse Beth ao ponto dela fazer algo completamente sem noção. Como sempre aconteceu. SEMPRE!

Mas dessa vez foi diferente. 

Lembrando que eles dois realmente não se encontrava fazia um bom tempo. Talvez mais de seis meses.

Quase um ano por se assim dizer.

Elizabeth parece tão sem reação quanto todos. Acho que provavelmente ela esperava que Jordan desse bola para o que ela falou, ou no caso, fez. Porém ele parece mais que...Decepcionado. Do que realmente irritado.

É como se ele não estivesse contente com ela, mas isso não fosse o suficiente para ele perder as rédeas.

É bom saber que pelo menos algumas vezes ele consegue controlar a “raiva”.

Beth espreme os olhos na direção de Jordan e parece pronta para entrar em erupção.

-Primeiro que você só está nessa festa porque fui Obrigada a te chamar. O b r i g a  d a!-Ela repete de forma audível e bem devagar. –Entendeu? Se fosse pela minha vontade eu nunca mais veria a sua cara na minha frente , seu ignorante !-Ela fala irritada e Jordan suspira negando.

-Que bom!- A voz dele sai irônica e pela expressão dele posso ve que o rapaz está começando a ficar realmente irritado. –Porque eu realmente ficaria contente demais se soubesse que nunca mais teria que te ver –Ele responde de forma nada sensível e isso só faz Beth fechar ainda mais a expressão.

Ok.

Isso está indo longe demais.

Olho ao redor vendo que algumas pessoas estão nos olhando um pouco confusas, e outras curiosas. 

Isso deve mesmo estar rendendo um belo de um show.

Mas eu não estou a fim de ficar vendo esses dois trocarem gracinhas.

Olho para Anna que parece horrorizada com a troca de “farpas” entre esses dois a nossa frente.

Ela me olha e mando um olhar para ela que na mesma hora ela entende.

-Já volto –Falo para Guilherme e me levanto passando por todos.

-E você vem comigo-Falo pegando no braço de Elizabeth.

Acho que ela é tão pega de surpresa que nem mesmo tem tempo de pensar antes que seu corpo seja puxado por mim. Ando em direção a saída do local e só a salto quando chegamos ao jardim. 

Ela me olha completamente chocada e depois olha para o próprio braço.

-Enlouqueceu?-Ela me olha surpresa e ao mesmo tempo parece achar que eu realmente estou louca.

Digamos que eu não sou do tipo que fica  dando lição de moral em todo mundo, mas essa historinha já está enchendo o meu saco!

-Não, eu não enlouqueci-Falo séria.

Nem eu mesma reconheço meu tom de voz. Acho que nunca na minha vida soei tão séria.

Beth parece também se surpreender, ainda assim ela coloca a mão na cintura e arqueia a sobrancelha.

-Porém , essa historinha de vocês dois está furando a porra da minha paz!-Digo completamente séria.

-Que historinha?-Beth pergunta com a expressão fechada. –Não tem historinha nenhuma!-Ela fala e respiro fundo.

-Ah, não. Imagine se tivesse. –Anna fala se aproximando.

Ela solta o braço de Jordan e ele não parece muito feliz de ter sido puxado por ela. Por sinal, Jordan mesmo sendo muito mais novo que Anna , ainda assim é mais alto que ela . Digamos que os últimos anos favoreceram bastante a todos.

-O que é isso?-Beth olha para Anna e Jordan e logo depois para mim-Agora virou conferencia?- Ela pergunta realmente revoltada.

-Para de agir como se o mundo girasse a sua volta.-Jordan revira os olhos e cruza os braços.

-Eu vou enfiar a minha mão na sua cara- Beth ameaça e realmente parece estar se preparando para pular em cima dele.

Respiro fundo

-Ai que inferno!-Falo tão alto que até Anna se assusta. 

Todos estão me olhando e acho que é o único momento que vou conseguir conversar com Beth e Jordan sem que estejam querendo se matar.

-Vocês dois....-Aponto para Beth e Jordan -...São duas crianças insuportáveis!- Falo irritada.

Jordan me olha sério

-Temos a mesma idade mocinha.-Ele fala me olhando e olho feio para ele o fazendo ficar quieto.

Sim, eu e Jordan temos dezenove anos. E acho que esse é um dos motivos de mais estar irritada.

Bato palma para ele

-Sim, temos a mesma idade. E por isso mesmo acho que é completamente desnecessário tudo isso.-Falo e respiro fundo –Olhem em volta vocês dois! Principalmente você Jordan, realmente acha que essa briguinha boba de vocês vai levar em algum lugar?-Pergunto – Eu tenho a porra de um milhão de responsabilidades nas minhas costas com a mesma idade de você, e mesmo que você tenha também um monte de coisas a fazer, ainda assim se põem a esse papel de...Infantilidade?-Pergunto irritada.

Jordan suspira e passa a mão no rosto.

Por um momento eu penso que ele vai dar um ataque e dizer que eu estou errada e que não devo me meter na vida e blá,blá,blá...

-Tem razão...-Ele fala suspirando e pela primeira vez eu sou realmente pega de surpresa por ele.

Nunca em toda minha vida eu imaginei que o príncipe da Rússia iria dizer que eu estava certa.

-Eu realmente tenho coisas para me importar....-Ele fala –Eu não deveria dar importância a uma briga de infância.-Ele fala.

Beth bufa

-Eu realmente fui obrigada a vir aqui fora para escutar besteira?-Ela fala com os braços cruzados.

Jordan bufa

-É impossível conversar com essa garota. –Ele fala se irritando.

Ok.

Realmente hoje Elizabeth está impossível.

-Elizabeth Reviere.-Anna fala chamando a atenção da irmã.

Beth a olha feio.

-Você sabe que eu odeio que me chamem assim...-Ela fala

Anna da de ombros.

-Parece que é a única forma de te fazer sair desse mundinho –Anna fala irritada. –Tem como pelo menos uma vez você escutar?-Ela pergunta irritada.

Beth respira fundo e assenti devagar com a mão levantada.

-Eu não quero escutar. Porque sei exatamente o que irão dizer.-Ela fala  -Eu sei que irão me falar que eu e esse idiota precisamos conversar e colocar divergências para trás e que tudo não se passa de uma briga de crianças...Mas eu não quero ter que conviver com ele! Eu não quero olhar para a cara dele e muito menos ser obrigada a pedir desculpas a ele!-Ela olha feio para Jordan que também está olhando-a de forma nada legal –E não tentem me obrigar a ser amiguinha dele- Dessa vez a voz dela tem pura ameaça.

Ok.

Não da mesmo pra tentar colocar esses dois no lugar.

-E o que iremos fazer?-Pergunto olhando para Anna.

Ela parece não saber tanto quanto eu.

-Ah gente, pelo amor, né?-Beth fala –Primeiro que se meus pais não tivessem me obrigado, ele não estaria nem aqui.-Ela fala irritada.

Jordan bufa parecendo estar irritado mesmo.

-Ok.-Ele levanta as mãos. –Se for por isso então, podem deixar que eu vou embora. –Ele fala se virando e Anna parece estar realmente desesperada com isso.

Talvez pelo fato de Anna e Jordan serem bem amigos.

-Não-Ela fala segurando o braço dele.- Não precisamos de tanto.- Ela olha feio para Beth que parece se divertir com a situação.

-Ah, precisamos sim -Ela fala e faz um sinal de “vai embora logo” para Jordan que a olha feio.

Anna me olha pedindo socorro

-Beth-Falo baixo a fazendo me olhar. –Você realmente quer marcar a noite da  sua festa de quinze anos , como a noite que você e Jordan definitivamente quebraram qualquer laço?-Pergunto .

Até eu mesma estou sentindo um pouco de tristeza com isso.

Eu sei que Jordan e Beth no mesmo lugar é impossível. Eu sei que eles dois tem “energia “ demais para qualquer lugar suportar.

Mas eu realmente não gostaria de saber que no futuro eles dois realmente irão quebrar qualquer laço. Sem dizer que isso não é um bom sinal para ninguém.

Não somente pelo fato de um dia eles poderem realmente se tornar amigos , mas também pelo fato de França e Rússia no futuro estarem talvez sendo governadas por Beth de um lado e Jordan do outro. Não seria nada legal ter dois reis que se odeiam de verdade.

Beth olha para Jordan e não vejo nenhum pingo de remorso em seus olhos.

-Nunca tivemos um laço-Ela fala de forma fria.

Mordo minha bochecha, olho para Jordan e ele parece por um momento ter levado um tiro no meio do estomago mas se recupera rapidamente. Acho que mesmo eles dois não se dando muito bem...Ainda assim dói escutar nitidamente a pessoa dizer que você significa nada.

Engulo em seco 

O que está acontecendo com Elizabeth?

Pisco ainda um pouco chocada e respiro fundo.

-Ok.-Jordan fala. Anna solta o braço dele.

Nem mesmo Anna entende o que está acontecendo. Ela olha para Beth completamente surpresa.

Jordan passa a mão pelo cabelo e morde o lábio inferior enquanto parece pensar brevemente.

-Sabe? Eu já entendi exatamente o meu “lugar” nisso tudo.-Ele fala e Beth assenti parecendo não ligar muito 

Jordan olha mais uma vez para ela.

-Boa sorte Elizabeth. –Ele fala e a olha uma ultima vez –Feliz aniversario –E logo depois anda em direção ao estacionamento.

O que aconteceu?

Assim que não conseguimos mais ver Jordan...Anna vira-se para Beth de forma irritada

Antes que ela possa falar alguma coisa eu faço um sinal indicando que não é o melhor momento para que Anna fale.

-Beth...-Falo baixo mais uma vez

Ela está olhando para a grama e com os braços cruzados.

Ok.

Ela não está bem.

Faço um sinal para Anna pedindo para que ela saia.

Anna por um momento parece quase indignada por não “participar “ da minha conversa com Beth. Mas sei que Elizabeth é “durona “ demais para se abrir de verdade se a irmã estiver aqui.

Anna suspira e sai em direção ao salão.

Suspiro e encosto-me na arvore esperando o momento certo para Beth.

Acho que se passa quase uns dez minutos , sim, tempo para caramba. Até que Beth finalmente mostre pelo menos o mínimo.

Ela se ajoelha na grama e suspira.

Ajoelho –me ao seu lado, não ligando muito pro fato do meu vestido sujar ou não.

-Quer conversar?-Pergunto ao seu lado.

-Eu preciso de  sua pena Cat.-Ela fala de forma grosseira mas ignoro. Sei que ela quer me afastar para que eu não a veja sentindo “sentimentos.”

-Você sabia que as pessoas normalmente costumam demonstrar sentimentos?-Pergunto olhando-a

Beth me olha por um momento e vejo que ela conseguiu segurar muito bem as lagrimas.

Mas seus olhos estão vermelhos.

-Eu sabia que terminaria nessa merda. –Ela fala irritada e tira o salto do pé e o joga bem longe.

Não falo nada.

-Eu sabia que terminaria assim...-Ela repete e bagunça o cabelo irritada.

Suspiro e sento-me ao seu lado.

Retiro o meu salto e a olho cuidadosamente.

-Por que foi tão cruel com ele?-Pergunto devagar com o tom mais calmo que consigo.

Beth funga um pouco 

-Cruel?-Ela pergunta e logo depois ri.

Sim, ela simplesmente ri.

Fico calada sem saber exatamente o que falar.

-Cat, você já ouviu falar na palavra “Bullying”?-Ela pergunta me olhando por baixo da cortina se forma pelo cabelo na frente do seu rosto.

Não entendo o porquê da pergunta, mas mesmo assim  respondo.

-Bom, sim. –Dou de ombros 

Beth suspira

-Você sabe o que significa ?-Ela pergunta novamente me deixando sem entender exatamente o rumo da conversa.

-Bom, sim.-Novamente dou de ombros –normalmente é quando uma pessoa agride outra pessoa , na maioria das vezes usando pontos físicos para zoa-la e coisas do tipo.-Falo sem entender.

Beth respira fundo e solta o ar com peso.

-Bom. –Ela fala pensativa –O Bullying pode tanto ser a violência física ou psicológica. E em todas as vezes, ou quase todas é causado de forma intencional.-Ela fala e apoia a cabeça na mão. Seu cotovelo está na sua coxa.

-Ok.-Falo devagar –Mas o que isso tem a ver com a forma que você tratou Jordan?-Pergunto ainda confusa.

Beth olha para o céu

-Desde o maldito dia que Anna fez amizade com Jordan...Eles dois ainda eram bem novos e eu não passava de uma criancinha imbecil...-Ela da uma pausa pensativa –Jordan  viu em mim algum tipo de ponto de alegria.-Ela fala e revira os olhos completamente irritada –Ele era tao filho da puta que não podia me esquecer...-Ela fala –Sabe o que é todo maldito final de semana você ter que lidar com o seu psicológico fodido?-Ela me olha e vejo seus olhos começarem a lacrimejar mas ela segura as lagrimas novamente muito bem. –Ele conseguiu me fazer odiar os meus óculos, ele conseguiu me fazer ter pavor dos aparelhos dentais e ainda por cima ele me fez sentir desgosto de mim mesma.-Ela bufa –Jordan fez uma bagunça com o meu psicológico Catherine. A minha mãe começou a me colocar pra visitar a Psicologa por conta da pressão que ser “princesa “causa. E talvez graças a isso eu não tenha entrado em algum tipo de problema maior, no final das contas eu comecei a usar todas as palavras idiotas dele como motivação para esfregar na cara dele o quanto eu não sou o que ele dizia que eu era. –Ela suspira –Eu mostrei para ele que ninguém nunca vai conseguir mexer com a minha estima novamente! –Ela sorri de forma maldosa-E ainda consegui fazê-lo provar um pouquinho do próprio veneno-Ela suspira 

Fico um tempo calada só observando-a

-Todas as vezes que eu joguei suco, bebida, comida nele..-Ela balança a cabeça –Nenhum se juntasse tudo isso conseguiria causar a dor que eu sentir cada vez que ele me zoava por eu ter dentes de cavalo, ou por ser quatro olhos...-

Mordo minha bochecha

Realmente é muito sério o fato de Beth ter sofrido Bullying. Sempre soubemos que Jordan a zoava. Na verdade, muitas vezes eu o vi zoando ela, mas conforme ela sempre revira os olhos ou dava a língua para ele...Nunca cheguei a imaginar que a opinião dele realmente causou um  trauma nele.

Respiro fundo.

-Beth...-Falo calmamente, e enfim ela me escuta. –Eu sei que deve ter doido demais. E não consigo imaginar a dor de se sentir diminuída por alguém...-Sou sincera –Mas não acha que toda essa vingança e ódio já foi longe demais?-Pergunto – Jordan devia ter por seus onze anos e você seus ointo...-Suspiro –Muito tempo se passou...Ele realmente amadureceu e nem mesmo deve ter noção que você realmente sentiu a dor das palavras dele.-Falo 

Ela me olha por um momento.

-Jordan agora é praticamente um homem , E você já é uma jovem...-Falo pensativa.- Você realmente acha que é saudável se odiarem por “brincadeiras de mal gosto “ que aconteceram anos e anos atrás?-Pergunto.

Beth suspira

-Tem coisas que eu não posso simplesmente estalar os dedos e fazer desaparecer Cat...Certas Cicatriz nunca fecham....-Ela volta a mexer na grama.

-Então realmente espera nunca mais falar com Jordan...-Não chego a perguntar mas é realmente triste esse fato.

-Eu quero pessoas boas ao meu redor.-Ela me olha por um momento.-E Jordan?-Ela suspira-Ele me faz mal –Ela fala com toda certeza.

Suspiro

-Então acho que eu não posso fazer mais nada.- É muito ruim quando chegamos a conclusão que estamos completamente inúteis.

-Sim.-Ela confirma e joga um pouco de grama no próprio vestido 

-Certas  coisas somente o tempo consegue concertar. –Falo com um pouco de esperança 

Beth ri de leve com certa ironia

-Vai sonhando –Ela fala me provocando e percebo que ela está um pouco melhor.

-E então?-Pergunto dando de ombros e olho para o salão –Vamos voltar para a festa?-Pergunto 

Beth olha para o salão

-Não estou mais animada –Ela fala com sinceridade –Tem mais gente falsa lá dentro do que eu já vi em toda a minha vida –Ela diz dando de ombros 

Sorrio

-Então o que faremos?-Pergunto

Eu sei que não é o certo ela abandonar a festa quase no final, mas enfim,a festa é dela e ela não quer mais...

Eu sei que na verdade Beth não está mais com clima nenhum pra isso...

-Que tal se ficarmos aqui fora mesmo? Conversamos um pouco até o momento que minha mãe der um certo quando não me encontrar e enfim terminarem a festa?-Ela pergunta rindo de leve

Concordo, como sempre, com as loucuras de Beth.

Mas ainda assim , mesmo conversando com ela e a distraindo, minha mente ainda viaja um pouco. Estou também preocupada com Jordan. Ele não parecia muito bem quando saiu daqui.

E realmente é angustiante a forma como Beth ainda nutri um ódio por Jordan que a cada dia só cresce. Enquanto ele, nem mesmo imagina o porque dela não gostar dele.

Sorrio de algo que ela fala.

Eu realmente só espero que tudo isso não acabe em uma catástrofe. 


Notas Finais


Amores do meu heart❤
Antes de matar a autora ,lembre-se que Liza não faz nada sem um propósito 😂 tudo na série está ligado
E por sinal, próximo capítulo começa começa "era" treta hauhauhau
Vcs acharam que eu n ia rebolar minha bunda hj? Kkķkkk quer dizer : Vocês acharam que eu n ia criar treta nessa temporada?hauhauhau❤ amo vcs hahahaha

Eu nao consegui colocar os links de forma que iria direto para o YouTube no último capitulo😂 me perdoam? Espero que sim! :3
Mas na vdd eu esperava que vcs copiassem o link e colocassem no YouTube que iria direto ao vídeo :3 porém eu sei que nem todos pensaram nisso 😅😅😅 então coloquei o link aqui na última nota e vou colocar lá novamente. Se quiserem ver as coreografias ❤✌

https://youtu.be/Kl5B6MBAntI (link 1) =Primeira coreografia

https://youtu.be/dDnYHX7opnk ( link2) =Primeira coreografia

https://youtu.be/XlB6gDWy16A (link 3) =Primeira Coreografia

https://youtu.be/Po6hxP5oVpQ (link 4) = Primeira coreografia


Um bom início de semana a todos vcs e logo logo nos veremos novamente ❤❤❤
Não esqueçam de comentar

Bjs no heart❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...