História Família Snape-Segunda temporada - Capítulo 86


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter, Saga Crepúsculo
Personagens Personagens Originais, Scorpius Malfoy, Severo Snape
Visualizações 20
Palavras 1.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 86 - Smooth Criminal no corredor.


O homem suspirou e disse:

- Mackenzie, vou ser bem direto, não gostei do seu comportamento em sala de aula...se houver conversinhas paralelas em sala de aula vou ser obrigado a te dar um castigo e não como professor e sim como pai!.

Mackenzie queria buscar e revirar os olhos mas ao inves disso apemas assentiu e disse:

- Tenho aula de DCAT agora...se eu me atrasar agora vou ganhar outra detenção!.

- Okay, vai logo!.

O menino saiu em velocidade inumana da sala de Nicolas deixando o homem parado pensando na vida mas logo acordou quando a turma do Segundo ano Grifinoria e Sonserina entrou.

Nicolas lançou um olhar arrogante para Nathalie e Scorpius, o casal de amigos ignoraram e sentaram em carteiras no fundo da sala causando mais ódio em Nicolas.

...

Ao entrar na sala de DCAT Mackenzie sentou ao lado de Louise Kingman que estava na frente.

Ao sentar Louise sussurrou.

- E ai?, ele te bateu?.

- Am...não!.

- Acho que seu avô se atrasou para aula!.

- Oh não...ele nunca se atrasa para nada, e aliás, aqui ele é o meu professor e não meu avô!.

- Oh tem razão, ele é nosso professor, agora sobre o atraso eu...

- Se prestasse atenção aos detalhes saberia que Snape está em sala de aula!.

A menina olhou ao redor e disse.

- Não vejo ninguém!.

- Olha para trás garota!.

A menina olhou para trás e deu de cara com Severo que olhava para a única dupla que conversava, que no caso era Mackenzie e Louise, a menina caiu da cadeira ao ver o professor.

Alguns alunos abafaram uma risada e Mackenzie puxou a menina para cima a ajudando a voltar para a cadeira.

Severo disse em seu tom frio encarando seu neto nos olhos.

- A senhorita deveria ser mais atenta ao professor em sala de aula,por tanto...menos 5 pontos para Grifinoria e detenção as 22:00 para os dois!.

Mackenzie revirou os olhos e ia dizer algo mas resolveu ficar calado.

Severo se aproximou da cadeira do Neto e disse.

- Quer me dizer algo?.

Mackenzie se levantou e disse encostando o seu nariz no do seu avô.

- Quero ir ao banheiro!.

Severo foi em direção inumana até a porta da sala e a abriu dizendo.

- O senhor tem 3 minutos!.

Mackenzie saiu em velocidade inumana deixando alguns alunos com a boca assim.

                            "  :-o  "

Mackenzie na verdade queria era fugir da aula, mas como só tinha 3 minutos usou para caminhar pelos corredores.

Olhou para os lado e como não viu ninguém resolveu fazer oque oque fazia quando não tinha ninguém olhando ou ouvindo.

Pegou o celular no bolso e conjurou um fone, colocou a música " Smooth Criminal" do Michael Jackson no máximo e começou a dançar de olhos fechados e a cantar alto.

Mal o menino sabia que os quadros estavam acordados e dançavam junto a ele e alguns alunos que passavam por ali viram o menino e começaram a imitar o seu jeito de dançar a coreografia do Michael Jackson.

O menino de olhos fechados imaginava estar sozinho, mal ele sabia que haviam pessoas filmando para colocar no jornal de Hogwarts.

Quando a música acabou o menino estava suado, abriu os olhos e toda multidão saiu correndo, Mackenzie não sabia oque pensar, apenas voltou para sala correndo em velocidade inumana, bateu na porta e Severo disse.

- Entre insolente!.

Assim que o menino com cabelos bagunçados, gravata torta, sapatos desamarrados, camisa branca transparente por conta do suor e capa...Bem ele havia perdido a capa em algum lugar na hora de dar o giro triplo igual ao Michael Jackson, Severo viu o estado do neto e perguntou.

- Oque aconteceu com o senhor, senhor Snape?.

Mackenzie sorriu e disse.

- Isso o senhor vai ver no jornal de Hogwarts de amanhã!.

Severo não entendeu nada mas tirou mais 10 pontos da Grifinoria só para não perder o costume.

A aula procedeu bem, todas as perguntas que Severo fazia a turma o responsável da Sonserina a responder era Bily Zabine e da Grifinoria era Mackenzie Snape.

Ao fim da aula Severo passou um resumo sobre Bicho-papão para entregarem na próxima aula.

...

Assim que Mackenzie e Louise saíram da sala a menina disse.

- Am...deixa eu te arrumar?, você ta meio...bagunçado!.

Mackenzie ficou com o rosto corado mas disse.

- Am...Okay!.

A menina ficou de joelhos amarrando o cadarço do menino, depois ficou de pé para ajeitar a gravata.

Na hora da menina ajeitar o cabelo Mackenzie teve que se curvar um pouco por ser mais alto do que a menina.

Assim os dois seguiram para o salão principal onde Severo certamente reclamava com Nicolas sobre o comportamento de Mackenzie em sala de aula.

Mackenzie estava tomando seu suco de abóbora quando alguém cutucou suas costas, o menino se virou e recebeu uma torrada na cara.

Mackenzie ia dar um soco na cara da Pessoa apesar de não estar enxergando quem era mas teve seu punho segurado por Louise que disse.

- Nada disso Mac...esse garoto é podre...não balé a pena brigar com ele!.

Mackenzie estava confuso então perguntou.

- Quem são os infelizes?, não consigo enxergar!.

Louise limpou o rosto de Mackenzie com sua própria capa e disse.

- Bily Zabine e Peter Parkinson!.

Mackenzie estendeu as duas mãos e disse.

- Prazer, me chamo Mackenzie Snape mas podem me chamar de Mac!.

Os dois meninos iam apertar a mão de Mackenzie só por pura ironia e implicância, assim que apertaram Mackenzie usou sua força da parte vampira e fez os dois darem uma cambalhota para trás com um golpe de Karatê que aprendeu vendo Karatê kid 2, os dois meninos caíram no chão como duas capivaras bêbadas.

Os dois meninos levantaram com a uma raiva do satanás e disseram em unissoro.

- Eu vou pegar você Snape!.

Louise gritou chamando a atenção do salão todo.

- Corre Mac!, corre viado!, correeeeeee!.

Mackenzie desviou o rosto de um soco que Bily Zabine mirou em seu rosto, quando Peter Parkinson ia dar um chute no íntimo de Mackenzie o menino segurou a perna de Parkinson e disse fazendo o menino quicar feito Saci Pererê.

- Eu sou Australiano, e lá é a terra dos cangurus boxeadores, quando tinha briga de canguru e oque estava perdendo acertava o que estava ganhando e acabava na liderança dizíamos uma frase, " Parece que o jogo virou não é mesmo?".

O menino disse apenas.

- Me larga seu sujeitinho de sangue ruim!.

Mackenzie riu com seus olhos vermelhos pela raiva e disse.

- Oh não...quer falar de sangue comigo?, esqueceu que a minha metade não bruxa se alimenta de...

Mackenzie nem precisou dizer pois Bily Zabine que estava no chão por ter sido empurrado por Mackenzie após ter tentado dar um soco no rosto de Mackenzie gritou enquando corria engatinhando em direção a porta de saída do salão.

- Sangueeeeeeeeeee o menino da Austrália bebe sangueeeeeeeeeeeee!.

Nathalie que estava entrando no salão abriu a porta bem na hora que Bily Zabine ia sair, por isso a porta bateu na cabeça do menino o fazendo cair durinho com um galo gigante na testa, a menina olhou e perguntou.

- Oh meu Merlin, você está bem?.

O menino disse apenas.

- Sangue!.

Após Mackenzie gritar com Peter Parkinson o salão todo que estava olhando para Nathalie e Bily Zabine voltou a atenção para eles.

Mackenzie gritou.

- CURVE-SE E ME PEÇA DESCULPAS!, EU SOU ALERGICO A AMORAS DO VALE, ESSA TORTA TEM AMORAS DO VALE!.

 O menino assustado com o grito feroz do meio vampiro que até então tinha o tom de voz tão baixo e doce, caiu de joelhos no chão e disse com medo de morrer.

- Desculpe!, desculpe!.









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...