História Family - Interativa - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens I'M, Jimin, Jungkook, Ki Hyun, Show Nu, Suga, V, Won Ho
Tags Bangtan Boys, Bts, Interativa, Interativa Acabada, Monsta X, Vagas Abertas
Visualizações 37
Palavras 3.068
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


❧ Último capítulo de Family.

❧ Boa Leitura e me perdoem se o capítulo estiver enorme demais, é que tem que ser assim né. Obs: Quero que vocês leiam escutando a música na parte que eu mandar, vai dar uma emoção há mais e vai ficar parecendo um filme! Aproveitem.

Capítulo 38 - Final


Fanfic / Fanfiction Family - Interativa - Capítulo 38 - Final

Casamento.

- Min Hee On. -

Depois da cerimônia, os recém casados foram para as fotos que casais normalmente fazem com a decoração antes de conversar e agradecer pela presença dos convidados. Eu estou com Minjun em meus braços em uma grande mesa em que todos do Colegial estão aqui, exatamente todos. É, até mesmo aquelas garotas que me perturbavam com Chang quando mais novos.

- É um bebê muito lindo. - disse a mulher que vivia infernizando minha vida no Ensino Médio, me chamava de "santinha". Hoje está uma mulher casada e sem filhos. - Estou ansiosa para os meus.

- Fico feliz que você e Changkyun tenham dado certo. - disse a mulher ao lado da mesma, que também me perturbava com o apelido maldoso. -

- É... - falei sorrindo de lado e pegando nas mãos pequenas de Chang, que sorriu. - Eu também.

- Com licença. - disse a voz de Julie se aproximando de nossa mesa. - Chang, eu posso roubar Hee por um instante?

- Claro. - ele disse pegando Minjun em seus braços. - Não demorem para as homenagens.

Julie se atracou em um de meus braços e começou a andar rápido até um lugar mais escondido de nossa mesa, o que me fez estranhar. Será que ela já se meteu em problemas de novo?

- Ele está aqui. - ela disse. -

- Ele quem? - estranhei falando baixo. -

- Mark e seus amigos. 

- Uh, eu tenho que contar isso para Hyori, ela ainda fica morrendo de raiva daquele loiro que a beijou a força. - falei quase andando, mas fui puxada de volta. -

- Não! - ela disse batendo um de seus pés. - Mark gosta de mim e Yoongi talvez esteja percebendo isso.

- Então significa que você está bem ferrada... - falei fazendo careta. -

- Ferrada não, é só eu ficar fugindo dele e...

- Ju. - falei tocando seu ombro. - 

- Ele tá atrás de mim, né? - concordei com a cabeça e saí dali, deixando os dois. -

- Julie On. -

- O que você quer? - perguntei em tom fraco. -

- Eu quero te apresentar uma pessoa. - disse. - Moira, essa é Julie. Julie, essa é Moira, minha esposa.

- Olha aqui... - falei sem pensar bem, mas ao ouvir essa última frase, gelei. - Sua o que?

- Minha esposa. - ele riu. -

- Muito prazer. - ela disse sorrindo e estendendo sua mão para apertar a minha. - Mark me disse que você é fotógrafa, nós dois estávamos pensando sobre um ensaio de fotos nossa.

- Não era para contar, querida. - disse. - Ainda não falei sobre trabalho com ela.

- Ai meu Deus. - Ela levou suas mãos até sua boca em uma ato de surpresa. - Que boca a minha! Mas Mark elogiou bastante seu trabalho, fiquei curiosa.

- Uh, obrigada... - falei sem jeito. -

- Querida, é melhor ir para nossa mesa, daqui a pouco serão as homenagens. - disse Mark. -

- É verdade. Adorei te conhecer, Julie! - disse me dando um leve abraço e voltando para a mesa. -

- Então, você é casado? - perguntei de modo tímido. -

- Sim, tentei contar, mas foi meio que impossível. 

- Mas por que ficava indo atrás de mim se é casado?

- Uma amizade entre nós não pode existir? - perguntou. - 

No mesmo momento, abracei os bracinhos de Mark. Era isso que eu queria. Apenas isso.

- Hinami On. -

- Urgh... - gemi baixo sentindo minha barriga doer. -

- Está tudo bem? - perguntou Jungkook sentado ao meu lado. -

- Sim, eles devem estar com fome. - falei. -

- Mais alguns dias e Hina vai estourar, como se sente sabendo disso, Kook? - riu Jooheon sentado em nossa frente ao lado de sua esposa, que estava linda por sinal. - 

- Eu vou estourar a sua cara, Lee Jooheon. - falei séria levantando a mão em tom de brincadeira, mas levei as mesmas até a barriga, estava doendo muito. - Ai...

- As contrações estão ficando difíceis de aguentar, não é? - disse Hani. - Quando eu estava grávida de Jinyoung, faltando apenas alguns dias eu não suportava a dor, as contrações estavam se tornando bem mais frequentes em um intervalo bem curto de tempo.

- Isso está acabando comigo... - falei respirando fundo. - Mas de uma coisa eu tenho certeza, eles não vão nascer hoje e nem aqui. Não vão estragar o casamento da minha melhor amiga.

- Megan On. -

Eu, Helena, Hyori e familiares estávamos sentados na maior mesa dali, afinal essa era a mesa para todos que estudaram com a pequena JinAh.

- Não olha agora, mas aquele loiro daquela noite não para de te olhar, Lee Hyori. - falei sorrindo. -

- Quem? - ela se virou para ver quem era. - Ah não, é Jackson. Ele roubou um beijo de mim e eu dei um tapa na cara dele, acha que estou me sentindo feliz por isso?

- Eu ficaria, já que ele agora está te paquerando de novo. - disse Helena. -

- Eu pararia de falar sobre isso agora. - disse Kihyun em um tom baixo. -

- Amor, sem essa. Jackson que está dando mole. - falei. -

- Se vocês olharem para trás, entenderão o que Kihyun quis dizer com isso. - disse Taehyung um pouco mais sério do que o normal. -

Olhamos para trás e lá estava Shownu com Taeyong em seus braços. Eu estava paralisada, não sei se estava por conta do que falei ou porque ele realmente veio.

- Jin On. -

Estava tudo tão lindo, tão perfeito. As fotos, as decorações, tudo! Quando tiramos as fotos, fui junto com Wonho falar com os convidados nas mesas, logo após isso será a hora de homenagens. Íamos de mesa em mesa falar com cada convidado que estava ali e tirar algumas fotos rápidas, a última mesa foi a maior, a mesa dos meus amigos que estudaram juntos no Colegial.

- Jiyong, Taehyung, Yoongi e Park Jimin, controlem na bebida! - gritei brincando para os rapazes que levantaram seus copos em seguida. - E então, agora, vamos nos preparar para as homenagens?

- Não, agora, eu tenho uma surpresa para você. - disse Wonho. -

- Hoseok! - falei batendo um dos pés no chão. - Mais surpresa do que a surpresa que você fez ao comprar as passagens de lua de mel para o Japão?

- Isso, mais surpresa que isso. - disse puxando meu braço. - Vem cá. 

Ele puxou meu braço até um lugar mais distante de onde todos estavam e cobriu meus olhos.

- Wonho, não vai me matar do coração, não é? - perguntei rindo. -

- Abra os olhos. - disse. -

Quando abri os olhos, estavam ali duas pessoas que eu pensei que não pudesse ver aqui. Bem no meu casamento. Era impossível ver as duas juntas assim, mas estavam.

- Pais? - falei. -

 

- Hyori On. -

- Pensou sobre o divórcio? - perguntou Shownu em um canto mais reservado. -

- Pensei. - falei balançando Taeyong em meus braços. - Eu aceito. Mas quero ficar com Tae nos finais de semana, quero poder sair com ele.

- Sabe que você quase deixou ele morrer por puro descuido, não é?

- Sei. - falei seria. - Mas eu o amo. E nada vai me impedir de ficar longe dele.

- Era isso o que eu queria ouvir. - Shownu sorriu com seu fofo eye smile. - Para o bem de nós dois, isso deve acontecer. Mas nunca, nunca ouse sair da minha vida, entendeu?

- Entendi, ursão. - sorri e me aproximei de seu corpo. - Vamos, as homenagens vão começar.

Peguei em sua mão e voltamos para a mesa que estávamos. Se der um fim à esse relacionamento faria Shownu feliz, eu aceitaria. Mesmo que doesse bastante ter que fazer isso, mas eu ainda teria meu filho. E é apenas isso o que importa.

Domingo, 12:20 pm.

- Myung On. -

Nosso último dia aqui foi finalizado com um almoço preparado para os familiares e amigos mais íntimos de JinAh, também serve como despedida, já que a mesma está viajando segunda de madrugada para o Japão. Estou na cozinha terminando de arrumar alguns pratos para levar para a mesa que está fora da casa, hoje o almoço será ao ar livre.

- Omma! - gritou Sun Hee. - Deixa eu levar os talheres!

- Tome. - dei para ela alguns talheres, que saiu correndo. - Cuidado com as facas!

- Amor, Wonho disse que tem cervejas na geladeira, sabe onde está? - perguntou Jimin entrando na cozinha em busca de bebidas. -

- Segunda gaveta do congelador, Jin colocou lá. - falei. -

- Omma! - berrou Sook que veio correndo até nós. - 

- Jimin, você devia estar me ajudando com as meninas. - falei bufando de cansaço. -

- Eu sei, amor. - ele fez uma cara fofa e esticou os braços para pegar Sook. - Vem cá, filha.

- Appa, tô com fome. - disse a criança de cabelos ruivos nos braços do pai.

- Eu sei, filha, mas só poderemos comer quando estiver... Espera. Você me chamou de Appa?

Parei no mesmo momento o que eu estava fazendo e abri um largo sorriso.

- Appa, quero comer. - disse a menina de novo fazendo biquinho. - 

- Myu, você escutou isso? - perguntou Jimin surpreso. - Ela me chamou de Appa! Finalmente, eu sou Appa, eu me tornei Appa novamente!

- Sério? - disse Megan descendo as escadas. - Myung, você por acaso é uma máquina de fazer filhos? Amiga, pare.

- Eu não estou grávida! - berrei rindo. -

- Helena On. -

Um almoço feliz para todos que estavam ali. Algo tão divertido, tão em família. Tão unidos. Algo em família devia ser feito mais vezes, sinto que ali era meu lugar, com aquelas pessoas. Não sei se a gravidez me deixou sentimental demais, mas estou apaixonada por esse lugar.

- Lena, viu Hinami? - perguntou Jungkook se aproximando de mim e de Tae na mesa. -

- Ela está dentro de casa com as crianças. - falei. - Algum problema?

- Temos que arrumar nossas coisas para viajar, o parto está marcado para quarta, quero estar em Busan antes do dia. - falou Kook. -

- Não vai sair amanhã de madrugada? - perguntou Tae. - Pensei que fosse ficar mais tempo.

Me levantei e entrei na casa, Hinami estava sentada em um dos sofás com as crianças ao seu redor brincando. Ela estava tão fofa, me sentei ao seu lado e começamos a conversar qualquer bobagem sobre o que faríamos de nossas vidas agora, até Jin chegar e sentar conosco.

- Vocês nem sabem. - disse Jin se sentando. - Hyori deu o número de celular dela para Jackson ontem. Será que rola?

- Acho que só depois do divórcio. - falei. - Ela está sentida pelo fim com Shownu.

- Ai, meu Deus... - disse Hina alisando a barriga. - Eles não estão parando quietos...

- Mas talvez ela vá deixar isso de lado e vá tentar algo novo. - disse Jin. -

- Tia Lena? - disse a voz doce de Melissa se aproximando de mim. -

- Oi, querida. - falei sorrindo. -

- Nessa casa tem banheiro?

- Claro que tem, Mel. - falei apontando para as escadas. - Primeira porta à esquerda lá em cima. 

- Mas não é para mim, tia. É para a tia Hina, ele está fazendo xixi. - disse a voz inocente. -

Eu, Jin e Hinami arregalamos nossos olhos e olhamos para as pernas da grávida, uma grande quantidade de líquido escorria rápido de suas pernas. Jin entrou em colapso e eu, bem, parecia que os filhos eram meus de tanto desespero.

- Minha bolsa estourou! - berrou Hinami. - Chamem Jungkook, agora!

O desespero tomou conta daquela sala, Hinami gritava como louca e eu nunca havia escutado ela gritar tanto assim. Wonho pegou sua Van e levou até até porta da casa para fazer com que ela entrasse dentro do carro.

- Alguém aqui sabe mexer com essas coisas?! - berrou Jungkook antes de entrar no carro. -

- Eu! - disse Hani colocando o filho que estava em seus braços no chão. - Eu vou com vocês, Jooheon, tome conta de Jinyoung.

- Narradora On. -

Gritos e mais gritos dentro do carro, Hinami suava como alguém que havia acabado de fazer horas de exercícios. Estava deitada no colo de Jungkook apertando suas mãos e com suas pernas abertas para Hani, que checava tudo o que estava acontecendo por baixo do vestido da grávida.

- Ela está tendo contrações a cada cinco minutos e está com cinco centímetros de dilatação. - dizia Hani enquanto olhava debaixo da saia. - Se você não dirigir um pouco mais rápido, as contrações vão aumentar cada vez mais.

- Eu estou fazendo o melhor que posso. - disse Wonho com os olhos vidrados no volante. -

- Temos que levá-la pra Busan, eles estão marcados para nascer lá. - disse Jungkook desesperado enquanto segurava a cabeça de sua mulher em seu colo. -

- Não vai dar tempo, a dilatação dela está cada vez maior. Não terão tempo suficiente para uma viagem até Busan. - disse Hani. - Respira fundo Hinami, está indo bem, muito bem.

A respiração ofegante de Hinami matava Kook ao ouvir sua mulher sofrendo tanto. Ela chorava, mas não de dor e sim de medo por pensar que seus filhos nasceriam dentro de uma van de um amigo do Colegial. Os que estavam ali respiravam fundo de tanto nervosismo em tão pouco tempo.

- Jin... - gemeu Hinami em tom baixo. - Me desculpa por estragar... O dia era seu...

- Hina, não.  - disse JinAh pegando na mão livre de sua amiga. - Você não estragou, você tornou minha vida melhor. Sem você, eu nunca seria quem eu sou atualmente, ou melhor sem vocês todas. De agora em diante, tudo vai mudar. Nada vai ser mais o mesmo, bom, apenas uma coisa vai continuar, nossa amizade. 

As palavras de JinAh declararam o futuro. Ou pelo menos uma grande parte dele, mas o que ela não citou foi que um dia, todos ali se reencontrariam novamente. A verdadeira família é aquela que é unida pelo espírito e não pelo sangue. 

[Música nas Notas Finais, super recomendo]

Ao longo dos meses...

A felicidade chegava para todos. Kim Min Hee saindo de seu trabalho e indo em direção à um lugar diferente do que costumava ir, a escolinha de seu filho. Chegando lá, encontra Changkyun sentado em uma mesa, afinal, é a apresentação de Minjun para o dia dos pais. Ela fica tão feliz ao ver aquele menininho abraçar o pai tão forte. Enquanto isso, Myung está em uma casa de praia com suas filhas, seus cachorros e seu maravilhoso marido. Se divertindo como uma família, completamente apaixonados e brincando com as ondas do mar de noite, com as luzes das estrelas no céu. Julie em seu passatempo, fotografando seu casal de amigos, Mark e Moira, sorri ao ver seu grande amigo mandar um "joinha" para si e em seguida beija sua mulher. Mas a felicidade de Julie não acaba aí. Chegando em casa, vomita algumas vezes, o que preocupa Yoongi. Ele parece ansioso com a notícia que está prestes a receber, roendo as unhas com Lucy em seus braços, até a loira Julie abrir a porta do banheiro e trazer em suas mãos aquele pequeno teste, que afirmava estar grávida. Os dois se abraçam de tanta felicidade e dão pulinhos de alegria. O casal de modelos, Megan e Kihyun, como sempre nas passarelas e fazendo muito sucesso nas mídias em seus desfiles juntos, como um casal apaixonado, que é o que são. No aniversário de Melissa, a menina apresenta para a família um novo "amiguinho" da escola, o que faz Kihyun bufar e Meg rir ao ver que sua filha está entrando em uma nova fase da vida, a pré adolescência. Para alguns, as coisas não ficaram totalmente boas, como Shownu e Hyori, que se divorciaram. Mas da forma mais amigável possível, sempre juntos como os amigos que sempre foram. Nem ficou tão ruim para Hyori, já que a mesma conseguiu encontros com Jackson, que se tornou um segundo pai para o pequeno Taeyong, a vida de Hyori estava melhorando. Agora, Hinami tinha seus gêmeos em braços. Jungkook, que já era babão antes, se tornou mais ainda. Uma família tão carinhosa estava se formando ali. A barriga de Helena cresceu, com o tempo, já se podia descobrir o sexo do bebê, uma menina para o papai Taehyung. Algumas complicações no fim da gravidez, mas nada que empatasse que a família fosse feliz. Enquanto Jin e Wonho, em sua viagem para o Japão encontraram um casal um tanto quanto estranho estar ali, Jooheon e Hani, passando suas bodas de madeira (5 anos) juntos. Algo divertido e entre amigos. O tempo passava para todos e a vida seguia, mas todos lembravam como se o casamento tivesse sido ontem.

Tanto tempo se passou e olhem o que já estavam fazendo, comemorando o aniversário dos filhos de Hinami! Todos juntos novamente, comemorando e se divertindo. Julie com mais uma menina em braços ao lado de Yoongi com Lucy. Min Hee ao lado de Chang e Minjun sorrindo como crianças. Helena com sua menina no colo de Taehyung, uma bebê calma e de aparência quase igual à de sua mãe. Hyori com Taeyong brincando perto da mesma e em seus braços, outra criança, gerada de seu relacionamento com Jackson. Myung beijava a bochecha de suas meninas que estavam nos braços de Jimin. Megan, como sempre, esbanjando beleza ao lado de seu marido e seus filhos modelos. Lee JinAh e Wonho, depois de muito tempo, mostrando o barrigão pela primeira vez, finalmente grávida de oito meses. Por fim, Hinami e Jungkook com seus gêmeos ao braços para uma foto em família. Uma família de amigos, onde todos podem ser irmãos para sempre. Mas, uma pergunta que não quer calar...

Como não podemos falar sobre família, quando a família é tudo que temos?


Notas Finais


❧ Música: https://m.youtube.com/watch?v=TFk0M_Jhr_A

❧ Esse é o nosso final, pessoas 😢❤ Espero que tenham gostado e que estejam chorando (porque eu estou, abafa). MAS ESPEREM, ainda tem uma surpresinha para vocês, então fiquem atentas!

❧ A ordem dos acontecimentos citados, pode ser alterada. A diferença de tempo é entre alguns meses, ou até mesmo anos.

❧ Obrigada por lerem e comentem o que acharam do nosso final! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...