História Family love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Família, Incesto, Sexo
Visualizações 32
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - A prova


Quando terminei minha frase, Alex me levantou e foi andando até a parede atrás de mim, batendo meu corpo contra ela. Gemi de dor. Uma dor gostosa. Excitante. 

Enrolei minhas pernas firme em sua cintura, enquanto tirava sua blusa. Quando acabei, ele abriu meu sutiã e veio de boca em meus seios que já estavam durinhos. Ele mordia e chupava com força o esquerdo, enquanto apertava o direito e deixava as marcas de seus dedos nele. Eu gemia como um gato miando, cada vez mais alto. 

-Geme pra mim, Ell. Geme... Ohhh...- ele gemia com uma voz rouca enquanto me ouvia gemer em seu ouvido. 

Dava chupões em seus ombros, mordia suas orelhas e seu pescoço, fazendo-o gemer mais alto. 

Alex andou me segurando e apertando tão forte minhas coxas que me machucava até chegar ao sofá, quando me jogou e veio rasgando minha calcinha. E apertando meu clitóris com seu polegar. Aquela hora eu gemia tão alto que os vizinhos devem ter achado que eu estava apanhando. Eu realmente estava, mas de um jeito gostoso e excitante. 

Eu arranhava as costas de Alex enquanto ele chupava meus seios, deixando os dois muito marcados e doloridos. 

Ele me beijou. Nossas línguas brincavam de um jeito louco e rápido. Era delicioso. Eu gemi no meio do beijo quando, do nada, ele introduziu-me três dedos de uma só vez. 

-Chega, não consigo mais esperar.- falei arrancando sua bermuda e jogando-a longe. Beijei seu pênis por cima da cueca. Mordia-o. Acariciava-o. Ele estava tão ereto que parecia já estar até doendo. Puxei sua cueca de uma só vez, vendo seu pau bater em sua barriga de tão duro. Eu gemi só de ver. 

Beijei sua glande e a lambia loucamente enquanto ele gemia, desesperado para que eu o chupasse. Torturei-o por mais um tempo e lambia toda a sua extensão, beijava, apertava seus testículos...

-Me chupa, Ell. Pelo amor de Deus. 

-Usando nome de Deus em um boquete? Que pecado.- falei e sorri maliciosamente. Quando ele começou a sorrir, abocanhei seu pau olhando pra ele, fazendo-o gemer muito alto. Alex segurou meus cabelos com força e começou a foder minha boca, me deixando sem ar enfiando seu pau bem fundo na minha garganta, até que gozou e deu um grito muito satisfatório. 

Me levantei na hora e sentei em seu colo, com uma perna de cada lado de seu corpo, rebolando em seu pênis enquanto chupava seu lábio inferior. Inclinei um pouco mais meu corpo e com uma de minhas mãos, masturbava lentamente seu pau, sentindo-o ficar duro rapidamente. Quando não aguentava mais, sentei nele e cavalguei. Comecei devagar, gemendo alto. Aquele pau era enorme. Sentia toda a sua extensão entrando em mim e aquilo doía. Eu estava amando. Ele começou a movimentar seu quadril para cima e para baixo em um movimento rápido e forte, me fazendo gritar alto e suar muito. Quando senti todo meu corpo estremecer e notei que a penetração estava ficando mais difícil pois minha boceta estava se contraindo, falei:

-Eu vou gozar. Ahhhhh- dei um gemido maravilhoso que o fez gemer junto. 

Ele parou na hora e me deitou no sofá, vindo de boca e me chupando com força, me fazendo gozar em sua boca. Lambeu tudo e se deitou sobre mim com sua cabeça em meus seios. 

-É você quem me satisfaz.- ele disse e começou a lamber e chupar meus seios, agora mais delicadamente e massageava meu clitóris com calma, esperando mais um orgasmo meu chegar. 

-Eu sabia. Ouvi minha mãe gemendo hoje. Não esperava que você tivesse forças pra fazer isso agora de novo. 

-Ela não me cansa assim. Mas depois dessa aqui, eu preciso de mais um tempo pra recuperar. 

-Ah, tá cansadinho, Alex?- falei sorrindo. 

-Depende. Você está satisfeita? Se não estiver, eu só paro quando conseguir. 

-Até estou, mas quero gozar de novo, só pra te dar mais um pouco do meu sabor que eu sei que você gosta. 

-Seu pedido é uma ordem.- falou descendo e enfiando três dedos em mim, enquanto chupava meu clitóris e olhava pra mim enquanto eu me contorcia e gemia loucamente. Colocou mais um dedo e aumentou a velocidade dos movimentos, chegando e me machucar. Passava o polegar no meu clitóris e distribuía beijos pela minha barriga. Gozei muito. Nunca gozei tanto. Seus dedos saíram todos pingando. Chupou dois deles e me fez chupar os outros dois. Adormecermos ali mesmo. 

 


Notas Finais


Espero que gostem. Comentem qualquer coisa que possa ajudar a melhorar. Beijinhoss!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...