História Famous Daughter - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias 1PUNCH, GRAY, Jay Park, LOCO, Monsta X, Seventeen, Simon D.
Personagens 1(Jung Jaewon), GRAY, Jay Park, Joo Heon, Lee Jihun "Woozi", LOCO, Simon Dominic
Tags Comedia, Drama, Loucura, Romance
Visualizações 79
Palavras 1.674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


desculpa a demora pessoal, alguns problemas técnicos aconteceram, mas estou de volta

Capítulo 31 - De Volta a Minha Vida


Fanfic / Fanfiction Famous Daughter - Capítulo 31 - De Volta a Minha Vida

Escrevi varias letras de música, me deixei levar pelas melodias que surgiram em minha cabeça, sempre trancada no estúdio de meus pais tentando produzir, não sei por que estou fazendo isso já que não sou mais cantora.

Talvez seja o costume, se fico parada tenho a necessidade de compor algo, está no meu sangue à música! Afinal minha família é de cantores, suspirei tomando um gole de café ajeitei Hyo em meus braços, ela gosta quando toco violão! Estamos apenas nós duas em casa, Jooheon voltou ontem de noite, vamos ficar um bom tempo sem nos ver, porem ele deixou uma surpresa para mim, ele mesmo fez um contrato para assumir a paternidade de Hyo a cada dia que passa esse idiota me surpreende, é um fofo.

Levantei da cadeira de rodinhas com cuidado para não acordar minha filha, 21 anos e mãe, inacreditável porem feliz! A levei para o meu quarto a deitando com cuidado na espaçosa cama a observei dormi com tranquilidade, depois de um bom almoço inevitável não sentir sono, voltei para o estúdio fechando a porta voltando a olhar meu caderno com uma letra incompleta, peguei o violão e dedilhei alguns acordes decidir escrever tudo o que passei a terapeuta recomendou para escrever os meus medos e inseguranças, mas aposto que ela não imaginaria que fosse transformar em música.

Eu realmente não entendo porque estou fazendo isso, saudades talvez? Falando em saudades tenho dos meus pais e irmãos, soube que os gêmeos já andam, tenho saudades deles! Muito tempo sem os ver, olhei para a foto no porta retrato em cima dos equipamentos de som na mesa uma foto minha segurando Hyo no colo e Jooheon nos abrasando, inevitável não sorri já faz um ano que estamos juntos e ainda não tivemos uma relação mais profunda, não sei como ele não me largou por causa disso, tenho medo de seguir mais a fundo, deixei meus pensamentos de lado e voltei ao trabalho quando meu celular vibrou ao meu lado suspirei pesado e o peguei.

Sophia mandou uma mensagem: Abre esse link agora, ordenou e fiz o que mandou cliquei no link junto da mensagem que abriu em uma matéria mostrando Jooheon passeando com Hyo pelo parque aqui perto de casa, olhei atentamente para depois passar a mão no rosto, oh ainda tem um vídeo apertei no play vendo os dois andando tranquilamente de mãos dadas na rua, Hyo depois pediu colo para ele Jooheon sorriu e lhe deu diversos beijos na bochecha, agora todo mundo quer saber quem é a menina, espero que ele não abra a boca, na verdade espero que ele não fale nada, que pensem que é uma sobrinha ou prima.

Recebia uma mensagem de meus pais falando da noticia, depois meus irmãos que fizeram a mesma coisa, voltei meu foco para a música mais o bendito contrato de Jooheon oppa está me distraindo, revirei os olhos e peguei o contrato dando risada, ele é realmente fofo! Peguei a caneta e assinei meu nome e em seguida tirei uma foto e mandei para ele.

- Acho que vou dar um tempo aqui! – falei comigo mesma fechando meu caderno, levantei me despreguiçando e sai da gravadora escutando barulho de televisão na sala, ao entrar vejo Hyo assistindo desenho – Você não devia está dormindo? – falei e botei as mãos na cintura, a menininha se virou para mim e sorriu, revirei os olho e fui para a cozinha pegar algo para comer abri a geladeira vendo o que posso comer.

- Omma! – Hyo gritou da sala.

- Oi? – berrei de volta, peguei uma maçã.

- O que é sexy? – perguntou quase me fazendo derrubar a maçã, fechei a porta da geladeira e arregalei os olhos, como essa menina sabe essa palavra? – Onde você viu essa palavra? – dei uma mordida na maçã para me acalmar.

- O appa antes de ir, falou para cuidar da minha omma sexy! – respondeu, passei a mão na testa, eu te mato Jooheon! Fui para a sala parando na frente dela e sorri amarelo acho melhor falar a verdade né? Eu não sei, o que meus pais faziam no meu lugar?

- Então Hyo, uma pessoa sexy digamos que é... – cocei a cabeça, ah dane se eu vou falar a verdade - Uma mulher é sexy sem precisar mostrar que tem peitão ou bundão. A verdadeira mulher sexy é atraente no jeito de andar, sorrir, falar e até mesmo no simples fato de mexer com os cabelos – lhe expliquei a boca dela está em um perfeito formato de O, o que me fez sorri.

- Omma é sexy! – ela sorriu, rir de nervosa, digamos que antigamente eu era uma sexy vulgar, saudades, olhei para as minhas roupas folgadas e desgastadas, no momento estou mais para uma sem teto.

- Obrigada! – acariciei os cabelos dela.

- Eu sou sexy? – apontou para si mesma, tossi alto.

- Não, vai demorar alguns anos para você virar uma mulher sexy, e quando virar, os homens vão te elogiar e vão querer ir atrás de você!

- Porque ir atrás de mim? – seu tom foi de espanto, apertei a bochecha dela de leve.

- Para querer ficar com você, você vai ser uma mulher linda quando tiver o meu tamanho, eles vão querer namorar você, assim como o appa namora a omma! – sorri, ela logo sorriu se levantando dando pulinhos no sofá.

- Eu quero um namorado!

- Quando crescer, tudo bem? – mostrei o dedinho para ela que o entrelaçou com o seu, assistimos o desenho juntas.

- Appa disse que a omma fica muito linda e sexy nos palcos! – ela falou sem desviar o olhar da TV, dei um sorriso tímido, esse idiota.

- Foi?

- Sim, eu acho a omma bonita nos palcos! – olhei para ela e sorri animada, ah Hyo você me deixa às vezes sem jeito e isso é bom.

- A senhora vai voltar a cantar? – dessa vez ela me olhou com seus olhinhos puxados e fofos cheios de esperança, acariciei a bochecha gordinha dela, dei de ombros.

 

(...)

 

Depois de chorar algumas vezes por causa das letras pesadas que escrevi, porque eu estou fazendo isso? Acho que nunca escrevi letras tão pessoais assim, passei essa semana incomunicável de todos enfurnada na gravadora de casa ou na empresa, Sophia está confiante de que eu volte para minha antiga vida.

Não só ela acha isso como todos os produtores e os artistas da empresa, meu tempo foi reduzido, me sinto mal por não dar muita atenção a Hyo mais ela não parece se importar até fica empolgada com o que estou fazendo.

- É isso! – olhei para ultima letra de música, fiz dez letras de músicas, uma para Jooheon, outra para Hyo e outra... Contando o que aconteceu comigo é bem pessoal! Todas já foram gravadas e vão ficar no esquecimento, não tenho certeza se quero fazer isso, a porta da sala foi aberta e Sophia e meu produtor Jones entraram.

- Onde está? – Sophia olhou para as letras de música espalhadas na mesa, entreguei para ela as três em especial – Essa aqui é para quem? – perguntou me mostrando a letra da música, ela entregou as outras duas para Jones que analisa.

- Para a Hyo – sorri e dei play na melodia.

- Gostei da batida! – Jones se pronunciou sentado do meu lado na cadeira de rodinhas – Já tem gravado?
Sim!

- Que lindo “Meu milagre, minha salvação, como magica você me transformou me livrando de meus medos e minhas inseguranças, meu pequeno sonho!” – ela citou um trecho da letra sorrindo – Isso é fofo.

- Sim! – rir.

- Aposto que essa é pro seu namorado? – Jones balançou a folha de papel, concordei e troquei a batida, para uma mais animada, Sr Jones entregou a folha para Sophia que sorriu.

- Vermelho foi a nossa cor, assim eu fui atraída, tão inocente e doce como caramelo, é perfeito como flui, é incrível te ter em meus braços, minha luz no fim do corredor – Sophia tentou imitar meu jeito de cantar – Gostei!

- Obrigada! – agradeci.

- Bora, essa letra aqui... – Sr. Jones ficou lendo a letra no papel – A desgraça chegou a mim, a tragédia me consumiu, o desespero me afogou, uma ferida profunda se alastrou em meu coração, os fantasmas às vezes me assombram para lembra que eu não vou ser mais a mesma! – ele leu a letra olhei seria para ele esperando o que tem para falar.

- Profundo! – Sophia sentou atrás de mim no sofá, balancei a cabeça em concordância, Jones deixou a letra na mesa e se virou para mim pegando minhas mãos.

- Você precisa voltar! – falou serio olhando para minhas mãos – Essa letra... Tira minhas palavras, não deixe seu talento morre assim, mostre que você deu a volta por cima, enfrente esse medo – contou e sentir meus olhos lacrimejarem.

- Isso Bora, você tem que dar esse passo, você mesma diz que sua filha está louca para te ver nos palcos! – Sophia tocou no meu ombro, sorri ao lembrar da pequena.

- Você está pronta para virar a página do seu passado? – Jones sorriu de lado, suspirei e concordei Sophia deu um gritinho e bateu palmas me abraçando por trás em seguida, ri de seu escândalo.

- Então vamos trabalhar! – ela falou alto, fazendo Jones rir, revirei os olhos.

- A maioria do trabalho já foi feito agora só falta às coisas pequenas! Volte para casa e conte a novidade para a pequena Hyo! – Jones se levantou e sorriu animado indo para a porta me despreguicei na cadeira.

- Estou animada, vou agendar as coisas que faltam! – disse Sophia empolgada e saiu da sala me deixando, olhei para as letras espalhadas na mesa e sorri, parece que a menininha em casa vai gostar dessa novidade, sentir meu celular vibrar é uma mensagem de Jooheon: Conseguir um tempo livre de alguns dias estou pensando em visitar vocês duas! Parece que ele também ai gostar da novidade, isso Bora vamos voltar a ativa com esse trabalho diferente, que frio na barriga só de pensar nisso.


Notas Finais


BORA VOLTOU!!! BORA IS BACK!!!
um pouco pequeno esse cap né? desculpe os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...