História Famous Daughter - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 1PUNCH, GRAY, Jay Park, LOCO, Monsta X, Seventeen, Simon D.
Personagens 1(Jung Jaewon), GRAY, Jay Park, Joo Heon, Lee Jihun "Woozi", LOCO, Simon Dominic
Tags Comedia, Drama, Loucura, Romance
Exibições 50
Palavras 1.815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hello babies

Capítulo 4 - Bonitão Vermelho


Fanfic / Fanfiction Famous Daughter - Capítulo 4 - Bonitão Vermelho

Sábado a semana que eu mais amo, não preciso ter que ir naquela escola chata! Fiquei na minha cama aproveitando minha preguiça, até... Uma empregada entrar no quarto e abri as cortinas acabando com minha paz, reviro os olhos a observando com raiva.

- Não me olhe assim senhorita, sua mãe mandou lhe acordar! – ela disse parando na minha frente.

- As 6h da manha? – apontei para o relógio de parede arregalando os olhos, ela sorriu e saiu do quarto, minha mãe é louca? Me acordar nessa hora? Sai da cama ainda atordoada pegando meu celular, esfregando os olhos, desci a escada sem ver ninguém, entrei na gravadora vendo o povo todo reunido.

- Menina que roupas são essas? – papai arregalou os olhos para mim, ué estou vestindo minha roupa de dormi, um short de seda preto bem curto e uma regata branca escrito sexy.

- Porque me acordaram a essa hora? – perguntei, tio Gray sorriu para mim retribuir o sorriso, olhei para meu tio Simon que me olha dos pés a cabeça, cuidado tio, muito cuidado, papai digitou algo no computar e me mostrou... Então quer dizer que descobriram que eu estava saindo com o bendito modelo.

- Quem é esse tal de Hernandez? – papai perguntou serio, meus tios foram para frente do computador ler a noticia, mamãe me olhou seria também.

- Ninguém!

- Não sabia que agora você saia beijando ninguém – pensei que Yuri tinha explicado a situação no seu blogg.

- Não é ninguém pai.

- Melhor contar – mamãe pediu tranquilamente, revirei os olhos – Ou você sai beijando os outros assim na rua? – ela apontou para minha foto no computador beijando o modelo, revirei os olhos.

- É um cara que eu tava saindo! – respondi.

- Estava saindo? – Tio Loco perguntou, peguei o celular no bolsinho do short e comecei a digitar uma mensagem para Hernandez “Acho que você já sabe, me mudei para a Coreia não vamos nós ver mais, então adeus!” apertei enviar e mostrei a mensagem para eles, minha mãe começou a ri.

- Sim, estava! – respondi guardando o aparelho no bolso, meu tio Gray pareceu satisfeito com minha atitude – Eu posso ver o Jihoon? – eles me olharam espantados, meu deus por que essas reações? Eu não posso mais querer ver o meu irmão? Tá certo que durante todos esses anos eu nunca falei isso.

- O que você está tramando? – meu pai me questionou duvidoso.

- Eu não posso ver meu querido irmão que não vejo há anos? – botei a mãos no peito fazendo uma cara de ofendida.

- Ela está aprontando algo! – tio Simon comentou com tio Loco que começou a ri, fuzilei os dois com o olhar e me mandaram língua, oh maturidade.

- Recebi uma mensagem dele mais cedo falando que iria aparecer no Show Champion! – mamãe me olhou, hein? Que diabos é isso? Meu pai explicou o que ser isso, então quer dizer que vai ter um monte de famoso se apresentando hein?! Isso é maravilhoso, corri para o meu quarto trocar de roupa vesti um short jeans cintura alta com uma camisa vermelha pra dentro do short e tênis All Star preto, coloquei minha peruca e fiz minha maquiagem, agora sim linda e maravilhosa.

Peguei meu celular mandando uma mensagem para o pirralho avisando que vou ver ele hoje no programa, onde está minha bolsa? Meu celular apitou.

 

Pirralho (Jihoon) : Wow isso é serio noona?

Eu: Claro!

 

Voltei à procura minha bolsa, a achei de baixo da cama, o que ela faz ai? Escovei meus dentes e passei perfume, bastante perfume quero chamar a atenção dos meninos! O Vernon não me escapa hoje, meu celular voltou a apitar.

 

Pirralho (Jihoon) : Isso é tão legal noona, os meninos também ficaram felizes.

Eu: Quantos são no grupo?

Pirralho (Jihoon) : Somos 13 ao total!

 

Puta que pariu 13 garotos? Isso é... Perfeito se Vernon não aceitar pelo menos um vai ter, se bem que ele não seria louco de me recusar né, eu sou Bora a famosa Bora Lee Park, ele seria louco se fizesse isso desci animada do quarto entrando novamente na gravadora, todos me olharam sentindo o perfume forte que estou usando.

- Quem você quer matar assim? – mamãe tampou o nariz.

- Eu vou ver Jihoon, bye – disse.

- Espera menina, tem certeza que é só ele que você vai ver? – papai falou desconfiado se levantando da cadeira, revirei os olhos não gosto quando eles começam a me interrogar assim, me sinto até uma criminosa.

- Quem mais eu iria me encontrar? Eu não conheço ninguém! – disse, meus pais se entreolharam e relaxaram – A não ser os outro 12 meninos do grupo! – falei e sai correndo ouvindo o berro de meu pai sai de casa indo pegar um táxi, droga esqueci meu boné, assim alguém pode me reconhecer andei de cabeça baixa quando um carro parou do meu lado, meu tio Gray e Simon apareceram. 

- Quer uma carona? – tio Simon falou com essa sua voz grosa e charmosa que me arrepia toda, sorri e entrei no carro – Você sabe onde pelo menos fica o lugar aonde seu irmão vai se apresentar? – parando pra pensar, eu não sei onde fica olhei para ele com cara de cão perdido – Suspeitei que não, vamos! – ele dirigiu, começamos a cantar uma musica minha que começou a tocar na rádio, decidir para em uma loja para comprar bebidas e comidas para os meninos, bom eu tenho que agradar a todos, meus tios estranharam esse meu comportamento de boa menina.

 

Jolie: Próximo mês você tem que voltar para uma seção de fotos, vou falar com seus pais pedindo permissão.

 

Jolie minha assessora, ou melhor, minha “agenda” mandou mensagem, finalmente vou poder voltar, chegamos ao local e meus tios desceram comigo, tenho uma leve impressão de que meu pai mandou esses dois atrás de mim, entramos no local que é enorme procuramos pelo meu irmão mais esse lugar é muito grande, já avistei alguns famosos com a ajuda de meus tios que disseram quem eram cada um que cruzava nosso caminho.

- Acho que é aqui! – tio Gray apontou para uma porta escrito Seventeen, acho que era esse o nome do grupo dele bati na porta e entrei, todos me olharam ficando de boca aberta.

- Noona, oh tios! – Jihoon veio correndo nos cumprimentando, entreguei para ele a sacola que comprei, meus tios fizeram o mesmo, outros meninos apareceram e ajudaram meu irmão a carregar as sacolas e agradeceram eles ficaram muito felizes, meu tio Simon tocou no meu ombro e disse bem baixo.

- O que você está tramando? – levantei a cabeça para olha-lo.

- Nada de mais.

- Eu te conheço muito bem, você está planejando algo! – respondeu dando um sorriso torto é ele realmente me conhece, tio Gray chamou tio Simon para irem embora, pois ambos têm uma gravação para fazer, me deixaram sozinha com meu irmão e seus companheiros que não param de em olhar.

- Está gostoso? – perguntei ao lado de meu irmão sentado no sofá, ele confirmou com a cabeça – Que bom que gostou – nossa Bora você está sendo muito boa nem parece você, meu olhar cruzou com de Vernon que mordeu os lábios, hummm isso seria algum sinal? Meu irmão saiu do sofá para ir fazer sua maquiagem, Vernon ocupou o lugar e se apresentou em inglês.

- Você tem um sorriso bonito! – ele sorriu para mim, amigo o seu é o melhor acredite.

- Obrigada.

- Eu fiquei muito surpreso em saber que você é a irmã mais velha do Woozi hyung.

- Ah sim é que meus pais não queriam que a mídia caísse em cima de Jihoon, mas no final das contas ele acabou escolhendo a música mais mesmo assim ele esconde sobre a família – respondi, Vernon prestou atenção no que falei que fofo que vontade de apertar a bochecha dele. Conversei mais um pouco com ele antes de saírem da sala para a apresentação, me olhei no espelho e sai da sala indo atrás deles quando um muro se esbarrou em mim me fazendo cambalear para trás.

- Mais que merda! – falei em inglês, olhei para o garoto alto, forte de cabelo vermelho, que isso hein amigo oh coisa maravilhosa.

- Eu te machuquei? Ai meu deus é a Bora Lee Park! – o bonitão vermelho falou ficando de boca aberta e botando as mãos na cabeça, puta que pariu ele é muito gato e tem uma aparência de bad boy, isso é tão incrível – Me desculpe – falou em inglês dessa vez parecendo nervoso, nossa eu estou realmente admirada com a beleza desse cara, puxa vida ele é tão alto e gato.

- Tudo bem... Você me conhece? – perguntei, é óbvio né sua idiota! Sorri para ele, o rapaz ficou serio e cruzou os braços, oh amigo você tem braços melhores que o meu pai não faça isso não.

- Sim, você é muito famosa eu gosto de suas musicas, estou muito surpreso em te ver na Coreia ainda mais aqui! – o bonitão vermelho respondeu em um inglês enrolado balançando a cabeça, sua voz soa nervosa - Deus você é muito mais bonita pessoalmente – ele se aproximou de mim, meu deus como é que se respira mesmo? Engoli seco, senti minhas pernas ficarem moles... Mais que diabos é isso?

- Jooheon vamos! – um rapaz loiro com cara de fofo apareceu acenando para ele no final do corredor, hum então o nome dele é Jooheon, o rapaz olhou para seu amigo e acenou de volta e voltou a olhar para mim de uma forma nada inocente, Jesus que coisa é essa aqui? É uma energia muito envolvente rolando.

- Melhor você ir! – falei em coreano sem perceber e ele abriu bem os olhos.

- Você... Você, ah claro tinha esquecido que seus pais são coreanos! – ele deu um sorriso torto me deixando sem ar, amigo é melhor você ir logo senão eu vou te agarra aqui mesmo na frente dessas pessoas que estão passando, ficamos nos olhando por mais alguns segundos até seu amigo loiro gritar por seu nome novamente, dei uma risadinha.

- Tchau! – o bonitão vermelho falou ao tocar na minha mão, senti ele aperta não com força, que aperto quente e eletrizante, meu corpo todo se arrepiou espero que ele tenha sentido o mesmo.

- Onde eu morava as pessoas não se despedem assim! – disse cheia de malícia ele abriu um pouco a boca, me aproximei dele o puxando pela nuca dando beijos em suas bochechas – Bye – o soltei e sorri, ele ficou imóvel mais logo voltou à realidade e foi andando de costas acenando, esbarrou em algumas pessoas me fazendo ri, Jooheon desapareceu ao dobrar o corredor, encostei-me à parede botando a mão no peito, relaxa Bora agora respira. Sorri do nada e olhei para minha mão que fora tocada, eu sou tão idiota nem peguei o numero dele, parabéns sua trouxa.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...