História Famous Daughter - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias 1PUNCH, GRAY, Jay Park, LOCO, Monsta X, Seventeen, Simon D.
Personagens GRAY, Jay Park, Joo Heon, LOCO, Simon Dominic
Tags Comedia, Drama, Romance
Exibições 46
Palavras 1.800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


olha eu de novo aqui

Capítulo 5 - Mensagens


Fanfic / Fanfiction Famous Daughter - Capítulo 5 - Mensagens

Na manhã seguinte acordei com o meu celular vibrar de baixo de minha costa, tomei um leve susto! Me preparei psicologicamente para ficar cega com a luz do visor do celular, contei até três mentalmente e desbloqueei a celular quase perdendo a visão, isso que dar dormi em um quarto todo escuro, eu tenho que para de botar as configurações do meu celular em chinês, tá certo que tenho que aprender essa língua mais as vezes eu me perco toda.

Hansol: Oi, tudo bem? Peguei seu ID do kakao com seu irmão, espero que não se importe com isso!

Quem é Hansol? E porque meu irmão deu meu ID para esse estranho? Bocejei ainda sonolenta, pois ainda é 6h: 11 puta que pariu ainda é muito cedo, respirei fundo para não xingar esse estranho.

Eu: Quem é você?

Parece que perguntei calmamente, mas só faltei quebrar o touch screen de tanto apertar com força.

Hansol: Sou eu Vernon esse é meu nome também, Hansol Vernon Chwe!

Opa agora o negocio é outro, até sentei na cama para escrever melhor, como eu gostaria de beijar meu irmão agora, mal ele sabe que fez um grande favor para mim, dei um sorriso olhando novamente a mensagem dele.

Eu: Oh desculpe, é que eu ainda estou atordoada por ter acordado XD

Hansol: Nossa desculpe, eu te acordei, me desculpe eu acordei para um compromisso e nem me toquei que ainda é cedo.

Eu: Sem problemas, se for você eu deixo.

Espero que ele se toque com essa indireta, sai da cama e me espreguicei indo para a janela, o celular apitou e fui correndo me jogar na cama.

Hansol: Então... Desculpe ser direto assim mais eu te achei muito legal, você gostaria de sair comigo algum dia desses? Isso se você quiser claro!

Colega você pode tudo, quer levar a minha virgindade também? Sorri abertamente acho que estou parecendo uma demente assim.

Eu: Eu adoraria... Você vai à aula hoje?

 

Entrei no meu banheiro fazendo minha higiene matinal, voltando para o quarto deitar na cama, fechei os olhos e a imagem do menino de cabelo vermelho veio a minha mente, sorri ao lembrar de sua voz, qual era mesmo o nome dele? Meu celular vibrou o peguei vendo a mensagem.

Hansol: Se eu chegar a tempo vou! E você?

 

Mais que homem ocupado, sorri para sua mensagem Vernon é tão bonito gostaria de ver seu rosto pelo colégio, dei um pulo da cama indo me arrumar antes que minha mãe apareça aos berros vesti o uniforme amarrando o maldito terno amarelo na cintura, quem é que usa uniforme nos dias de hoje? Os coreanos! Eu não uso uniforme desde os 7 anos passei minha maquiagem de sempre e abri a porta do quarto, minha mãe estava na porta com o punho fechado sorri para ela.

- Nossa, acordou sem que eu te chama se! – cruzou os braços – Estamos evoluindo hein? – ela sorriu, revirei os olhos e sai do quarto fechando a porta ela veio atrás de mim cantando algo em português, cheguei à cozinha pegando uma maça que está em cima da mesa na fruteira, meu celular vibrou.

 

Hansol: Está ocupada?

Eu: Oh desculpe estava me vestindo!

 

Ah meu deus Bora, como você esqueceu de responder pra ele? Estou tão tapada ultimamente, por deus.

- Com quem tanto conversa nesse celular? – papai me olhou serio ao entrar na cozinha apenas de bermuda, apenas sorri e comi toda minha maçã, guardei o aparelho no bolso da saia e peguei meu material jogado na sala, tio Simon e Gray entraram pela porta da frente ia falar com eles mais meu celular vibrou novamente.

 

Hansol: Acho que vou para a aula sim! ^^

 - Nossa você viu? Fomos ignorados e trocados por um celular – disse tio Gray fingido estar indignado, olhei para ele e balancei a cabeça sorrindo – Com quem tanto fala nesse celular?

- Aish você parece meu pai, me deixa! – fiz uma pose super superior para ele e lhe mandei língua tio Simon D riu da cara de tio Gray.

- Namorado é? – chutou Simon me olhando curioso jogando a cabeça para o lado.

- Quem dera! – respondi sem graça me aproximei dos dois e olhei para trás para ver se meu pai não aparece os chamei e os dois juntaram as cabeças para me escutar – Tipo assim, o que se deve fazer em um encontro? – perguntei baixo, apensar de já ter ficado com alguns caras nunca durou muito e nunca sai para um encontro, por isso continuo do jeito que estou.

- Você vai a um encontro? – tio Gray me olhou zangado, aff sabia que seria má ideia pedir ajuda desses dois – Com quem você vai sair?

- Nos o conhecemos? – tio Simon cruzou os braços.

- Eu hein credo, não falo mais nada, vou indo! – me despedi dos dois que continuaram a me chamar e acreditem eles vieram atrás de mim questionando, maldita hora que resolvi ir a pé – Vocês não percebem que as pessoas estão notando vocês dois? – virei olhando feio para eles, meus tios me ignoraram e continuaram a me bombardear de perguntas, puta merda hein nunca mais falo nada para eles.

- Volta aqui mocinha – Gray me puxou pelo braço, virei revirando os olhos, quando eles querem conseguem ser mais chatos que meus pais – Fala logo Bora! – falou um pouco alto, tem que fazer isso bem na frente do colégio, tirei da mochila um goro branco e o coloquei na cabeça.

- Meu deus vão embora as pessoas estão olhando! – disse baixo.

- É melhor começar a contar senão falamos para seu pai que andou matando aula! – tio Simon ameaçou, fiquei de boca aberta com sua resposta, mas que maldito, olhei para o lado fechando a cara vi meu irmão chegando com Vernon sorri para ele desfazendo minha cara emburrada, olhei rapidamente para meus tios voltando a ficar seria, eles se entreolharam e sorriram.

- Bom dia! – meu irmão disse atrás de mim e fechei os olhos desejando que eles não estivessem vindo até nos.

- Olá! – tio Simon bagunçou o cabelo do pirralho, Hansol ficou do meu lado e sorriu - Então... – por favor, tio não faz isso comigo – É você que vai sair com ela? – olhou para Hansol serio.

- Hã? Sair... Ah sim... Nos vamos, algum dia! – ele me olhou tímido, so cute, olhei meu tio com cara fechada, olha pra mim caralho! Tio Gray tocou no meu ombro revirei os olhos, ai que saco todo mundo tá olhando e tirando foto.

- Podemos ter uma conversa com você? Vá para a aula Bora! – tio Gray puxou Hansol pela manga do terno, fiquei de boca aberta vendo os três irem para outro lugar, meu irmão começou a rir da situação.

[...]

 

Não conseguir presta atenção na primeira aula, só conseguia pensar no que meus tios idiotas falaram com Hansol, ai que desespero espero que eles não tenham falado merda pro garoto, senão meus planos vão por água a baixo, meu celular vibrou e parei de escrever pegando o aparelho discretamente.

 

Hansol: Eles são seus tios de verdade?

Eu: Não, mas eles praticamente me viram nascer, então os consideram meus tios!

Hansol: Eles são legais.

Eu: O que eles te falaram?

Hansol: Para eu não brincar com você, senão eu iria sofre as consequências.

Eu: Ai meu deus me desculpa por isso, ai que vergonha.

Hansol: Ahahaha tudo bem, eles só querem te proteger isso é normal.

Eu: Mesmo assim me desculpe!

Hansol: não precisa disso, está tudo bem.

Eu: Quando vamos sair?

Merda a professora tem que passar bem do meu lado, ainda bem que escondi o celular a tempo, voltei a pegar o aparelho quando a professora sentou no seu lugar.

 

Hansol: Quando você quiser ^^

 

Olha meu querido se depender de mim, pode ser hoje mesmo, deixei meu celular de lado para ele ficar esperando, dei um sorriso e voltei a copiar.

Na hora do intervalo, tirei da bolsa um suco de banana não estou a fim de ir naquele refeitório cheio, sai da sala tomando meu suco, algumas pessoas me paravam para tirar fotos ou pedir autógrafos, meu irmão vinha mais adiante com seus amigos de grupo, Vernon deu um sorriso torto e passou a mão nos cabelos, oh garoto. Jihoon acenou mais o ignorei assim como seus amigos, sorri e fui para uma área livre afastada onde tinhas poucos alunos reunidos em uma rodinha conversando afastados de mim, sentei no banco de cimento e fiquei desfrutando da brisa da manhã.

 

Yuri: Sua maldita!

 

Revirei os olhos com a mensagem que acabei de receber de minha amiga

 

Eu: Que isso jovem? – escrevi em Japonês já que ela não sabe falar e nem escrever em coreano.

Yuri: Soube pela minha mãe que você está morando na Coreia e não teve consideração de me avisar que iria se mudar.

Eu: Ah Yuri, tanta coisa aconteceu que eu não tive tempo de avisar ninguém – menti.

Yuri: Ou você não tava a fim de falar pra mim mesmo, eu sei dos seus podres hein Bora nem pense em mentir para mim.

Eu: Mais que garota chata.

Yuri: Sou mesmo!

Eu: Idiota kkkk

Yuri: Estúpida.

Eu: Vadia.

Yuri: Safada.

Eu: Prostituta.

Yuri: Cuzona.

Eu: Também te amo.

Yuri: Eu também <3 quais as novidades?

Eu: Estou atrás de alguém para completar meus planos.

Yuri: Ainda com isso? Kkk já tem alguma vitima?

Eu: Já ouviu falar de algum Vernon de um grupo chamado Seventeen?

Yuri: Claro... Pera não me dique que... Você tá brincando?

Eu: Pelo visto conhece, então, estudamos no mesmo colégio! E vamos marca de sair.

Yuri: Meu deus Bora você não presta kkkk vai tirar a pureza do garoto.

[...]

 

Finalmente as aulas acabaram, sai de sala junto com o pessoal da classe sem falar nada, tirei meus óculos de sol da bolsa os colocando, vi Hansol mais adiante fazendo uma posse muito legal na frente de um carro, quis me aproximar mais meus pés ficaram imóveis, alguém pode estranhar isso, ele pegou o celular digitando algo, logo o meu vibrou no bolso da saia, droga eu realmente tenho que tratar de mudar  a configuração do chinês pro inglês.

 

Hansol: Até amanhã Bora Lee Park.

Eu: Até amanhã, Hansol Vernon Chwe!

 

Ele começou a sorri ao ler a mensagem, sorri discretamente plantada na frente do colégio esperando meu pai vir me buscar, meu celular vibrou novamente.

 

Hansol: Você está muito bonita hoje.

Eu: Obrigada.

Hansol: Fica linda sorrindo.

Eu: E você é bastante sexy quando sorri.

 

Rebati, ele leu a mensagem e arregalou os olhos ficando com vergonha olhou para mim e deu um sorriso tímido sem mostrar os dentes se virou para entrar no carro mais se bateu na porta, ri de sua distração, ah Vernon você não vai escapar assim tão fácil docinho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...