História Fanfic- como não ser a filha perfeita! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 12
Palavras 309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


eai gente, tudo beleza?

Vim aqui porquê fazia muito tempo que queria postar algo, então decidi postar um "livro" antigo meu ! então pensei que essa seria a minha oportunidade, pois coisas boas estão acontecendo comigo e também porquê queria compartilhar a minha história com vocês, compartilhar o que muitas garotas sofrem hoje em dia com seus padrastos, pais, mães, irmaõs e etc.
espero que gostem e comentem pra ajudar na brotheragem.
bjinho e a tia ama vocês <3

Capítulo 1 - Capítulo 1 - prólogo


Fanfic / Fanfiction Fanfic- como não ser a filha perfeita! - Capítulo 1 - Capítulo 1 - prólogo

 

Capítulo 1- prólogo

Gostaria de começar dizendo que nem tudo na vida é como queremos! Percebi isso no segundo em que vi minha mãe entrar em casa de mãos dadas com um completo estranho. Desde a morte de meu pai, nos tornamos melhores amigas, contávamos tudo uma para a outra e naquele momento, senti que aquela “amizade” tinha se transformado em desgosto, me senti traída.

Estranhei a vinda daquele homem, ele me olhava estranho, com malícia? Talvez. Eu tinha pena da minha mãe. O amor que lhe dava não foi o suficiente? Ou ela ignorou o fato de que eu lhe amava e que estava magoada por não ter me contado? entendi que depois daquele dia, ela não se lembraria de há que horas me pegaria no colégio ou de fazer minha comida preferida, percebi que aquele anuncio de casamento seria minha perdição e que meu mundo estava perdido.

Quando a juíza disse “se alguém aqui é contra essa união, por favor, que fale agora”, considerei  levantar meu braço e falar com toda a calma do mundo: “moça, acabe com essa palhaçada logo, mande ela pra casa e não permita esse casamento, eu quero dormir!”. Mas eu não o fiz, porque pensei que minha mãe estaria feliz e que eu deveria ficar também, mas porque eu não conseguia? Contava as horas, os minutos , segundos para aquilo acabar, levei tão há serio aquela profissão, que contei exatos 30: 20 segundos. Lembro que no estante em que acabou, fui a primeira a sair e me trancar no primeiro banheiro que vi, que por sinal era masculino, me agachei e soltei o ar que nem tinha percebido que estava prendendo, e logo pensei “pois é  Amanda , a sua vida acabou”!

E claro que eu nem sabia que ela viria a se tornar um inferno ao longo de dois anos !

 


Notas Finais


gostaram? agora que vou entrar de férias, prometo que vou postar todos os dias... comentem por favor!!? obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...