História Fanfic Danger - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Taehyung
Exibições 88
Palavras 947
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente desculpa a demora...tive alguns probleminhas aqui...

Capítulo 26 - B.O.N.U.S SN


Fanfic / Fanfiction Fanfic Danger - Capítulo 26 - B.O.N.U.S SN

Eu realmente tinha aceitado a maluquice de Jin,em me mudar para Bangkok e começar uma nova vida.Ele havia comprado uma casa linda,em um local afastado da cidade,em uma espécie de recanto,era maravilhoso.Hobi e Namjoon estavam morando em um apartamento no centro da cidade.Os primeiros meses foram corridos,organizar a empresa em um novo local,contratar novos empregados,contratar uma empregada (a casa era enorme),e conhecer a cidade com Jin,que queria fotografar cada canto.

QUASE UM ANO E MEIO DEPOIS

-Olha que lindo. –Estávamos em um jardim publico e Jin admirava os lírios brancos que recheavam o local. –Me trás tanta paz. –Ele tocava as flores com cuidado,o que me fez sorrir de tão fofo que era.

-São maravilhosos.-sorri o vendo cheirar uma das flores e se levantar vindo até mim.

-Não tão maravilhosos como você.-ele colocou minha franja atrás da orelha e selou nossos lábios.

-Jin...-disse nos separando.-Você esta me devendo um jantar,desde que chegamos aqui.

-Aish,achei que havia esquecido.-ele revirou os olhos.

-Você não que sair comigo? É isso?-crusei os braços em descrença.

-Não é isso...você sabe que odeio comer fora,prefiro cozinhar.

-Jin,estou cansada de comer rolinhos de peixe...vamos,só hoje.Comida japonesa...amo comida japonesa,de restaurante.-sorri,vendo ele me encarar e abrir um sorriso em seguida.

.

.

.

18 hrs 47 mins (mesmo dia)

-Amor! Pelo amor de Deus,a gente vai perder a reserva!-Jin gritava da sala.

-Já vou!-gritei em resposta,dando uma ultima olhada no espelho,eu estava com um salto médio preto,um vestido tubinho cinza e a jaqueta azul escuro de Taehyung,(eu amava aquela jaqueta ,e Jin não se incomodava com isso,ele até mesmo usava as vezes).

-Amor!-ele gritou mais uma vez,me assustando e resolvi descer rápido antes que ele se irritasse.

-Já estou aqui.-disse chegando no topo da escada,o fazendo se virar para me ver.

-Amor...-ele abriu um sorriso um pouco grande demais.

-O que foi? Não me diz que esta ruim...não me faça voltar para aquele quarto!-terminei de descer o encontrando no fim da escada com um sorriso bobo no rosto.

-Ruim?Você é a garota mais linda de Bangkok..-ele pegou minhas mãos me olhando dos pés a cabeça.-E-eu ...e Taehyung somos os caras mais sortudos do mundo!-ele jogou a cabeça para trás rindo.

-Não exagera.-eu gostava de como Jin falava de Tae de forma tranqüila e carinhosa,me deixava bem.-Vamos,agora é você quem esta atrasando.-passei por ele pegando a chave do carro na mesinha lateral da porta,o deixando para trás.

.

.

.

-Acho que tenho fobia a restaurante.-Jin esfregava sua Mao na minha,sobre  mesa do restaurante.

-Você tem fobia é da conta,no final. Isso sim.-ri o fazendo revirar os olhos.

-S/n...esse seu vestido...-ele suspirou.-Ficou ótimo.

-Ah...obrigada.-dei um riso nasalado.

-Sabe o que ficaria melhor em você?-fiz que não com a cabeça e ele mordeu o lábio inferior.-Eu...la em casa,sem roupa.

-Jin!-o encarei com os olhos arregalados.-O garçom esta vindo,se comporte.-segurei o riso vendo o mesmo se aproximar da mesa com os pratos,agradecemos e Jin voltou a me encarar.

-Amor,come rápido.-ele me fitava com os olhos semi serrados.

-Jin,para,não me apressa.-dizia sem o encarar.-Você não vai comer?-perguntei finalmente o olhando.

-Não era bem isso que eu queria comer...-ele sorriu pegando o hashi.-Mas fazer o que não é.

.

.

.

Já estávamos no carro,voltando para casa.Jin estava com uma das mãos em minha coxa desnuda,a apertando e contendo seus desejos mordendo os lábios.Minha respiração começou a pesar quando ele aproximou sua mão de minha virilha,apertando ali,ele tocou minha intimidade me fazendo arfar baixo e um sorriso malicioso aparecer em seu rosto.Observei seu membro enrijecer rapidamente e causar um belo volume em sua calça um pouco apertada,ele entrou na garagem da casa batendo de raspão no portão,o que o fez soltar um xingamento sussurrado.Saí do carro o acompanhando e ele me puxou para dentro como se estivesse me seqüestrando.Subimos as escadas feito dois loucos e Jin me puxou para dentro do quarto,me jogando na cama em seguida.-É uma pena,mas vou ter que tirar esse vestido.-ele sorriu mordendo meus lábios,me fazendo sentir o gosto de sangue.Tirou meu vestido em questão de segundos e logo tirou sua camisa,ainda por cima de mim na cama,dando selares molhados em meu pescoço e nos seios,me fazendo arfar cada vez mais pesado,ele tirou sua calça sem eu nem mesmo perceber e abriu minhas pernas encostando seu membro rijo e quente na minha intimidade,eu não estava agüentando mais e ele sabia daquilo,o que o fazia rir e me provocar muito mais.Jin passou seu membro por minha intimidade,me fazendo soltar um leve gemido,o que se tornou um gemido agudo ao sentir seu membro por inteiro em mim,ele estocava com força e eu já não sentia mais minhas pernas,cheguei ao meu ápice rapidamente e Jin também,ele se jogou ao meu lado na cama,selando minha testa e me abraçando,me fazendo sentir seu suor quente em meu corpo.-Eu te amo-ele sussurrou em meu ouvido ,o que me fez sorrir,ao me virar para dizer o mesmo,ele já havia adormecido. –Eu te amo.-passei a mão por seus cabelos e deitei sobre seu peito,pegando no sono.

 

DOIS MESES DEPOIS

Eu não estava me sentindo bem,Jin estava em Dubai ,com Suga,resolvendo algo sobre o restaurante,eles viriam em dois dias,pois era a formatura de Jeon e teríamos de ir para Londres.Tomei alguns remédios para tontura e me deitei,mas não melhorava.Eu não estava em condições de dirigir,então liguei para Hobi,que rapidamente estava na porta da minha casa,buzinando feito um louco.Fomos até o hospital,no centro e fui falar com o médico,que me mandou fazer alguns exames rápidos,para melhores informações.A enfermeira nos mandou esperar entre trinta e quarenta minutos até o resultado dos exames ser imprimido,eu havia recostado a cabeça no ombro de Hobi,que pegou no sono assim que se sentou,quando a enfermeira aparece sorrindo com uma pasta na mão.


Notas Finais


Não ficou grande como eu queria,mas estou realmente com uns problemas aqui em casa...
desculpa gente!
E obrigada a quem está acompanhando >3<
Vou tentar atualizar o mais rapido..prometo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...