História Fanfic Gleggie- Dá para amar no fim do mundo? - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Eugene Porter, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Negan, Paul "Jesus" Monroe, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tara Chambler
Tags Glaggie, Gleggie, Glenn, Glennrhee, Maggie, Maggiegreene, Maggierhee, Thewalkingdead, Twd
Exibições 61
Palavras 1.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Canibalismo, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hi Docinhos!! Os favoritos pararam, e bem.... 60m<3 Ainda não criei a conta reserva, mas acho que não precisa....

Capítulo 28 - Capítulo 28: Nova cidade


POV MAGGIE

Já era de manhã quando Glenn me acordou. Aiko estava deitado em cima de mim, e Glenn deitado do meu lado, me chamando. Me virei para ele com cuidado, para não acordar Aiko.

“Bom dia” Ele falou.

“Bom dia” Sorri.

“Daqui a pouco eu vou sair, tem certeza de que quer que eu vá?”

“Absoluta”

“Você devia ser daquelas preocupadas!” Ele brincou.

“Eu sei, mas estou tranquila por que sei que você vai voltar” Falei sorrindo.

Eu realmente estou confiante com essa viagem.

Arrumamo-nos e tomamos café juntos. Eu ajudei Glenn a arrumar sua pequena mala, pois não seria mais que uma semana fora.  Depois de arrumar tudo, eu e Glenn fomos caminhar por Alexandria, apenas para passar o tempo. Tara nos encontrou e também começou a caminhar conosco.  Rick também nos encontrou e pediu que Glenn e Tara saíssem de Alexandria, pois Negan já devia estar vindo. Voltamos para casa, pegamos a mochila de Glenn e a mala de alimentos. Andei com Glenn até o trailer e encontramos Tara e Denise lá:

“Bom... Acho que devemos sair....” Ela falou depois de dar um selinho em Denise.

“É mesmo, Negan pode chegar.” Glenn completou.

Tara e Denise sussurraram algumas coisas para si mesmas e Tara entrou no trailer.

“Eu te amo, okay?” Ele falou.

“Eu também, e vou te esperar aqui” Sorri.

Glenn abaixou-se e deu um beijo no meu estômago. “Fica bem garoto! Eu volto.”  Ele se levantou e me beijou. “Tchau” Falou entrando no trailer.

Fiquei observando o trailer saindo pelo portão e depois, finalmente sumindo na estrada.

“Ta tudo bem?” Eugene falou pousando sua mão sobre meu ombro.

“Sim, porque não estaria?” Falei me virando para ele.

“É porque, ele saiu, só isso”

“Ah, sim, está tudo bem, ele vai voltar.” Sorri.

[...]

Eu e Michonne estávamos sentadas na torre de vigia. Eu meio que aproveitei que Glenn não estava, e fui ajudar na comunidade.

“Você e Rick, está rolando?” Perguntei quebrando o silêncio.

“Ótimos, eu realmente agradeço por Carl ter me aceitado como uma ‘mãe’. Na verdade, como você é mãe de Enid, e eu de Carl, temos que conversar sobre os dois”  Ela falou rindo.

“É, pelo menos duas vezes na semana ela não dorme em casa, fala que vai ficar com Carl.”

“Sério?! Porque ele faz a mesma coisa!” Michonne ainda estava rindo.

“Eles estão parecendo eu e Glenn, no nosso início de namoro. Nós dois fugíamos toda noite.” Agora, quem estava rindo era eu.

Não recebi resposta, na verdade, Michonne parou de rir.

“Eles chegaram” Michonne falou olhando pela mira de sua sniper.

“Vamos” Falei me levantando.

“Pode descer, eu já vou.”

“Okay” Falei voltando para o plano.

Voltei para o portão e me encontrei com Rick, Spencer, Rosita e Daryl. Negan entrou, agora sem ter que pedir, pois Rick já havia aberto para ele e seus homens. Negan entrou sorrindo e fez um sinal para que seus homens o acompanhassem.

“Olá amigo!” Ele falou.

“Olá.” Rick respondeu.

“Segura para mim, rapidinho?” Negan entregou seu taco para Rick.

Ele andou um pouco e ficou frente a frente de Rick.

“Bom..... Meus homens, podem fazer a festa, mas se lembrem de levar só a metade!” Negan gritou .

Todos seus homens saíram correndo em direção as casas. Rick pediu para que eu ficasse com ele. Michonne ainda não havia voltado, Rosita e Spencer saíram atrás de suprimentos, uma busca rápida, e Daryl ficou na entrada, encarando Dwight.

Rick fez questão de que eu ficasse longe de Negan, pois ficou entre nós dois. Andamos por um tempo, até que Negan viu dois homens tirando uma poltrona de uma casa.

“Uau! Isso é do tipo que me deixa excitado!” Ele falou se virando para nós dois. “Cadê aquele seu namoradinho?” Ele falou comigo e eu só olhei para baixo. “Responda!”

“Ele saiu para uma busca” Rick respondeu por mim.

“Olha aqui garota” Negan falou se aproximando de mim. “Eu exijo respeito, combinado?”

Eu só balancei a cabeça confirmando.

Continuamos andando pelas ruas, agora vazias, de Alexandria. Negan pediu então, para entrar em umas das casas. A escolhida foi a antiga casa de Jessie.

“Essa casa, tem dono?” Negan perguntou;

“Não”

“Que ótimo, vou examinar algumas coisas no segundo andar, por favor fiquem aqui embaixo.”

Negan subiu as escadas e escutamos o barulho de uma porta abrindo.

“Maggie, pegue essa faca e esconda na bota.” Rick falou e depois me entregou uma pequena faca.

“Por quê?”

“Se alguém fizer alguma coisa com você, acerte a pessoa.”

“Okay”

Negan desceu as escadas e meio que acabou com a nossa pequena conversa.

“Sobre o que falavam? Ah, deixa, vou querer levar todos os colchões.”

“Você não pode fazer isso!” Rick falou.

“Posso, como vou” Negan sorriu.

Ele pegou Rick pelo braço e o levou até o lado de fora da casa, eu os segui.

“Essa cara deixou que eu levasse todos os colchões, tipos, todos mesmo!”

Eu odeio a forma com Negan humilha Rick, é tão desumano e inútil.

Todos os salvadores começaram a entrar nas casas e tirar os colchões. Fiquei preocupada com Aiko tentar morder eles, então voltei para minha casa. Entrei correndo, pois encontrei a porta aberta, subi as escadas até meu quarto e encontrei o que menos queria, um salvador dando um chute em Aiko.

“Para! Não vê que está machucando ele?!” Gritei.

“Cala boca, esse cachorro latiu para mim.”

“Ele só estava se protegendo, eu estou mandando você parar!”

“Ah não.... Uma mulher está tentando mandar algo!” Ele falou rindo.

Eu peguei a faca que Rick tinha me dado e tentei atacar ele. Ele segurou meu braço e deu uma joelhada no meu estômago, que me fez afastar dele por completo, por culpa da dor. Eu me sentei no chão, pois comecei a ficar tonta. Depois tudo o que vi, foi Aiko atacando o homem.

[...]

POV GLENN

Já estávamos viajando fazia três dias. Queríamos chegar a um lugar que nunca exploramos, porque imaginávamos que não havia nenhuma comunidade por perto. Tara sempre ficava tagarelando do meu lado e eu dirigindo e concordando com tudo. A verdade era que eu só queria voltar para casa, para minha família. A viagem havia atrasado um pouco, já era para estarmos voltando, mas nem chegamos direito. Após mais  algumas horas, chegamos numa cidade. Eu e Tara nos separamos e cada um foi pegar o que devia. Eu estava andando em um supermercado, havia encontrado leite em pó, para Judith, muitos enlatados, cervejas, o refrigerante que Tara tanto falava. Estava no fundo do supermercado quando achei a ala infantil, peguei papinhas e por fim, me vi olhando para um pequeno soldadinho de pelúcia.  

Fui tirado dos meus próprios pensamentos quando escutei tiros vindo da entrada do supermercado, e uma voz gritando:

“Por favor! Não faz isso!”


Notas Finais


Aiko, melhor cão que você respeita... Bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...