História Fanfic Interativa (Bts) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtam Boys, Bts, Interativa
Visualizações 41
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Chloe Wood


-Fuja comigo.-disse ele mais uma vez, eu e Taehyung mantemos o nosso relacionamento escondido.

-E-Eu não posso.-falei, estávamos na biblioteca da minha escola e falávamos sussurrando.

-Você me ama?-perguntou ele.

-Sim Taetae.-falei e ele sorriu.

-Eu também te amo, porque não foge comigo?-perguntou triste.

-Meus pais, eles me matariam.-falei e ele negou.

-Mas é claro que não, nós sumiriamos daqui.-falou e eu neguei.

-Todos te conhecem, você é o descendente da Impresa de tecnologia.-falei e ele sorriu.

-Eu desistiria de tudo isso por você.-falou e deixou uma lágrima escorrer, assim como eu-Não quero nada apenas você e...-parou no meio da frase colocando a sua mão na minha barriga-Um filho, um filho nosso.

-Taehyung meus pais, eles me odiarão...-falei olhando para baixo.

-Deixe que te odeiem, nós temos a nós mesmos e é isso que importa.-falou ele.

-Desculpe Taehyung.-falei e ele negou.

-Me desculpe você.-logo depois vi tudo preto, não conseguia me mover.

(...)

Taehyung é mais velho do que eu, enquanto ele tem 21, eu tenho apenas 15. Nos conhecemos em uma das festas do meu pai, o pai dele tem uma empresa que é rival da do meu pai.

*Flashback on*

-Mamãe vou lá fora.-falei e me levantei.

Me dirigi até o lado de fora do grande salão da minha casa, estava andando sem rumo até que cheguei a uma praça.

Vi um garoto que parecia estar triste, decidi falar com ele. Ele estava sentado em um dos galhos da árvore, escalei até a altura que ele estava e me sentei ao seu lado.

-Oi, meu nome é Chloe.-falei e ele me olhou-Porque está chorando?

-Minha mãe quer me forçar a casar-me com uma das filhas da amiga dela.-falou ele.

-E porque não se casa?-perguntei e ele negou. 

-Ela só quer o meu dinheiro, meus pais nunca me deram carinho, atenção ou coisa do tipo e querem que eu me case com ela.-falou e uma outra lágrima escorreu.

Aproximei-me dele e apoiei minha cabeça no ombro dele, começando a acariciar seu cabelo.Ele pareceu relaxar com isso.

*flashback off*

-Aonde estou?-perguntei acordando.

-Está no meu quarto.-disse algu... Taehyung?

-Taehyung?-perguntei olhando para onde a voz veio.

Ele estava de cueca e secava seu cabelo com a toalha. Ele foi se aproximando e eu tentei me afastar, mas dele? Era impossível. Ele subiu encima de mim e fez a sua cara mais inocente.

-O que foi amor? Está desconfortável?-disse ele esfregando seu membro nas minhas partes que estavam cobertas pela minha roupa.

-P-pare Taehyung.-falei e arfei.

-Pare de ser tão santinha.-falou ele e sorriu-Você quer tanto quanto eu...

Empurrei-o e ele saiu de cima de mim, eu não acho que está na hora.

-Taehyung eu tenho apenas 15 anos, você pode ter 21, mas eu não e não estou pronta.-falei.

-Tudo bem, mas pare de dizer isso.-falou ele.

-Isso o que?-perguntei.

-A nossa diferença de idade, parece até o Hoseok...-falou ele emburrado.

-Calma, ainda sim teremos filhos.-falei segurando seu rosto e os olhos dele brilharam.

-Muitos?-perguntou e eu assenti.-Promete?

-Sim.-falei e ele sorriu bobo.

-Vamos descer tenho que te apresentar a todos, menos Hoseok ele você conhece.-disse ele e eu sorri-Agora tem muitas garotas na casa.

-Então vai lá ficar com elas.-falei virando de costas.

-Não, eu amo só você.-beijou meu pescoço-Mais ninguém.




Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...