História Fanfic_Lutteo: "O Nosso Reino" - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Gastina, Lutteo, Simbar
Visualizações 77
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Epaaa...
O que sera que os pais de Luna estão tramando??
Nos vemos na notas finais..
Boa leitura <3

Capítulo 16 - Não sei se estamos fazendo a coisa certa!


Fanfic / Fanfiction Fanfic_Lutteo: "O Nosso Reino" - Capítulo 16 - Não sei se estamos fazendo a coisa certa!


Monica:Não sei se estamos fazendo a coisa certa!
Miguel: Estamos protejendo a nossa filha.
Monica: Mais ela pode descobrir a verdade...
Miguel: Ela ja esta bem grandinha... Ela vai entender que estavamos apenas protejendo ela
Monica:Não sei Miguel, Luna esta muito extressada..
Miguel: Isso é por conta do casamento, voce sabe que ela não quer se casar! E tambem sabe que ela não vai desistir de impedir essa casamento sabe que ela vai lutar ate o ultimo dia para que isso não aconteça.
Monica: Sim eu sei... Me sinto culpada por fazer ela passar por isso.
Miguel: Monica não se sinta, voce sabe que assim é o unico jeito de solvar a nossa pequena Luna da maldissão.
Monica: Voce se lembra quando ela veio para gente? Tão novinha, tão fragil...
Miguel:Sim, com aqueles olhos de esmeraldas assustados.
Monica:É... Temos que encontrar essa medalinha o mais rapido possivel...
Miguel: Ainda temos tempo... e tambem tem uma outra forma de qubrar a maldissão.
Monica: Miguel se voce esta dizendo dos girassois, sabe que não deu certo! Temos em todos os lugares do castelo e nos quatro cantos do reino, se Luna sair sabe que ela não estara mais segura...
Miguel: Não... Era a outra forma de salvar ela.
Monica: O amor verdadeiro? 
Miguel: Sim tambem....
Monica: Não... Luna não esta apaixonada pro Matteo, ela não gosta dele nem um pouco.
Miguel: De um tempo para ela... 
Monica: Eu já dei e varios... Não sei se ela vai gostar dele algum dia!
Miguel:Temos que ir com calma, porque voce não o convida para ir conhecer o nosso reino, pode ser que eles se dem bem.
Monica: Sim vou fazer isso quando voltarmos, quero a opnião de Luna, não vou chamar Matteo sem ela saber, ela nunca me perdoaria.
Miguel: Acho que chegamos...
Monica: Esta pronto?
Miguel: Não e voce?
Monica: Tambem não.
Miguel bate na porta do castelo no meio da floresta todo destruido por chamas, não demora muito e logo é atendio pelo mordomo do catelo.
Rey: Rei e Rainha Valentes... Nós estavmos te esperando. Entrem e fiquem avontade...
(Narradora: O dia passou tão rapido quanto uma flecha, os pais de Luna voltaram tarde e Luna ja estava dormindo seus pais acharam melhor não acorda-la, eles estavam cientes que teriam que responder milhares de perguntas feita pela a mesma. )
Luna Narrando: Acordar com os cantos dos passarinhos é muito bom agradeço a Deus todos os dias por essa dadiva, assim que levantei abri as curtinas e vi o dia maravilhoso céu azul com poucas nuvens e o sol brilhando e claro meus passarinhos cantando e me alegrando logo cedo, não sei o porque mais hoje estou feliz mais do que o normal... Fui ate o banheiro fiz minhas higienes pessoal, coloquei um vestido amarelo meu preferido por ele não ser longo como os de festa , o cabelo eu apenas fiz uma trança em cima da cabeça deixano os cbelos de baixo soltos, maquiagem foi apenas o meu preferido blush de rosas assim que terminei desci as longas escadarias do meu castelo e fui para mesa do cafe, eu sabia que não seia facil encontrar minha mãe depois do que ela fez, ,então resolvi que ela me perguntase, não falei nada, agora é claro que eu ia perguntar sobre eles terem saido e nem me falaram nada.
Miguem: Bom dia meu amor, que saudade de voce -Me abraçou depositando um beijo em minha testa-
Monica: Bom dia meu amor, sintimos muito a sua falta, voce esta linda- deu um sorriso sincero e uma abraço apertado-
Luna: Bom dia Mamãe e bom dia Papai, sinti a falta de voces tambem... -me sentei e eles sentaram logo em seguida- A onde voces foram que demoraram tanto para voltar?
Monica: Tinhamos algumas coisas paendentes para resolver meu amor, nada de importante..
Miguel: Sim não se preocupe...
Luna: Quem tem que se preocupar são voces... Tive que tomar conta do reino sozinha... é claro que devo ter feito tudo errado.
Miguel: Voce cuidou do reino sozinha?
Luna: Sim...
Monica: E voce gostou?
Luna: Sim ate que foi bem legal... Mais eu prefiro que voces tomem conta disso tudo -rio- é muito dificil são muitas coisas para ler e assinar... Não sei como voces conseguem.
Monica: Que bom que gostou, e fique tranquila voce deve ter feito tudo certinho! E fora isso o que mais voce fez?
Luna: Bom nada de mais - cara de pal era a unica coisa que eu queria falar mais me segurei-
Miguel: A Nina não tinha dormido aqui?
Luna: Sim... Mais ela foi embora no outro dia logo apos o cafe.
Monica: Ué porque? Achei que fosse o dia das meninas...
Luna: Sim e era... Mais chegou uma visita e ela preferiu ir embora..
Miguel:Era alguem importante para falar sobre o reino?
Luna: Não...
Monica: Era o Simon?
Luna: Tambem não..
Miguel: Então quem era?
Luna: Matteo... Matteo Balsano!
Monica: O Matteo? O que ele veio fazer aqui?
Luna: Eu que te pergunto.
Miguel: Como assim Luna?
Luna: Eu não chamei ele para vir aqui! Eu nunca faria isso!
Monica: Então quem chamou?
Luna: Serio mãe? Serio mesmo?
Monica: Luna eu não sei quem o chamou!
Luna: FOI VOCE! Não precisa mentir!! Eu não tenho mais cinco anos.
Miguel: Luna calma.
Luna: Calma? Como eu vou ter calma, ela chamou o Matteo para passar o dia comigo!
Miguel:Mão foi sua mãe.
Luna: Então foi quem? Voce?
Miguel: Não! Não fomos nós.
Luna: Então quem foi? -vi que os dois se olharam, um olhar cumplice, não acredito que eles estão fazendo isso comigo- Ninguem me resposder?- esperei mais alguns minutos e nada deles falaram então não tive outra opção de sair correndo-
Luna Narrando: Sai correndo em direção ao celeiro, onde peguei meu cavalo e fui para a vila do reino, eu lutava para as lagrimas não cairem, mais era impossivel, como eles fizeram isso comigo? E não me contar a verdade? Porque? Porque? Deixei meu cavalo amarrado em um poste, sai correndo em direção a minha casinha na arvore mais antes de chegar sinti meu corpo se chocar com o de outra pessoa, era ele, era o Simon, assim que vi que era ele a unica coisa que consegui fazer foi abraça-lo e chorae, feito uma criança que acabou de se machucar no paquinho.
Simon: Ei Luna porque esta chorando?- não conseguia dizer nenhuma palavra apenas chorar foi ai que ele me pegou no colo e me levou ate a casinha na arvore.- Ponto aqui podemos conversar melhor, o que houve? porque esta chorando tanto?
                   Continua...


Notas Finais


Se não foram os pais da Luna quem chamou Matteo?
Que segredo é esse que os pais de Luna não podem falar?
Girassol? Feitiços?
Espero que tenham gostado... Amanha tem mais...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...