História Fanfiction Bangtan Boys - O preco de um amor - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Amor, Bts, Drama, Ineedu, Run, Tragedia
Exibições 112
Palavras 1.736
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaa queria combinar algo com voces.
É o seguinte : Se chegar a 3 mil visualizações eu escrevo um Lemon especial Vkook, e é claro,que se tiver bastante comentários faço um do OTP SUPREMO (namjin)

BOA LEITURA

Capítulo 31 - Unforgettable touches


P.O.V JUNGKOOKIE
(6 hrs p.m)

Se eu me orgulho do que eu fiz?, nao nem um pouco. Acho que foi exagero de mais forjar minha morte. Até consigo imaginar o quanto as nossas armys sofreram ,nossa me sinto tão culpado por isso. Assim que der quero fazer um evento para me desculpar com elas.
Mesmo que eu tenha ficado 1 ano fora,fiquei sabendo de tudo que acontecia aqui. Confesso que me senti muito mal ,com o que Yoongi foi capaz de dizer para (s/n) ,sei la ele foi muito sangue frio. Aposto que ela deve ter sofrido muito por causa disso. Nao sei como ela aceitou vir para cá ajudar a reconstruir a banda. Pelo que os meninos me contaram, ela nem imagina que eu esteje vivo.  Vai ser um choque para ela quando ela me ver, acho que ela vai me odiar para sempre. Ou não.

- Daddy?  ops Kookie, vem tomar café. - Jimin me fez sair do meu transe. Olhei para ele ,e o malvado me olhando com um sorriso safado nos lábios.
- Vem aqui um pouquinho. - falei dando tapinha no lado da cama.
Ele veio em minha direção, porem estava caminhando  todo desengonçado, o que fez eu rir em silêncio.
- O que foi Baby,  digo Jimin?. - disse mordendo o labios inferior. - por que esta caminhando assim?.
- Nada não, apenas um mau jeito nas costa. - disse ele olhando para cima, tentando disfarça.
- Sim, sei mau jeito. Posso resolver isso agora. - disse puxando sua mao que estava em meu alcance, o fazendo cair em cima de mim.
- Kookie não!, Voce vai fazer pior mais ainda. - disse ele tentando sair de meus braços.
- Entao voce adimite que foi eu que te causei esse mau jeito .- disse com um sorriso debochado e dando ênfase na palavra mau jeito.
- Não. - agora ele fazia muita força para sair dos meus braços.
Resolvi deixar ele livre. Ele se levantou pondo a mão  nas costa.
- Espero que melhore da sua dor na costa. - disse rindo do mais velho.
Ele deu um sorriso de canto e saio do quarto.

Ah Hyung voce me faz enlouquecer. Essa sua raba maravilhosa, nao me canso de aperta-la ,sinto um desejo incontrolável por você, as vezes me sinto um cafajeste, pois meio que usei o Tae para me ensinar a ser Daddy, mas confesso que eu adorava ser Baby do Tae.  Aquele garoto sabia como me deixar louco literalmente, ele me fazia arfar de um jeito que Jimin nunca conseguiu. Se bem que dou um desconto para o Jimin pois ele é inexperiente. Sinto falta de ser mandado na cama. Quem sabe eu pesso para o Jimin ser o Daddy. Não, nao vai adiantar, somente o Tae sabe me mandar direitinho. Nossa só de lembrar daquela boca que o V tem, sinto agua na boca. Ja sei, vou mostrar para meu Daddy (Tae)  ,o que foi que eu aprendi com ele.

Me levantei da cama, e  Desci para a cozinha onde encontrei os garotos sentados, apenas Suga que nao estava lá. Como sempre ele acordará tarde. Me aproximei da mesa e me sentei, no meio de Rap-Monster e Tae.
- Bom dia!. - disse alegre.
Rap-Monster que estava ao meu lado, me olhou e ficou pálido. Foi ai que lembrei que não tinha aindo falado com ele.
-Me diz que vocês tao vendo a mesma coisa que eu?.- perguntou ele assustado.
- Jungkookie voce nao falou com ele!. -disse V autoritário.
Me fazendo lembras das noites que ele me ordenava as coisas, e era castigado se nao cumprisse elas direitinho.
-Bom...  ham...  eu acabei esquecendo. - falei lembrado o motivo de eu ter esquecido.
- Isso não é verdade, eu vi voce ser enterrado. - disse ele esfregando os olhos, na intenção de eu ser apenas uma miragem.
- Eu estou aqui Hyung, e para te atazanar por um longo tempo. - disse sorrindo para ele.
- Minha vontade é de... - disse ele fechando o punho. - ah que se dane minha vontade.
Ele me abraçou forte, me senti tao confortado em seus braços.
- A (seu/nome) ligou, e ela esta vindo para casa, e com o Hoseok. - avisou Yoongi ,brotando do nada na cozinha. E com um visual bem diferente.
- Quer dizer que o Hoseok ta voltando?. -perguntou V animado.
- Sim, esta. - respondeu o mais velho, deixando um sorriso escapar de seus lábios sempre sérios.
- Ah agora entendi a mudança de visual dele, é para encontrar a (s/n).- debochou Rap-Monster.
-que graça Rap-Monster , e voce nao vai se arrumar para reencontrar nossa Omma?. - perguntou Suga, deixando todo mundo presente daquela mesa curioso, principalmente eu.
- Como assim?. - perguntei meio confuso.
- Jin chega hoje a noite, ele foi liberado mais cedo. - respondeu Yoongi se sentando no lado de mim.
Automaticamente um sorriso surgiu em meus lábios, eu sentia muita saudades de Jin, saudades do tempo que ele me dava conselhos, de seu extinto protetor. E finalmente o encontraria denovo.
- Ei!. - Jimin chamou a atenção de todos. - Hoje é o aniversário da (s/n).
- É mesmo, esqueci. - disse V demonstrando um olhar triste.

Esse seria o momento exato para me aproximar de Tae novamente.

- Que tal fazermos um festa surpresa para Jin, Hoseok e (s/n)?. - perguntei meio timido.
- Isso é maravilhoso. - concordou Tae, me olhando e sorrindo.

Ah aquele sorriso, como senti saudades dele.

- Ok, vamos acertar o que cada um ira fazer... - começou Rap-Monster a explicar o dever de cada um na festa.
....
enquanto isso:

P. O. V (S/N)
6:49 p.m

Depois de uma longa conversa, consegui convencer Hoseok a voltar para casa. Mas ja avisando que ele nao poderia contar para ninguem que eu ja sabia que era mentira a história da morte de Jungkookie. Ele concordou de boa.
Estou dirigindo a 1 hora  ja, nao aguento mais esse silencio que tomou conta do carro.
- que tal escutarmos uma música?. - perguntei animada, tirando por alguns segundos a atenção  do volante.
Nao esperei ele responder e clikei em uma musica aleatória. Por coincidência era Run


Você é o meu sol, minha primeira e única no mundo
Eu floresço por você, mas continuo sedento
É tarde demais, tarde demais. Eu não consigo viver sem você
Mesmo estando seco, eu consigo chegar até você
Não importa o quão longe você esteja
É apenas um sonho vazio
Não importa o quão louco eu corro
Eu permaneço no mesmo lugar
Apenas me queime! Sim, me puxe
Essa é uma corrida de amor louca
Me deixe correr mais
Por favor, me deixe correr mais
Mesmo admitindo que meus pés estão cheios de cicatrizes
Eu ainda sorrio sempre que vejo você
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Eu não consigo parar
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Eu não consigo evitar
A única coisa que consigo fazer é correr
A única coisa que consigo fazer é amar você
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Está tudo bem se caírmos
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Está tudo bem se nos machurcamos
Mesmo sem conseguir alcançar você, eu estou bem feliz
Esse destino tolo me amaldiçoa
(Corra)
Não me diga adeus
(Corra)
Você me faz chorar
(Corra)
O amor é uma mentira
Não me diga, não me diga
Não me diga adeus
Todos me dizem que acabou, mas eu não consigo parar
Eu não consigo dizer se isso é suor ou lágrimas
O meu amor é resistente
Eu só consigo correr com todo meu coração
Me deixe correr mais
Por favor, me deixe correr mais
Mesmo admitindo que meus pés estão cheios de cicatrizes
Eu ainda sorrio sempre que vejo você
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Eu não consigo parar
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Eu não consigo evitar
A única coisa que consigo fazer é correr
A única coisa que consigo fazer é amar você
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Está tudo bem se caírmos
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Está tudo bem se nos machurcamos
Mesmo sem conseguir alcançar você, eu estou bem feliz
Esse destino tolo me amaldiçoa
Minhas lembranças estão desmoronando como
folhas de flores secas
Na ponta do meus dedos e debaixo dos meus pés
E nas minhas costas
Assim como perseguir borboletas ou imaginar nossos sonhos
Eu sigo seus traços
Por favor, me guie. Por favor, me pare
Por favor, me deixe respirar
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Eu não consigo parar
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Eu não consigo evitar
A única coisa que consigo fazer é correr
A única coisa que consigo fazer é amar você
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Está tudo bem se caírmos
Vamos correr, correr, correr, mais uma vez! Está tudo bem se nos machurcamos
Mesmo sem conseguir alcançar você, eu estou bem feliz
Esse destino tolo me amaldiçoa
(Corra)
Não me diga adeus
(Corra)
Você me faz chorar
O amor é uma mentira
Não me diga, não me diga
Não me diga adeus.

Sensações ruins começaram a invadir meu corpo, que me fazia estremecer, tentei me controlar mas lembrança da morte de Maik, voltaram a atormentar meu celebro, senti meus olhos se envadirem de lagrimas. Minha visão estava embasada, eu ja estava a fazer ziguezague e Hoseok chamava por meu nome.
Na minha frente avistei um carro vindo em minha direção disviei para o acostamento e la estacionei.
- ei o que houve?.- perguntou ele assustado, pondo a sua mao em cima da minha.
- Nao é nada. - respondi baixinho.
- Ei, nao minta para mim. Eu to aqui com você, vou tar sempre aqui. - disse ele me abraçando.
Retribui. Resolvemos nos afastar. Ele ficou me olhando e desviando seus olhos pela minha boca, o que me fez corar na hora. Continuei olhando em seus olhos, podendo sentir a emoção que ele estava louco para transparecer. Ele pos sua mao em meu rosto e pouse a me fazer carinho.
Agora ele olhava em meus olhos, mas nao demourou e voltou a encarar minha boca novamente.

Hoseok o que você pensa que esta fazendo,por favor nao piore a situação. Pensei para mim mesma,no intuito que ele escutasse. Mas ele nao escutou e continuou a se aproximar de mim...

Continua....


Notas Finais


Onnntt 80 favoritos, voces sao uns amores.
Ah antes que eu esqueça. SEJAM BEM VINDAS NOVAS LEITORAS. Quero agradecer ao apoio de vcs e por interagir com a fic.
Nao esqueçam do que eu escrevi nas notas iniciais do autor.
bjss ♥♡♡♥♡♥♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...