História Fanfiction Bangtan Boys - O preco de um amor - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Amor, Bts, Drama, Ineedu, Run, Tragedia
Exibições 113
Palavras 2.427
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como eu havia prometido um especial NAMJIN
espero que gostem ,é o primeiro NamJin que faço entao acho que nao ficou muito bom, mas irei me aperfeiçoando com o tempo
BOA LEITURA

Capítulo 33 - O flagra. Momento NAMJIN


Fanfic / Fanfiction Fanfiction Bangtan Boys - O preco de um amor - Capítulo 33 - O flagra. Momento NAMJIN

- Jimin eu posso explicar. - Disse Kookie saindo rápido de cima de mim.
- Explicar o que?, que você e o V iam se comer?. - perguntou o mais velho raivoso.
- E desde quando o Kookie te deve satisfação?, até onde eu sei voce são só amigos, ou melhor amantes. - me entrometi na conversa e aproveitei para invocar com o mais novo.
Seu rosto estava numa vermelhidão notável. Ele parecia um pimentão.
- Jiminnie, me perdoa. - implorou Kookie.
- Não Jungkookie. - respondeu ele grosso.
Jungkookie saio do quarto dando uma pexada de ombro no Jimin.  Em seguida ele tambem saio.
Fiquei ali parado olhando para o nada, tentando acimilar a treta que eu acabei de presencia. Nossa eu poderia ter falado coisas piores.

P. O. V (S/N)
Ao sair do carro, um taxi estacionou bem na frente da casa dos meninos, fiquei intrigada com aquilo e resolvi ficar observando quem iria sair do táxi.
Meu coração levou um choque, minhas pernas ficaram bambas, era Jin ele voltará para casa.
Fui correndo abraçá-lo, mesmo sem saber quem era ele me abraçou. Me afastei dele e olhei para seus olhos,foi ai que ele me reconheceu e deu um lindo sorriso maroto.
- Nossa como você esta bonita. - elogiou ele.
- Você que esta. Olha esses braços tao forte ,e seu corpo tão... tão definido .- falei corando na hora.
- Você ainda continua tão fofa quando fica com vergonha. - disse ele me fazendo corar mais ainda.
- Eu to aqui sabia.- se pronunciou Hoseok parando do meu lado.
- Hoseok!.- Jin pronunciou seu nome e o abraçou.
Eles ficaram conversando por alguns minutos, Jin realmente estava bem preucupado com Hoseok,ele o tempo todo perguntava se ele estava bem.
- Gente vamos entrar.- disse pegando no braço dos dois e puxando os.
Paremos na frente na porta , não havia nenhum ruido naquela casa. Será que eles esqueceram que eu e o Hoseok viriam?. Abri a porta e estava tudo escuro.
- Acho que nao tem ninguem em casa.- Avisou Jin parando ao meu lado , e Hoseok ao lado dele.
Derepende a luz foi acessa.
- SAENGIL CHUKHAMNIDA
SAENGIL CHUKHAMNIDA
SARANGHA-NEUM (S/N)
SAENGIL CHUKHAMNIDA - cantaram em coral.

Em seguida todos vieram me abraçar. E me deram feliz aniversário. Jin e Hoseok ficaram ali parados sem entenderem nada,até que Jin fez a frente e me deu feliz aniversário.

Eu vou matar o Jimin, ele era o único que sabia

Nao demorou muito a atenção passou toda para Hoseok e Jin. Aproveitei e procurei por Jimin. Achei ele encostado na parede. Ele estava com um visual novo . Literalmente lindo.
Me aproximei dele e dei um soco fraco em seu braço.
- Ai o que eu fiz?.- perguntou ele finjindo que havia doído.
- Você era o unico que sabia. - disse fazendo cara de brava.
- Desculpa (apelido/carinhoso) .- disse ele dengoso.
- Chinchin ,Chinchin você é muito chantagista sabia?.- perguntei com um sorriso de canto.
- Eu?, o que eu fiz?.- perguntou ele com uma carinha de santinho.
- Você fica fazendo dengo ,só por que não resisto a isso. - falei toda manhosa.
- Aii que coisa mais fofinha. - disse ele apertando minhas buchechas.
- Gente vamos beber!.- gritou Suga com uma garafa e tequila e copos na mão.
Ele me entregou um copo e encheu de tequila.
- Você nao tem jeito né?.- disse rindo para ele.
- Juro que vou me controlar. - disse Suga piscando para mim e indo servir os outros.
- Duvido você tomar tudo sem parar.- me desafiou V.
- E o que eu ganho com isso?. - perguntei sorrindo fraco.
- Deixa eu pensar... que tal eu ficar de responsável em lavar sua roupa por três dias?. - perguntou ele sorridente.
- É uma proposta bem tentadora. - falei virando o copo em dois goles.  - acabou de perder.
Ele ficou boquiaberto  com minha atitude.  Em questao de minutos estávamos todos em uma rodinha sentados no chao bebendo inumeros copos de tequila,no estado que eu me encontrava ja nem ligava para a presença do ex falecido Jungkookie, mas claro que Hoseok percebeu pois eles se chigaram, discutirar, se abraçaram ,se desculparam, e eu me afundei nas bebidas.  Como se quisesse curar a dor de um amor, mas eu estava tentando curar a dor de uma ex perda. Jungkookie me olhou diversas vezes na rodinha que estávamos mas eu fazia questao de desviar os olhares. Jin e Rap-Monster eram os que mais se controlavam e nao bebiam muito.  De acordo com eles, eles queriam controlar a paz.  E Suga que havia prometido que se controlaria estava deitado no chao esperando com quem ele competiria, e eu até que estava estável, pela quantidade que ja havia  bebido.
- Pohaa Hoseokao!. - gritou V perdendo novamente para ele.  Essa ja era a 3 rodada que eles bebiam.
A primeira: V ganhou bebeu 5 copos de tequila e Hoseok apenas 3.
Depois foi a vez minha com o Suga, acabei perdendo pois ele tomou 6 copos e eu apenas 3.
Foi ai que teve a segunda rodada do Hoseok e do V.  Na qual V perdeu para Hoseok pois ele tomou 7 copos  e V nao passou do segundo copo.
Essa é para ser a ultima rodada ,na qual sera escolhido o campeão. Mas pelos chingamentos de V ele acabará de perder.
- Babá, é a sua vez. - Me alertou Hoseok dando ênfase na primeira palavra.
Me concentrei na mesa.

Desta vez vou ganhar de Yoongi, nao vou perder para esse branquelo.
- Ta pronta para perder de novo amor. - brincou ele.
- Perder para quem?. - perguntei olhando para todo os lados, só para enticar com ele.
- Vai brincando. - ele sorriu de canto.
Tae arrumou os dois copos ,pos na messa e os encheu.
Peguei meu copo, e respirei fundo, tomei lo sem respirar.
Aquele líquido desceu cortando minha garganta, e quando chegou no meu estômago, senti aquilo queimar.  Os primeiros copos que eu avia tomado nao haviam me feito bem, e agora mais esse, piorou por completo.
- Que cara é essa?,  vai dizer que nao agrenta mais?,  voce ta tao fraquinha!. - Provocou Jimin rindo debochado.

Voce vai ver quem é a fraquinha.

- Tae, mais um. - disse apontando para a garafa.
Todos comemoram minha ação, e Jimin fez cara de poucos amigos.
Não demorou muito V encheu nossos copos, Suga o tomou com uma facilidade admirável, e eu respirei fundo novamente para poder encarar mais um copo.
Tomei fingindo estar tudo bem, mas por dentro meu estomago estava queimando.

P. O. V JIN
- Você não acha que deviamos acabar com essa brincadeira deles?. - perguntei cutucando o braço de Namjoon.
- Deixa eles se divertirem um pouco Jin. - disse ele abrindo um sorriso para mim.
- Tudo bem entao. - respondi olhando novamente para a competição que Suga e (s/n) estavam fazendo.
Confesso que estou imprecionado, pois ela ja aguentou no total 5 copos e ta indo para o sexto.
- Ei, vamos para a cozinha, aqui ta muito agitado. - me cututou Rap-Monster.
Apenas concordei com a cabeça e ambos se levantaram ,fomos ate a cozinha e entremos.
- E então como estava o exército?. - perguntou o mais novo encostado na pia.
- Bom...  Aceitável. - respondi lentamente.
- Senti sua falta.  - as palavras de Namjoon soaram feito musicas em meus ouvidos.
- eu-eu também sen-senti. - gaguejei ao falar.
Aproveitei que estava no lado da parede e me encostei nela.
Avistei Namjoon vindo em minha direcao.
- O que ouve? , por que esta nervoso?.- perguntou ele parando em minha frente e olhando nos meus olhos.
- Nao houve nada, apenas achei estranho o qie você disse, pois você nunca havia me falado esse tipo de coisa. - me justifiquei.
- Eu era muito ingnorante para assumir o que eu sentia. - disse ele pegando em minha mão.
Minhas pernas ficaram bambas, tive que apoiar minha outra mao na mesa para que eu nao caísse.
- E o que você senti?. - perguntei ja com medo da resposta.
- Jin,  eu estou apaixonado por você, e somente agora tive coragem de dizer. Faz tempo que senti um sentimento estranho brotar em meu coração, mas depois que voce foi para o exército que descobri que aquele sentimento era de amor. Somente depois que você foi para o exército que percebi que você era o homem que eu amo. - disse ele segurando forte minha mão e deixando lagrimas invadirem seus olhos.
Fiquei em choque, não fazia a minima ideia do que falar, eu só sabia que sentia o mesmo que ele mas estava com vergonha de adimitir. Foi entao que soltei minha mao da dele, e tornei meus braços em seu pescoço  e selei nossos lábios.
Foi um beijo demorado, sedento de luxúria, onde travamos brigar com nossas línguas. Aquele beijo recompensaria todo o tempo perdido. Nos separamos por falta de ar.
- Isso significa qie voce sente o mesmo?. - perguntou o mais velho para mim.
- Sim, concerteza. - respondi sorrindo para ele.
Nos beijamos novamente, porém foi mais intenso, suas mão deslizavam em minhas costas, fazendo nosso corpo se encaixar mais.
- Que tal irmos para o meu quarto?. - perguntou Rap-Monster com um olhar malicioso.
- Sim, vamos.- respondi um pouco timido.

NARRADOR ON
Namjoon pegou na mao do mais velho e o conduziu ate seu quarto, Jin estava nervoso pois, essa seria a primeira vez que iria se envolver com um Homem. Apos chegar em seu quarto Namjoon trancou a porta e conduziu o menino Seokjin até sua cama.
- Não  farei nada que você não queira.  - alertou o mais novo, tentando ser gentil.
- Mas eu quero,  só estou nervoso. - Se explicou Jin. Namjoon entao se levanta e vai em direcao a tomada do quarto e desliga a luz.
Ele caminha até o mais velho e deita por cima, colocando o peso em seus braços pra não machucar o mesmo.

Ele distribui bejos em seu pescoço, maxilar bochecha e boca do menino Seokjin.
Namjoon sente o membro do namorado duro. Entao ele retira a camisa do Jin e beija a barriga dele. Se apressa a retirar a calça do menor e vê a linda cueca box rosa que ele tanto ama.

– Eu te amo.– Namjoon fala no ouvido de Jin e desce a boca até o mamilo do mesmo.

– Eu. Também. Te. Amo.– Jin fala entre gemidos, pois Namjoon está chupando o mamilo esquerdo enquanto
Jin depositava apertoes em sua cintura.
Namjoon desce o rosto até as pernas de Seokjin.
Um gemido escapa dos lábios de Jin.
Ele retira  a cueca do mais velho com uma certa delicadeza. E começa a dar beijos na coxa e baixo ventre de Jin.
O Jin arfa e solta gemidos.

Namjoon começa a beijar o membro do namorado e a fazer carinho com a mão. Ele beija, lambe e brinca com membro do mais velho, ate que colocar por completo na boca e Jin geme descontroladamente.

– Me- me chupa Namjoon. –ele pede e Namjoon para o que está fazendo.
– O que você quer amor? diz o quer que eu faça.– Ele pergunta e volta a masturbar o mesmo ,enquanto da apertos na coxa dele.

– Que-quero que v-você me chupe Jonnie. – ele fala com certa dificuldade por conta dos gemidos e Namjoon faz o que foi pedido.

Namjoon coloca o membro de Seokjin na boca, desde a glânde até os testículos, parte sensível de todos os homens.
Jin se posiciona com as pernas nos ombros do Namjoon e o mesmo da leves lambidas em sua entrada, e volta a chupar o membro do namorado.
Jin geme alto e goza na boca do mais novo que engole todo o sêmen de Jin.

Eles se beijam e Jin consegue sentir o próprio gosto.
Eles se deitam agarradinhos e Seokjin tenta regular a respiração e levanta na intenção de retribuir o prazer ao namorado.
– Onde voce vai? - Namjoon pergunta assim que ele vê Jin levantar.
– Te satisfazer - responde e sorri malicioso.

– Amor apenas te beijar ja me satisfaz. Mas ja que voce quer entao tudo bem. - Namjoon fala e puxa Jin.
Ele começa a tirar a roupa e a beijar o mais velho de uma forma intensa.

Logo estavam completamente com os membros roçando um no outro.
– Me penetra - Pedi Jin gemedo.
Namjoon se posiciona na entrada de Jin.  Ele penetra lentamente em Seokjin que geme de dor.

Assim com seu membro  dentro do mais velho.
Namjoon deposita beijos carinhosos em Jin, indo do pescoço, ao maxilar e parando na boca.

Seokjin acaricia a bochecha do mais novo e o encara.

– Eu amo você, mais do que qualquer coisa.– namorado sorri.
– Eu também te amo mais qualquer coisa princesa. – Namjoon sorri assim como Seokjin.
– Por favor se meche Namjoon. –
os lábios deles se separam.

Namjoon começa  a se movimentar em Seokjin de uma forma delicada.
– Ma-mais rapido Namjoon.
Namjoon obedece seu pedido começa a se movimentar mais rapidos e Jin geme por causa dos movimentos.
– Eu quero sentar em você. –O mais velho pede e Namjoon sai de dentro de Jin.
Seokjin se posiciona e senta membro de Namjoon.
Jin geme de dor e prazer mas começa a se movimentar pra cima e pra baixo.

Namjoon agarra a cintura dele para  ajuda nos movimentos.  Em seguida Namjoon pega no membro do mais velho e começa a masturbar Seokjin rápidos.
O mais velho  rebola no membro de Namjoon e ambos acabam gozando juntos.

Namjoon continua dentro do namorado e se senta pra beijar o mesmo.
Namjoon  sai de dentro de Jin.
Namjoon e ambos caminham até o banheiro do quarto e tomam banho juntos . Assim que eles acabam banho  ambos vestem apenas cuecas e se deitam na cama para dormir.

Eles deitam.
Namjoon acaricia a bochecha de Jin.

– Vamos dormir, precisamos levantar cedo. Eu te amo amor.–Seokjin se aninha mais nele.

também. Eu te amo muito. – Namjoon responde envolvendo Jin em seus braços o protegendo. - Mas antes quero te perguntar uma coisa?.
Namjoon resolveu tomar coragem e finalmente falou:
- Você quer ser meu namorado?.
Seokjin virou para Rap-Monster e deu um enorme sorriso.
- É claro que eu quero. Na verdade é o que eu mais quero. - Jin respondeu animadíssimo.
Eles se beijaram e foram durmir.


Notas Finais


Comentem por favor, preciso saber da opinião de vocês. Obg a todos que estao comentando, eu iria fazer um agradecimento pelos 3 mil, mas vou esperar chegar aos 4 mil ( espero que chegue).
Sejam bem vindos leitoras/ores novas/os . Vocês que favoritaram minha fanfic e não comentaram, ficaria lisonjeada em saber a opinião de vocês. Eu não mordo não ta gente. Vocês são como uma familia para mim agora, entao sempre caberá mais um, dois, três,....

A festa ainda nao acabou, muitas coisas ainda podem rolar.
Ainda mais com V, Jungkookie e Jimin bêbados, sem falar no Suga, Hoseok e Você.
Entao nao percam o proximo capitulos, surpresa os aguardam hahahaha (risada maléfica)
♪♪♪♬♬♬ ONI MANI MANI ♬♬♬♪♪♪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...